Salmo 35

Salmo 35, retrata como nos cansamos de sofrer injustiça e ficamos desanimados, ao tratar bem pessoas, e receber como retorno o mal. Infelizmente, somos, por vezes, alvo das chacotas e das provocações arrogantes de outros. Contudo, é exatamente nesses momentos que nossa fé no Senhor deve ser redobrada, e devemos lembrar de tudo que ele nos fez e das coisas que ainda nos fará.

Salmo 35

A esperança no Senhor, deve nos  dar novo fôlego e graça, nos fazer regozijar no Senhor pela libertação que ele ainda não produziu, mas por certo produzirá. Independente dos detalhes dos planos de Deus para nós,vale a pena esperar no Senhor, portanto, vamos louvá-lo.

salmo 300x200 2179722

Leia o salmo 35

Pleiteia, SENHOR, com aqueles que pleiteiam comigo; peleja contra os que pelejam contra mim.
Pega do escudo e da rodela, e levanta-te em minha ajuda.
Tira da lança e obstrui o caminho aos que me perseguem; dize à minha alma: Eu sou a tua salvação.

Sejam confundidos e envergonhados os que buscam a minha vida; voltem atrás e envergonhem-se os que contra mim tentam mal.
Sejam como a moinha perante o vento; o anjo do Senhor os faça fugir.

Seja o seu caminho tenebroso e escorregadio, e o anjo do Senhor os persiga.
Porque sem causa encobriram de mim a rede na cova, a qual sem razão cavaram para a minha alma.

Sobrevenha-lhe destruição sem o saber, e prenda-o a rede que ocultou; caia ele nessa mesma destruição.

E a minha alma se alegrará no Senhor; alegrar-se-á na sua salvação.
Todos os meus ossos dirão: Senhor, quem é como tu, que livras o pobre daquele que é mais forte do que ele? Sim, o pobre e o necessitado daquele que o rouba.

Falsas testemunhas se levantaram; depuseram contra mim coisas que eu não sabia.
Tornaram-me o mal pelo bem, roubando a minha alma.

Mas, quanto a mim, quando estavam enfermos, as minhas vestes eram o saco; humilhava a minha alma com o jejum, e a minha oração voltava para o meu seio.
Portava-me como se ele fora meu irmão ou amigo; andava lamentando e muito encurvado, como quem chora por sua mãe.

Mas eles com a minha adversidade se alegravam e se congregavam; os abjetos se congregavam contra mim, e eu não o sabia; rasgavam-me, e não cessavam.
Com hipócritas zombadores nas festas, rangiam os dentes contra mim.
Senhor, até quando verás isto? Resgata a minha alma das suas assolações, e a minha predileta dos leões.

refletindo 3949161

Convite à adoração

Louvar-te-ei na grande congregação; entre muitíssimo povo te celebrarei.
Não se alegrem os meus inimigos de mim sem razão, nem acenem com os olhos aqueles que me odeiam sem causa.

Pois não falam de paz; antes projetam enganar os quietos da terra.
Abrem a boca de par em par contra mim, e dizem: Ah! Ah! os nossos olhos o viram.

Tu, Senhor, o tens visto, não te cales; Senhor, não te alongues de mim:
Desperta e acorda para o meu julgamento, para a minha causa, Deus meu e Senhor meu.
Julga-me segundo a tua justiça, Senhor Deus meu, e não deixes que se alegrem de mim.
Não digam em seus corações: Ah! alma nossa! Não digam: Nós o havemos devorado.

Envergonhem-se e confundam-se à uma os que se alegram com o meu mal; vistam-se de vergonha e de confusão os que se engrandecem contra mim.
Cantem e alegrem-se os que amam a minha justiça, e digam continuamente: O Senhor seja engrandecido, o qual ama a prosperidade do seu servo.

E assim a minha língua falará da tua justiça e do teu louvor todo o dia.

Salmos 35:1-28

Por quem o Salmo 35 era cantado

O salmo 35 foi cantado por levitas e Cristãos, não apenas nos tempos bíblicos, mas, ainda hoje, está nos lábios de salvos em todos os lugares do mundo. Portanto, vamos também cantar! Porquanto, o Senhor está conosco!

https://youtube.com/watch?v=frRgEIX-Rj4

Vede o Salmo 35  em vídeo – Narrado na voz de Cid Moreira

Na voz de Cid Moreira, esse maravilhoso salmo enche nossos corações de esperança e fé, no Deus único maravilhoso e tremendo.Portanto, vamos louvá-lo de coração.

Breve estudo sobre o Salmo 35

O socorro de Deus é sempre presente na angústia, portanto, vamos esperar Nele!

Analise e mensagem do Salmo 35

O Salmo 35, diferente do anterior, nos mostra Davi em um momento de angústia, sem, contudo, ver a resposta de Deus às suas orações. O problema não era a falta de esperança do salmista. Ele, na verdade, demonstra ter certeza de que Deus o livrará.

Entretanto, não havia chegado o momento de ser aliviado da tristeza e do perigo. Isso fez com que o salmo apresentasse três situações de sofrimento duradouro e o devido encorajamento aos servos de Deus por meio da esperança do livramento no momento correto, escolhido assim pelo Senhor.

A primeira das situações que são frequentemente duradouras e que causam pesar nos servos de Deus é a oposição dos adversários (vv.1-10).

Nos vv.1-3 Davi pede a Deus que lhe proteja dos inimigos na medida necessária a fim de livrá-lo e de punir os que lhe atacam sem motivo. Uma pergunta importante de se fazer diante disso é “quem são eles?”.

Davi não cita seus nomes ou títulos. Em vez disso, Davi descreve-os em sua atividade opositora. A confiança do salmista no v.4 dá início a tal descrição. Diz ele: “Baterão em retirada e serão derrotados aqueles que planejam o meu mal” (yissogû ’ahor weyahperû hoshvê ra‘atî). Trata-se de pessoas que arquitetavam modos de prejudicar Davi. 

fonte: (IBR)

orando 300x200 2714706

Como trabalhar o Salmo 35  na escola com Crianças e adolescentes

  1. Espalhe alguns versículos motivacionais entre a turma
  2. Os papeis deverão estar dobrado
  3. após serem repartido, as pessoas uma a uma, deverão ler
  4. Aqueles que quiserem poderão discursar sobre o verso que tirou.
  5. Portanto, aproveite para ler em voz alta o precioso verso.

FIM

Como foi para você conhecer o Salmo 35 ?  Devemos confiar no Senhor e andar em retidão, adorando ao DEUS poderoso e único. Se você gostou desse salmo, deixe seu comentário, ou então compartilhe com amigos.

Venha conhecer outros salmos e mais materiais aqui da Demonstre. Temos muita coisa interessante para compartilhar com você! Portanto, entre sempre em contato conosco, mas, não deixe também de deixar sua mensagem.

                                         Um abraço e até breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdo Relacionado

Este é um site do grupo B20