Olá pessoal, hoje no demonstre vamos ensinar vocês como fazer gelatina. Além de ser um alimento muito fácil de fazer, também é saborosa, nutritiva, colorida e divertida.

Como fazer Gelatina

Devido ao fato da gelatina ser um alimento rico em proteínas, queratina e colágeno, além de ser facilmente processada ela acabou se tornando bastante popular ao redor do mundo. Apesar de a gelatina ter ganhado mais destaque depois do século XVIII ela já está conosco desde muito tempo atrás.

A gelatina é produzida a partir do colágeno de origem animal, retirada de ossos, pele, cartilagens e tendões de mamíferos. Para se transformar em gelatina. Essa substância passa por um processo de hidrólise que quebra as ligações moleculares naturais das fibras e as rearranja. Depois de pronta ela se transforma em uma substância translucida praticamente insipida e inodora. Ela se funde com o calor e depois se solidifica quando resfriada. Em geral a gelatina é muito utilizada em alimentos, mas possui utilidade também em outras áreas como a medicina e a indústria.

A origem da gelatina

Apesar de ser bastante difícil apontar com exatidão onde e quando a gelatina foi usada pela primeira vez devido ao fato de ser algo já bem antigo. Acredita-se que mesmo as primeiras populações humanas já tinham algum acesso a gelatina como um subproduto do processo de fervura de ossos, cartilagem e tendões dos animais.

Um dos registros mais antigos dessa substancia vem do antigo Egito, onde traços de gelatina foram encontrados na tumba de um faraó, contudo ela não estaria sendo empregada como alimento. Apesar disso a definição de gelatina como conhecemos é relativamente recente, por volta do ano de 1400.

A palavra gelatina é derivada do latim “gelatus”, que significaria “gelatinoso ou solidificado”. Ela teria sido empregada primeiramente na França e depois por toda a Europa. Foi o francês Denis Papin (1647-1712) o primeiro a registrar um método de produção de uma pasta gelatinosa, próxima do que conhecemos hoje. Tal descoberta ocorreu no ano de 1682. Contudo, a gelatina não teria seu valor como alimento realmente reconhecido até o século XIX.

Foi só durante o período das guerras napoleônicas, que a gelatina realmente ganharia os holofotes como um alimento. Em função do bloqueio continental estabelecido pela marinha inglesa, Napoleão Bonaparte enfrentava dificuldades em manter seu estoque de alimentos. Sem meios de alimentar suas tropas toda a campanha de conquista estava em risco.

Foi então que Napoleão começou a procurar por formas alternativas, baratas e eficazes para manter seus soldados bem nutridos durante a guerra. Por acaso ou destino alguém apresentou a gelatina como uma saída. Graças ao fato de ser rica em proteína e fácil de produzir a gelatina acabou sendo reconhecida por toda a França. Permitindo que os exércitos mantivessem o esforço de guerra.

Receita de gelatina – como fazer gelatina

Atualmente existem várias receitas que levam a gelatina como um ingrediente. Ao considerarmos os benefícios nutricionais que a gelatina trás para o corpo humano também podemos perceber como esse alimento pode contribuir para nossa saúde. Dessa forma ela acabou ganhando cada vez mais adeptos. Se espalhando pelo mundo graças aos avanços da Industrialização.

A gelatina ajuda a deixar seus cabelos e unhas mais fortes e saudáveis. Também fortalece os ossos. Previne doenças como osteoporose e artrose, além de contribuir para impedir que os ossos sofram com deformidades. Seu consumo é responsável por auxiliar na cicatrização, prevenir dores nas articulações e combater a flacidez. E ai o que você está esperando ? vem com a gente aprender a fazer a fazer gelatina.

Ingredientes da gelatina:

  • 4 caixinhas de gelatina colorida de diferentes sabores
  • 1 envelope de gelatina em pó incolor e sem sabor
  • Água
  • ½ Lata de leite condensado
  • 1 caixinha de creme de leite

Como fazer a gelatina: passo a passo

  1. Primeiro prepare as gelatinas com sabor, utilize metade da água recomendada (Ferva 150ml e misture o pó, depois acrescente mais 100ml de água fria)
  2. Deixe a gelatina na geladeira até que ela endureça.
  3. Coloque no liquidificador o creme de leite e o leite condensado junto com a gelatina incolor e cinco colheres de água, depois bata tudo.
  4. Leve a mistura para aquecer ao fogo ou ao microondas por 15 segundos.
  5. Corte as gelatinas com sabor em pequenos cubos ou qualquer outra forma que você queira.
  6. Junte as gelatinas de sabor com o líquido do liquidificador misturando em uma vasilha.
  7. Coloque tudo em uma forma de pudim untada em óleo para evitar que grude e leve pra geladeira.
  8. Depois de algumas horas tire da forma e sirva.
  9. Parabéns sua gelatina colorida está prontinha!

Dicas para fazer gelatina:

  • Essa receita de gelatina é muito boa para servir para crianças em dias quentes, pois tem um bom sabor, além de ser colorida e fresquinha.
  • Caso você não queira fazer essa receita completa vale lembrar que a gelatina também fica deliciosa de outras formas. Minha recomendação é gelatina de cereja com um pouco de iogurte de morango.
  • Caso você esteja procurando uma versão mais light dá pra adicionar frutas à gelatina e fica muito gostoso.

Vídeo ensinando como se faz gelatina:

Ainda está na dúvida sobre como fazer sua gelatina ? Quer mais algumas dicas para deixa-la ainda melhor ? Talvez esse vídeo pode te ajudar.

Como a gelatina pode ser usada na escola?

Se isso não te convenceu ainda, se prepare porque ai vem mais. A gelatina auxilia em dietas. Possui em sua composição pelo menos 9 dos 10 aminoácidos que seu corpo precisa. Aliás, ela não possui colesterol ou mesmo gordura. Isso torna a gelatina um alimento extremamente versátil, fácil de fazer, gostoso e nutritivo. Também vale lembrar que a gelatina teve um papel importante em episódios emblemáticos dá história do mundo, como o caso das guerras napoleônicas. Onde também exemplifica as dificuldades logísticas do esforço de guerra.

Por fim vale lembrar que foi graças à ameaça de Napoleão na Europa que a família real portuguesa foi forçada a vir para o Brasil em primeira instância. Permitindo que eles mantivessem o império português. Elevando o Brasil à posição de reino unido e quebrando o monopólio colonial em nosso país. Levando em consideração que tal episódio contribuiu bastante para a independência do Brasil anos mais tarde, entre outras passagens de nossa história. Talvez poderíamos afirmar que a gelatina contribuiu indiretamente para a história de nosso país.

Obrigado por ler o nosso post sobre a gelatina

Por hoje é isso. Muito obrigado por nos acompanhar por essa jornada pela história da gelatina, espero você aqui no Demonstre para mais posts sobre culinária.

Veja também:

10 Receitas de Mousse

Fontes:

https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/saude-bem-estar/gelatina.htm

http://jelly.e-monsite.com/pages/in-english/cultural-part/history-of-gelatine.html

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.