Cachorro Shar-pei

Com sua pele enrugada e língua azul, o shar-pei é uma das raças mais raras do mundo, razão pela qual já figurou entre os recordes do Guiness Book.

Por suas dobrinhas pelo corpo e sua cara enrugada, você pode até achar que o shar-pei é uma raça fofa, mas não se engane: ele é bem dominador e vai tentar impor a sua vontade sempre que puder.

Assim como seus supostos ancestrais, os chow-chow, acredita-se que o shar-pei tenha sido usado na China em várias atividades, como cão de guarda, de tração, em práticas de rinha, como cães de briga e cão de caça.

Não se sabe ao certo como a raça evoluiu até chegar a sua forma atual, mas especula-se que, após a criação da República Popular da China, a população canina foi praticamente dizimada, uma vez que a criação doméstica desses animais era considerada uma prática burguesa, o que Mao Tsé-Tung queria eliminar.

Características dessa raça

Cachorro Sharpei
Cachorro Shar-pei

Essa raça é considerada um pouco peculiar por conta do seu temperamento enérgico, é uma ótima companhia durante o dia a dia e não existem muitos cuidados como outras raças exigem é claro que todo amor e ato de carinho é bem aceito pelos Shar-pei e por qualquer outra raça de cachorro.

  • Peso: por volta dos 22 a 27 KG
  • Tamanho: cerca de 50 cm
  • Expectativa de vida: até 12 anos
  • Alimentação: exige uma alimentação normal de cachorro, recomendamos que procure o tipo ideal de ração para ele de acordo com o tamanho e suas necessidades alimentares.

O Shar-pei é um cachorro extremamente carinhoso com seus donos por isso sempre separe um tempo para brincar com ele e dar o carinho que seu bichinho merece pois é uma raça que é muito suscetível à depressão, mantê-lo feliz e saudável é essencial para prolongar o tempo de vida desse animalzinho.

Temperamento do Shar-pei

O temperamento do Shar-pei vai variar do treinamento e da socialização que o seu companheiro for submetido desde filhote.

Cachorro Sharpei
Cachorro Sharpei

Geralmente eles costumam latir para estranhos ou em situações que eles consideram de risco, mas essa é uma característica de cão guardião que ele possui. No fundo eles são amorosos e adoram brincar com os seus tutores.

Lealdade é a qualidade mais evidente nessa cão, ele pode até dar cambalhotas de felicidades ao ver seus donos depois de um período sem ter contato com ele.

Deixar esse animalzinho sob um grande estresse pode ser perigoso pois seus sistema nervoso é diferente dos demais cachorros, ele pode acabar tendo uma parada cardíaca e vindo a óbito por passar por estresses excessivos

Passo a passo para cuidar dessa raça

Vamos aprender um pouco sobre como cuidar bem do Cachorro Shar-pei:

  1. Mantê-lo sempre alimentado é a regra de ouro.
  2. Dar banho 3 ou 4 vezes por semana (tome cuidado para secar bem ele após o banho para evitar que ele pegue uma gripe).
  3. Visitas regulares ao veterinário para avaliar possíveis problemas cardíacos.
  4. Manter sempre um tempo para passear
  5. Interagir com ele para não causar depressão no animal
  6. Ensinar truques

Esperamos que seu Shar-pei seja o mais bem tratado pois essa raça em especial é extremamente amorosa e sempre vai fazer de tudo para ver seu dono alegre, por ser um cachorro extremamente inteligente uma boa maneira de mantê-lo ativo é ensinar pequenos truques a ele.

Qual o valor de um cachorro Sharpei?

valor de um Shar Pei pode variar de acordo com o sexo, cor e condições do animal (se está castrado, vacinado, dentre outros fatores). Geralmente, os filhotes de Shar Pei recém-nascidos custam R$1.500 e R$2.500, mas é possível achar valores inferiores a esse em feiras de animais.

Qual é a raça sharpei?

Nome: shar-pei significa “pele de areia”, mas também pode ser traduzido como animal de “pelo áspero, arenoso” ou “pelo de lixa”, e refere-se às duas qualidades distintivas do shar-pei: o pelo duro ao toque e a pele “solta”.

Qual é o cachorro mais caro do mundo?

Um filhote da raça mastiff tibetano se tornou o cachorro mais caro do mundo ao ser vendido por cerca de R$ 2,7 milhões na China! Os cães desta raça são guardas enormes, que ficaram vigiando acampamentos nômades e mosteiros no planalto tibetano durante séculos. São considerados uma das raças mais antigas do mundo.

Veja mais em Demonstre.com/enciclopets

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20