• Início
  • Artigos
  • Bilheteria não é (e nunca foi) sinônimo de um bom filme

Bilheteria não é (e nunca foi) sinônimo de um bom filme

Sabe aquela verdade difícil de engolir? Aquela que entra na sua boca, fica travada na sua garganta, de tanto espaço que ela ocupa dentro de você. Pois é. Estamos acostumados a pautar nosso senso de qualidade em uma coisa, é algo normal e quase instintivo do ser humano. Com relação às obras da sétima arte, cometemos o erro de relacionar a qualidade de um filme com sua arrecadação na bilheteria. Obviamente, se um filme é considerado ruim, menos pessoas o verão, e por conseguinte, a bilheteria será menor. Porém, existe uma linha tênue entre um bom filme e um filme que fez sucesso.

Um filme que faz sucesso, é um filme que é bem engajado no marketing, que tem uma fan-base fiel, que tenha se destacado pela curiosidade dos espectadores. Normalmente, grandes franquias como a Transformers, Star Wars, Jurassic Park, Velozes e Furiosos, filmes da Marvel fazem muito sucesso, mas isso não quer dizer que eles sejam todos bons filmes.

Vamos fazer uma comparação:

Venom

images-37-2024029-2241926
Sony Pictures / Venom

Venom, talvez seja o exemplo mais recente e claro de que bilheteria = bom filme é uma afirmativa falsa. O filme tem furos de roteiro, um antagonista totalmente esquecível, diálogos preguiçosos e falhas no CGI de algumas cenas. Um dos únicos pontos positivos do filme é a aparição de Stan Lee e a relação do protagonista com o simbionte. O filme recebeu críticas terríveis, foi mal recebido pelo público específico do gênero, e apesar de tudo, foi um sucesso de bilheteria. O filme teve um orçamento por volta de US$ 100 milhões, e obteve uma bilheteria de US$ 855 milhões. O sucesso do filme foi tão inesperado, que a Sony liberou um orçamento menor pensando que o filme fracassaria na receita. Neste momento, a Sony planeja Venom 2.

Dunkirk

images-38-7924691-5253492
Warner Bros / Dunkirk

Uma obra-prima que foi lançada em 2017. Dunkirk, mais um excelente filme de Christopher Nolan, vencedor de 3 Oscars. O filme retratou com fidelidade a batalha de Dunquerque, famoso ato histórico da Segunda Guerra Mundial. O filme inspira e possui uma das melhores fotograficas do cinema. Roteiro muito bem feito, cenas incríveis, atos muito bem amarrados e personagens carismáticos. Sem falar da trilha sonora espetacular de Hans Zimmer. Dunkirk fez sucesso, mas não tanto quanto Venom. O filme teve quase o mesmo orçamento de US$ 100 milhões, mas obteve uma bilheteria de US$ 527 milhões, com um lucro de US$ 300 milhões a menos que Venom.

Segundo esses dados citados, podemos então falar que Venom é uma película cinematográfica com maior qualidade que Dunkirk? Não! Venom pode ter cativado seu público-alvo, pode ter feito um marketing mais ativo e seus personagens serem mais conhecidos do público mas isso não o deixa acima de Dunkirk. A qualidade do filme de Nolan é bem superior ao longa da Sony, mesmo que a bilheteria “prove” o contrário.

Então, nunca confunda: nem sempre um filme que obteve sucesso é um filme bom, e um filme bom nem sempre é aquele que faz sucesso.

Veja também: Conversa | Laranja Mecânica e o cidadão de bem

(CORRIGIDO erro anacrônico sobre o filme Dunkirk)

Comments (8)

  • Não entra na minha cabeça quem acha que bilheteria realmente significa qualidade ou mesmo sucesso (fora o monetário, obviamente). O ingresso se compra antes de ver o filme, ninguém devolve seu dinheiro se você não gostou do filme. Diferente de um show, em que você vai porque conhece a música do artista, tudo que motiva alguém a ir assistir a um filme é a publicidade, seja o marketing do filme ou a opinião dos outros. Tendo isso em mente, fica extremamente claro que hollywood produz dezenas de filmes por ano com o principal objetivo de fazer dinheiro e pra isso investe pesado no marketing, fazendo filmes com histórias medianas e enchendo de fanservice e cenas visualmente impressionantes para colocar nos trailers. Venom é realmente o melhor exemplo atual pois não teve sucesso algum como entretenimento, é inclusive famoso por ser ruim.

  • é obvio que o filme do venom teve maior bilheteria.
    é mais facil atrair gente que conhece o personagem e quer ver ele na telona do que um filme original que ninguém conhece a respeito.
    adultos e crianças vão assistir venom porque é um personagem famoso dos quadrinhos, alem de ser um vilão iconico do homem aranha, enquanto o outro é o filme de guerra, algo cuja gama de pessoas que querem assistir é menor.
    tudo depende de que publico vc quer atrair

  • Simples, como faço. Não acredito em críticas de cinema (muitas vezes pagas), nem sucesso de bilheteria. Ultimamente, salvo rarissimas exceções, e põe exceções nisso, tem algum filme que valha a pena. Atores “fabricados” pela mídia, filmes que se vendem apenas pelos efeitos especiais, atuações dos atores e/ou atrizes são pouquíssimas. Infelizmente, não vale apena ir ao cinema para pagar, mais ou menos, perto de 100 reais e sair frustado. Estou me dirigindo a quem gosta de um bom filme, no que toca a roteiro, atuação dos atores, parte técnica, etc. Estou preferindo aguardar o filme no conforto do meu lar, por uma dessas mídias que o disponibilizarão mais tarde. E esse procedimento e o tempo têm me dado razão. Muitos filmes aclamados por público e/ou mídia, mostraram que eu estava e estou certo, ou seja, não vale o ingresso da porta do cinema. E isso também se aplica a alguma séries. Muito barulho por nada. Nosso mundo cultura hoje está sem inspiração. Está um copia e cola desregrado, tanto que se vê tanta refilmagem, a maioria mau sucedida. Mas, sempre terá os que gostam disso ou daquilo. A discussão é o parâmetro de qualidade que se têm para se aferir o que é bom ou é ruim. Para alguns sim, para outros não. Infelizmente, ou felizmente, quem teve um parâmetro bom dificilmente achará o que se tem hoje bom. Contudo, como dizia Legião Urbana, a geração atual é “coca cola”, pouco está se importando com qualidade. E torna-se um consumismo sem prazer….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo Relacionado

Este é um site do grupo B20