Os cachorros vira-lata são uma caixinha surpresa, não é atoa que muitos amam essa espécie, pois são bastante leais e muito carinhosos, eles também carregam o charme de ter mais de uma raça no seu sangue, então não possuem Pedigree, mas ainda sim têm características únicas que nenhum outro cachorrinho substitui.

Os vira-latas são mais resistentes a doenças, são bastante espertos e agitados também. Você pode encontrar com diversas variações, grande, pequeno e pôr aí vai, essa é a parte mais divertida pois adotar um bichinho desses significa ter um cachorro que não há outro igual no mundo. Então vamos dar uma olhadinha nas características dessa raça.

Condição física

Cachorro vira-lata
Cachorro vira-lata

Como o vira-lata não tem uma origem definida, talvez alguns probleminhas inesperados possam ocorrer. Então ele deve ter os cuidados necessários como os que se aplicam a qualquer outra raça, como vacinação, vermifugação, banhos periódicos, escovação da pelagem, passeios frequentes, exercícios e pôr aí vai.

Mas ele tem mais resistência para doenças do que as outras raças, gerando um baixo gasto em medicamentos. E diferente do que muita gente pensa, isso não ocorre por causa da genética diversificada, na verdade os vira-latas e ra já passaram por uma espécie de seleção natural onde só os mais fortes tendem a sobreviver nessas condições e, muitas das vezes são estes que acabam chegando a nossos lares.

Então eles costumam ter uma saúde de ferro. Mas é claro que é sempre bom ficar de olho em algumas condições de acordo com o porte do cachorro, como obesidade para os menores ou problemas nas articulações como há displasia de quadril nos maiores.
Características dessa raça

O Vira-lata ou SRD (Sem raça definida) possui diversas características diversificadas devido a sua grande linhagem misturada, mas normalmente as cores deles são uma das coisas mais bacanas, pois pode vir em todos os tamanhos, colorações e variedades, tendo uns de porte grande, porte pequeno, tem vira-lata gordinho, magrinho, sem bigode, com bigode e por aí vai.

  • Peso: Muito variado, vai da escolha do tutor
  • Tamanho: Muito variado, vai da escolha do tutor
  • Expectativa de vida: até 20 anos
  • Alimentação: exige uma alimentação normal de cachorro, recomendamos que procure o tipo ideal de ração para ele de acordo com o tamanho e suas necessidades alimentares.

O vira-lata pode ter esse aspecto diversificado, mas assim como qualquer outro cachorro, lembre-se de brincar muito com ele e dá-lo todo amor que ele precisa, pois como mencionado é uma espécie muito carinhosa e carente, precisando muito de atenção constante. É uma espécie que definitivamente será muito leal a você.
Temperamento do Vira-lata

O temperamento do vira-lata é adquirido na convivência do seu tutor, eles tendem a ter uma boa memória, então é comum ele se lembrar de tudo que você fez por ele, no qual será uma etapa para definir sua personalidade. Devido a variedade de cães SRD em sua linhagem, o temperamento é bastante diversificado, mas como mencionado, a uma coisa que é bastante comum à maioria deles: a sua inteligência e esperteza.

Cachorro vira-lata
Cachorro vira-lata

Os vira-latas não tem um comportamento definido pois são uma mistura, sua forma de cuidar e trata-lo que vai definir quem o cãozinho é. Como toda cãozinho, ele precisa ficar protegido de experiências traumáticas, pois como ele é bom em lembrar de fatos, talvez isso acabe fazendo parte de sua personalidade também.

Seu comportamento pode apresentar pequenas diferenças de acordo com sua idade, caso tenha adotado um velhinho, ele levará o “não se ensina truque novo a cachorro velho” ao pé da letra, mas caso seja novinho, serão bem abertos e fáceis de se lidar. Além disso, os cães vira-latas são versáteis e vão se adaptar a qualquer ambiente.

Passo a passo para cuidar dessa raça

Agora vamos ao passo a passo para que você possa dar ao seu cachorro vira-lata a atenção que ele merece, pois quanto mais carinho ele recebe, mais tempo ele vive. Então:

  1. Lembre-se de estar atento a sua saúde sempre, pois são propensos a ter problemas inesperados, também é recomendado a castração do bichinho.
  2. Faça muitos exercícios e passeios com seu cão, o estado emocional dele deve sempre estar bom e, definitivamente ele se tornará mais apegado a você. Fique atento a sinais de obesidade também.
  3. Lembre-se de deixá-lo bem higienizado, pois sua pelagem por ser diversificada exige os cuidados que um cachorro de pelagem longa teria, mesmo que sua pelagem seja curta.
  4. Um vira-lata não é de ferro, lembre-se de levá-lo ao veterinário sempre, aplicando vacinas e garantindo que qualquer complicação possa ser diagnosticada precocemente e um tratamento possa ser atribuído.
  5. Ensine truques! Vira-latas são bem espertos e aprendem muito rápido, também pode ser uma ótima maneira de deixar o bichinho distraído.

Então, esperamos que você consiga cuidar do seu vira-lata com eficácia pois essa espécie é realmente bem inteligente e, sempre reconhecerá qualquer coisa que você faça pôr ele. Por isso, mantenha uma boa relação de pet e dono sempre e em troca terá uma grande porção de lealdade por parte do seu bichinho.

Então esperamos que você se divirta bastante com seu novo dog vira-lata, seja pequenininho ou grandalhão, tenho certeza que todos eles irão te amar bastante!

Quero aprender mais!

Se você gostou de aprender o valor de um bom cachorro vira-lata, não perca a chance de conhecer outra raça incrível através do nosso artigo sobre: Cachorro Rottweiler.