“Breve Miragem de Sol 2019” conta a história de Paulo (Fabrício Boliveira) Ele é um dos milhares de anônimos que visitam a cidade do Rio de Janeiro todos os dias. Ele pode ser uma pessoa comum com muitas coisas extraordinárias acontecendo, “dignas de um filme”, ​​mas o diretor Eryk Rocha parece ter escolhido o taxista como o protagonista da mediocridade.

Breve Miragem de Sol 2019
Breve Miragem de Sol 2019

Paulo é negro e vem das classes média e baixa, sua renda mínima só sobrevive e sonha em passar mais tempo com o filho (sem guarda). A vida do personagem entra em cena, interrompida por uma breve pausa em seu pequeno apartamento. No táxi, ele ouvia conversas nas quais não estava envolvido e ficava com passageiros que o ignoravam por um curto período.

Breve Miragem de Sol 2019 – História

O interessante é que para esse retrato acumulado, o filme escolheu um personagem o mais próximo possível do personagem, reduzindo assim a confusão e o borrão do ambiente ao redor.

O elemento mais notável da Miragem do Sol é sua direção fotográfica, que é quase inteiramente composta de fotos em close-up e planos detalhados das mãos de Paul, quantidades calculadas, taxímetros e vidro embaçado. A câmera estava presa em seu rosto silencioso e cansado, como se tentasse entrar na cabeça da pessoa para entender o que dizia.

Se as fotos em close favorecem a expressividade do ator, então ele consegue captar os gestos mais sutis de Boliveira e, ironicamente, parece estar pedindo o mínimo possível.

Breve Miragem de Sol 2019 Enredo

Rocha foi capturado pelo realismo, foi percebido na nudez do diálogo, bem escrito e bem encenado, em termos de uma cidade otosa quente e incontrolável. O cineasta evita voltas bruscas ou momentos explicativos: se a vida do personagem for reduzida a uma rotina, o filme também viverá no trânsito.

Breve Miragem de Sol 2019
Breve Miragem de Sol 2019

Tão expressivo quanto uma foto em close-up, mais uma foto “suja” que torna insignificante o cinza da lamparina e a luz tediosa, a certa altura, o filme parece ter esgotado todos os ingredientes estéticos, Como se a monotonia do papel fosse inevitável . Traduzido para a monotonia do espectador.

O roteiro é repleto de preciosos momentos emocionais (a chegada da festa do filho, o encontro com Karina na praia), mas pelas imagens, ele ainda está obcecado por rostos e fragmentos.

Breve Miragem de Sol 2019 – Desenvolvimento

Por outro lado, se ele abrir o quadro depois de um tempo, a claustrofobia de Paul pode ficar mais forte. Se essa direção também mostrar outros aspectos da vida de Paulo (o curto tempo de lazer, o relacionamento com a família, o trabalho anterior), o personagem terá ganhos ainda maiores.

Da mesma forma, é compreensível que a obra de outros personagens possa ser compreendida, até mesmo para fornecer um ponto de contato e uma rede de contatos com Paulo. No entanto, o filme ainda está firmemente conectado com este homem, seu corpo e olhos cansados, o sonho de um táxi e o reencontro com seu filho.

Seu banho de sol não apareceu apenas nas luzes amareladas e no sol que obscurecia os olhos dos trabalhadores noturnos, mas também em um breve encontro com uma enfermeira (Bárbara Colen) que desapareceu repentinamente.

Breve Miragem de Sol 2019
Breve Miragem de Sol 2019

Esse cidadão comum nasceu sem poesia, de modo que a utopia de seu pai se transformou em carro no porto de um barco, o que é mais uma manifestação da pessoa girando acidentalmente ao volante. Mesmo em um sonho, Paulo não tem permissão para escapar do que é digno desse nome.

Breve Miragem de Sol 2019 – Análise Final

“Breve Miragem de Sol 2019” termina com um projeto consistente com sua visão social e possibilidades estéticas radicais. A sociedade invadiu o táxi com preconceitos e comentários desumanos, mas tornou-se uma multidão vaga fora do carro, que representava bem o protagonista, mas ele não parecia se envolver.

Paul é um homem marginal, um pai abandonado, um homem que não tem expectativas reais de desenvolvimento social. Devido ao final feliz errado, talvez este filme não possa ser descrito como pessimista, mas niilista, não acreditando em qualquer forma de revolução pessoal ou social. Rocha responde à obsessão do mundo, assim como Joseph K no século XXI.

Peguntas frequentes sobre o assunto do post:

O que acontece no filme Breve Miragem de Sol 2019?

Passando por um momento difícil, Paulo começa uma jornada exaustiva como taxista à noite.

Quem produziu o filme Breve Miragem de Sol 2019?

Produção: Eryk Rocha, Walter Salles, Diego Dubcovsky, Edgard Tenenbaum

Quem escreveu o filme Breve Miragem de Sol 2019?

Roteiro: Eryk Rocha, Julia Ariani, Fábio Andrade

Quem é o ator principal do filme Breve Miragem de Sol 2019?

O Paulo do filme é feito por: Fabrício Boliveira

Qual gênero do filme nacional, Breve Miragem de Sol 2019?

Drama/Crítica Social – Resistência

Espero que tenha tirado boas ideias do post, sempre estou trazendo resenhas, resumos e análises interessantes sobre filmes badalados ou até mesmo sobre filmes nacionais que merecem mais atenção.

Gostou do post sobre Breve Miragem de Sol 2019 – Resumo

Gostou? Compartilhe!

Continue nos acompanhando e interagindo com a gente, gostaria que comentasse qual filme marcou a sua vida, assim como esse foi marcante para mim! irei trazer mais filmes antigos e também filmes que foram marcantes na épica sessão da tarde.

Sua avaliação e sua interação são de suma importância pra conseguirmos trazer o que é interessante pra você leitor!

“Breve Miragem de Sol 2019” conta a história de Paulo (Fabrício Boliveira) Ele é um dos milhares de anônimos que visitam a cidade do Rio de Janeiro todos os dias. Ele pode ser uma pessoa comum com muitas coisas extraordinárias acontecendo, “dignas de um filme”, ​​mas o diretor Eryk Rocha parece ter escolhido o taxista como o protagonista da mediocridade.

Breve Miragem de Sol 2019
Breve Miragem de Sol 2019

Paulo é negro e vem das classes média e baixa, sua renda mínima só sobrevive e sonha em passar mais tempo com o filho (sem guarda). A vida do personagem entra em cena, interrompida por uma breve pausa em seu pequeno apartamento. No táxi, ele ouvia conversas nas quais não estava envolvido e ficava com passageiros que o ignoravam por um curto período.

Breve Miragem de Sol 2019 – História

O interessante é que para esse retrato acumulado, o filme escolheu um personagem o mais próximo possível do personagem, reduzindo assim a confusão e o borrão do ambiente ao redor.

O elemento mais notável da Miragem do Sol é sua direção fotográfica, que é quase inteiramente composta de fotos em close-up e planos detalhados das mãos de Paul, quantidades calculadas, taxímetros e vidro embaçado. A câmera estava presa em seu rosto silencioso e cansado, como se tentasse entrar na cabeça da pessoa para entender o que dizia.

Se as fotos em close favorecem a expressividade do ator, então ele consegue captar os gestos mais sutis de Boliveira e, ironicamente, parece estar pedindo o mínimo possível.

Breve Miragem de Sol 2019 Enredo

Rocha foi capturado pelo realismo, foi percebido na nudez do diálogo, bem escrito e bem encenado, em termos de uma cidade otosa quente e incontrolável. O cineasta evita voltas bruscas ou momentos explicativos: se a vida do personagem for reduzida a uma rotina, o filme também viverá no trânsito.

Breve Miragem de Sol 2019
Breve Miragem de Sol 2019

Tão expressivo quanto uma foto em close-up, mais uma foto “suja” que torna insignificante o cinza da lamparina e a luz tediosa, a certa altura, o filme parece ter esgotado todos os ingredientes estéticos, Como se a monotonia do papel fosse inevitável . Traduzido para a monotonia do espectador.

O roteiro é repleto de preciosos momentos emocionais (a chegada da festa do filho, o encontro com Karina na praia), mas pelas imagens, ele ainda está obcecado por rostos e fragmentos.

Breve Miragem de Sol 2019 – Desenvolvimento

Por outro lado, se ele abrir o quadro depois de um tempo, a claustrofobia de Paul pode ficar mais forte. Se essa direção também mostrar outros aspectos da vida de Paulo (o curto tempo de lazer, o relacionamento com a família, o trabalho anterior), o personagem terá ganhos ainda maiores.

Da mesma forma, é compreensível que a obra de outros personagens possa ser compreendida, até mesmo para fornecer um ponto de contato e uma rede de contatos com Paulo. No entanto, o filme ainda está firmemente conectado com este homem, seu corpo e olhos cansados, o sonho de um táxi e o reencontro com seu filho.

Seu banho de sol não apareceu apenas nas luzes amareladas e no sol que obscurecia os olhos dos trabalhadores noturnos, mas também em um breve encontro com uma enfermeira (Bárbara Colen) que desapareceu repentinamente.

Breve Miragem de Sol 2019
Breve Miragem de Sol 2019

Esse cidadão comum nasceu sem poesia, de modo que a utopia de seu pai se transformou em carro no porto de um barco, o que é mais uma manifestação da pessoa girando acidentalmente ao volante. Mesmo em um sonho, Paulo não tem permissão para escapar do que é digno desse nome.

Breve Miragem de Sol 2019 – Análise Final

“Breve Miragem de Sol 2019” termina com um projeto consistente com sua visão social e possibilidades estéticas radicais. A sociedade invadiu o táxi com preconceitos e comentários desumanos, mas tornou-se uma multidão vaga fora do carro, que representava bem o protagonista, mas ele não parecia se envolver.

Paul é um homem marginal, um pai abandonado, um homem que não tem expectativas reais de desenvolvimento social. Devido ao final feliz errado, talvez este filme não possa ser descrito como pessimista, mas niilista, não acreditando em qualquer forma de revolução pessoal ou social. Rocha responde à obsessão do mundo, assim como Joseph K no século XXI.

Peguntas frequentes sobre o assunto do post:

O que acontece no filme Breve Miragem de Sol 2019?

Passando por um momento difícil, Paulo começa uma jornada exaustiva como taxista à noite.

Quem produziu o filme Breve Miragem de Sol 2019?

Produção: Eryk Rocha, Walter Salles, Diego Dubcovsky, Edgard Tenenbaum

Quem escreveu o filme Breve Miragem de Sol 2019?

Roteiro: Eryk Rocha, Julia Ariani, Fábio Andrade

Quem é o ator principal do filme Breve Miragem de Sol 2019?

O Paulo do filme é feito por: Fabrício Boliveira

Qual gênero do filme nacional, Breve Miragem de Sol 2019?

Drama/Crítica Social – Resistência

Espero que tenha tirado boas ideias do post, sempre estou trazendo resenhas, resumos e análises interessantes sobre filmes badalados ou até mesmo sobre filmes nacionais que merecem mais atenção.

Gostou do post sobre Breve Miragem de Sol 2019 – Resumo

Gostou? Compartilhe!

Continue nos acompanhando e interagindo com a gente, gostaria que comentasse qual filme marcou a sua vida, assim como esse foi marcante para mim! irei trazer mais filmes antigos e também filmes que foram marcantes na épica sessão da tarde.

Sua avaliação e sua interação são de suma importância pra conseguirmos trazer o que é interessante pra você leitor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo Relacionado

Este é um site do grupo B20