No post de hoje iremos falar sobre o IFRN e dar algumas dicas de como sobreviver a ele, ou pelo menos a não passar por certos perrengues que são de praxe.

COMO SOBREVIVER NO IF

COMO SOBREVIVER NO IF

Segue abaixo alguns tópicos para o seu auxílio nessa empreitada.

Sobre o Instituto Federal

É sabido que o IFRN disponibiliza um mundo de oportunidades e aprendizados, além da infraestrutura e qualidade de ensino que se sobressaem em qualquer lugar. E como diz um famoso ditado popular, quem dá quer receber; estudar nesse instituto requer um nível de dedicação ímpar, sobretudo no primeiro ano, tendo em vista que há a exigência de um preparo de rotina e adaptação com o espaço, as pessoas, as matérias – principalmente as técnicas – e  as formas de avaliação.

Um bom convívio social – como sobreviver no IFRN?

Quando se trata de sobreviver ao IF é particularmente importante ter um bom convívio social com todos, inclusive com a turma em que se está contido, sabendo que ela irá acompanhá-lo até o último ano dessa trajetória; considerando que a qualquer momento se fará necessário o auxílio de alguém, seja em uma matéria menos compreensível ou  em um trabalho coletivo – o que costuma ser motivo para grandes conflitos.

como sobreviver no IFRN

Esse é o mês da consciência negra no Brasil. Você conhece as leis que se relacionam com a história dos negros no Brasil?

E aí, você acha que a pedagogia de Paulo Freire é Marxista? Veja isto!

Não deixe de se inscrever no meu canal do youtube: Vídeos diários para professores!

Confira também as entrevistas que estamos realizando no canal do Demonstre:

Não deixe de se inscrever no canal do youtube do Demonstre: Vídeos diários de poesia!

 

Não madrugareis – como sobreviver no IFRN?

Uma dica fundamental é não madrugar – caso estude no turno matutino –, nem que seja por uma boa causa como estudar para prova do dia seguinte; ouça a voz da experiência de quem já perdeu o transporte e, consequentemente, uma prova de matemática – importante frisar que não houve reposição, o que interferiu diretamente na nota anual desta que vos fala. E mesmo que tenha a sorte de não passar por um perrengue dessa natureza, é certo que estará fisicamente cansado demais para ser produtivo às sete horas da manhã, e acredite, é o que você menos quer.

Independa do SUAP para obter conteúdo – como sobreviver no IFRN?

Adentrando no quesito desempenho, é crucial falar que fazer anotações durante as aulas – será sua salvação – facilitará bastante nos estudos posteriores, atentando para o fato de que determinados professores não enviam antecipadamente seus respectivos arquivos com os conteúdos comentados em sala, outros sequer chegam a enviar.  O mesmo serve para as notas de provas e trabalhos, não adianta em nada acreditar quando dizem que irão postar próxima semana, ou se desesperar e implorar por isso, é o aprendizado do afamado “só acredito vendo”.

Uma vida regrada, um bom desempenho – como sobreviver no IFRN?

É imprescindível ser metódico quando o assunto é botar a cara nos livros, mas como sabemos, nem sempre é possível avistar “jovem” e “regrado” numa mesma frase; e para dar aquela forcinha, nada melhor que criar uma rotina de estudo com a ETEP, que se responsabiliza por auxiliar o aluno nesse aspecto. Depois disso é com você e o seu desejo de se aprofundar nos conteúdos; lembre-se que seguir à risca tudo o que for discutido e combinado é mais importante que somente ter tal informação em mente.

Cuidando da saúde mental – como sobreviver no IFRN?

Por último, mas não menos importante, não se deixe sucumbir pela rotina. Tirar um tempinho para se dedicar a você e seus amigos/família em meio a tantos trabalhos, relatórios e provas será o escape para a sua saúde mental; e o nosso emocional não é algo para deixar de escanteio. O IFRN disponibiliza de ótimos profissionais da saúde, como psicólogos, enfermeiros, médicos, para apoiar quando – e se – houver necessidade.

Por hoje estas são as dicas para viver no IF

Por hoje é isto, espero que tenham curtido cada dica e consigam ficar longe dos “probleminhas” que podem vir a calhar por conta da correria que o IF proporciona. Me despeço de vocês com esta citação, ainda a respeito da nossa temática:

Uma das coisas mais importantes para sobreviver no IF é ter paciência, porque todo dia é uma luta pra não desistir de tudo e enfiar a mão na cara de alguém lá dentro – aluno, professor ou funcionário. O segredo é ter um sono sempre regulado para evitar o estresse. Paz. (ARAÚJO, Bruno. 2018)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.