Muito foi discutido a respeito do final de uma das séries mais assistidas do mundo, o épico Game of Thrones ou GoT (como chamado pelos fãs). Entretanto, várias dúvidas e reações permearam os espectadores sobre o final da série, além da qualidade com que foi feita a última temporada.

Quanto maior o salto, maior a queda?

cinerama-14-1024x410-6487941-2342812

Não há dúvidas de que essa temporada foi a mais esperada de todos os tempos. Em todos os comerciais, teorias, até mesmo a espera do público alimentou um imenso hype pelo final da série. Porém, será que esse foi o principal motivo para que a série fosse criticada em sua temporada final? Será que os fãs, ao criarem enormes expectativas pela qualidade das outras temporadas, imaginaram algo que não poderia ser feito? Uma coisa é certa, e esta é de que muito foi exigido de GoT, o que não tira parte da culpa dos produtores, mas alivia a decepção de alguns fãs. George R.R. Martin disse que a saga que inspirou a série, As Crônicas de Gelo e Fogo, teria um final agridoce. Como se poderia imaginar algo diferente, da série que terminou antes mesmo da saga literária ter sido escrita e finalizada? Até parte do próprio elenco principal, se mostrou insatisfeito com o final da série.

Perda da narrativa original

cinerama-10-3597543-4808665

Talvez um dos maiores problemas de séries que começam maravilhosamente bem e terminam mal, como Lost e até mesmo Dexter seja a narrativa. A perda da noção de saber o que fazer com o destino dos personagens, a decisão que eles iriam tomar em tal situação ou até mesmo um acidente de roteiro sem sentido, tudo isso contribui para esse desastre. Alguns personagens de Game of Thrones tiveram finais interessantes, mas é nítida a falta de construção de um final mais condizente com o que a série iniciou. George R.R. Martin dizia que procurava estabelecer seus personagens em seus livros como sementes, que ao serem regadas viravam plantas, e estas agiam de forma como foram semeadas ali. Isso vai contra ao resultado do final, no qual Daenerys se torna a ”rainha louca” e acaba por ceder aos seus piores instintos, nunca antes tão sentidos em toda a série. A própria trama em si do Rei da Noite, o que foi prometido e de resultado final ter tanto impacto quanto o cair de uma folha debaixo de uma árvore. No final de tudo, a guerra pelo trono se tornou algo sem sentido. O esforço para Daenerys ficar fora de si nessa temporada foi tão intenso, que acabou por ter uma morte nem tão significativa quando poderia ter.

Acontecimentos corridos

cinerama-11-3965662-9581771

Um outro problema causado pelas pontas soltas deixadas nas tramas dos personagens, tudo parece feito com muita pressa em GoT. A preocupação dessa temporada final parece não ter sido em si o roteiro, mas sim os grandíssimos e deslumbrantes efeitos visuais da série. Essa falta de preocupação com a narrativa, deixa a história confusa e corrida, como no final do último episódio em que Bran é o eleito para sentar no Trono de Ferro. Parece ser mais um tapa buraco narrativo, pensar que alguém tão afastado das tramas centrais da série, poderia sentar no Trono de Ferro. Porém, pensando no arco apressado de Daenerys na última temporada, e no de Jon Snow, Bran foi a escolha com menor impacto negativo e óbvio na série.

Pontos positivos

cinerama-12-1024x682-3640439-7622762

Um dos pontos positivos deixados pelo final da série, de fato, é o final filosófico de Tyrion. Juntamente com a grande atuação de Peter Dinklage, o personagem teve uma das melhores evoluções da série assim como Arya Stark. O discurso de Tyrion no julgamento demonstra o que realmente importava na série, as boas histórias. Esse discurso até mesmo justifica a seleção de Bran para o Trono de Ferro, como aquele que coleciona as histórias, o que passou por tudo e sobreviveu até ali pra contar história. Fora os efeitos visuais, a beleza das representações históricas ou seja o que for, o que importa sempre no final são as boas histórias.

De qualquer forma, Game of Thrones é um marco na história das séries. Não será uma temporada agridoce, ou até mesmo um episódio, que tirará o brilho que a série deixou por anos aos seus espectadores. Apenas teremos, assim como outras séries magníficas, aquela sensação que o final poderia ter sido mais intenso, mais bem produzido.

Veja também: Fundação DiCaprio fará doação milionária para causas ambientais