Oi, você! Continuando a nossa série de textos sobre fotografia, hoje vamos falar sobre a diferença entre os formatos Raw e JPEG.

O que é Raw e o que é JPEG – Raw ou JPEG?

Todos já devem conhecer um deles, o JPEG, o formato mais usado mais usado. Para fotos e outros tipos de imagens, não há dúvida de que este é o formato mais popular, principalmente na Internet. JPEG vem de Joint Photographic Experts Group, que era o nome original do grupo que desenvolveu esse algoritmo de compactação de arquivos. Esse formato é tão popular muito por causa de sua alta taxa de compactação, onde apesar disso o resultado final não possui uma perda muito visível.

Se você nunca teve uma câmera mais avançada pode não estar familiarizado com outro formato, RAW. O RAW vem do inglês e pode ser traduzido literalmente como “original” ou “cru”. Isso é exatamente o que significa: O arquivo RAW é o arquivo original, sem qualquer problema de compactação ou processamento. Por não possuir nenhum tipo de compactação, o arquivo RAW é muito maior do que o JPEG, facilmente ultrapassando mais de 10 mb em um único arquivo.

Quais as vantagens e desvantagens na hora de utilizar o formato RAW? – RAW ou JPEG?

O formato RAW de 12 bits pode atingir aproximadamente 68 bilhões de cores diferentes, enquanto o formato de 14 bits pode atingir incríveis aproximadamente 4,3 trilhões de cores diferentes. Somente o JPEG de 8 bits consegue atingir um número aproximado de 16 milhões de cores diferentes, o que faz pouco sentido em comparação com outros formatos RAW. Além do que, com uma imagem em formato RAW você consegue fazer qualquer modificação na edição de uma forma muito menos trabalhosa, por se tratar basicamente de um negativo digital, cru.

A desvantagem fica pelo tamanho do arquivo que gera, por ser um negativo digital, ele possui um peso em megabytes bem alto, o que pode com poucas fotos ocupar o seu cartão sd.

E no formato JPEG? – RAW ou JPEG?

Tudo que é desvantagem no RAW, é vantagem no JPEG e vice versa! O JPEG, por ser um arquivo compactado, possui um tamanho muito menor, te possibilitando armazenar muito mais fotos no seu cartão SD antes dele encher por completo. O ponto negativo fica exatamente na edição desses arquivos, por ser um arquivo longe do original, todas as modificações que você precisar fazer nos tons da imagem serão bem mais complexos de se realizar.

E aí, decidiu qual é o melhor pra você, RAW ou JPEG?

Espero que esse artigo tenha esclarecido alguma coisa pra você, confira mais alguns posts sobre fotografia, por exemplo, você sabe como utilizar bem a ISO da sua câmera? É só clicar e aprender!