Conheça 10 doenças de cachorro e entenda os sintomas e tratamentos para cada uma delas no Demonstre.

10 Doenças de Cachorro

Existem variados tipos de bactérias, vírus e doenças no mundo. Dentre estes, existem alguns que atingem cachorros.

10 Doenças de Cachorro
10 Doenças de Cachorro

Dessa forma, podemos compreender a importância das medidas preventivas, como a vacinação e vermifugação.

 10 Doenças de Cachorro – Raiva Canina

A raiva canina  é uma doença considerada incurável, por isso faz-se necessário a vacinação.

 10 Doenças de Cachorro - Raiva Canina
10 Doenças de Cachorro – Raiva Canina

É preciso ficar atento aos sintomas para diagnosticar rapidamente e evitar a disseminação da doença.

Contágio da Raiva Canina

A raiva é causada por um vírus que afeta tanto humanos quanto animais matando quase que 100% dos infectados.

São normalmente transmitidos por animais silvestres, como morcegos, gambás e macacos, contaminando cachorros, gatos e humanos.

Sintomas da Raiva Canina

Os principais sintomas são o aparecimento repentino de uma agressividade no animal , salivação excessiva e paralisia.

Além da mudança de comportamento, um cão feliz e brincalhão pode se tornar um animal quieto, recatado e cansado.

Prevenção da Raiva Canina

A vacinação contra a raiva canina deve ser feita a partir e apenas a partir do quarto mês de vida do filhote.  O reforço deve ser feito de um em um ano após a aplicação da primeira dose.

10 Doenças de Cachorro – Cinomose

A Cinomose é uma doença seletiva, atingindo  os filhotes, que ainda não em seu sistema imunológico totalmente desenvolvido.

  Contágio da Cinomose

O contágio da cinomose ocorre por contato direto com outros animais já infectados ou pelas vias aéreas quando respiram o ar já contaminado.

10 Doenças de Cachorro - Cinomose
10 Doenças de Cachorro – Cinomose

Os sintomas demoram entre 3 à 6 dias para começar a demonstrar sintomas.

Sintomas da Cinomose

O animal apresenta febre que pode chegar até os 41º C com perda de apetite, apatia, vômito e diarreia, corrimento ocular e nasal. Estes sintomas iniciais podem durar até 2 dias.

Prevenção da Cinomose

 A cinomose é prevenida através da vacinação  vacina que previne, que  é aplicada aos 2 meses de idade, tendo seu reforço aos 3 meses de idade aos 4 meses de idade. Só depois da terceira dose é que ele estará protegido da doença.

10 Doenças de Cachorro – Doença Periodental

O principal local onde essa bactéria se desenvolve é no sulco gengival, onde se aglomera e adere as superfícies dos dentes.

10 Doenças de Cachorro - Doença Periodental
10 Doenças de Cachorro – Doença Periodental

A escolha do local é estratégica: o sulco gengival é de difícil acesso, e por isso a limpeza local fica comprometida, sendo apenas limpada com a saliva do animal, que não se caracteriza como a mais eficiente.

As bactérias se organizam na forma de placa bacteriana muito rapidamente: o processo todo leva apenas 24 a 48 horas! Dessa maneira, a  gengivite é criada, sendo caracterizada pela inflamação das gengivas.

A gengivite pode ser curada se for feita a remoção das placas bacterianas no tempo certo. Por outro lado, se a placa não for removida, a gengivite evolui para a doença periodontal, que não tem cura.

Sintomas da Doença Periodental

Pode gerar desconforto ao paciente quando está num estágio avançado, onde a inflamação na gengiva é acentuada, ou mesmo quando os dentes perdem sustentação e ficam com mobilidade.

Prevenção da Doença Periodental – Doença de Cachorro

Para evitar que o problema ocorra é preciso escovar os dentes do cão pelo menos três vezes por semana. A escovação pode ser feita usando-se dedeiras ou escovas com cerdas macias e pasta de dentes própria para cães.

Não use pasta de dentes de humanos, devido ao risco de intoxicação por flúor. Mais importante do que a pasta escolhida é o abrasão causado pelo ato da escovação regular.

10 Doenças de Cachorro – Parvovirose

A parvovirose é caracterizada por diarreia com sangue.

10 Doenças de Cachorro - Parvovirose
10 Doenças de Cachorro – Parvovirose

Vacinas atuais têm ajudado a controlar a propagação desta doença, mas apesar de terem sido vacinados, alguns cães ainda contraem e morrem.

Contágio da Parvovirose

A parvovirose é transmitida pelo com fezes contendo o vírus parvovírus. O vírus sobrevive até 5 meses fora de um hospedeiro.

Os insetos e roedores podem também servir como vetores que jogam um papel importante na transmissão da doença.

Sintomas da Parvovirose

  •  vômito,
  • letargia,
  • anorexia,
  • grande perda de peso,
  • febre
  • diarreia com sangue

Prevenção da Parvovirose

A melhor forma de prevenir é vacinar o cachorro anualmente.

No filhote devem ser ministradas quatro doses iniciais da vacina, com intervalos de 3 a 4 semanas entre cada administração e depois de terminado esse protocolo, deve ser realizado um reforço anualmente.

10 Doenças de Cachorro  – Leishmaniose Canina

A Leishmaniose é uma doença incurável e que pode levar seu cachorro à morte e ainda colocar em risco a saúde das pessoas que convivem com ele.

Contágio da Leishmaniose Canina

A Leishmaniose é uma doença infectocontagiosa causada por um protozoário, conhecido como Leishmania spp., transmitido pela picada do mosquito flebótomo infectado.

10 Doenças de Cachorro  - Leishmaniose Canina
10 Doenças de Cachorro – Leishmaniose Canina

É considerada uma zoonose e pode acometer homens e cães. A transmissão só ocorre quando o animal é picado pelo mosquito infectado e uma vez doente, o cão não oferece risco para outros animais e nem mesmo para ser humano.

Sintomas da Leishmaniose Canina

  •  descamação seca da pele
  • pelos quebradiços
  • nódulos na pele
  • úlceras
  • febre
  • atrofia muscular
  • fraqueza
  • anorexia
  • falta de apetite
  • vômito
  • diarreia
  • lesões oculares
  • sangramentos

Prevenção da Leishmaniose Canina

No Brasil, existe atualmente no mercado uma vacina contra a Leishmaniose Visceral Canina, que confere proteção superior a 92% e já protegeu mais de 70.000 cães em todo o país.

O programa vacinal deve ser associado a outras medidas de controle, como combate ao inseto vetor (flebótomo), com a aplicação de inseticida no ambiente e o uso de produtos repelentes no cão, também já existentes no mercado pet do Brasil.

10 Doenças de Cachorro – Leptospirose Canina

A leptospirose canina é uma doença infecciosa causada por um gênero de bactérias chamadas Leptospira.

10 Doenças de Cachorro - Leptospirose Canina
10 Doenças de Cachorro – Leptospirose Canina

Essa doença aumenta em épocas de altas temperaturas, e incide principalmente cachorros machos, devido seu hábito de cheirar e lamber urina.

Contágio da Leptospirose Canina

 A principal via de contágio da leptospirose entre animais é a água ou a comida contaminada com a urina de outros animais doentes.

O contágio da leptospirose entre animais e humanos ocorre quando as pessoas entram em contato com a água, comida ou urina contaminada, embora também se possa transmitir através do solo, se esta superfície se encontrar infetada e tiver o hábito de andar descalço.

Dado que a principal via de transmissão é através da ingestão de água ou alimentos contaminados, deve-se ter especial cuidado com as crianças que convivem com animais.

Sintomas da Leptospirose Canina

  • Febre
  • Perda de apetite
  • Vômitos e diarreia (por vezes com presença de sangue)
  • Urina escura
  • Sintomas de dor ao urinar
  • Hálito com cheiro a urina
  • Ulcerações na mucosa bucal
  • Deterioração geral do animal

Prevenção da Leptospirose Canina

Para prevenir a leptospirose canina recomenda-se que o cachorro seja vacinado.

10 Doenças de Cachorro – Hepatite Infecciosa Canina

Hepatite que é caracterizada pela inflamação do fígado.

Contágio da Hepatite Canina

A hepatite canina ocorre devido a uma inflamação do fígado, que pode estar originada por uma má alimentação ou por uma exposição repetida a diferentes tóxicos.

10 Doenças de Cachorro - Hepatite Infecciosa Canina
10 Doenças de Cachorro – Hepatite Infecciosa Canina

Ela afeta progressivamente o fígado e pode chegar a causar um dano crônico.

Sintomas da Hepatite Canina

  • Sede excessiva
  • Icterícia (coloração amarela nos olhos e mucosas)
  • Sangue nas mucosas
  • Dor abdominal que pode levar a imobilidade
  • Febre
  • Convulsões por insuficiência hepática
  • Perda de apetite
  • Aumento da secreção nasal e ocular
  • Vômitos
  • Edema subcutâneo

Prevenção da Hepatite Canina

É necessário manter uma alimentação saudável, afeto e o exercícios para evitar a hepatite canina.

10 Doenças de Cachorro – Miíase

A miíase é conhecida popularmente como bicheira. É causada por uma infestação de larvas de mosca nos animais.

10 Doenças de Cachorro - Miíase
10 Doenças de Cachorro – Miíase

A afecção do parasita pode ser na pele ou nas cavidades do corpo do animal. Essas moscas depositam seus ovos nas feridas dos animais ou na borda de suas cavidades.

Sintomas da Miíase

– Dor
– Dificuldade pra se mover
– Dificuldades pra andar
– Inchaços subcutâneos firmes e distulados

Prevenção da Miíase

É necessário manter o local onde o cachorro vive sempre limpo para evitar a miíase.

10 Doenças de Cachorro – Coronavirose canina

A forma mais comum de contaminação da coronavirose é por meio do contato de cães sadios com as fezes de animais infectados.

10 Doenças de Cachorro - Coronavirose canina
10 Doenças de Cachorro – Coronavirose canina

Os primeiros sinais da doença já começam a se manifestar nos cachorros acometidos cerca de três dias até sete após o contágio.

Sintomas da Coronavirose Canina

  • febre
  • vômitos
  • apatia
  • desidratação
  • anemia
  • cólicas estomacais
  • perda de apetite
  • diarreia

Prevenção da Coronavirose Canina

A única forma segura de prevenção da coronavirose é por meio da vacinação preventiva. F

10 Doenças de Cachorro – Doença do Carrapato

A doença do carrapato é causadapelo carrapato marrom, que se instala no corpo do cachorro e se alimenta de sangue.

Contágio da Doença do Carrapato

A doença é transmitida de um cão contaminado para um cão sadio através do carrapato.

10 Doenças de Cachorro - Doença do Carrapato
10 Doenças de Cachorro – Doença do Carrapato

O principal vetor é o carrapato marrom (Rhipicephalus sanguineus). O parasita irá infectar os glóbulos brancos do sangue, ou seja, as células de defesa do organismo do cão.

Sintomas da Doença do Carrapato

A Erliquiose se divide em 3 fases sintomáticas

1. Fase aguda: 
Febre, falta de apetite, perda de peso e uma certa tristeza podem surgir entre uma e três semanas após a infecção.

2. Fase subclínica:
O cachorro não mostra nenhum sintoma clínico, apenas alterações nos exames de sangue.
3. Fase crônica: 
Os sintomas são percebidos mais facilmente como perda de peso, abdômen sensível e dolorido, aumento do baço, do fígado e dos linfonodos, depressão, pequenas hemorragias, edemas nos membros e maior facilidade em adquirir outras infecções.

Prevenção da Doença do Carrapato

A melhor maneira de prevenir essa doença é evitando os temíveis carrapatos. Uma maneira simples e eficaz é manter a grama do jardim sempre curta, para evitar que carrapatos se escondam por baixo das folhas.

Obrigado por pesquisar sobre Doenças de Cachorro

Muito obrigado por se preocupar e ter interesse pelo tema. Acreditamos que a informação é o principal aliado na hora de enfrentar as doenças de cachorro.

Por favor compartilhe esse post e dissemine a informação para o BEM!