• Início
  • Artigos
  • Demolidor é o topo das séries de super-herói (mesmo cancelado)

Mesmo após seu cancelamento, Demolidor segue sendo uma das melhores (senão a melhor) das séries de heróis. Um dos principais personagens da Marvel, Demolidor foi fielmente representado e sua trama cativava os fãs. Infelizmente, a Netflix teve que cancelar essa e outras séries da Marvel, com a vinda do streaming Disney+. Contudo, não houve alguma série até agora que batesse de frente com a regularidade de Demolidor. Neste artigo, vamos citar algumas razões do porquê a série merece ser celebrada e seu cancelamento lamentado (e torcer para que ocorra um revival).

Elenco e atuações

72b0e501-6248-411e-a83d-afe9242e5e18-6402647-2274482
Foto/reprodução

É incrível a harmonia entre os parceiros Matt Murdock (Charlie Cox), Karen Page (Deborah Ann Woll) e Foggy (Elden Henson). As características de cada um são marcantes e os diálogos são memoráveis. Por outro lado, os vilões da série, são melhores ainda. A interpretação de Vincent D’Onofrio como Rei do Crime é tão perfeita que parece que estamos vendo uma página de gibi do Demolidor. O Mercenário (Wilson Bethel) é o grande destaque da terceira temporada, com seu jeito psicopata e aguerrido. Não podemos esquecer, é claro, do Justiceiro (Jon Bernthal) e sua sede por vingança perfeitamente adaptada na série.

Cenas de luta

2bd2eea5-a9b9-4d46-abd8-e36a9a9ec75f-1024x614-4549286-7588293
Foto/reprodução

A série não poupa esforços em nos deixar impressionados com suas cenas de ação/luta. As coreografias, os golpes, todas as lutas na série são dignas de elogios. Ademais, temos as clássicas cenas de corredor, planos-sequência incríveis com o herói lutando contra os bandidos. Embora o incrível plano-sequência de onze minutos da terceira temporada não tenha ido para o Emmy (extrema injustiça), tal cena foi uma das mais bem feitas em qualquer produção de super-heróis.

Enredo e aspectos gerais

ad6b3784-bde4-4942-ba09-d8ca423f8886-4576615-4719462
Foto/reprodução

Como se não bastasse todas as outras qualidades, Demolidor também capricha nos aspectos cinematográficos da produção. A história raramente deixa pontas soltas, os personagens são bem desenvolvidos e aproveitados. A fotografia da série é impressionante e seus diálogos melhoram a cada temporada.

Enfim, Demolidor foi cancelado pela Netflix mas continua sendo um marco na história das séries de super-heróis. Facilmente, a série faz jus ao ditado ”Quem foi rei, nunca perde a majestade”

Mesmo após seu cancelamento, Demolidor segue sendo uma das melhores (senão a melhor) das séries de heróis. Um dos principais personagens da Marvel, Demolidor foi fielmente representado e sua trama cativava os fãs. Infelizmente, a Netflix teve que cancelar essa e outras séries da Marvel, com a vinda do streaming Disney+. Contudo, não houve alguma série até agora que batesse de frente com a regularidade de Demolidor. Neste artigo, vamos citar algumas razões do porquê a série merece ser celebrada e seu cancelamento lamentado (e torcer para que ocorra um revival).

Elenco e atuações

72b0e501-6248-411e-a83d-afe9242e5e18-6402647-2274482
Foto/reprodução

É incrível a harmonia entre os parceiros Matt Murdock (Charlie Cox), Karen Page (Deborah Ann Woll) e Foggy (Elden Henson). As características de cada um são marcantes e os diálogos são memoráveis. Por outro lado, os vilões da série, são melhores ainda. A interpretação de Vincent D’Onofrio como Rei do Crime é tão perfeita que parece que estamos vendo uma página de gibi do Demolidor. O Mercenário (Wilson Bethel) é o grande destaque da terceira temporada, com seu jeito psicopata e aguerrido. Não podemos esquecer, é claro, do Justiceiro (Jon Bernthal) e sua sede por vingança perfeitamente adaptada na série.

Cenas de luta

2bd2eea5-a9b9-4d46-abd8-e36a9a9ec75f-1024x614-4549286-7588293
Foto/reprodução

A série não poupa esforços em nos deixar impressionados com suas cenas de ação/luta. As coreografias, os golpes, todas as lutas na série são dignas de elogios. Ademais, temos as clássicas cenas de corredor, planos-sequência incríveis com o herói lutando contra os bandidos. Embora o incrível plano-sequência de onze minutos da terceira temporada não tenha ido para o Emmy (extrema injustiça), tal cena foi uma das mais bem feitas em qualquer produção de super-heróis.

Enredo e aspectos gerais

ad6b3784-bde4-4942-ba09-d8ca423f8886-4576615-4719462
Foto/reprodução

Como se não bastasse todas as outras qualidades, Demolidor também capricha nos aspectos cinematográficos da produção. A história raramente deixa pontas soltas, os personagens são bem desenvolvidos e aproveitados. A fotografia da série é impressionante e seus diálogos melhoram a cada temporada.

Enfim, Demolidor foi cancelado pela Netflix mas continua sendo um marco na história das séries de super-heróis. Facilmente, a série faz jus ao ditado ”Quem foi rei, nunca perde a majestade”

Comments (4)

  • verdade. a matéria aqui falou toda verdade. vi quase todas séries de herois, sem dúvida nenhuma DEMOLIDOR foi o pai de todas, mestre dos mestres, como nos hqs é dono das melhores estórias, esperamos que a Marvel veja a joia que tem é continue com a série.

  • A série é bem feita mas não me prendeu, consegui terminar a primeira temporada com muito esforço. Esperava muito mais pelo hype todo, mas vai ver não gostei eu pq que não gosto do personagem mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo Relacionado

Este é um site do grupo B20