Cinofobia: entenda o que é

Ter cuidado ao se aproximar de um cachorro com claros sinais de agressividade é natural e recomendado. O problema é quando este receio se torna algo irracional e fora de controle.

Este medo irracional é chamado de cinofobia.

Quando o medo de cachorro é considerado cinofobia?

Para entender o que é cinofobia, tente imaginar o seguinte: Voce vai visitar um amigo que tem um Pit Bull, o cachorro ao te ver começa a rosnar e olhar em sua direção.

Cinofobia: entenda o que é

Nessa situação é normal se sentir nervoso ou receoso, porem imagine que no lugar de um Pit bull estivesse um Shih-Tzu que pula em você para brincar e mesmo assim você se sente assutado e congela de medo.

Nesse caso o medo se torna um problema por não ter um motivo racional. É disso que se trata a cinofobia, um medo irracional de cachorros.

Sintomas da Cinofobia

Ao contrário do medo que sempre surge no momento exato do perigo, uma fobia é irracional e impacta seriamente a vida de quem sofre deste mal. Entre os sintomas da cinofobia estão:

  • Falta de ar;
  • Crise de choro;
  • Agitação e tremores;
  • Náuseas e desconforto gastrointestinal;
  • Sudorese;
  • Taquicardia;
  • Paralisação do corpo,
  • Desmaios.

Se você experimentar um ou mais desses sinais ao encontrar um cachorro, independentemente do tamanho do cachorro ou da situação, procure a ajuda de um psicólogo.

Principais causas da cinofobia

A cinofobia costuma estar associada a algum trauma. Nesse sentido, é relativamente comum que alguém que sofreu um grave ataque de cão no passado desenvolva um medo irracional e generalizado de cães.

No entanto, a fobia canina também pode estar relacionada ao trauma de forma indireta, exigindo mais investigações.

10 Doenças de Cachorro - Doença Periodental

Embora nem sempre leve a um grande medo do cão, o cuidado excessivo dos pais também pode contribuir para a cinofobia.

Por medo de que a criança se machuque, muitos pais exageram os perigos que um cão representa, alertando para o risco de mordidas e / ou transmissão de doenças.

Dependendo do tom e da frequência das ameaças, a criança pode ficar insegura e desenvolver um medo irracional de um cachorro.

Qual é a cura da cinofobia?

Para tratar a fobia canina, não basta colocar o cinofóbico na frente de um cão e informá-lo de que ele é dócil e inofensivo.

Cinofobia se refere a um medo irracional cuja origem pode estar em traumas ligados ou não a experiências negativas anteriores com cães.

Portanto, para tratá-la, é fundamental investigar as causas com o auxílio de um psicólogo.

Cinofobia: entenda o que é

Uma vez que as possíveis origens da cinofobia em um determinado paciente tenham sido identificadas, algumas técnicas como dessensibilização sistemática e terapia de exposição são muito úteis para ajudar as pessoas a perder gradualmente o medo de cães.

Vale lembrar que o tratamento para perder o medo de um cão deve ser feito com acompanhamento e de forma gradativa, sempre respeitando os limites de cada paciente. A exposição forçada só tende a piorar a situação!

Qual a cura da Cinofobia?

É muito comum o psicólogo realizar algumas sessões com cães adestrados, para que a pessoa aprenda que cães são absolutamente confiáveis, e que não há razão para se ter medo deles.

O que significa ter medo de cachorro?

Não há uma explicação definida, o fato de saber que o u003cstrongu003ecachorrou003c/strongu003e pode morder e machucar já faz com que a pessoa fique nervosa e não se sinta bem quando tem um por perto. Geralmente essa u003cstrongu003efobiau003c/strongu003e surge depois de algum trauma, como por exemplo, um ataque sofrido pela própria pessoa ou por um conhecido.

O que fazer quando se tem medo de cachorro?

Não se sinta constrangido por ter u003cstrongu003efobia de cachorrou003c/strongu003e!u003cbru003eÉ importante tentar se aproximar gradualmente dos u003cstrongu003ecachorrosu003c/strongu003e para perder o u003cstrongu003emedou003c/strongu003e. u003cbru003eAo ver um u003cstrongu003ecachorrou003c/strongu003e, respire fundo e tente refletir se ele realmente oferece perigo naquele momento.

Veja mais aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20