Como fazer molho de tomate

Olá pessoal, hoje no Demonstre vamos falar sobre como fazer molho de tomate. Apesar de ser algo bastante simples de se fazer ele é um ingrediente fundamental para muitas receitas deliciosas, permitindo dar um gostinho todo especial para qualquer prato que ele venha a fazer parte.

Como fazer Molho de Tomate

Em geral o molho de tomate é muito utilizado em pratos típicos da culinária italiana, mas quando observamos mais de perto sua história, percebemos que ela vai muito além do que o senso comum nos permite acreditar.

Logo de inicio a própria origem do tomate já é bem diferente do que muitos acreditariam, sendo até relativamente recente em alguns países. Apesar de o tomate ser um ingrediente muito utilizado em várias receitas por toda a Europa ele não teve sua origem naquele continente e sim no nosso.

A origem do molho de tomate

Isso mesmo o tomate é um fruto originário da América Latina. Sua descoberta pode ser creditada aos primeiros povos astecas por volta do ano 700 a.C. sendo uma importante parte da culinária daquele Império que era situado onde atualmente é o México. Foi só durante o século 16 quando os espanhóis se encontraram pela primeira vez com os astecas, que o tomate se tornou conhecido pelos europeus.

O primeiro registro histórico de algo que pode ser considerado como molho de tomate foi feito por Bernardino de Sahagún. Esse padre franciscano escreveu sobre um molho a base de tomate e pimenta que era vendido nos mercados de Tenochtitlan, capital do Império Asteca entre os anos de 1540 e 1585.

Depois da campanha realizada pelos espanhóis que invadiram e subjugaram brutalmente os astecas, partes da cultura e culinária desse povo se tornaram conhecidas na Europa, permitindo que eles tivessem maior contato com o Tomate.

Apesar disso o tomate demorou a se popularizar entre os europeus como um ingrediente culinário. Inicialmente ele era visto como uma planta ornamental por sua cor exótica. Durante algum tempo até acreditaram que poderia ser um fruto venenoso, de forma que não era consumido em larga escala.

Tortellini – Um dos pratos da culinária italiana que usa molho de tomate

Dito isso não causa surpresa que o tomate tenha tido sua estréia na culinária italiana de forma relativamente tardia. O primeiro registro de um molho de tomate feito na Itália só aconteceu no ano de 1692 em Nápoles, pelo chef Antonio Latini em seu livro culinário Lo scalco alla moderna.

No livro ele detalha uma receita para o que chamou de molho alla spagnuola, ou seja, feito no estilo espanhol. Tal molho teria por base pedaços de tomate sem pele ou sementes, Preparados em azeite. Depois temperados com alho picado, cebola, vinagre, pimenta e salsinha.Então oque acham de aprender conosco uma receita fácil e saborosa para criar seu próprio molho de tomate?

Receita do molho de tomate – como fazer molho de tomate

Desde sua criação molho de tomate passou por várias adaptações, se tornando uma parte importante da culinária italiana integrando pratos tradicionais daquele país, como o macarrão e a pizza. Depois disso fica fácil entender como o tomate acabou se tornando um dos alimentos mais consumidos no mundo.

O sabor especial do molho de tomate integra vários dos melhores pratos de nossa culinária e poder fazer seu próprio molho em casa da um toque único a receitas já consagradas, além de ser um ingrediente completamente natural.

Ingredientes do molho de tomate:

  • 1 kg de tomate italiano (maduro) cortado sem pele e sem semente
  • ½ cebola picada
  • 1 dente de alho picado
  • 3 colheres de azeite de oliva
  • Sal e pimenta do reino a gosto

Como fazer molho de tomate: passo a passo

  1. Coloque o tomate o tomate picado sem pele e sem semente no liquidificador até que ele fique com a consistência de um molho.
  2. Leve ao fogo uma panela, adicione o azeite de oliva e coloque a cebola e o alho picado.
  3. Depois que a cebola e o alho dourarem acrescente o tomate batido e mexa bem.
  4. Inclua o sal e a pimenta do reino a gosto e misture.
  5. Deixe cozinhar em fogo baixo por 15 a 20 minutos.
  6. Parabéns seu molho de tomate está pronto.

Dicas para fazer molho de tomate:

  • Se você quiser acrescentar mais tempero ao seu molho de tomate salsinha, cominho e manjericão são ótimas escolhas.
  • É possível comprar o tomate já sem pele no supermercado.
  • Caso você ache que seu molho esteja com a acidez muito acentuada é só incluir um pouquinho de açúcar.
  • Caso você queira deixar seu molho mais consistente basta diminuir a velocidade de seu liguidificador, procesando o tomate em pedaços maiores.

Vídeo ensinando como se faz molho de tomate:

Quer ver na prática como preparar seu molho de tomate ? No vídeo abaixo você poderá aprender mais dicas para deixar seu molho ainda mais saboroso, além de ver um método para aumentar a durabilidade dele.

Como o molho de tomate pode ser usado na escola?

O molho de tomate é um bom exemplo de como os avanços tecnológicos e eventos históricos modificam os hábitos culinários de uma cultura. Nesse caso apesar de o tomate ser um fruto proveniente da América Latina. Foi por meio dos avanços tecnológicos, que possibilitaram a criação de navios mais modernos, capazes de cruzar o oceano, dessa forma os povos europeus puderam pela primeira vez fazer contato com culturas e alimentos até então desconhecidos por eles.

Levando em consideração a subsequente invasão e destruição sofrida pelo Império Asteca pelas mãos dos espanhóis. Podemos observar também que apesar de muito da cultura e sociedade daquele povo ter sofrido uma perda incalculável. Pequenas partes de seus hábitos e práticas culinárias foram absorvidas e adaptadas por seus colonizadores. Influenciando parte da cultura espanhola em contrapartida.

Por final tal movimento ainda nos demonstra como o novo fluxo de alimentos advindos do novo mundo, que até então eram desconhecidos pela população europeia, incrementou a cultura de consumo alimentício daqueles povos, popularizando novos sabores e temperos.

Obrigado por ler o nosso post sobre o molho de tomate

Por hoje é isso. Muito obrigado prestigiar nosso post sobre o molho de tomate, espero você aqui no Demonstre para mais posts sobre culinária.

Veja também:

https://demonstre.com/como-fazer-macarrao/
https://demonstre.com/como-fazer-estrogonofe/

Fontes:

John Dickie, Delizia! The Epic History of the Italians and Their Food, 2008, p. 162

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo Relacionado

Este é um site do grupo B20