O 3 andar – Terror na Rua Malasana – Resumo

O 3 andar – Terror na Rua Malasana: Para os críticos de cinema que assistem a filmes, esse tipo de terror pode proporcionar uma experiência única, pode torná-los únicos, torná-los únicos no estilo ou ousados, o que nos traz enormes desafios analíticos.

Isso porque o projeto atraiu a atenção das pessoas pela semelhança com outras histórias e não pela particularidade. Todos os lugares comuns nas casas abandonadas, os filmes de assombração e exorcismo são arranjados um após o outro:

O 3 andar – terror na rua malasaña – resumo
O 3 andar – terror na rua malasaña – resumo

A luz se extingue misteriosamente no momento tenso, a figura sinistra passa pelo corredor, a própria porta range e fecha, O balanço balança sozinho, a bruxa que fornece cartas de tarô e feitiços, o som de fora perturba o protagonista, e o pânico trazido pelo modo pânico de salto (com efeitos sonoros altos).

O 3 andar – Terror na Rua Malasaña – Início

O diretor Albert Pinto ou os quatro escritores (neste caso todos inexplicáveis) não se preocupam em aprofundar o papel para desenvolver o trauma dos pais do passado, a estrutura atípica desta grande família e o tratamento dos avós fracos Indiferença. O criador esqueceu que o medo só funciona quando nos preocupamos com o personagem.

Se algoritmos de computador podem guiar filmes de terror, seria “Terceiro Andar: O Terror na Rua Marasana” (2020). Este não é necessariamente um julgamento depreciativo: algoritmos de redes sociais podem entender o gosto médio de um grande número de pessoas e fornecer o que elas acham que desejam. Sem risco, apenas aposte no retorno mais seguro.

O projeto espanhol não trará cenas inéditas no título anterior, mas precisa de mais atenção ou melhor contextualização.

O 3 andar – Terror na Rua Malasaña – Enredo

Este é um comando automático estranhamente personificado, como se o cineasta nunca tivesse discutido com sua equipe como filmar cada cena. Lembre-se apenas da imaginação coletiva: como atiramos em monstros? Claro, ao longe, escondido nas sombras, o cadáver estava curvado e os cabelos cobriam o rosto.

Como a cena da possessão é constituída? A garota indefesa estava voando no ar, jogou sua família contra a parede com poder telepático e disse palavras terríveis.

Como filmar um apartamento de terror? Longos corredores escuros, quartos escuros, antigos retratos perturbadores pendurados nas paredes. Não envolve apenas parcelas semelhantes a outras parcelas, mas também como orientá-las.

O 3 andar – Terror na Rua Malasaña – Análise

Por insistir no medo em vez de criar um clima, essa narrativa falha em perceber suas inconsistências. Pinto ignorou o óbvio senso de humor na cena da voz do robô do monstro bebê no velho, e ignorou o mármore que conduzia à porta do apartamento perigoso.

A angústia trará a contradição típica do terror, que é difícil de agradar. O oponente na vida após a morte vem de uma senhora idosa agressiva, e é realizada com uma voz maligna que pode possuir o corpo.

Ele fica invisível por um momento e pode ser movido entre as salas, mas depois deixará marcas e ficará preso atrás da porta trancada. A conversa indicou que a entidade assumiria essas funções, tornando-se inútil fugir para outro local, e então alegou que tinha laços estreitos com o apartamento acusado.

O 3 andar – terror na rua malasaña – resumo
O 3 andar – terror na rua malasaña – resumo

Tudo é o contrário: este monstro tímido só se mostra às criaturas mais vulneráveis ​​(crianças, velhos) no início, levando a um certo grau de fraqueza no segundo grupo (jovens gagos, jovens grávidas), e depois fortes Adultos.

Podendo atacá-los e matá-los, ele prefere assustar e depois desaparecer. Afinal, qual é o poder representado pelos idosos? As desculpas fornecidas durante o clímax estão longe de explicar o comportamento do vilão.

O 3 andar – Terror na Rua Malasaña – Elenco

Os atores estão se debatendo, parecendo zombar da expressão exagerada de medo. Infelizmente, o diretor evitou o humor triste inerente ao medo do invisível e tratou todos os clipes com a mesma e incompreensível dignidade. O trabalho do ator é dificultado pela maquiagem fraca (rosto branco com olhos vermelhos) e mudanças na trajetória de cada personagem.

3º andar: O horror na rua Malasana é como andar em um trem fantasma, no qual uma pessoa salta de um susto para outro e, finalmente, salta de forma intermitente e inesquecível. Este cinema busca um estímulo imediato, mas dependendo da linguagem usada, causa tédio ao invés de medo.

O 3 andar – terror na rua malasaña – resumo
O 3 andar – terror na rua malasaña – resumo

A luz é muito azul para simular a noite, ou a luz é muito escura para invadir um quarto de hotel rodeado por imitações de terror. Não existe uma linha tênue entre a auto importância do terror e as regras do gênero zombeteiro. Pintó pode pelo menos investir em recursos de metalinguagem e ver seu rumo como uma reconstituição, homenagem ou jogo humilde.

O 3 andar – Terror na Rua Malasaña – Análise final

Porém, o resultado não pode nem mesmo ser colocado na lata de lixo mais ousada. Embora um pouco exagerado, por trás do plano ainda existem equipamentos de produção exclusivos para filmes de grande escala, o que exacerbou a lacuna entre o profissionalismo da estrutura e o amadorismo do roteiro.

No final, o texto traz sugestões mais suspeitas do que os antigos cinemas – neste caso, explorando o transgênero como um monstro, óculos exóticos para deficientes físicos, novos confrontos sobre a infidelidade familiar, irrestritamente inundados na trama Para dentro.

O 3 andar – terror na rua malasaña – resumo
O 3 andar – terror na rua malasaña – resumo

O resultado final aponta para um conceito desconexo, no qual pode haver diferenças na tomada de decisão criativa entre escritores, produtores e diretores. Sob essa premissa, muitas formas de terror e conspiração se acumularam, de modo que despertaram a impressão do texto com inúmeros métodos de processamento e métodos de edição contraditórios.

Por fim, é difícil destacar um momento interessante, ou seja, certas funções da câmera, iluminação ou narrativa o tornam único. O que é pior do que aproveitar oportunidades e cometer erros nas metas é que aproveitar as oportunidades e de qualquer forma não será memorável.

Perguntas frequentes sobre o tema:

TítuloMalasaña 32 (Original)
Ano produção2020
Dirigido porAlbert Pintó
Estreia12 de Novembro de 2020 ( Brasil )
Duração104 minutos
Classificação 14 – Não recomendado para menores de 14 anos
GêneroTerror
Países de OrigemEspanha
O 3 andar – terror na rua malasaña – resumo
O 3 andar – terror na rua malasaña – resumo

Espero que tenha tirado boas ideias do post, sempre estou trazendo resenhas, resumos e análises interessantes sobre filmes badalados ou até mesmo sobre filmes nacionais que merecem mais atenção.

Gostou do post sobre O 3 andar – Terror na Rua Malasaña – Resumo

Continue nos acompanhando e interagindo com a gente, gostaria que comentasse qual filme marcou a sua vida, assim como esse foi marcante para mim! irei trazer mais filmes antigos e também filmes que foram marcantes na épica sessão da tarde.

Sua avaliação e sua interação são de suma importância pra conseguirmos trazer o que é interessante pra você leitor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo Relacionado

Este é um site do grupo B20