in

Como a gameficação pode ajudar minhas aulas?

Como a gameficação pode ajudar minhas aulas?
Como a gameficação pode ajudar minhas aulas (e como aplicar)?

Você já ouviu falar em Gameficação de aulas?

Como a gameficação pode ajudar minhas aulas (e como aplicar)?

Vou logo avisando que este é, dentre os temas atuais da educação, o meu predileto. Acontece que fazer com que as aulas sejam interessantes e cativar o interesse dos alunos tem sido o maior dos desafios para os profissionais da educação, e apesar dos mesmos estarem totalmente qualificados para exercer tal função, ter a atenção dos alunos nas salas de aulas não é tão fácil quanto parece, o que ao meu ver, faz da gameficação o nosso maior aliado na construção de uma relação docente-discente proveitosa!

gameficação
Como a gameficação pode ajudar minhas aulas (e como aplicar)?

Por isso atualmente vários profissionais tem buscado outros meios para trabalhar nas salas de aulas, geralmente os professores buscam por atividades novas para animar os alunos. No entanto atualmente uma alternativa bem agradável para melhorar o aprendizado nas salas de aula seja de fato engajar os alunos é trabalhar atividades competitivas, com pontuações, objetivos, times e tudo o que oriunda do meio dos jogos e games. Ou seja, tomando uma banho de gamification.

Tendo como principal objetivo fazer com que os alunos interajam melhor nas salas de aula, a gamificação contribui no incentivo dos alunos, despertando neles o desejo pelo estudo, contribuindo para o engajamento entre os alunos através de práticas simples que reforçam as relações de cooperação e absorvem elementos de estímulo antes utilizados pela psicologia dos games.

Atualmente os processos de gamificação têm sido feito por meios de eletrônicos como, por exemplo, computadores Tablets, e smartphones que são os preferidos pelos os alunos. Um ótimo exemplo disso são os aplicativos educacionais, como o Duolingo, que oferece medalhas, pontos e corações para os alunos que realizam mais atividades de sintaxe com o idioma estrangeiro. Isso não desliga as atividades de sala de aula, que pouco a pouco vão se modificando para se tornarem elementos contantes na prática pedagógica.

Sei que está prolixo, mas como que a técnica ajuda no aprendizado?

A maior vantagem em se trabalhar a gamificação nas salas de aula é que os alunos absorvem melhor os conteúdos quando eles são apresentados através de jogos, ou seja, uma experiência prática constante que envolve feedbacks e interações com os alunos na medida em que aprendem o conteúdo. Um exemplo fora de sala são os games eletrônicos, onde é possível encontrar jogos em formato de quis que traz perguntas educacionais onde os alunos tem que responder de forma correta, ou esquemas para que ele faça, de maneira que ela se sinta desafiado, tente realizar o esquema, mas caso erre, corrija rapidamente para ganhar os pontos. Isso além de exercitar a mente do aluno, ainda auxilia para que ele tenha maior interesse pelas as aulas.

E então, como aplicar a gamificação?

Como toda técnica, a gamification também tem uma maneira certa de ser aplicado para que dele sejam colhidos resultados positivos. Há duas maneiras de apresentar os jogos aos alunos. Os professores podem buscar softwares já existentes ou mesmo criar seus próprios jogos baseados no perfil de sua turma, personalizando ainda mais a experiência. Montar jogos que não sejam digitais é uma opção que deve ser levada em conta, principalmente para escolas públicas que muitas vezes não têm acesso a tecnologia.

Para desenvolver ou escolher um jogo é preciso ter algumas coisas em mente. Primeiramente, determine o objetivo que você deseja atingir com o jogo, que pode ser o desenvolvimento a habilidade que o professor julgar importante para sua turma.

Monte um regulamento e também como funciona o jogo. O ideal é que seja uma atividade para ser jogada em times, isso estimula o coletivo nas crianças. Segundo é que essa atividade deve estar 100% ligada ao seu conteúdo, de maneira que o aluno tenha que utilizar os conhecimentos aprendidos de maneira espontânea para poder evoluir. Depois basta aplicar durante as aulas.

É importante que os professores fiquem atentos ao desenvolvimento das crianças durante as atividades. Apesar do clima de brincadeira, a atividade continua sendo educativa e deve avaliar o desempenho dos alunos.

Tipos de Diabetes saiba o que é e como se prevenir 4

Tipos de Diabetes saiba o que é e como se prevenir

Projeto de Sociologia para o Ensino Médio - Sociomática 2

Projeto de Sociologia para o Ensino Médio – Sociomática