James  Stewart, foi um excelente ator americano, que apesar de se formar em arquitetura, optou por seguir a carreira teatral e posteriormente as telas. Com charme e beleza ele conquistou diversas premiações, portanto, vale a pena conferir!

James Stewart – Melhores filmes

Aqui temos alguns dos melhores filmes de James Stewart, os quais vocês poderão conferir na sequencia. Contudo, antes , é melhor conferirmos quem foi realmente essa figura, vamos lá?

James Stewart – Melhores filmes

Quem foi James Stewart

James Maitland ou charmosamente: “Jimmy” Stewart foi um ilustre ator americano de cinema, teatro e televisão. Ele participou de inúmeros filmes considerados clássicos, e foi indicado a cinco prêmios de Oscar de Melhor Ator (principal), sendo que em 1941 conquistou um, por seu papel em Núpcias de Escândalo (The Philadelphia Story, 1940).

Ainda, devido a seu trabalho na televisão, ganhou um Globo Ouro de melhor Ator em televisão (série dramática) em 1974, por Hawkins.

Stewart veio ao mundo em Indiana, Pensylvania,EUA, especialmente, no dia 20 de maio de 1908.  Ele estudou arquitetura na Universidade de Princeton, antes de se juntar ao grupo teatral dirigido por Joshua Logan, ao lado de Henry Fonda e Margaret Sullavan,os quais ficaram seus amigos por toda a vida.

stwart-3535447-7783934-9534676

Sua estréia nas telas

Depois de vários trabalhos nos palcos, foi contratado pela Metro Goldwyn Mayer em 1935, ano que estreou nas telas em Entre a Honra e a lei (The Murder Man), estrelado por Spencer Tracy.

Entre outros papéis vividos por ele em seus dois primeiros anos no cinema, estão: Rose Marie de 1935, onde interpretava o irmão foragido da justiça, e em A Comédia dos Acusados (After the Thin, 1936), onde fazia o assassino desmascarado no final, pelo casal de detetives William Powell e Myrna Loy.

James, ou “Jimmy” como era chamado, começou a chamar a atenção do público após atuar em “A Mulher Faz o Homem” (Mr. Smith Goes to Washington, 1939) de Frank Capra. Neste filme, James começou a interpretar o papel do qual mais seria reconhecido em sua carreira, o do idealista convicto.

Oscar, família e  inserção no serviço militar

Em 1940, conseguiu seu Oscar no papel do jornalista de revista de mexericos em Núpcias de Escândalo (The Philadelphia Story, 1940). Em 1941, Steward foi o primeiro artista a se alistar na Força Aérea Americana e acabou lutando como General-Brigadeiro (Brigadier General) quando a II Guerra Mundial começou.

Após a guerra, Stewart se casou com a ex-modelo Gloria Hatrick McLean em 9 de agosto de 1949. Eles permaneceriam casados até à morte dela em 16 de fevereiro de 1994. Stewart adotou os dois filhos de sua mulher, Michael e Ronald, e juntos tiveram as gêmeas Judy e Kelly em 7 de maio de 1951. Seu filho, Ronald Stewart foi morto em 8 de junho de 1969 em combate na Guerra do Vietnã.

Com o fim da II Guerra, outra indicação ao Oscar, em 1946, com A Felicidade não se Compra (It’s a Wondeful Life), pela última vez dirigido por Frank Capra, novamente no típico estilo que consagrava a virtude do homem americano.

Nessa época ele se encontra com Hitchcock na fascinante experiência de câmera e montagem de Festim Diabólico (The Rope, 1948).

Ultimo premio e morte de James Stewart

Ele voltaria a trabalhar com Hitchcock novamente em outros três clássicos: Janela Indiscreta (Rear Window, 1954), O Homem que Sabia Demais (The Man Who Knew Too Much, 1956) e Um Corpo que Cai (Vertigo, 1958), este último considerado hoje por boa parte da crítica como a maior obra-prima do Mestre do Suspense.

Em 1985 Steward recebeu um Oscar honorário por suas grandes atuações. Ele faleceu em 1997 com 89 anos em sua casa em Beverly Hills, Califórnia, de embolia pulmonar. Encontra-se sepultado no Forest Lawn Memorial Park, Glendale, Los Angeles, nos Estados Unidos.

James Stewart – Melhores filmes

Abaixo iremos conferir, alguns dos melhores filmes de James Stewart, queira nos acompanhar!

Ciúmes -James Stewart

A história foi baseada em um conto do mesmo nome escrito por Faith Baldwin publicado na revista Cosmopolitan Magazine em maio de 1935

Sinopse de Ciúmes -James Stewart

O Editor de revistas Van Stanhope é um executivo trabalhador e muito bem casado com sua bela esposa Linda. Embora seu relacionamento seja construído a partir da confiança incondicional, amigos a alertam sobre os perigos de permitir que Whitey, uma secretária extremamente sexy, continue a trabalhar com o marido.

Para piorar, Whitey, embora tenha um namorado fiel, secretamente abriga sentimentos não correspondidos por seu chefe. A situação se complica de vez quando chefe e secretária fazem uma viagem de negócios para Havana.

Curiosidades:

  • O filme foi a quinto de seis colaborações entre Gable e Harlow e a quarta de sete entre Gable e Loy.
  • James Stewart falou de sua cena no carro com Harlow: “Clarence Brown, o diretor, não estava muito satisfeito com a maneira como eu dei o beijo. Ele nos fez repetir a cena cerca de meia dúzia de vezes. Nisso percebi que Jean Harlow sabia beijar muito bem. Percebi que até então eu nunca tinha sido realmente beijado.”
  • Apesar de ter recebido apenas o sexto maior salário no elenco, Stewart goza de mais tempo de tela com exceção dos três protagonistas, principalmente em sequências românticas com Harlow, incluindo a cena final.

Ficha técnica do filme Ciúmes- James Stewart

Título: Ciúmes
Título Original: Wife vs. Secretary
Ano: 1936
Direção: Clarence Brown
Roteiro: Norman Krasna, John Lee Mahin, Faith Baldwin, Alice Duer Miller
Gênero: Comédia/Drama/Romance
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme Ciúmes- James Stewart

Clark Gable Van
Jean Harlow Whitey
Myrna Loy Linda
May Robson Mimi
George Barbier Underwood
James Stewart Dave
Hobart Cavanaugh Joe
Tom Dugan Finney
Gilbert Emery Simpson
Marjorie Gateson Eve Merritt
Gloria Holden Joan Carstairs
Eugene Borden Oficial do navio
John Qualen Sr. Jenkins
Alan Mowbray Ivan Boris

Por qual motivo devo assistir o filme : Ciúmes com James Stewart

Além de ser um romance bem elaborado, ele alerta sobre os perigos que ocorrem do envolvimento em um relacionamento,  mesmo profissional, quando se torna demasiadamente íntimo.

Do mundo nada se leva – James Stewart

Revendo o filme em 2010, James Berardinelli escreveu que “Ele não tem se saído bem no termo atemporalidade como outros filmes do diretor”, devido ao tipo comédias malucas da época e a “inocência que permeia o filme”.

do-mundo-300x234-8598368-1438497-8555666

Sinopse do filme: Do mundo nada se leva – James Stewart

Tony Kirby, o filho de um empresário rico e influente, resolve se casar com Alice Sycamore, uma moça simples, pertencente a uma família de pessoas extrovertidas e amalucadas, o que gera um choque de comportamentos.

Enquanto isso, o pai do rapaz pretende erguer um importante empreendimento e já comprou todos os imóveis da região onde a família de moça vive, com exceção da casa dela. Como a família da moça se recusa a vender a casa, e sem este imóvel o projeto não pode ir adiante, eles acabam se enfrentando.

Prêmios:

  • Venceu o Oscar de 1939 na categoria de melhor filme e melhor diretor.
  • Indicado nas categorias de melhor atriz coadjuvante (Spring Byington), melhor fotografia, melhor edição, melhor som e melhor roteiro.

Curiosidades:

  • O roteiro é uma adaptação da peça de teatro de George S. Kaufman e Moss Hart, que ganhou o Prêmio Pulitzer em 1937, e estava ainda em cartaz quando o filme estreou. Enquanto a peça tinha apenas 19 personagens, o filme tinha 153 personagens.
  • Frank Nugent, do The New York Times chamou o filme de “Um grande filme que só irá decepcionar os admiradores mais superficiais da peça.” Film Daily escreveu: “Dirigido com suavidade, naturalidade e cuidadosamente editado, Do Mundo Nada Se Leva tem todos os elementos de entretenimento que os fãs poderiam desejar”
  • Do Mundo Nada Se Leva fornece uma agradável experiência, juntamente com um lembrete de quais eram os critérios específicos da época para se ganhar um Oscar”

Ficha técnica: Do mundo nada se leva – James Stewart

Título: Do Mundo Nada Se Leva
Título Original: You Can’t Take It with You
Ano: 1938
Direção: Frank Capra
Roteiro: George S. Kaufman, Moss Hart
Gênero: Drama/Comédia/Romance
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme: Do mundo nada se leva

Jean Arthur Alice Sycamore
Lionel Barrymore Martin Vanderhof
James Stewart Tony Kirby
Edward Arnold Anthony P. Kirby
Mischa Auer Boris Kolenkhov
Ann Miller Essie Carmichael
Spring Byington Penny Sycamore
Samuel S. Hinds Paul Sycamore
Donald Meek Poppins
H.B. Warner Ramsey
Halliwell Hobbes DePinna
Dub Taylor Ed Carmichael
Mary Forbes sra. Anthony P. Kirby
Lillian Yarbo Rheba

Por qual motivo devo assistir o filme : Do mundo nada se leva?

É uma comédia muito engraçada, e por sinal, poderá ser assistida juntamente com a família, sem censuras! Confiram logo e se divirtam!

Atire a primeira pedra- James Stewart

No filme original existia uma cena em que Marlene Dietrich colocava o dinheiro ganho em uma noite de apostas no seu decote. Depois que as primeiras audiências assistiram a cena, elas reclamaram e a censura americana pediu que retirassem essa parte do filme.

atire-a-primeira-pedra-210x300-4610542-7532173-7851070

Sinopse do filme: Atire a primeira pedra- James Stewart

Kent, o chefe inescrupuloso de Bottleneck mata o Xerife Keogh quando ele faz muitas perguntas, sobre um jogo de pôquer fraudado por Kent, o quAL lhe deu o domínio sobre os gados da região. O prefeito, que está em conluio com Kent nomeia o bêbado da cidade, Washington Dimsdale, como o novo xerife acreditando que ele será fácil de controlar.

Curiosidades:

  • O papel de Tom Destry era originalmente de Gary Cooper, mas ele queria mais dinheiro do que os produtores estavam dispostos a pagar. O papel foi então oferecido a James Stewart que o aceitou.
  • Esse acabou sendo o primeiro faroeste de James Stewart.
  • James Stewart e Marlene Dietrich tiveram um caso que durou exatamente o tempo das filmagens. Posteriormente ela declarou que teve que fazer um aborto depois que Stewart a engravidou.
  • O filme foi adaptado para a Broadway em um musical com Andy Griffith. A estreia foi em 23 de abril de 1959 no Imperial Theatre e teve 472 apresentações.

Ficha Técnica: Atire a primeira pedra -James Stewart

Título: Atire a Primeira Pedra
Título Original: Destry Rides Again
Ano: 1939
Direção: George Marshall
Roteiro: Max Brand, Felix Jackson, Gertrude Purcell, Henry Myers
Gênero: Comédia/Faroeste
Nacionalidade:Estados Unidos

Elenco do filme: Atire a primeira pedra -James Stewart

James Stewart Tom Destry Jr.
Marlene Dietrich Frenchy
Charles Winninger Washington Dimsdale
Mischa Auer Boris
Brian Donlevy Kent
Warren Hymer Bugs Watson
Allen Jenkins Gyp Watson
Betta St. John Garota cantando no vagão

Por qual motivo devo assistir o filme : Atire a primeira pedra?

É uma comédia de faroeste muito engraçada! Você não ficou curioso?

A mulher faz o homem – James Stewart

A Mulher Faz o Homem foi banido da Alemanha Nazista, e segundo o diretor, na Itália fascista, e Espanha franquista, o filme foi dublado de maneira incorreta para não mostrar a corrupção e seguir a ideologia oficial de tais países .

mulher-2-300x169-4418358-1290634-6740025

Sinopse do filme : A mulher faz o homem – James Stewart

Jefferson Smith é um inocente homem do interior que é levado a Washington por um grupo de políticos para se tornar senador dos Estados Unidos da América. Eles o querem transformar em uma marionete a serviço de seus interesses.

Aos poucos, o homem vai percebendo o mar de lama em que se enfiou, capaz de destruir tudo o que sempre acreditou em relação à bondade e ao caráter dos comandantes de seu país.

Prêmios:

  • Vencedor do Oscar de 1940 na categoria melhor roteiro original.
  • Indicado nas categorias de melhor filme, melhor direção, melhor ator (James Stewart), melhor ator coadjuvante (Claude Rains e Harry Carey), melhor direção de arte, melhor edição, melhor trilha sonora, melhor roteiro e melhor som.
  • Venceu o Prêmio NYFCC 1939 (New York Film Critics Circle Awards, EUA) na categoria de melhor ator (James Stewart).
  • Esse filme foi selecionado para fazer parte da Biblioteca Nacional do Congresso dos EUA como sendo “Culturalmente, historicamente e esteticamente importante”

Curiosidades:

  • A tradução do título original do filme, Sr. Smith vai à Washington, remete ao fato de que Jefferson Smith, o personagem principal, é enviado à Washington, D.C. para ocupar o cargo de senador. Em português, o título foi completamente alterado para “A Mulher Faz o Homem” pois Washington não seria uma analogia facilmente compreendida em locais fora dos Estados Unidos.
  • O filme causou um enorme furor na mídia estadunidense na época de seu lançamento pelo fato de mostrar a corrupção do governo dos Estados Unidos de forma tão cotidiana, o que levou alguns a chamá-lo de antiamericano..
  • Em 1998 foi eleito o 29° melhor filme de todos os tempos pelo American Film Institute, em 2007 subiu para 26° posição na lista. O personagem de James Stwart, Jefferson Smith, também foi eleito pelo AFI como o 11° maior herói do cinema americano.

Ficha técnica – A mulher faz o homem – James Stewart

Título: A Mulher Faz o Homem
Título Original: Mr. Smith Goes to Washington
Ano: 1939
Direção: Frank Capra
Roteiro: Lewis R. Foster, Sidney Buchman
Gênero: Drama
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco:  A mulher faz o homem- James Stewart

James Stewart Jefferson Smith
Jean Arthur Clarissa Saunders
Claude Rains Senador Joseph Harrison Paine
Thomas Mitchell Diz Moore
Eugene Pallette Chick McGann
Beulah Bondi Ma Smith
H.B. Warner Senador Agnew
Harry Carey Presidente do Senado
Astrid Allwyn Susan Paine
Ruth Donnelly Emma Hopper
Grant Mitchell Senador MacPherson
Porter Hall Senador Monroe
Pierre Watkin Senador Barnes

Por qual motivo devo assistir o filme : A mulher faz o homem

Bom para se obter um pouco de conhecimento sobre o funcionamento da política americana.

A loja da Esquina-  James Stewart

Em 1999, o filme foi selecionado para preservação no Registro Nacional de Filmes dos Estados Unidos pela Biblioteca do Congresso como sendo “cultural, histórica ou esteticamente significativo”.

a-loja-300x235-7145835-6847003-1199352

Sinopse do filme: A loja da esquina

Dois funcionários de uma loja trocam farpas todos os dias no trabalho. Ele e ela têm algo em comum: estão se relacionando com outra pessoa que nunca viram através de cartas, utilizando nomes falsos. Ambos estão nervosos pelo momento de se encontrarem pela primeira vez pessoalmente. O que os dois não sabem é que já se conhecem.

Curiosidades:

  • O filme ficou em 28º lugar na lista dos maiores romances do cinema da AFI e está listada na lista de 100 maiores filmes de todos os tempos da Time.
  • A Loja da Esquina tem classificação de 100% no Rotten Tomatoes, com o consenso crítico declarado como, “habilmente dirigido por Ernst Lubitsch de um roteiro inteligente e engraçado de Samson Raphaelson, The Shop Around the Corner é uma comédia romântica no melhor sentido”.
  • Dave Kehr argumentou que Lubitsch faz “um brilhante posicionamento de ponto de vista, permitindo que o público entre na percepção de cada personagem individualmente no momento exato para desenvolver o máximo de simpatia e suspense”.
  • Também foi o 58º na pesquisa da BBC em 2015 sobre os melhores filmes AMERICANOS

Ficha técnica

Titulo: A Loja da Esquina
Titulo Original: The Shop Around the Corner
Ano: 1940
Direção: Ernst Lubitsch
Roteiro: Samson Raphaelson, Miklós László, Ben Hecht
Gênero: Comédia/Drama/Romance
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco

James Stewart Alfred Kralik
Margaret Sullavan Klara Novak
Frank Morgan Hugo Matuschek
Felix Bressart Pirovitch
Joseph Schildkraut Ferencz Vadas
William Tracy Pepi Katona
Sara Haden Flora Kaczek
Inez Courtney Ilona Novotny
Charles Smith Rudy
Charles Halton O detetive particular
Edwin Maxwell O médico
Grace Hayle Cliente gorda
Sarah Edwards Cliente procurando malas
Mary Carr Avó de Klara

Por qual motivo devo assistir o filme : A loja da esquina

Uma história interessante e engraçada ao mesmo tempo, que não é tão difícil de acontecer na vida comum.

Núpcias de Escândalo: James Stewart

Núpcias de escândalo foi filmado em 8 semanas, e não foi necessária uma segunda tentativa ou retomada. Durante a cena em que James Stewart soluça quando está bêbado, é possível ver Cary Grant olhando para baixo e rindo. Isso porque o acesso de soluço não havia sido planejado e Grant teve que se segurar para não ter um ataque de riso.

nupcias-200x300-2619246-8111482-4061599

Sinopse: Núpcias de Escândalo: James Stewart

Dois anos depois de se divorciar do primeiro marido, a socialite Tracy Lord está prestes a contrair matrimônio com George Kittredge, um aspirante a político.

Porém, dias antes da celebração, a família é surpreendida pela chegada de Mike Connor, um escritor metido a repórter; Elizabeth Imbrie, uma pintora metida a fotógrafa; e Dexter Haven, o ex-marido, que se instalam como hóspedes na casa graças a uma chantagem envolvendo o pai da noiva.

A dupla do jornal deve escrever a história do casamento de Tracy, e ela e sua família decidem colaborar com a farsa para não ver o nome do patriarca da família ser manchado em público. Mas a presença tanto do ex-marido quanto do escritor farão com que Tracy repense sua decisão até o fatídico momento do sim.

Prêmios:

  • Venceu o Oscar de 1941 na categoria de melhor roteiro adaptado e de melhor ator (James Stewart).
  • Indicado nas categorias melhor filme, melhor direção, melhor atriz (Katharine Hepburn) e melhor atriz coadjuvante (Ruth Hussey).
  • NYFCC Award 1940 (New York Film Critics Circle Awards, EUA) – Venceu na categoria de melhor atriz (Katharine Hepburn).

Curiosidades:

  • Katharine Hepburn pediu à MGM para escalar Clark Gable como Dexter e Spencer Tracy como Mike antes mesmo dela conhecer algum deles. Ambos estavam ocupados com outros projetos e não puderam participar do filme, então Cary Grant e James Stewart entraram no filme.
  • O roteiro, escrito por Donald Ogden Stewart e por Waldo Salt (não creditado), foi baseado em peça de teatro de Philip Barry.
  • Foi refilmado em 1956 como musical, sob o título de High Society.

Ficha técnica: Núpcias de escândalo

Título: Núpcias de Escândalo
Título Original: The Philadelphia Story
Ano: 1940
Direção: George Cukor
Roteiro: Philip Barry, Donald Ogden Stewart, Waldo Salt
Gênero: Comédia/Romance
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco de: Núpcias de escândalo

James Stewart Macaulay Connor
Cary Grant C. K. Dexter Haven
Katharine Hepburn Tracy Lord
Ruth Hussey Elizabeth Imbrie
John Howard George Kittredge
Roland Young Tio Willie
John Halliday Seth Lord
Mary Nash Margaret Lord
Virginia Weidler Dinah Lord
Henry Daniell Sidney Kidd
Lionel Pape Edward
Rex Evans Thomas
Lita Chevret manicure
Veda Buckland Elsie
David Clyde Mac

Por qual motivo devo assistir o filme : A núpcias de escândalo

Você deve assisti-lo para se divertir bastante! Vale a pena, assista !

Felicidade não se compra- James Stewart

Em 2006 A Felicidade Não Se Compra foi eleito o filme americano mais inspirador da história em votação promovida pelo American Film Institute.

a-felici-211x300-6095165-4446816-5490012

Sinopse do filme:Felicidade não se compra- James Stewart

O filme mostra a história de um espírito desencarnado, candidato a anjo, que para ganhar suas asas recebe a missão de ajudar um valoroso empresário que tinha a intenção de se suicidar.

O aspirante a anjo o encontra na véspera do Natal, à noite, prestes a saltar de uma ponte nas águas geladas do inverno. Fazendo-se visível ele fala sobre sua missão.

Prêmios:

  • Indicado ao Óscar de 1947 nas categorias Melhor filme, Melhor ator (James Stewart), Melhor diretor, Melhor edição, Melhor som
  • Vencedor do Globo de Ouro na categoria melhor diretor.

Curiosidades:

  • O filme serviu de inspiração para o seriado dos anos 80 “O Homem Que Veio do ceú”
  • A Felicidade Não Se Compra é um dos filmes mais aclamados da história do cinema, elogiado especialmente por sua escrita. Foi nomeado para cinco prêmios da Academia, incluindo Melhor Filme e foi reconhecido pelo American Film Institute como um dos 100 melhores filmes americanos já realizados, ficando 11° lugar na lista de 1998.
  • Frank Capra revelou que o filme era seu favorito entre aqueles que dirigiu.

Ficha técnica: Felicidade não se compra- James Stewart

Título: A Felicidade Não Se Compra
Título Original: It’s a Wonderful Life
Ano: 1946
Direção: Frank Capra
Roteiro: Philip Van Doren Stern, Frances Goodrich, Frank Capra, Albert Hackett, Michael Wilson
Gênero: Drama/Fantasia/Romance
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco: Felicidade não se compra- James Stewart

James Stewart George Bailey
Thomas Mitchell Tio Billy
Donna Reed Mary Hatch Bailey
Lionel Barrymore Sr. Potter
Henry Travers Clarence
Beulah Bondi Ma Bailey
Frank Faylen Ernie Bishop
Ward Bond Bert
Frank Albertson Sam Wainwright
Mary Treen Prima Tilly
Argentina Brunetti Sra. Martini
Charles Halton Carter

Por qual motivo devo assistir o filme :Felicidade não se compra

Porque além de ser um filme engraçado, ele é maravilhoso, pois nos ensina a ser agradecidos por tudo o que possuímos, e faz repensar o nosso espaço no mundo, e a forma como influenciamos no funcionamento dele. Vale muiiiito a pena assistir!

Fim

Aqui está mais uma lista de sucessos antigos imperdíveis com James Stewart. Se quer conhecer mais sobre filmes antigos de sucesso, nos acompanhe aqui no Demonstre, e não deixe de se divertir, enquanto acumula conhecimento.

Um grande abraço, e até breve!