Como cuidar de um cachorro

Você sabe Como cuidar de um cachorro? afinal, ter um cachorro em casa pode ser realmente dificil se você não tem experiencia no assunto, contudo isso pode ser também muito divertido.

Como cuidar de um cachorro
Como cuidar de um cachorro

Nesse artigo vamos falar sobre Como cuidar de um cachorro, vamos dar as dicas que você precisa para conseguir realmente resolver todos os imprevistos e poder se divertir com seu Pet.

Ensine ao seu cão comportamentos adequados em vez de castigá-lo.

Essa é uma das piores coisas que um tutor pode fazer. Cães rotulados como maus ou com os chamados maus comportamentos geralmente são cães que não tiveram tempo gasto com treinamento e exercício físico. Se um cão apresenta comportamentos indesejados (não maus), é porque eles não aprenderam o que você quer.

Como cuidar de um cachorro
Como cuidar de um cachorro

Quando os cães expressam comportamentos indesejados, como pular em pessoas ou móveis, morder você, latir, puxar a trela, etc., estão expressando algum tipo de ansiedade ou frustração.

O que você pode fazer? Reserve um tempo para ensinar os comportamentos desejados, juntamente com o exercício, o que ajudará a estabelecer uma base sólida de confiança e respeito mútuo.

Amarre um cachorro

As pessoas amarram seus cães a um posto em uma área pública quando vão à loja, cafeteria ou mesmo a um parque. Pode parecer que é uma daquelas coisas que parece bastante benigna.

No entanto, os cães podem envolver as pernas na trela – e, sendo incapazes de se libertar – mastigam a trela, tentando se libertar e, uma vez livres, podem ser atropelados, se perder, roubar ou morder alguém. medo.

Além disso, muitos cães ficam ansiosos quando deixados sozinhos em público. As pessoas costumam pensar, especialmente crianças, se um cachorro é amarrado em público, ela deve ser amigável e tentar acariciá-lo. Isso deixa o cão vulnerável a estranhos, deixando-o mais ansioso, o que é uma abertura para uma possível mordida de cachorro.

Também há amarrar seu cão (amarrar) em casa. Você pode achar mais humano e divertido deixar seu cachorro no quintal enquanto faz algumas tarefas por algumas horas, em vez de ficar escondido em segurança em sua casa. Afinal, ar fresco e espaço para brincadeiras seria ótimo para um filhote, certo? Pense de novo! Mesmo que o seu quintal esteja protegido e protegido, os cães são vulneráveis ​​a coisas que podem assustá-los.

Eles são vulneráveis ​​à vida selvagem, sons e estranhos desconhecidos passando e, se assustados e ninguém está lá para ajudar, eles podem tentar cavar fora do quintal ou tentar voltar para casa, causando danos à sua propriedade e si mesmos.

Um filhote que sofreu um evento traumático enquanto é deixado sozinho pode desenvolver problemas comportamentais, como latir, ansiedade de separação, medo de barulhos e pessoas etc., mais tarde na vida.

Os cães deixados de fora no quintal também são expostos ao clima, especialmente quando está muito quente ou muito frio. Agora, existem leis contra amarrar seu cão por qualquer período de tempo em algumas cidades, condados e estados.

Como cuidar de um cachorro
Como cuidar de um cachorro

Além disso, os cães amarrados do lado de fora podem latir para outros cães, vizinhos e todo tipo de barulho na vizinhança. O responsável pelo animal de estimação é responsável por isso e há muitas ordenanças incômodas nos bairros, que podem deixar você aberto para ser multado ou fazer com que o Animal Control faça uma visita.

O que você pode fazer? Mantenha-os dentro de casa seguros e protegidos; em um recinto seguro, como uma caixa ou caneta de exercícios, ou em sua casa à prova de cachorro.

Não supervisionar datas de reprodução

As datas de brincadeiras para cães são uma parte necessária da vida de um filhote, mas nós, como advogados delas, precisamos estar presentes para garantir que a brincadeira seja justa e não dure muito tempo. Se o filhote ficar cansado demais, pode levar a uma experiência negativa em relação aos cães.

A socialização adequada de cães não é um caso casual. Nunca deixe um filhote na casa de alguém por algumas horas, pensando que ele irá supervisionar como você.

O que você pode fazer? Encontre a combinação certa para o seu cachorro e preste atenção para saber quando ele já teve o suficiente. Isso ajudará muito a ter um cão adulto que ama outros cães em vez de um que pode se tornar agressivo.

Envenene a sugestão do “venha”

Nunca chame seu cão para “vir” para você quando ela tiver feito algo errado. Se o seu cão se comportou de forma inadequada e você gritou “Venha” para ela, você acabou de envenenar a sugestão “venha” e se pergunta por que ela não responde quando você liga para ela.

Como cuidar de um cachorro
Como cuidar de um cachorro

O que você pode fazer? Ao usar a palavra “Venha”, sempre siga com elogios, recompensas de alto valor e uma voz feliz.

Pare de dar brinquedos

Não pare de dar brinquedos ao seu cão só porque ele os mastiga ou os destrói.

Seu cachorro destrói todos os brinquedos que você dá a ele, então você parou de dar brinquedos a ele? Os cães passam a vida pelo nariz e pela boca, especialmente os filhotes. Eles precisam mastigar, e todo cão tem hábitos de mastigação diferentes.

Não podemos parar de lhes dar brinquedos – ainda precisamos atender às necessidades de mastigação sem ser destrutivo. Muitos cães se tornam mastigadores destrutivos porque não oferecemos uma rotina interativa de estímulo mental e físico. Deixá-los à própria sorte cria tédio, e os cães entediados geralmente desenvolvem comportamentos indesejados, como mastigação destrutiva.

Como cuidar de um cachorro

O que você pode fazer? Os mastigadores vorazes precisam de coisas como brinquedos de quebra-cabeça que tenham mimos escondidos por dentro, oferecendo horas de estímulo mental divertido. Ossos da medula óssea são outra alternativa saudável para esses insaciáveis ​​mastigadores e, quando eles os limpam completamente, você pode enchê-los com alimentos e congelá-los para estar sempre preparado para atender às necessidades deles.

Use caixas em vez de treinar maneiras

Os caixotes podem ser uma ferramenta de treinamento maravilhosa, mas geralmente são mal utilizados para nossa própria conveniência. Colocar cães em caixotes para que não atrapalhem a companhia ou quando estamos fazendo tarefas é um desserviço aos cães. Eles querem fazer parte da ação e, se forem criados, não poderão aprender maneiras.

Como cuidar de um cachorro

O que você pode fazer? Use o tempo fazendo tarefas para ensinar seu cão como você quer que ele se comporte em vez de trancá-lo. Mantenha-a em um programa rotineiro de treinamento e exercícios para ajudá-la a ser mais treinável em distrações.

Use nossa mão para qualquer coisa, exceto elogios e toque suave

Bater em um cachorro a deixa com medo e vai quebrar a confiança que você construiu. Cães temerosos podem morder e se sentirem ameaçados. Alguém tentando acariciar seu cão pode ser visto como uma ameaça se você tiver usado sua mão como punição.

Como cuidar de um cachorro

O que você pode fazer? Reserve um tempo para ensinar a ela o que você quer, em vez de punir o que você não quer. Pense na sua mão como uma extensão do seu coração e observe seu cachorro derreter nas mãos.

Cães andando na traseira de uma caminhonete

Cães andando na traseira de um carro ou caminhonete.
É perigoso deixar cães passear na traseira de picapes.
Não há nada que me deixe mais louco do que quando vejo um cachorro na traseira de uma caminhonete. Amarrada ou não, a cama aberta de uma caminhonete é perigosa, não importa o quê. Não colocaríamos nossos filhos lá atrás, por que colocaríamos nossos cães lá atrás?

Se você precisar parar ou desviar, o cão será catapultado para fora do caminhão para o trânsito, o que provavelmente causará outro acidente e a provável morte do cão. Se o cão estiver amarrado, ele estará pendurado na lateral do caminhão.

De qualquer forma, é errado e ilegal em muitos estados – como deveria ser. Como advogados de nossos cães, somos responsáveis ​​por fazer escolhas sábias, e essa não é uma escolha sábia.

Não levar um cão para um exame veterinário anual e exames de sangue

Nunca devemos negligenciar nossos exames anuais de bem-estar, especialmente à medida que nossos cães envelhecem. Mesmo que as vacinas essenciais do seu cão sejam boas por três anos (consulte as diretrizes em aaha.org), elas ainda precisam de exames anuais para incluir exames de sangue.

A detecção precoce da doença significa que o tratamento pode ser iniciado mais cedo, aumentando a chance de o seu cão obter um melhor resultado.

Se você gostou de aprender um pouco mais sobre Como cuidar de um cachorro e quer continuar aprendendo com a ajuda de nossas dicas, aproveite essa oportunidade para ler nosso artigo sobre: Como fazer brinquedos para cachorros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20