Olá pequenos e nem tão pequenos, vamos falar sobre a desastrosa história de As Duas Cabras, e de como a vaidade, o orgulho e a teimosia podem nos deixar em maus lençóis. Preparados? Vamos lá!

Antes:
Curta nossa pagina no Facebook- www.facebook.com/demonstrec
Acesse nosso blog – https://demonstre.com/

AVISOS!

AVISO 1:

Série nova no canal, com vídeos super legais sobre diferentes materiais encontrados no Museu Câmara Cascudo.

Para começar, vamos falar um pouco sobre a crise no sistema prisional brasileiro?

Vídeo entrevista com Numo Rama, apresentando a profissão fotógrafo e a ótica do Numo Rama nesse projeto.

Não deixe de se inscrever no meu canal do youtube: Vídeos diários para professores!

AVISO 2:

Que tal um vídeo com 10 dinâmicas para fazer com o ensino fundamental II? São dinâmicas incríveis para trabalhar com esses pré e adolescentes que precisão de uma atenção toda especial!

Pensamos em algumas dinâmicas engraçadas para fazer com nossos alunos. Que tal!?

As brincadeiras em grupo são sempre as mais divertidas. Vamos ver algumas!?

Não deixe de se inscrever no meu canal do youtube: Vídeos diários para professores!

AVISO 3:

PRECISAMOS DO SEU APOIO!!

CONTAS PARA DOAÇÃO

NUBANK: Banco 260 – Nu Pagamentos S.A. Agência: 0001 Conta: 1583623-5 CPF: 008.290.814-10

BB: Maryane C Ferreira Banco 001 – AG: 1668-3 Conta: 32.061-7 CPF: 086.173.344-44

CAIXA: Operação: 0013 AG: 0035 Conta: 00220259-2 CPF: 008.290.814-10 PARA

BOLETO, REQUISITAR POR E-MAIL OU ZAP: [email protected]/84999583848

Confira as entrevistas com poetas que realizamos neste projeto do Demonstre:

E ainda temos os vídeos de poesias, sempre maravilhosos e diários no canal do Demonstre:

Não deixe de se inscrever no canal do youtube do Demonstre: Vídeos diários de poesia!

As duas cabras – Fábula de Esopo

Em um vale montanhoso, duas cabras brincavam felizes e despreocupadas sobre as pedras. Porém, ambas estavam separadas por um abismo. E em seu fundo, corria um rio, caudaloso, que descia pelas montanhas.

Para cruzar o perigoso espaço, era preciso cruzar o tronco de uma árvore, e esta tinha uma forma muito estreita. Para se ter uma ideia, dois esquilos não eram capazes de atravessar ao mesmo tempo a ponte improvisada sem correr grandes riscos.
Nenhum ser vivo em sã consciência teria de coragem de atravessar aquela travessia instável. Ninguém, exceto as duas Cabras.

O orgulho de ambas era tamanho que uma não suportava a ideia da outra estar diante de si. Era uma afronta, uma ameaça, mesmo que separadas por um perigoso abismo.

Incentivadas por este sentimento, decidiram atravessar o caminho improvisado ao mesmo tempo, e resolverem suas desavenças veladas ali mesmo. Iriam decidir quem deveria ficar naquelas montanhas. No meio do tronco, as duas se encontraram, e começaram a brigar ali mesmo, acertando uma a outro com seus chifres.

Decididas em sua motivação de supremacia e dominação, as cabras continuavam seu embate sem perceber que, pouco a pouco, seu palco de batalha cedia. E em pouco tempo, o tronco não suportou, e ambas caíram na grota, sendo levadas pela correnteza do rio…
Moral: A vaidade pessoal, o orgulho e a teimosia, tendem a nos colocar em péssimas situações, e por isso devemos evitar esses defeitos.

FIM

Muito obrigada por ter acompanhado mais esse post! Espero que tenhas gostado! Deixe seu comentário com sua opinião e sugestões para o Demonstre! 😀

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.