Drama norte-americano de 1999 dirigido por Sam Mendes e escrito por Alan Ball, o filme Beleza Americana conta a história de um homem que se depara com uma situação de infelicidade em sua vida de forma geral.

Beleza Americana: história

O filme gira em torno de Lester Burnham (Kevin Spacey), um homem completamente infeliz em vários âmbitos da sua vida. Durante a trama é possível enxergar que essa infelicidade está presente em seu trabalho, seu casamento e até na em sua relação com sua filha Jane.

beleza americana
Lester Burnham – Beleza Americana (1999)

Um aspecto interessante sobre o filme é a maneira diferente com que cada personagem consegue enxergar a vida. Lester, por exemplo, mostra claramente que o único momento de satisfação e felicidade do seu dia é quando se masturba durante o banho. Além disso, ele acaba se sentindo sexualmente atraído por Angela, melhor amiga de sua filha, ao vê-la em uma apresentação durante o intervalo de um jogo de basquetebol.

Conhecendo a família Burnham

No que diz respeito às aspirações profissionais, Lester e Carolyn são completos opostos. Enquanto Lester muda radicalmente deixando seu emprego atual e começando a trabalhar em uma lanchonete, Carolyn é uma ambiciosa corretora de imóveis. Com isso, Carolyn acaba colocando o lado profissional acima de qualquer outro aspecto de sua vida, enxergando ainda seu marido como um fracassado.

No decorrer do filme, Carolyn (Annette Bening) acaba se envolvendo com Buddy, seu atual rival nos negócios, pois Buddy também é do ramo imobiliário. Enquanto isso, Lester começa a ter fantasias sexuais com Angela (Mena Suvari), melhor amiga de sua filha. Além disso, Lester também começa a praticar exercícios físicos a fim de conquistar Angela.

Por fim, temos Jane (Thora Birch), uma típica adolescente que se vê inferiorizada vendo a beleza da sua melhor amiga e seu falso sucesso como modelo, além disso, Jane também está inserida em um contexto familiar bastante desestruturado e turbulento. No decorrer do filme, Jane acaba se envolvendo com Ricky, novo vizinho da família Burnham.

Outros personagens de destaque em Beleza Americana

Outros personagens complementam o enredo, não podendo ser de forma nenhuma descartados ou deixados de lado e, na minha opinião, esse é um dos aspectos mais interessantes sobre o filme: a forma com que cada personagem se encaixa na história.

Temos Ricky, personagem vivido por Wes Bentley. Seu pai, Coronel Frank Fritts, na tentativa de educar o filho de forma autoritária, acaba exigindo coisas que não são cumpridas por Ricky, pois para os pais, Ricky ganha dinheiro trabalhando como garçom, mas na verdade é traficando drogas. Com isso, Ricky precisa estar constantemente driblando seu pai para continuar ganhando dinheiro através da venda de drogas e, assim, conseguir continuar comprando suas fitas para fazer suas filmagens caseiras.

beleza americana
Ricky Fitts – Beleza Americana (1999)

Além disso, seu pai desconfia frequentemente sobre sua sexualidade, chegando até a cogitar que existe alguma relação mais íntima e sexual entre Ricky e Lester, devido a aproximação dos dois, principalmente depois de encontrar um vídeo de Lester praticando exercícios físicos sem roupa, mas na verdade Ricky acaba se envolvendo com Jane.

Angela também é uma personagem bastante importante no filme, vivendo em constante fantasia em sua tentativa de ocultar suas inseguranças e insatisfações através da criação de uma imagem perfeita, Angela acaba mentindo sobre uma carreira de modelo e sobre ter várias experiências sexuais com outros homens.

Curiosidades sobre o filme Beleza Americana

Veja a seguir algumas curiosidades sobre o filme Beleza Americana.

Semelhança com o filme Lolita

O fato do filme trazer a história de um homem mais velho que se sente atraído por uma menina mais nova não é por acaso, Beleza Americana faz várias referências a Lolita, filme de Vladimir Nabokov.

Significado de American Beauty

Nome original do filme, American Beauty também é o nome de uma flor bastante cultivada nos Estados Unidos e que não possui cheiro nem espinhos. O significado acaba metaforizando o vazio dos personagens que atribuem maior valor às aparências.

Mudança no final do filme

Em sua última edição, Sam decidiu cortar cinco minutos do final do filme, causando alteração na história.

Gostou? Veja outros textos sobre filmes e séries aqui.

Drama norte-americano de 1999 dirigido por Sam Mendes e escrito por Alan Ball, o filme Beleza Americana conta a história de um homem que se depara com uma situação de infelicidade em sua vida de forma geral.

Beleza Americana: história

O filme gira em torno de Lester Burnham (Kevin Spacey), um homem completamente infeliz em vários âmbitos da sua vida. Durante a trama é possível enxergar que essa infelicidade está presente em seu trabalho, seu casamento e até na em sua relação com sua filha Jane.

beleza americana
Lester Burnham – Beleza Americana (1999)

Um aspecto interessante sobre o filme é a maneira diferente com que cada personagem consegue enxergar a vida. Lester, por exemplo, mostra claramente que o único momento de satisfação e felicidade do seu dia é quando se masturba durante o banho. Além disso, ele acaba se sentindo sexualmente atraído por Angela, melhor amiga de sua filha, ao vê-la em uma apresentação durante o intervalo de um jogo de basquetebol.

Conhecendo a família Burnham

No que diz respeito às aspirações profissionais, Lester e Carolyn são completos opostos. Enquanto Lester muda radicalmente deixando seu emprego atual e começando a trabalhar em uma lanchonete, Carolyn é uma ambiciosa corretora de imóveis. Com isso, Carolyn acaba colocando o lado profissional acima de qualquer outro aspecto de sua vida, enxergando ainda seu marido como um fracassado.

No decorrer do filme, Carolyn (Annette Bening) acaba se envolvendo com Buddy, seu atual rival nos negócios, pois Buddy também é do ramo imobiliário. Enquanto isso, Lester começa a ter fantasias sexuais com Angela (Mena Suvari), melhor amiga de sua filha. Além disso, Lester também começa a praticar exercícios físicos a fim de conquistar Angela.

Por fim, temos Jane (Thora Birch), uma típica adolescente que se vê inferiorizada vendo a beleza da sua melhor amiga e seu falso sucesso como modelo, além disso, Jane também está inserida em um contexto familiar bastante desestruturado e turbulento. No decorrer do filme, Jane acaba se envolvendo com Ricky, novo vizinho da família Burnham.

Outros personagens de destaque em Beleza Americana

Outros personagens complementam o enredo, não podendo ser de forma nenhuma descartados ou deixados de lado e, na minha opinião, esse é um dos aspectos mais interessantes sobre o filme: a forma com que cada personagem se encaixa na história.

Temos Ricky, personagem vivido por Wes Bentley. Seu pai, Coronel Frank Fritts, na tentativa de educar o filho de forma autoritária, acaba exigindo coisas que não são cumpridas por Ricky, pois para os pais, Ricky ganha dinheiro trabalhando como garçom, mas na verdade é traficando drogas. Com isso, Ricky precisa estar constantemente driblando seu pai para continuar ganhando dinheiro através da venda de drogas e, assim, conseguir continuar comprando suas fitas para fazer suas filmagens caseiras.

beleza americana
Ricky Fitts – Beleza Americana (1999)

Além disso, seu pai desconfia frequentemente sobre sua sexualidade, chegando até a cogitar que existe alguma relação mais íntima e sexual entre Ricky e Lester, devido a aproximação dos dois, principalmente depois de encontrar um vídeo de Lester praticando exercícios físicos sem roupa, mas na verdade Ricky acaba se envolvendo com Jane.

Angela também é uma personagem bastante importante no filme, vivendo em constante fantasia em sua tentativa de ocultar suas inseguranças e insatisfações através da criação de uma imagem perfeita, Angela acaba mentindo sobre uma carreira de modelo e sobre ter várias experiências sexuais com outros homens.

Curiosidades sobre o filme Beleza Americana

Veja a seguir algumas curiosidades sobre o filme Beleza Americana.

Semelhança com o filme Lolita

O fato do filme trazer a história de um homem mais velho que se sente atraído por uma menina mais nova não é por acaso, Beleza Americana faz várias referências a Lolita, filme de Vladimir Nabokov.

Significado de American Beauty

Nome original do filme, American Beauty também é o nome de uma flor bastante cultivada nos Estados Unidos e que não possui cheiro nem espinhos. O significado acaba metaforizando o vazio dos personagens que atribuem maior valor às aparências.

Mudança no final do filme

Em sua última edição, Sam decidiu cortar cinco minutos do final do filme, causando alteração na história.

Gostou? Veja outros textos sobre filmes e séries aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo Relacionado

Este é um site do grupo B20