Deuses Maias

0

Você conhece os Deuses Maias?

Neste post, inspirado nos artigos do Mais RPG, você encontrará uma lista com os principais Deuses Maias. Abaixo estarão descritas as características, as lendas, nomes, símbolos e os principais poderes dessas entidades, de forma a enaltecer esse traço cultural e difundir tal conhecimento.

Deuses Maias

Os maias foram uma civilização constituída por um conjunto de povos que viviam no sul do México e em parte da América Central. Essa civilização é reconhecida pela sua língua, escrita, arte e cultura, entre outras coisas.

deuses_maias

A base da economia maia era a agricultura e sua religião era politeísta. Os vários deuses maias eram relacionados à fenômenos da natureza e elementos naturais. A seguir você encontrará as principais características dessas fascinantes entidades e poderá aprender um pouco mais sobre essa cultura.

ITZAMNA

Itzmana é o senhor dos céus e da terra, deus do dia e da noite, criador da humanidade. É a principal divindade maia. Seu nome pode ser traduzido, na língua maia, como “Casa de Lagartos”. Sua aparência é retratada como um pássaro voando no céu ou ainda como um idoso, retratando os antigos escribas.

Lenda

Diz a lenda que Itzmana é responsável por ensinar à humanidade a cultivar a terra, a escrita, a medicina e ainda a criação do calendário.

Símbolos/Armas

Pássaro, Idoso e Serpente Plumada.

Poderes

Poderes de Cura

Parentesco

Filho do criador Hunab Ku e casado com Ixchel.

IXCHEL

É a deusa da gravidez e da fertilidade. Sua representação é feita por meio de uma mulher idosa com serpentes no lugar dos cabelos. O nome “Ixchel” pode ser traduzido como “A branca”.

Lenda

Diz a lenda que Ixchel era extremamente linda e por isso já havia sido amada por todos os deuses exceto pelo deus-sol. Após inúmeras tentativas, no entanto, a divindade acabou se apaixonando por Ixchel e com ela teve 4 filhos. Porém, após uma crise de ciúmes, o deus terminou por arremessar Ixchel num abismo. Com remorso, o deus traz Ixchel de volta a vida, mas a deusa decide não regressar mais para seu esposo, vivendo, a partir de então, como um jaguar em uma caverna.

Símbolos/Armas

Serpente e Jaguar

Poderes

Cura e fertilidade

Parentesco

Esposa de Itzamna

AH PUCH

Ah Puch é o Deus da morte e da decadência. Acredita-se que ele é o governante do nono nível do inferno, o Xibalba, o inferno maia. Sua aparência é retratada como um cadáver com cabeça de coruja ou jaguar, adornada com sinos. Ah Puch também é conhecido por outros nomes como Kisín (o flatulento), Hun Ahau (morte única) ou ainda Yum Kimil (senhor morte).

Lenda

Diz a lenda que Ah Puch se escondia na casa dos moribundos com o intuito de levar suas almas. A lenda conta que uma alternativa para não ser levado pelo ceifador maia era exprimir gritos agonizantes para que ele acreditasse que o castigo já estava sendo imposto por um de seus servos demoníacos.

Símbolos/Armas

Serpentes, Cobras, Ouro e Foice.

Poderes

Propagação de doenças, disseminação de guerras e infertilidade.

Parentesco

Irmão de U-Yidzin

TOHIL

Tohil é o Deus do Fogo e do sacrifício. Diversos rituais eram feitos e sacrifícios humanos eram ofertados à divindade. Junto com as divindades Awilix e Jacawitz, eram considerados a trindade da guerra. Sua aparência é retratada como um humano utilizando um adorno na face, como uma máscara. Acredita-se que Tohil necessitava do sangue dos corações, assim como os recém nascidos do leite materno.

Lenda

Diz a lenda que no início da criação o mundo findou em água e fogo. Quando foi iniciada a segunda era da humanidade, os ancestrais dos humanos encontraram a divindade em uma gruta, uma espécie de caverna, denominada “Sete cavernas”.

Símbolos/Armas

Sangue e coração

Poderes

Fogo

Parentesco

Desconhecido

CHAAC

Chaac é o Deus da Chuva e das tempestades. Sua popularidade se dá pela necessidade da chuva, uma vez que a cultura maia fazia largo uso da agricultura e o milho era um elemento de base para a alimentação da população. Como a chuva é essencial ao plantio, ele é visto também como o deus da agricultura. Chaac é retratado como uma figura humana com traços de animais como escamas. No topo da cabeça carregava um adorno em forma de cocar e em uma das mãos carregava uma machadinha feita com rochas.

Lenda

Diz a lenda que durante um período em que uma grande escassez de comida assolou o povo maia, o povo clamou incessantemente à Chaac. O deus da chuva e da agricultura se apiedou da situação e ouviu o clamor do seu povo. Chaac golpeia uma montanha partindo-a em duas, revelando uma grande quantidade de espigas de milho em seu interior.
Símbolos/Armas: Machado com Rocha.

Símbolos/Armas

Machado com Rocha

Poderes

Poderes relacionados à chuva

Parentesco

Chaac é o irmão do deus do sol, Kinich Ahau.

Fim do artigo sobre Deuses Maias

Bom, aqui termina a lista dos Deuses Maias. Espero que tenha gostado! Veja mais listas como essa, com outros deuses e entidades mitológicas das mais diferentes culturas e regiões do mundo, em breve aqui no blog!

(Visited 6 times, 1 visits today)