Como fazer Pregação para libertação

0

Pregação para libertação talvez seja das mais delicadas no que diz respeito ao cuidado com seu preparo. Tanto para ministrá-la quanto para executar a oração de libertação, é necessário uma vida integra, e de grande comunhão com Deus. Caso contrário, poderá ser muito arriscado! ( leia  Atos dos apóstolos 19: 13 a 16).

Pregação para libertação

Há certos tipos de pregação que podem ser ministradas por qualquer pessoa que se interesse em transmiti-la, como a pregação para jovens, mulheres… No entanto, a pregação para libertação, não deverá ser realizada por uma pessoa que não possua chamada e tenha se preparado o necessário.

É preciso que tenha recebido esta missão diretamente do Senhor Jesus.

Se você não possui conhecimento suficiente sobre tal tipo de pregação, o convido a permanecer conosco nessa página, para compreender ao que estamos nos referindo.

O que é uma pregação para libertação?

É a exposição de conteúdos bíblicos, utilizando-se de uma linguagem de fácil entendimento. Ela faz demonstração com base na Bíblia e em fatos vivenciados pelos crentes, sobre libertação de doenças físicas e emocionais, espíritos atormentadores ódio e todo mal que não se pode vencer humanamente falando.

Existem

Quais os motivos para escolher uma pregação para libertação

As pessoas andam deprimidas e por certa constância necessitam de ajuda para se libertarem de perturbações, as quais não se podem vencer apenas com uso de medicamentos ou terapias.  O mundo espiritual existe, e para tratar com ele, apenas armas espirituais serão eficientes.

Os motivos para se escolher realizar uma pregação para libertação, não devem ser outros a não ser o de presenciar as pessoas que estão em sofrimento, alcançarem o alivio que vem do alto, libertando-se de toda maldição e recebendo curas.

Se o pregador não entender que esta será sua missão, não obterá êxito. Não são todas as pessoas que estão preparadas para realizarem uma pregação para a libertação das vidas aprisionadas.

 O pregador chamado para esse ministério, precisará manter uma vida de pureza, integridade em todos os aspectos e possuir intima comunhão com Deus, para ter autoridade e força para expulsar todo mal que atormenta as pessoas, e suportar possíveis investidas.

Quem são os preletores que fazem pregação para libertação

Alguns homens de Deus possuíam e alguns ainda possuem verdadeira chamada para exercerem um ministério de libertação. Existem diversos, brasileiros e estrangeiros, conhecidos pela mídia ou simplesmente anônimos, mas o Senhor verdadeiramente está com eles.

Gostaríamos de apresentar aqui alguns nomes, dentre eles

  • Pastor Davi Miranda
  • Pastor Edir Mascedo
  • Reinard Boock
  • Pastor Arly Teodoro ( e muitos outros)
  • Pastor Antonio Junior
  • Pastor Josue Brandão

Pregadores que fizeram a pregação para libertação no passado

Exitiram homens de Deus que chegaram a levar uma vida de profunda intimidade com Deus, a ponto de impactar a vida de muitos levando-os a libertaçao real. Iremos apresentar aqui John Nelson Hyde – O homem que orava. Após ler o texto a seguir, entenda o motivo de haver necessidade de se buscar a Deus!

John Nelson Hyde – O homem que orava

O lugar onde John Nelson Hyde se encontrava com Deus era terra santa.As cenas da sua vida são por demais sagradas para serem vistas por olhos comuns.

Chegando perto do quarto de oração de John Hyde era possível ouvir seus suspiros e gemidos, ver as lágrimas escorrendo por suas faces, e ver seu corpo, enfraquecido por dias sem alimentação e por noites sem sono, sendo sacudido por soluços enquanto suplicava:

“Ó Deus, dá-me almas senão eu morro!”

Na vida de John Hyde a necessidade de oração e o privilégio de oração vieram juntos como uma coisa só. Através da oração intercessória, John Hyde, pôde abrir um caminho para Deus operar em convenções, igrejas e nas vidas de muitas pessoas.

Conheça a seguir um pouco da história de John Nelson Hyde – O homem que Orava

A fonte do artigo exposto a seguir e o site Salvos por Cristo.

John Nelson Hyde foi um missionário norte-americano que pregou o Santo Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo no Punjab, na Índia.

Nasceu neste dia, 9 de novembro de 1865, em Carrollton, no Illinois, nos Estados Unidos da América, sendo filho de Smith Harris Hyde, pastor da Igreja Presbiteriana em Carthage, Illinóis, nos Estados Unidos da América e de Lucinda (Taylor) Hyde.

O seu pai, o pastor Hyde, era um homem de alma robusta e alegre, de estudos esmerados, de ânimo transbordante, e sobretudo, tinha o propósito fixo de servir a Deus de todo o seu coração.

A mãe de João Hyde apreciava muito a música. Assim, João viveu a meninice entre cinco irmãos num lar feliz e carinhoso O Dr. Hyde costumava orar – tanto do púlpito como nos cultos domésticos – pedindo ao Senhor da seara que mandasse ceifeiros para a Sua seara.

Não admira, portanto que Deus tivesse respondido às suas orações, chamado três de seus seis filhos para o trabalho missionário!

A família de João tinha o hábito da oração. Consequentemente, quando João era jovem, aprendeu naturalmente os segredos da oração à qual o Senhor responde!

Um dos irmãos de João, o Edmundo, foi preparar-se para ser missionário num seminário em Montana, onde contraiu uma febre e morreu. João questionava-se se deveria tomar o lugar do seu irmão Edmundo.

Como John Hyde se tornou missionário

Durante o seu último ano no Seminário Teológico de McCormick, John foi ao quarto do seu amigo, o Sr. Konkle, para que ele o esclarecesse sobre o ser missionário no estrangeiro.

Eis o que relata o Sr. Konkle dessa visita de João ao seu quarto:

“Eu disse-lhe que ele sabia tanto como eu sabia sobre missões no estrangeiro. E que eu não acreditava que as opiniões que ele me estava a dar eram aquelas de que eu precisava.

Eu achava que o caminho para resolver essa situação era colocá-la diante do nosso Pai, e esperar até que Ele a decidisse. Ficamos em silêncio mais algum tempo, e, dizendo ele que acreditava que eu estava certo, levantou-se e desejou-me boa noite. E eu ali fiquei.” Eis o que relata o Sr. Konkle

Na manhã seguinte Konkle sentiu uma mão no seu braço. Olhando ao redor, viu o rosto radiante de John, com uma nova visão. “Está assente, Konkle”, disse ele.

Viajem Missionária para a Índia

John Hyde partiu para a Índia. A bordo do navio, abriu uma carta de um amigo que lhe escreveu dizendo que ele iria orar até que John fosse cheio do Espírito Santo.

Irado John amassou a carta e arremessou-a para o lixo. Ele tinha rendido o seu coração ao Senhor, obteve a sua graduação, estudara línguas indianas e foi obediente no seu caminho para uma vida profissional.

Como se atrevia este seu amigo a sugerir que ele não tinha o Espírito Santo? Porém, quando ele se acalmou, percebeu que o seu amigo estava certo. John passou a rogar o poder do Espírito Santo.

John Hyde – O homem que orava

O resultado foi que John Hyde se tornou um notável intercessor, aquele que suplicava pelas almas e pelas necessidades dos outros.

Ele foi apelidado de “O homem que orava.”Muitas vezes ele passava as noites em oração.

O reavivamento na Índia começou quando ele uma noite chegou atrasado para uma reunião.

“Eu tenho tido uma grande controvérsia com Deus. Sinto que Ele queria que eu aqui vos viesse testemunhar sobre algumas coisas que Ele tem feito por mim, e eu tenho vindo a argumentar com Ele que eu não deveria fazer isso. Apenas esta noite … obtive a paz sobre o assunto e é que concordei em obedecer-Lhe, e agora vim para vos dizer algumas coisas que Ele tem feito por mim.”

John Hyde contou-lhes como Deus o libertara de certos pecados. Logo os seus ouvintes estavam chorando e confessando os seus próprios.

Oração pela salvação das almas – Dai -me almas senhor!

Em 1908, angustiado com a visão do pecado e das almas condenadas ao Inferno, John pediu ao Senhor para que Ele trouxesse uma alma por dia para o Reino de Deus.

Logo ele rogou para que fossem duas almas, e depois quatro. Deus respondeu às suas orações.

No ano seguinte ele orou que “ganhasse” duas almas por dia (que não apenas fizessem uma oração de aceitação pela sua salvação, mas que fossem batizadas e consagradas a Jesus e integradas na assembleia local), e ganhou mais de oitocentas almas para Cristo.

Então, em 1910, ele orou para “ganhar” quatro almas por dia e Deus concedeu-lhe o pedido. Mas, durante aquele ano, como sua saúde piorava, um amigo persuadiu-o a ir um médico.

John Hyde deixa a Índia e retorna aos EUA

Em março de 1911, Hyde teve de dizer adeus à Índia. O seu coração adoecera e necessitava de cuidados médicos.

Durante a consulta o cardiologista disse-lhe:

O seu coração está em péssimas condições. Nunca me deparei com um caso tão grave como o seu. O seu coração saiu da sua posição natural, do lado esquerdo e deslocou-se para o lado direito! Isto parece-me ser causado por muito stress e tensão!

O seu coração está em tal condição que serão necessários muitos meses de descanso completo para trazê-lo de volta a algo parecido com o seu estado normal. O que é que tem feito a si mesmo? A menos que mude totalmente a sua vida e desista da tensão e do stress, ou você está morto em meia dúzia de meses!”

John Hyde gastara a sua vida agonizando em oração! Este foi o tremendo preço pago por João Hyde, pelas dores de parto da salvação destas almas.

Ainda nos Estados Unidos, verificou-se mais tarde que ele tinha também um tumor maligno no cérebro. Era necessária uma cirurgia.

John Nelson Hyde morreu em 17 de fevereiro de 1912.

As suas últimas palavras foram:

“Aclamai com brados de alegria a vitória de Jesus Cristo!” 

Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a pela fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim. Gálatas 2:20

( Fonte)

Como fazer uma pregação para libertação

A seguir teremos um esboço, que poderá ser usado por um pregador que deseja elaborar uma pregação para libertação. Lembrando que oração, consagração a Deus e leitura da Palavra de Deus, será  indispensável para um resultado positivo, após a ministração.

Tema – introdução de uma pregação para libertação

Defina o tema para a mensagem com bastante cuidado. Você devera ter como base, passagens bíblicas que poderão dar suporte a mensagem pregada. Como exemplo traremos aqui a cura de um menino lunático, registrado no evangelho de Lucas 9 verso 37 a 56.

Veja nesse texto um perfeito exemplo de libertação realizado pelo próprio Jesus.Após pedir ao povo que faça junto com você a leitura do texto escolhido, dirija-se a Deus com uma oração, pedindo que Ele lhe ajude a ministrar com sabedoria e unção a mensagem.

Desenvolvimento da mensagem

Ponto 1

Pode-se usar o ponto 1 por exemplo, para ligar outro versículo, ao texto chave, no caso poderá usar o texto de Isaias 53 verso 4. Fale um pouco, sobre o significado das dores que um pai ou mãe sente, quando precisa lidar com um filho viciado, que tenha problemas de perturbação mental, ou outra enfermidade atormentadora.

Compare a dor que o Pai possa ter sentido ao ver   Jesus como homem, levando sobre si nossas dores, a fim de permitir que tivéssemos libertação.

Ponto 2

Desenvolva a mensagem, contando algum testemunho de libertação ou cura vivido por você ou algum conhecido. Testemunhar do poder do Senhor auxilia no aumento da fé dos ouvintes. Explore bem as passagens bíblicas. Use exemplos de milagres recebidos na vida atual.

Ponto 3

No ponto 3 você poderá dar uma pausa, e levar o público a refletir. Peça
para que perguntem a si mesmos como está a vida com Deus? Qual área da vida  precisam de libertação?

Leve os ouvintes a refletirem que, Jesus está sempre pronto a auxiliar aqueles que buscam a ajuda Dele.

Conclusão de uma pregação para libertação

É na conclusão que na maioria das vezes, o povo fica mais emocionado, pois a Palavra foi penetrando em seu íntimo. Nela você fará, a comparação dos tópicos desenvolvidos, e os interpretará à luz da bíblia. Por isso é necessário oração, para que o efeito seja poderoso.

 Em uma verdadeira pregação para libertação, falar sobre os milagres realizados pelo Senhor, acenderá a forte chama no coração das pessoas que escutam a pregação. No final, se você desejar, poderá pedir para vir a frente, as pessoas que desejam receber a Jesus como Salvador, pois esse é o principal passo para se alcançar a libertação.

Ou se todos já forem cristãos, poderá convidá-los a orar com você para que Deus quebre toda cadeia do mal, deixando seus filhos livres e prontos para serem abençoados.

Exercícios com o texto: Pregação para libertação

Para que você venha aprimorar seu conhecimento e tenha noção do quanto se faz importante estar preparado para ministrar uma pregação para libertação. Vamos propor um exercício de leitura e debate para entender melhor o texto exposto em Atos dos apóstolos capitulo 19 do verso 13 em diante.

Passo a passo para o exercício pregação para libertação

  1. Responda o questionário a seguir
  2. Após responde-lo com outros irmãos ou amigos, discuta sobre os procedimentos que se usam na atualidade, refletindo sobre o que vem a ser o exorcismo, diferenciando-o do verdadeiro trabalho de libertação.

A libertação realizada por Jesus com verdade, deixa a pessoa livre das maldições completamente. Se a pessoa continuar sofrendo, é porque ainda não aconteceu a verdadeira liberação das ações malignas. Para situações que parecem não ter solução, Jesus oferece uma receita infalível , leia em Mateus 17 verso 17 ao 21 e descubra o remédio.

FIM

Se você gostou do esboço da Pregação para libertação, continue nos seguindo! Temos muitas novidades para compartilhar com você! Caso deseje conhecer mais sobre nosso trabalho, temos uma diversidade de textos e estudos, para ajudá-lo a entender melhor os assuntos sobre fé e religião. Fique conosco!

                             Um grande abraço, e até breve!