Pregação sobre as pragas e vírus

 Pregação sobre as pragas e vírus por certo nesses dias será uma importante forma de instruir as pessoas, sejam elas cristãs ou não.

Embora reconheçamos que  grande parte de doenças, mudanças climáticas ou desastres inesperados, ocorrem pela tentativa humana de mudar a natureza ou descobrir meios de alcançar mais poder sobre os demais, contudo, há casos, em que nenhuma intervenção  humana poderá impedir sua ocorrência, por mais que se mobilize para resolver tal situação.

arrebatamento

Existe um Deus poderoso, que se move pelas orações e quebrantamento de seus filhos, Ele sim pode mudar o destino de qualquer tragédia. Portanto fique conosco e acompanhe a postagem que o ajudará a elaborar uma pregação sobre pragas e vírus

Pregação sobre as pragas e vírus

2020 ficará marcado para sempre no calendário da história, devido as ocorrências já apresentadas no início deste ano. Quem comemorou o Natal passado e passou o réveillon abraçando familiares e amigos, não sabia que já no primeiro trimestre de 2020 não poderiam mais o faze-lo, nem mesmo no momento do sepultamento.

Embora esse assunto seja triste e muito sério, as informações são necessárias.  Tal como foi a gripe suína (H1N1);a  peste negra e tantas outras pragas ou pandemias que ocorreram no mundo, desde que os homens aprenderam a registra sua história, o Corona Vírus trouxe uma surpresa desagradável para todos.

AVIÃO

Quem imaginava chegar o ponto de não poder tocar ou abraçar uma pessoa querida, sem contar que milhares de pessoas queridas nos deixariam?

Pregação sobre as pragas e vírus – A procrastinação de Faraó

Embora muitas tragédias tenham ocorrido no passado, neste post gostaríamos de mostrar um esboço de pregação sobre as 10 pragas que ocorreram no Egito, a milhares de anos atrás. Por certo, ainda existem pessoas que não acreditem nos registros bíblicos,  os Cristãos acreditam.

Por certo daqui a duzentos anos, entre os descendentes do que sobreviverem durante a atual pandemia, ao acessarem os arquivos registrados sobre o que acontece hoje, alguns crerão, outros duvidarão completamente, de que o que estamos vivenciando hoje.

Contudo, foi a dúvida que levou Faraó demorar a tomar as decisões certas, permitindo que o povo de Israel tivesse liberdade de sair do Egito.

O medo de perder a  mão de obra escrava para construção de seu suntuoso reino, levou-o ao extremo de danificadas suas lavouras, servos mortos com úlceras,   água  da cor de sangue… Por fim, a mais dolorosa perda: A morte de todos primogênitos egípcios, até mesmo de  seu filho herdeiro do trono.

Acompanhe abaixo a narrativa bíblica sobre as pragas do Egito ocorridas  durante o reinado do faraó Ramsés, o Segundo, que governou entre 1.279 aC e 1.213 aC.

Pregação sobre as pragas e vírus – As 10 pragas do Egito

Sabe quais foram as 10 pragas do Egito e seus significados? Se deseja conhecer nos acompanhe nesse historico comentado pelo site Resposta Biblicas

As dez pragas do Egito dizem respeito a dez calamidades que Deus trouxe sobre os egípcios. O motivo, foi porque Faraó se recusou a libertar os escravos hebreus. Somente após ter acontecido a décima praga os hebreus foram libertados. Eis as pragas:

Como será o fim do mundo

1. Sangue

Quando Moisés e Arão pediram a libertação dos hebreus, o faraó rejeitou . Então Deus tornou a água do rio Nilo em sangue. Ninguém conseguia beber a água do rio e todos os peixes morreram. Mas os magos do faraó também conseguiram transformar água em sangue e o faraó não libertou os hebreus (Êxodo 7:20-22).

Essa praga foi um grande golpe para o Egito. O rio Nilo representava a vida do país, porque todo seu sustento dependia dele. Os egípcios adoravam o rio mas agora se tinha tornado um lugar de morte. Deus mostrou que Ele é o único dono da vida. ( fonte)

2. Rãs

Deus mandou Arão estender sua vara sobre as águas do Egito e rãs subiram, cobrindo toda a terra (Êxodo 8:2-4). Mas os magos do faraó também conseguiram trazer sapos sobre a terra.

Para os egípcios, a rã era associada à deusa da fertilidade. As rãs apareciam mais na época de cheia do rio Nilo mas nunca tinham aparecido tantas rãs assim. Em vez de ser símbolo de bênção, Deus transformou a rã em um grande problema e novamente humilhou os deuses do Egito.

multiplicação 1

3. Piolhos

Deus mandou Arão ferir o pó com sua vara e surgiram piolhos (ou pulgas, ou outro bicho parecido) sobre as pessoas e os animais em toda a terra. Dessa vez, os magos não conseguiram fazer o mesmo e reconheceram a ação de Deus (Êxodo 8:18-19). ( Ainda existe dúvidas  que há coisas que só Deus Faz ?)

A Bíblia diz que os piolhos surgiram do pó. Por ordem de Deus, a própria terra se virou contra os egípcios! Deus mostrou que Ele é o dono de toda a terra.

4. Moscas

Deus enviou enxames de moscas sobre o Egito, que arruinaram a terra. Mas as moscas não entraram na região onde os hebreus moravam (Êxodo 8:21-23).

Moscas causam grande desconforto e transmitem muitas doenças. Deus atacou a saúde e o conforto dos egípcios mas poupou os hebreus. Deus mostrou que Ele cuida de quem O ama.

Apresentação1

5. Morte dos rebanhos

Deus enviou uma praga que matou os rebanhos de cavalos, jumentos, camelos, bois e ovelhas dos egípcios em um só dia (Êxodo 9:2-4). O faraó investigou e descobriu que nenhum animal dos hebreus tinha morrido.

Os rebanhos eram a fonte principal de carne na dieta dos egípcios, além de bens essenciais, como leite, couro e lã. Alguns deuses egípcios importantes tinham caraterísticas de bois. Com essa praga, Deus atacou a economia do Egito.

6. Feridas

Deus mandou Moisés pegar um punhado de cinzas e espalhá-lo pelo ar. Quando Moisés fez isso, feridas purulentas surgiram nos homens e animais. Até os magos do faraó foram infetados (Êxodo 9:10-12).

Nenhum dos deuses da saúde ou da cura livrou os egípcios da doença. Deus mostrou que Ele tem poder sobre a saúde e a doença.

pragas-5792337-4168417

7. Granizo

Moisés avisou o faraó que Deus iria mandar a pior tempestade de granizo de sempre sobre o Egito. Alguns dos conselheiros do faraó ouviram o aviso e abrigaram seus escravos e rebanhos antes da tempestade. Mas todos que ficaram no campo morreram com a força do granizo, junto com as plantas (Êxodo 9:24-26).

Com a tempestade de granizo, Deus humilhou os deuses egípcios da colheita e do clima. Até a natureza obedece a Deus!

8. Gafanhotos

Moisés avisou que Deus iria mandar gafanhotos sobre o Egito e os conselheiros do faraó lhe imploraram para libertar os hebreus, para não devastar mais a terra (Êxodo 10:7). Mas o faraó se irritou com Moisés e Arão e os expulsou de sua presença. Surgiram tantos gafanhotos que a terra se escureceu com eles. Toda a vegetação que restava foi destruída.

Deus destruiu todas as fontes de alimento no Egito. Os deuses que deveriam garantir o sustento falharam. Deus mostrou que Ele é quem dá sustento.

9. Trevas

Deus mandou Moisés estender a mão para o céu e trevas densas cobriram o Egito durante três dias. Ninguém podia ver nem fazer nada. Apenas os israelitas tinham luz (Êxodo 10:22-23).

Os faraós eram considerados descendentes do deus do sol. Esse foi um ataque direto ao faraó e todo seu poder. Durante três dias, o faraó esteve incapacitado pela falta de luz. Deus mostrou que Ele tem todo poder.

pai e filho

10. Morte dos primogênitos

De noite, Deus passou pelo Egito e matou o primeiro filho de todas as famílias do Egito e as primeiras crias de todos os rebanhos (Êxodo 12:29-30). Somente os israelitas, que tinham colocado o sangue dos carneiros oferecidos a Deus nos batentes de suas portas, não sofreram perda.

A décima praga foi um ataque a todo o Egito e seu futuro. O primeiro filho era o herdeiro principal e o sinal da continuidade dos pais. Deus mostrou que Ele tem poder até sobre a vida e o futuro.

( As passagens acima relatadas, estão na Biblia Sagrada, a transcrição do texto historico foi literalmente extraido do Respostas biblicas, repleto de informações importantes.)

Esboço de uma pregação sobre as pragas e vírus  

Não precisa nem dizer muito sobre o que esta acontecendo em nossos dias! Acredito que nehum de nós, desde que nascemos, vivenciamos algo igual acontece com a humanidade.

A expectativa de acordar e saber que não iremos nos reunir com amigos, irmãos que compartilham a mesma fé, colegas de trabalho, alunos ou professores… O mundo mudou completamente em 2020.

Mesmo que tudo venha a se estabilizar, a vida não será a mesma daqui para frente. Para aqueles que acreditam em Deus e esperam a volta de Jesus para buscar sua noiva, existe esperança de novidade de vida (Como esperamos esse momento!) seremos livres das dores opressões e sofrimentos.

Contudo, em nossos dias, se Cristo ainda não voltar para buscar os que lhe pertence, poderá ocorrer, uma mudança de ocupação e possibilidades de sair da estagnação para adorar a Deus em outro lugar e conquistar a terra prometida

O esboço da pregação a seguir não pretende focar unicamente nas pragas, mas, após apresenta-las como aviso de mudança, proporá a esperança de uma nova vida, pautada nos cuidados de Deus!

Tema – introdução da pregação sobre as pragas e vírus

Inicie com as saudações e agradecimentos aos presentes por estarem juntos com você compartilhando da mensagem. Em seguida faça a Leitura do texto bíblico, preferencialmente um dos versos do capítulo 7 ao 12 do livro de Êxodo. Mas, se desejar pode citar ainda Mateus 24 ou verso que se enquadre a preleção

Crie um titulo para sua mensagem, para que por ele possa conduzir a pregação. Como sugestão temos

  • Obediência trará proteção diante das tragédias- Êxodo capitulo 8:22; cap. 9 versos 4 ao 7; cap. 9 versos do 19 ao 21 e 26 ; cap. 10, versos 21 ao 23; cap.12 versos 12 e 13.
  • A hora de se libertar da escravidão- Êxodo 12 verso 37 em diante
  • O momento de ver a terra prometida -Êxodo 6 versos 7 e 8
  • O projeto de Deus depois das pragas- Êxodo 13 verso 17

Argumentação da pregação sobre as pragas e vírus

Aqui entram as separações em tópicos : ponto 1, ponto 2, ponto 3, desta forma a mensagem de pregação sobre praga e vírus terã inicio meio e fim

Ponto 1

No ponto 1 você pode começar comentando sobre os fatos que tem acontecido na atualidade. Comente sobre o fato de que, por mais que sejamos cuidadosos e possamos planejar nossa vida, nenhum de nós estamos livres de surpresas, que poderão mudar todo destino.

Como exemplo, casamentos e festas foram adiados nesses dias, comemorações, festivais, jogos, eventos… O mundo foi surpreendido com uma parada inesperada. Pouco tempo se passou desde que a surpriendente pandemia do corona virus mudou o destino de muita gente.

Fato como esse, aconteceu com o Egito no tempo em que Moises se levantou como libertador. Vale a pena refletir, que não foram apenas os egipcios, os impactados pela presença das pragas, o povo de Israel tambem passou por mudanças em suas rotinas, pois antes, estavam acostumados a um tipo de comida, uma jornada de trabalho e açoites, pois eram escravos.

Com a libertação, seriam senhores de seus proprios narizes, teriam que aprender a viver de outra forma, em outro lugar e principalmente acostumarem-se com a ideia de que eram completamente dependentes de Deus, portanto, deveriam ouvir a voz Dele e se guardarem diante de sua presença.

Ponto 2

Você pode apresentar nesse momento um pouco da história bíblica, conte como Jacó levou sua família para lá, quando Jose os sustentou em tempos de fome. Fale que a vida dos hebreus foi muito prospera e boa, até     que José morreu e passados 400 anos, outro Faraó que não conhecia sua história, passou a forçar seu povo a trabalhar como escravo. Eles então começaram a clamar a Deus

Fale sobre Moises, seu nascimento e saída do Egito, seu encontro com Deus e chamada. Discorra sobre sua chegada no Egito para libertar o povo e o motivo de Deus ter enviado as pragas.

Não esqueça de apontar o motivo das pragas! Elas aconteceram pelo fato de Faraó ter se endurecido diante da vontade de Deus e não querer abrir mão do serviço gratuito dos escravos hebreus.

Va discorrendo até chegar na ocorrência de cada punição, lembrando de comentar que o povo de Israel ficou protegido. Na terra por nome  de : Gozem, onde habitavam, a maldição não chegava. Contraste essa passagem com o Salmo 91 “Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo a sombra do onipotente descansara, nenhum mal te sucederá nem praga alguma chegara a sua tenda.”

Ponto 3

No ponto 3, fale um pouco sobre o momento da saída, após a morte dos primogênitos. Foque nos preparativos para deixarem o Egito. Chame a atenção da igreja para o que esta acontecendo ultimamente. Fale sobre seus preparativos para a saída do mundo

Veja a ordem de Deus para a despedida do Egito: Assim pois o comereis (o cordeiro da páscoa)  Êxodo 12:11

  • Os vossos lombos cingidos,  ( Efésios 6:14 cingido com a verdade )
  • os vossos sapatos nos pés, ( Calçado com a preparação do evangelho )
  • vosso cajado na mão;( a espada do Espirito que e a Palavra de Deus )
  • comereis apressadamente; esta é a páscoa do Senhor.

Veja que a v ordem de Deus  era para que fossem  rápidos na preparação da saida do Egito, portanto, ouçam a voz do Senhor, e se preparem para sairem deste mundo!

Conclusão da pregação sobre as pragas e vírus

 A saída de Israel do Egito naquele tempo, simboliza para nós hoje o arrebatamento da Igreja por Nosso Senhor Jesus Cristo.  Os sinais já foram dados, as pragas estão acontecendo, agora basta nos prepararmos para o momento de seguirmos para nossa terra prometida. Um lugar ao lado do Pai, fora deste mundo cheio de sofrimentos.

A igreja deve se preparar para esse dia, não deixando de observar os sinais, e obedecendo as ordens com respeito aos preparativos, lendo a Palavra de Deus e a praticando, para conseguir partir no momento do Arrebatamento.

Faça um apelo para finalizar, convidando aqueles que querem fazer um concerto com Deus e se prepararem para sua vinda.

Video sobre a prova arqueologica do Êxodo

https://youtube.com/watch?v=OnkR4j7NBqI&feature=emb_logo

Exercícios com o texto: Pregação sobre as pragas e vírus  

Questionar faz parte da natureza humana, no entanto, nem sempre a resposta que a maioria aceita como verídica agrada a todos. Daí aparecem as teorias, tentando ao menos trazer explicações que coincidam com a crença, estudo ou forma de observar um fenômeno.

Nesse exercício, o pregador deverá realizar algumas tarefas que o ajudarão a desenrolar sua mensagem com maior suporte, vamos lá ?

1.   Realize uma pesquisa coletando as viroses e pragas que mais dizimaram pessoas no mundo. Anote seus nomes e datas

2.   Enumere as pragas do Egito e tente comparar com algo que tenha acontecido atualmente (Por favor, tente não generalizar ou afirmar nada (Só Deus pode julgar), você será tentado a fazer isso, mas resista e apenas compare as pragas e as ocorrências  nos ultimos anos.

Fim

Se gostou de nosso texto com a pregação sobre as pragas e vírus visite outros textos, continue nos acompanhando no site do Demonstre, pois temos coisas maravilhosas para compartilhar com todos vocês.

Um grande abraço, que Deus os abençoe!

 

  

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo Relacionado

Este é um site do grupo B20