• Início
  • Cinema
  • Martin Scorsese afirma que Marvel não deveria dominar os cinemas

Martin Scorsese afirma que Marvel não deveria dominar os cinemas

Na última semana, comentários do cineasta Martin Scorsese (“Os Bons Companheiros“) sobre as produções dos Estúdios Marvel geraram polêmica e reações acalorados de fãs, atores e até outros diretores. Após afirmar que os filmes da Marvel não são cinema, Scorsese defendeu seu ponto de vista e ainda incorporou novas críticas aos longas da Casa das Idéias.

O valor de um filme que é como um parque de diversões, por exemplo os da Marvel, em que os cinemas viram parques de diversões, é uma experiência diferente. Como disse antes, não é cinema, é outra coisa.” disse o diretor durante o British Film Institute’s London Film Festival. “Se você vai ou não, isso é outra coisa e não deveríamos ser invadidos por isso. É um grande problema e nós precisamos que os donos dos cinemas se juntem e exibam filmes que são narrativas.

Avengers Infinity War Wallpaper 1500x844 1024x576 1661054
Uma das últimas produções da Marvel, “Vingadores: Guerra Infinita“. “Ícone do Cinema“.

Atores como Robert Downey Jr. (“Homem de Ferro“) e Samuel L. Jackson (“Pulp Fiction: Tempo de Violência“), que atuaram em longas da Marvel, responderam aos comentários anteriores de Scorsese, contribuindo ainda mais para a polêmica que circunda as redes. Além deles, o diretor James Gunn (“Guardiões da Galáxia“) afirmou que é um grande fã do cineasta e se sentiu muito triste com sua fala.

A fase 4 da Marvel já foi anunciada e deve começar a chegar aos cinemas logo. Já o novo filme de Scorsese, “O Irlandês“, será uma adaptação do livro “I Heard You Paint Houses” (2003) de Charles Brandt e uma ambiciosa junção entre os três maiores atores dos filmes de máfia da história: Robert DeNiro (“Taxi Driver“) Al Pacino (“Um Dia de Cão“) e Joe Pesci (“Casino“), com 3 horas e 30 minutos de duração, será o filme mais longo do cineasta.

Os efeitos especiais necessários para o filme aumentaram em muito seu orçamento, sendo este o mais caro do diretor e custando, segundo o Collider, U$$ 160 milhões. DeNiro irá ser rejuvenescido, pois segundo Scorsese, o intuito do filme é narrar os acontecimentos “do ponto de vista de caras mais velhos olhando pro passado, nada de correria.”

O Irlandês” tem direção de Scorsese e roteiro de Steven Zaillan, com estreia prevista em alguns poucos cinemas dos EUA para 1 de novembro e na Netflix para 27 do dito mês. O longa contará a história do veterano de guerra Frank Sheeran (DeNiro), assassino profissional ligado a máfia e ao assassinato do líder sindical Jimmy Hoffa (Pacino).

Confira o trailer:

https://www.youtube.com/watch?v=ZxuTltUvvkI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo Relacionado

Este é um site do grupo B20