• Início
  • Cinema
  • De Perto Ela Não É Normal – Resumo crítico 2020

De Perto Ela Não É Normal – Resumo crítico 2020

De Perto Ela Não É Normal: Há um grande preconceito contra a comédia brasileira, que é um resultado comum (embora reducionista) da divisão do todo em várias partes.

De perto ela não É normal – resumo crítico 2020
De perto ela não É normal – resumo crítico 2020

Assim como o horror parece vulgar para observadores menos observadores, para aqueles filmes vulgares que são bêbados por presos por causa de filmes inferiores exibidos semanalmente (da fonte do gênero), comédia produzida no Brasil Eu também sofro com o viés do julgamento.

É assim desde Chanchada. Essa situação continuou de maneira semelhante quando a pornografia introduziu o prefixo Porno em produtos repletos de batimentos cardíacos.

De Perto Ela Não É Normal – Início

Nosso contemporâneo não pode ser tão diferente. Depois que fiz o prefácio, “mais perto do que normal” é uma das características de todo o testemunho de minas terrestres.

Diante disso, até sentimos o desejo de nos juntar ao coro da fraqueza e, finalmente, ganhar bom senso. Nessa pilha apressada, o único fator conflitante e, portanto, positivo é que o protagonista empreendeu a jornada empoderada. No entanto, mesmo esse caminho foi mal executado e coberto por questões triviais.

De Perto Ela Não É Normal – Enredo

De acordo com a novela homônima de Suzana Pires, De Perto Não ÉNormal fala da luta da dona de casa Suzi (Suzana), que cortou duas vezes para administrar a casa. Trabalhadora do INSS, ela emprestou uma quantia em dinheiro para realizar os diversos sonhos da filha. Quer se casar, usando véu e coroa de flores.

Outra pessoa ganhou uma bolsa de estudos na Universidade Harvard, nos Estados Unidos, e acredita que a faculdade é uma prioridade. Seu marido, Pedriño (Marcelo Serrado), é um homem muito tranquilo, de figura estampada, abdômen reto e evidente “barriga de cerveja”.

De perto ela não É normal – resumo crítico 2020
De perto ela não É normal – resumo crítico 2020

A constituição doméstica é inteiramente composta por desenhos animados, o que dificulta a participação do público nas necessidades de convivência, e aí se torna caótica. Para completar o projeto de lei, a sogra incontinente Cristina Pereira sobreviveu – seria um desperdício simplesmente reclamar e acusar tão talentosas atrizes de serem más e / ou raivosas.

A diretora Cininha de Paula não teve tempo para a situação se resolver e / ou amadurecer, mas ficou presa entre passar por várias situações.

De Perto Ela Não É Normal – Desenvolvimento

As filhas partiram logo. Síndrome do ninho vazio? Não longe. Não é normal atirar de perto. Não toque alto, porque a transição foi muito repentina, Suzi participou de uma festa onde havia seis gatos ensopados (uma falha clara do diretor de arte), e Ricardo logo foi pego O pulsar da permanência de Ricardo Pereira estava encerrado.

Esta é apenas uma desculpa para as mulheres irem para casa e anunciarem sua determinação em mudar de vida. Desde então, o que temos visto é um enredo de festivais, estes festivais são agrupados à força, o exagero exagerado pode impedir a nossa participação emocional em tudo o que aí acontece.

De perto ela não É normal – resumo crítico 2020
De perto ela não É normal – resumo crítico 2020

Após a formatura, os apoiadores do protagonista e todos os seus cases são relacionados ao pênis. Na verdade, piadas grosseiras de duplo sentido se tornam muito complicadas.

Embora se diga que está criando um ambiente que pode apoiar o currículo para determinar o tom de encerramento, Cininha de Paula tornou intrigante a fase de aprendizagem, que ainda leva anos-luz para confirmar essa doutrina.

De Perto Ela Não É Normal – Análise Final

Suzana Pires também interpretou sua tia e mãe (flashback). Com o pior estilo de Eddie Murphy multiplicado, o caráter absurdo aumentou. Existem muitas elipses inseridas aleatoriamente, tornando difícil acompanhar a sequência de tempo.

Outra desvantagem é a dobra, e sua execução desajeitada deve complicar o trabalho de montagem assinado pela habilidosa perita Karen Akerman, e proporcionou muitos trabalhos louváveis ​​no curso, o que nos convenceu As matérias-primas são o principal fator que causa muitas transições ruins.

Essas são algumas das muitas questões formais contidas na comédia e não devem ser entendidas como um exemplo do que o cinema brasileiro pode fazer nessa área. Entre os vários relevos, apenas o alívio de Orlando Drummond merece aplausos.

Ao contrário, foram principalmente Angélica e Ivete Sangalo que não ajudaram em seus atos excessivos. Nessa frágil jornada, a mensagem sobre a urgência da libertação das mulheres perde força, não só porque em 95% do filme, o protagonista não se sente “completo” sem o arrasto do masculino.

Perguntas frequentes sobre o tema:

TítuloDe Perto, Ela Não é Normal (Original)
Ano produção2020
Dirigido porCininha De Paula
Estreia29 de Outubro de 2020 ( Brasil )
Duração90 minutos
Classificação 12 – Não recomendado para menores de 12 anos
GêneroComédia Nacional
Países de OrigemBrasil
De perto ela não É normal – resumo crítico 2020
De perto ela não É normal – resumo crítico 2020

Espero que tenha tirado boas ideias do post, sempre estou trazendo resenhas, resumos e análises interessantes sobre filmes badalados ou até mesmo sobre filmes nacionais que merecem mais atenção.

Gostou do post sobre De Perto Ela Não É Normal – Resumo crítico 2020

Continue nos acompanhando e interagindo com a gente, gostaria que comentasse qual filme marcou a sua vida, assim como esse foi marcante para mim! irei trazer mais filmes antigos e também filmes que foram marcantes na épica sessão da tarde.

Sua avaliação e sua interação são de suma importância pra conseguirmos trazer o que é interessante pra você leitor!

è muito importante que compartilhe! Gratidão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo Relacionado

Este é um site do grupo B20