Ok, todo mundo já viu uma câmera fotográfica, mas você saberia identificar cada partezinha dela? Todo fotógrafo ou cinegrafista deve saber as partes da câmera e como utilizar cada uma para tirar seu melhor proveito, por isso trazemos hoje um post especial com os componentes que formam uma câmera DSLR.

Corpo da câmera – As partes de uma câmera

O corpo da câmera é o “alojamento” da câmera, ou seja, a estrutura básica que encaixa os outros componentes.

O objetivo do corpo da câmera é impedir a entrada de luz em qualquer lugar que não seja a lente. A luz que entra em outros lugares pode fazer com que as imagens sejam capturadas incorretamente, queimar o filme (para câmeras mais antigas) e até danificar outros componentes.

Objetiva – As partes de uma câmera

Chamada comumente como lente, a objetiva é um conjunto complexo de lentes e espelhos organizados no interior de um cilindro que pode ser de plástico ou de metal.

Encaixa-se no corpo da câmera na direção do sensor e é responsável para converter a luz em uma imagem de acordo com a sua característica.

Diafragma – As partes de uma câmera

A abertura é um componente presente no interior da objetiva. Sua função é controlar a quantidade de luz que passará pelas lentes.

Assim como as janelas de uma casa: quanto mais aberto, mais brilhante o ambiente! No entanto, isso não significa que o diafragma deva estar muito aberto: depende inteiramente da iluminação e do efeito desejado. Você pode ler mais sobre a abertura do diafragma clicando aqui.

Obturador – As partes de uma câmera

Como a abertura, o obturador também controla a quantidade de luz. No entanto, ao contrário dos componentes anteriores que controlam a quantidade de luz que passa através da lente, o obturador controla a quantidade de luz que cairá no filme ou no sensor digital.

O controle é realizado através de um controle de tempo, que é o momento em que a “cortina” se abre para passar a luz.

Visor – As partes de uma câmera

Varia de câmera para câmera, é a telinha de LCD onde é visualizada a imagem que irá ser capturada.

O mais comum é se utilizar para fotografia um pequeno espaço para o olho chamado View Finder, no entanto, para filmes o visor é a melhor opção. Vale lembrar que é um elemento presente apenas em câmeras digitais.

Sensor – As partes de uma câmera

Presente no corpo da câmera, o sensor faz o papel que os antigos rolos de filme das câmeras analógicas.

No sensor, pixels sensíveis à luz capturam a imagem fotografada.

Ok, todo mundo já viu uma câmera fotográfica, mas você saberia identificar cada partezinha dela? Todo fotógrafo ou cinegrafista deve saber as partes da câmera e como utilizar cada uma para tirar seu melhor proveito, por isso trazemos hoje um post especial com os componentes que formam uma câmera DSLR.

Corpo da câmera – As partes de uma câmera

O corpo da câmera é o “alojamento” da câmera, ou seja, a estrutura básica que encaixa os outros componentes.

O objetivo do corpo da câmera é impedir a entrada de luz em qualquer lugar que não seja a lente. A luz que entra em outros lugares pode fazer com que as imagens sejam capturadas incorretamente, queimar o filme (para câmeras mais antigas) e até danificar outros componentes.

Objetiva – As partes de uma câmera

Chamada comumente como lente, a objetiva é um conjunto complexo de lentes e espelhos organizados no interior de um cilindro que pode ser de plástico ou de metal.

Encaixa-se no corpo da câmera na direção do sensor e é responsável para converter a luz em uma imagem de acordo com a sua característica.

Diafragma – As partes de uma câmera

A abertura é um componente presente no interior da objetiva. Sua função é controlar a quantidade de luz que passará pelas lentes.

Assim como as janelas de uma casa: quanto mais aberto, mais brilhante o ambiente! No entanto, isso não significa que o diafragma deva estar muito aberto: depende inteiramente da iluminação e do efeito desejado. Você pode ler mais sobre a abertura do diafragma clicando aqui.

Obturador – As partes de uma câmera

Como a abertura, o obturador também controla a quantidade de luz. No entanto, ao contrário dos componentes anteriores que controlam a quantidade de luz que passa através da lente, o obturador controla a quantidade de luz que cairá no filme ou no sensor digital.

O controle é realizado através de um controle de tempo, que é o momento em que a “cortina” se abre para passar a luz.

Visor – As partes de uma câmera

Varia de câmera para câmera, é a telinha de LCD onde é visualizada a imagem que irá ser capturada.

O mais comum é se utilizar para fotografia um pequeno espaço para o olho chamado View Finder, no entanto, para filmes o visor é a melhor opção. Vale lembrar que é um elemento presente apenas em câmeras digitais.

Sensor – As partes de uma câmera

Presente no corpo da câmera, o sensor faz o papel que os antigos rolos de filme das câmeras analógicas.

No sensor, pixels sensíveis à luz capturam a imagem fotografada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo Relacionado

Este é um site do grupo B20