Era uma Vez … é um drama brasileiro e filme romântico dirigido por Breno Silveira em 2008. Situado no Rio de Janeiro contemporâneo.

Era uma Vez (2008) - Análise Crítica Geral
Era uma Vez (2008) – Análise Crítica Geral

É produzido pela Conspiração Films, co-produzido pela Globo Filmes e Lereby Produções, e não só é distribuído no Brasil, mas também distribuído globalmente pela Columbia Pictures.

Era uma Vez – Enredo

Dé (Thiago Martins) é um menino que cresceu na favela do Cantagalo no Rio de Janeiro. Quando criança, ele viu seu irmão ser assassinado por traficantes por brigar em uma partida de futebol. Seu outro irmão Carlão (Rocco Pitanga) foi expulso do cheongsam e preso por negligência.

Era uma Vez 2008 Análise Crítica Geral vidigal
Era uma Vez (2008) – Análise Crítica Geral

Dé está disposto a viver uma vida honesta, trabalhando em um quiosque na Praia de Ipanema, onde é atraído por uma moça rica, Nina (Vittoria Flat), que mora em frente ao quiosque. Os dois se apaixonaram profundamente e iniciaram um relacionamento.

Esquema do Carlão

Devido a um acordo com a polícia, Carlão acabou sendo condenado à prisão e planejou governar a favela e matar o assassino de seu irmão, tornando-se o dono do morro. A luta pelo poder na favela se intensificou, e o pai de Nina (Evandro) decidiu proibi-la de subir no morro para encontrar o namorado e disse que compraria passagem para a Europa.

Era uma Vez (2008) - Análise Crítica Geral
Era uma Vez (2008) – Análise Crítica Geral

Nina fingiu aceitar uma viagem com o pai, mas na verdade seu namorado planejava fugir para o Nordeste e morar com eles. Carlão deu uma festa de despedida para os dois na favela, mas na mesma noite a polícia e o bandido recolheram o dinheiro que Carlão devia a eles.

Sequestro de Nina

Sem saída, Carlão aproveitou quando Nina saiu para sequestrá-la e pediu ao pai uma grande soma em dinheiro para pagar a dívida. Depois que Paulo César Grande soube do sequestro, imediatamente mandou uma foto do namorado da filha para o jornal, acreditando que Dé estivesse envolvido em um crime.

Dé não sabia de nada, foi até o irmão para ajudar a encontrar Nina, mas logo descobriu que estava levando a namorada como refém. Depois de duas lutas, Dé finalmente atirou em Carlão no peito. O topo da montanha se arrependeu e disse ao casal para fugir.

Era uma Vez (2008) - Análise Crítica Geral
Era uma Vez (2008) – Análise Crítica Geral

Temendo que a polícia não acreditasse na inocência de Dé, os dois correram até o quiosque para pegar o dinheiro e fugiram juntos para o Nordeste, mas acabaram encontrando a polícia e a imprensa. No pavilhão, o namorado resolve fingir que Dé está soltando Nina para que elas possam sair de lá sem serem atacadas pela polícia.

Embora o menino tenha desistido pacificamente, a polícia atirou nele. Nina enlouqueceu e pegou a arma que Dé usou para atirar em Carlão e disparou vários tiros contra ele, sendo morta pela polícia.

Análise final

Esta é a adaptação do romance clássico de Shakespeare “Romeu e Julieta”, que só foi transplantado para o Brasil no início do século 21. Romeu queria Julieta de longe e, quando ela o conheceu, não conseguiram mais parar. Um perseguirá o outro e nada parece impedi-los.

Mas os dois viviam em mundos diferentes e suas famílias, amigos e histórias os forçaram a seguir caminhos opostos. Mas eles persistem e desafiam tudo. O final, todo mundo sabe como termina.

A Era Uma Vez foi lançado na região central do país em julho de 2008, e apontou a opinião de críticos entre cariocas que a amam, Como um bom carioca, não tenho medo de participar desta análise crítica e digo sem dúvidas: este foi o melhor filme nacional que vi naquele ano.

Perguntas frequentes sobre o tema

Qual o nome dos atores que fazem o casal do filme era uma vez?

Vitória Frate faz a (Nina) e o Thiago Martins faz o (Dé)

Em que ano lançou o filme era uma vez?

O filme era uma vez foi lançado na região central do Brasil no ano de 2008

Porque o Dé morre em era uma vez?

Ele é confundido com os sequestradores de Nina e é acusado pelo pai de Nina.

Em que obra o filme era uma vez foi inspirado?

Esta é a adaptação do romance clássico de Shakespeare “Romeu e Julieta”, que só foi transplantado para o Brasil no início do século 21.

Quem é o diretor do filme era uma vez?

Quem dirigiu o grande clássico dos filmes nacionais era uma vez foi o diretor Breno Silveira

Espero ter ajudado e espero que tenha gostado da análise deste filme maravilhoso que é uma obra Nacional que cada vez mais deve ser aclamada e citada com méritos.

Gostou do post sobre Era uma Vez (2008) – Análise Crítica Geral ?

Gostou? Compartilhe!