Dinâmicas para vencer a distração

0

Neste post, você encontrará diversas dinâmicas para vencer a distração que deixarão todos bem concentrados. Confira a seguir.

Dinâmicas para vencer a distração

Distração é o processo de desviar a atenção de um indivíduo ou grupo a partir da área desejada de foco e, assim, bloquear ou diminuir a recepção da informação desejada.

Neste post, você não ficará nada distraído! Aqui você encontrará diversas dinâmicas para vencer a distração que te deixarão bem concentrado! Confira a seguir.

Dinâmicas para vencer a distração – Substituindo

O objetivo desta dinâmica é justamente trabalhar a atenção concentrada em trabalho em equipe, com muito foco. Para a efetivação desta dinâmica, será necessário muita atenção, concentração e foco, porque sem isso, será impossível realiza-la.

Essa dinâmica é ideal para ser trabalhada em grupo de crianças, já que ela irá depender do trabalho em equipe.

Recursos para a dinâmica:

  • Sala ampla.

Execução da dinâmica:

  1. O coordenador da dinâmica solicita para aos participantes que formem duplas um de frente ao outro, e enfileirados ombo a ombro. Serão duas filas uma de frente para outro.
  2. Diga a eles que o desafio é contar até 3. Todos os participantes da fila da direita falam “1” na sequencia todos da fila da esquerda falam “2” e voltando para a fila da direita todos falam “3”. Repita a contagem por duas vezes sem que ninguém erre.
  3. Para deixar mais complexo, você vai substituir o número “1” por uma palma. Não existe mais o “1”. A contagem inicia-se com uma palma. Todos da fila da direita batem uma “palma” juntos e na sequencia a fila da esquerda fala “2” e a da direita fala “3”. Repita até que não errem.
  4. Para dificultar mais ainda, você vai substituir o número “2” por um pulo. A fila da direita bate “palma”, a fila da esquerda “pula” e a da direita fala “3”.
  5. Para complicar o que já estava complicado, você vai substituir o número “3” por uma rebolada. A fila da direita bate “palma”, a fila da esquerda “pula” e a da direita “rebola”.

Dinâmicas para vencer a distração – Salada de frutas

O objetivo dessa dinâmica é exercitar a memória e a concentração, é um excelente instrumento para trabalhar em grupo de adolescentes.

Recursos para a dinâmica:

  • Sala ampla.

Execução da dinâmica:

  1. O grupo senta em círculo e o facilitador diz uma fruta qualquer e aponta para um dos participantes. O participante escolhido deverá dizer a fruta falada pelo facilitador e uma de sua escolha.
  2. Aí começa a brincadeira. A pessoa que estiver ao lado direito da escolhida pelo facilitador deverá dizer a fruta do facilitador, da pessoa e a sua. Exemplo: Facilitador – Maçã; Pessoa 1 – Maçã e Banana; Pessoa 2 – Maçã, Banana e Manga;Pessoa 3 – Maçã, Banana, Manga e Uva e assim sucessivamente até que alguém erre a sequência. Para a pessoa que errar pode ser solicitado um ‘castigo’ ou um ‘mico’.

Dinâmicas para vencer a distração – Pergunta certa

Esta dinâmica irá despertar uma atenção maior a concentração e estratégia. Essa dinâmica irá deixar a criançada concentrada.

Recursos para a dinâmica:

  • Fita crepe;
  • Folha de papel.

Execução da dinâmica:

Esta dinâmica para funcionar independe da quantidade de pessoas participantes. Um exemplo, em um grupo o coordenador deverá colar um nome de uma pessoa famosa nas costas dos participantes, sem que eles vejam o que esta escrito.

Então ganha a dinâmica quem descobrir primeiro o nome que está escrito em suas costas, para ajudá-los eles poderão fazer perguntas entre si como por exemplo ‘a pessoa é loira?’, mas as respostas só poderão ser sim ou não.

Dinâmicas para vencer a distração – Detetive

Para que essa dinâmica flua e se concretize, será necessária total atenção de concentração de todos participantes. É uma dinâmica muito divertida para trabalhar com crianças.

Recursos para a dinâmica:

  • Sala ampla;
  • Pedaços de papel;
  • Caneta.

Execução da dinâmica:

  1. As pessoas devem ficar em círculo, observando umas às outras. Sorteiam-se pequenos pedaços de papel com as seguintes inscrições: um com a letra “A” que identifica o papel de assassino; um com a letra “D” que identifica o papel de detetive e os demais com a letra “V” que indica o papel de vítima.
  2. O assassino deve piscar para as pessoas que ele acha que receberam o papel de vítima. Estas, após receberem a piscadela, disfarçam e anunciam que morreram “Morri!”.
  3. O detetive deve ficar atento a todos para descobrir o assassino (e o assassino deve ficar atento para identificar o detetive e evitar que este “veja” seus crimes).
  4. Se descobrir o assassino (receber uma piscadela, ver uma piscadela), o detetive imediatamente determina: “Preso em nome da lei!”.
  5. O detetive ganha a rodada e redistribuem-se os papéis. Se o detetive errar (viu o que pensou ser uma piscadela, mas não era – o assassino ganha). O assassino também ganha se matar todas as vítimas

Dinâmicas para vencer a distração – Partes do corpo

Esta dinâmica, tem como objetivo primordial estimular a atenção e interação dos participantes com os seus colegas, é um excelente método para ser trabalhado em um grupo de adolescentes.

Recursos para a dinâmica:

  • Sala ampla.

Execução da dinâmica:

  1. Numa grande roda a pessoa começa a brincadeira dizendo o nome de uma parte do corpo. passando a vez.
  2. A pessoa que estiver ao lado determinado irá colocar a mão na parte do corpo que a primeira pessoa falou, e dizer outra parte do corpo passando a vez.
  3. A pessoa ao seu lado, já determinado de modo que a vez corra apenas em um sentido, colocará a mão na parte corporal dita pela segunda pessoa e dirá outra parte e assim sucessivamente.

Dinâmicas para vencer a distração – Historinha

O objetivo primordial dessa dinâmica é treinar a memorização e atenção dos participantes, é um excelente recurso para ser abordado em um grupo de adolescentes.

Recursos para a dinâmica:

  • Sala ampla;
  • Objetos.

Execução da dinâmica:

  1. Primeiramente, todos devem estar posicionados em círculo de forma que todos possam se ver.
  2. O organizador da dinâmica deve ter em mãos um objeto pequeno e direcionando a todos deve começar a história dizendo: Isto é um… (Ex. cavalo).
  3. Em seguida deve passar o objeto à pessoa ao seu lado que deverá acrescentar mais uma palavra a história sempre repetindo tudo o que já foi dito. (Ex. Isto é um cavalo de vestido…), e assim sucessivamente até que alguém erre a ordem da história pagando assim uma prenda a escolha do grupo.
  4. Através dessa dinâmica, será possível trabalhar a atenção criando histórias muito engraçadas e divertidas.

Dinâmicas para vencer a distração – Conta comigo

Essa dinâmica tem como objetivo trabalhar atenção, concentração e prontidão, não individualmente, mas em grupo. Esta dinâmica é ideal para ser usada em um grupo de adultos.

Recursos para a dinâmica:

  • Sala ampla.

Execução da dinâmica:

  1. Primeiramente, explique que os participantes irão fazer uma contagem de uma forma diferente. Em roda, os participantes devem contar a té 20.
  2. Cada participante acrescenta um número sem uma ordem definida.
  3. Se falarem juntos, começa tudo de novo. Só com o olhar deve-se perceber se pode falar ou não.
  4. O participante deve ter prontidão para não deixar buraco muito tempo.
  5. A dinâmica encerra quando eles conseguirem terminar de contar até 20 sem que haja erros.

Dinâmicas para vencer a distração – Hipnotismo

Essa dinâmica é divertida e possibilita que dupla sejam formadas aleatoriamente, trabalhar coletividade e a concentração. Essa dinâmica pode ser aplicada no grupo de adultos.

Recursos para a dinâmica:

  • Sala ampla.

Execução da dinâmica:

  1. Primeiramente, peça que os participantes se distribuam pelo espaço e forme duplas. Um participante põe a mão a poucos centímetros do rosto de outro e este fica como que hipnotizado, devendo manter o rosto sempre à mesma distância da mão do hipnotizador.
  2. Este inicia uma série de movimentos lentos com a mão, para cima e para baixo, fazendo com que o companheiro faça com o corpo todas as contorções possíveis a fim de manter a mesma distância.
  3. A mão hipnotizadora pode mudar, para fazer, por exemplo, com que o participante hipnotizado seja forçado a passar por entre as pernas do hipnotizador.

Até a próxima!

Espero que após esse post, o grupo consiga vencer toda distração e manter uma vida mais centrada e atenta.