É da ração onde o gato tira forças para viver, basicamente, se você escolhe a ração que não tem nutrientes suficientes; o corpo do felino vai carecer deste nutriente, porem se tiver nutrientes em excesso o gato pode passar a ter uma carga extra de nutrientes.

A curto prazo pode não parecer nada perigoso, mas ao longo do tempo o gato vai sofrer com esta falta ou excesso de nutrição. E infelizmente às vezes não da pra contornar o estrago.

Prevenir é sempre a melhor opção e se tratando de ração pe algo bem fácil, já que esta tudo pronto no mercado, basta pegar o pacote certo.

Nunca escolha pelo preço

Em epoca de orçamento apertado, muitos podem ir pelo caminho de pegar a ração mais barata que encontrar, entretanto o que deixa de ser gasto em ração pode ser gasto três vezes mias em uma consulta veterinária. Claro que não é necessário comprar a mais cara do mercado, porem, se tratando de ração, quanto mais barata ela for, menos proteína animal ela tem, e a proteína vegetal não faz parte da alimentação natural de um felino.

Ignorar os termos – premium e super premium

Esses termos existem por um único motivo, eles revelam a qualidade da ração, aquelas chamadas de super premium contem mais proteína animal do que as rações comuns.

Não acredite em tudo que diz na embalagem

Não é porque a embalagem diz que a ração é premium que ela de fato seja uma ração premium. Muitas marcas usam de vários atributos para conseguir clientes. Para ter certeza se a ração de fato é saudável basta ler a embalagem. Outro indicador é apropria ração, quanto mais seca e mais fácil for de esfarelar, pior ela é.

Grãos verdes não são vegetais

O verde não passa de corante, se fosse de fato vegetais seu gato não chegaria perto. ração colorida não é uma boa opção, elas são lotadas de corantes, e os gatos não enxergam todas as cores, então toda a festa de cor no prato é inutil para a nutrição do felino.

Vegetais e cereais não são saudáveis

Que me desculpem os donos de pets veganos, mas os gatos são animais exclusivamente carnívoros, ou seja na natureza eles só comeriam carne, possíveis alimentos vegetais que poderiam estar no corpo da presa, podem estar contidos na ração em pequenas dosagens apenas para preencher a embalagem, no entanto o organismo felino não processa carboidratos.

Rações em sache não é apenas um agrado

Essas rações úmidas, são uma das opções mais saudáveis para os pets, por isso deveria ser incluso na dieta do felino.  As rações úmidas têm mais água na formulação e ajudam a manter o trato urinário dos gatos mais saudável.  Em outros países a ração úmida é mais comum do que as opções secas.

Deixar o felino escolher

escolhe ração

O gato pode escolher apenas pelo cheiro já que as rações são cheias de sal e aromas artificiais, mas tudo isso pode ser prejudicial à saúde do pet. Além disso marcas ruins costumam ser viciantes, e gatos são animais de rotinas, o que pode complicar a situação.

Quantos saches o gato deve comer por dia?

A medida certa da comida úmida é de pelo menos um sachê por dia.

O que pode substituir a ração de gato?

Caso você esteja pensando em substituir a ração pela alimentação natural, procure um veterinário especialista em nutrição.

Qual o melhor horário para alimentar o gato?

O ideal é alimentar o gato cinco vezes por dia, em pequenas porções.

O que o gato pode comer além da ração?

Além da ração, os gatos podem comer carnes frescas, se optar por enlatados, verifique o teor de sal no alimento.

Saiba mais sobre animais aqui.