Antônia Uma Sinfonia – Análise Fílmica (2018)

“Antônia Uma Sinfonia” Ocupa telas de cinema ou televisores, computadores, celulares, tablets com uma trajetória gloriosa. Em suma, com efeitos audiovisuais, é um dos recursos mais utilizados por cineastas de todo o mundo.

Antônia Uma Sinfonia - Análise Fílmica (2018)
Antônia Uma Sinfonia – Análise Fílmica (2018)

Nesta edição de “Antônia: Uma Sinfonia” há absolutamente nenhum conteúdo novo em” Symphony “apresentado ao público, no entanto, o importante aqui não é a” história verdadeira “, mas a” fundação “.

Em última análise, os filmes dirigidos e dirigidos de Maria Peters, produtores, roteiristas e diretores com longa trajetória na Holanda, não são apenas sobre a vida e os sucessos de Antônia: Uma Sinfonia, nem sobre verdadeiras descrições desses acontecimentos.

Essa atitude inevitavelmente empobrecerá o conto ao anunciar o enredo do mais aprofundado pelo público, confirmando assim que a história é um romance sem profundidade histórica.

Antônia Uma Sinfonia – História

Na verdade, quebrou muitas barreiras. Ela foi a primeira americana a se formar com uma masterclass de regência. Sua orquestra feminina era desconhecida antes, e ela também foi a primeira mulher a reger a Filarmônica de Nova York.

Ele tem tantos talentos e é, sem dúvida, uma personalidade tentadora para as pessoas da indústria cinematográfica, especialmente porque ele é descendente de holandeses e foi produzido em seu país natal.

Porém, os cineastas não podem evitar a tendência de dramatizar o processo de dramatização, então a distância entre o personagem e o roteiro torna-se maior do que a distância entre pessoas que seguem o mesmo caminho na vida real.

Antônia Uma Sinfonia - Análise Fílmica (2018)
Antônia Uma Sinfonia – Análise Fílmica (2018)

Embora Antônia Brico caminhou e ganhou elogios do povo, até sua morte, ela acumulou façanhas em todos os lugares, mas aos 87 anos – até hoje – em Antônia. ) Antônia Uma Sinfonia parece estar envolvida em um melodrama executado com tinta pesada e continua a ficar medíocre.

Por exemplo, o protagonista decide rejeitar um lugar onde uma mulher se adaptou há cerca de um século, seja na família ou com um homem que a ama, ela deve responder a isso.

Antônia Uma Sinfonia – Enredo

As três pessoas reforçaram essas características. A primeira é a mãe adotiva (acusada, 2014) interpretada por Annet Malherbe, cuja maior angústia é tentar defender um personagem unidimensional cujas verdadeiras intenções nunca são muito claras.

A malícia com que tratou a filha e o desprezo que demonstrou antes da conquista foram fugazes entre o ciúme e o puro ressentimento, sentimento que não teve nenhum prazer no vínculo que se uniu há dois anos.

Ao contrário, Robin Jones (Scott Turner Schofield), consultor da série “Happiness”, 2019) foi a maior surpresa, um personagem silencioso nos intérpretes. Encontra harmonia com o personagem, mas tem atuação decisiva.

Será alguém que dará oportunidades a Antonia, o que acabará por mudar a vida dos músicos. Finalmente apareceu Frank Thomsen (Benjamin Wainwright de Alémdas Palavras em 2016). Este homem pode ser o salvador das mulheres ou um homem que só pode aparecer em liberdade.

Grande parte da história é baseada em clichês até que é descartada em um movimento estranho, embora não corresponda às expectativas.

Antônia Uma Sinfonia – Análise Final

Maria Peters evitou o final romântico lacrimoso, por mais próximo que fosse o cenário, no último esforço de revelar que a virada da curva é tarde demais, depois de quase duas horas de duração total do filme. Mais de 135 minutos, isso é exagerado. Um belo romance em teoria, mas pesado demais para obter o reconhecimento que merece.

Antônia Uma Sinfonia - Análise Fílmica (2018)
Antônia Uma Sinfonia – Análise Fílmica (2018)

Por fim, o excelente desempenho da estreante Christanne de Bruijn surpreende, que superou a protagonista em sua estreia. Na sua opinião, foi a sua decisão e o seu empenho que tornaram Antonia Brico um nome memorável. Infelizmente, a atitude firme e determinada não ressoou em Antônia: Uma Sinfonia é uma bela obra, mas é fácil para as pessoas esquecê-la.

Perguntas frequentes sobre o tema:

O que é uma sinfonia musical?

Composição musical escrita para orquestra, geralmente estruturada em quatro movimentos. No período barroco, a palavra Sinfonia era usada para qualquer composição orquestral, geralmente introdutória de uma obra maior.

Qual a diferença entre um concerto é uma sinfonia?

Resposta: O concerto é caracterizado pelo destaque de um solista diante da orquestra. Diferente do concerto, em uma sinfonia não há instrumento principal. Uma sonata é executada geralmente por um ou dois solistas.

O que acontece no filme Antônia Uma Sinfonia?

A vida de Antonia Brico que, na Nova Iorque de 1930, tornou-se a primeira mulher a conduzir, com sucesso, uma orquestra. Ela ousou seguir o sonho de se tornar uma maestrina, embora ninguém acreditasse ser possível.

Quando foi lançado o filme Antônia Uma Sinfonia?

Data de lançamento: 20 de setembro de 2019

Quem foi Antonia Brico?

Antonia Louisa Brico foi uma regente de orquestra e pianista neerlandesa, radicada nos Estados Unidos.

Espero que tenha tirado boas ideias do post, sempre estou trazendo resenhas, resumos e análises interessantes sobre filmes badalados ou até mesmo sobre filmes nacionais que merecem mais atenção.

Gostou do post sobre Antônia Uma Sinfonia – Análise Fílmica (2018)

Continue nos acompanhando e interagindo com a gente, gostaria que comentasse qual filme marcou a sua vida, assim como esse foi marcante para mim! irei trazer mais filmes antigos e também filmes que foram marcantes na épica sessão da tarde.

Sua avaliação e sua interação são de suma importância pra conseguirmos trazer o que é interessante pra você leitor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo Relacionado

Este é um site do grupo B20