Como educar seu cachorro – O guia completo

Muitos mestres de cães novatos se perguntam se é fácil ou difícil educar um cão. Alguns dirão que sim, uma vez que eles estão confinados a boas maneiras e hábitos a respeitar. Outros não encontrarão, percebendo que há muito conhecimento a ser obtido. Então, qual é a resposta exata?

cachorro sendo educado

TREINAMENTO DO CÃO

Não acredite que exista uma maneira padrão de educar o seu cão. Isto não é assim na vida cotidiana. Alguns procuram ter as habilidades necessárias para uma educação melhor, outros tentam encontrar a solução milagrosa que, infelizmente, não existe. Por que ela não é? Simplesmente porque o que funciona para algumas raças não será aplicável a outras pessoas. Cada cão tem seu próprio caráter, do qual depende seu comportamento. A abordagem será diferente dependendo se é uma bola de cabelo ou outra.

ALGUMAS RAÇAS SERÃO MAIS RECEPTIVAS QUE OUTRAS

Quando você adquire um cachorro, não pense que ele não é maleável. Todos os cães são diferentes uns dos outros. A questão é: você tem o conhecimento para aperfeiçoar sua educação? Então, dependendo da raça do seu cão, não é mais uma questão de pensar mal sobre as habilidades intelectuais dele. É preciso simplesmente dizer que a raça do seu protegido é menos receptiva às suas ordens. E então, não é porque “seus vizinhos” tiveram dificuldades que você terá também. Você tem que saber como viver sua experiência, acariciando seu cão, estragando-o, sem esquecer sua educação. Paciência e perseverança serão seus únicos aliados.

MAS ENTÃO, É FÁCIL OU DIFÍCIL?

Porque ao longo do tempo, as gerações que nascem têm diferentes missões e características de caráter. Algumas bolas de cabelo estarão mais aptas a andar em trenós, enquanto outras serão dedicadas à companhia diária. No treinamento de cães, existem várias disciplinas, como adestramento, caça, corridas e competições e muito mais. Então, para que serve o seu animal? Quais são suas características? Quais são suas necessidades? Cães não devem ter “tags”, nenhum cão é teimoso. Nenhuma corrida é mais fácil que outras. É só que você, o mestre, sabe o que você quer!

cachorro sendo ensinado

Por isso, é importante saber que buscar facilidade não é necessariamente a atitude correta. Você precisa ter um mínimo de conhecimento sobre o treinamento do cão e saber exatamente o que espera do seu companheiro de quatro patas.

O QUE É EDUCAÇÃO AMIGÁVEL E POSITIVA EM CÃES?

Você provavelmente já ouviu falar da educação amigável e positiva que você poderia aplicar ao seu cão. Você sabe exatamente o que é? Você sabe como praticar? As poucas linhas a seguir provavelmente ajudarão você a enxergar com mais clareza.

EDUCAÇÃO NEGATIVA

Antes de falarmos com mais detalhes sobre a educação amigável e positiva, vamos saber o que é a educação negativa, a mais praticada por professores ou educadores caninos. Infelizmente, o equilíbrio de poder é usado e o estresse é intolerável para sua bola de pelo. O cachorro acaba tendo medo de seu mestre. Por tais ações, você não receberá nada de bom do seu companheiro. Por quê? Porque ele só vai roubar contra você. Quanto mais ele faz bobagens, mais você o pune colocando-o em situações desconfortáveis. Com o tempo, acabará se rebelando contra você, resultando em mordidas ou cães incontroláveis ​​em todos os lugares e circunstâncias.

EDUCAÇÃO POSITIVA

Esta é uma educação calma, sem pressão, sem sofrimento. Seu pequeno animal vai se encaixar na sociedade de forma natural, sem ter que suportar os efeitos do colarinho estrangulamento ou outras “torturas”. A alegria e o bom humor estarão no momento da consulta.

cachorro sendo puxado

Os momentos dedicados à educação serão uma verdadeira felicidade para o cão, assim como para o mestre. É suficiente recompensá-lo assim que ele lhe obedecer e executar as ordens que você lhe der. Por outro lado, não devemos felicitá-lo por algo que está quase pronto. Ou é bom ou não é, não há meio termo. Este caminho também o ensina a se comunicar com você, tanto pela voz quanto pelo olhar. Ele vai prestar mais atenção ao que você pergunta a ele.

OS BENEFÍCIOS DE UMA EDUCAÇÃO AMIGÁVEL E POSITIVA

Ligações de confiança entre você e seu cão serão criadas. Independentemente da raça e idade, o reconhecimento deste estará presente em sua aparência e ações. Seu relacionamento será perfeito, uma harmonia sincera e real existirá entre vocês dois.

É importante notar que essa forma de educação é praticada cada vez mais em nosso Hexagon em detrimento da educação negativa. Isso mostra que é eficaz e confiável e que não é realmente necessário introduzir violência ou submissão para o seu cão obedecer.

A educação amigável e positiva para um cão é um sentimento profundo de que seu animal de pelúcia vai se sentir ao longo do tempo. Você vai ver estrelas brilhando em seus olhos!

3 ERROS A EVITAR AO LEVANTAR O SEU CÃO

A educação do cão é caracterizada pela compreensão das ordens e desejos que o mestre impõe. Para isso, é necessário estimular a inteligência do seu cachorro, a fim de manter essa boa relação entre você e ele, e que o aprendizado que terá pequeno será conservado nos próximos anos. Se as regras básicas forem seguidas, a harmonia entre você e seu cão será perfeita. Infelizmente, há três erros básicos a serem cometidos.

UM APRENDIZADO DESARTICULADO

Essa educação requer muita paciência. Não há como desistir porque o seu cão não entende as coisas da primeira vez. Você tem que repetir e repetir as ordens, como “deitado”, “sentado”, “não”. Palavras simples são bem compreendidas pelo seu fiel companheiro. Diga a ele e diga sim, mas todos os dias, por várias semanas. Por quê? Para motivar sua mente para entender as instruções e, especialmente, para obedecer a você. Repetições difíceis sempre dão resultados.

A APRENDIZAGEM NÃO DEVE SER MUITO LONGA

Falamos com você sobre semanas, mas lhe dizem que não deve ser muito longo. Então, o que pensar? O que se entende por “não muito longo” não é passar horas intermináveis ​​no mesmo dia repetindo o mesmo exercício. Mudar os exercícios ou estabelecer várias pequenas sessões no mesmo dia é muito mais benéfico e benéfico para o seu animal de estimação. Não se esqueça de recompensá-lo e seguir em frente assim que o resultado se tornar positivo. Seu protegido será feliz e você também.

ONDE APRENDER?

Para regras básicas, é altamente recomendável começar em um lugar que seja familiar para ele. Em casa ou no seu jardim, tudo parece propício a uma boa educação. Assim que sua bola de pêlos entender o que você está pedindo, você precisa pensar em seguir em frente. Em vez de ficar em um lugar fechado e muito calmo, você o colocará em condições mais difíceis, como na rua ou no parque público. Neste momento, o seu cão será confrontado com situações que ele não conhece, mas que ele terá que apreender com serenidade. É seu papel mostrar a ele que a vida é diferente em todos os lugares.

Com o seu cão, você deve estar calmo e paciente. Se não, ele se sentirá nervoso e ansioso. Sua aprendizagem não será tão eficaz quanto ele deveria ser. Aprender com um sorriso irá tranquilizar o seu protegido. Não o castigue enquanto ele estiver aprendendo, e vá a lugares onde o barulho e o movimento não o distrairão. Um cachorro gosta de brincar!

COMO SER UM BOM PROFESSOR PARA O SEU CACHORRO?

Não há técnicas padrão para ser um bom professor. Tudo começa com amor por sua besta, sua educação, seu cuidado. Ser um bom professor não acontece com o tempo. O amor pelos animais já é bom mas, para algumas pessoas, amamos um cachorro por apego, assim que ele passa pela porta. Então, como imaginar o futuro?

SER UM BOM PROFESSOR NÃO É INATO

Nós não nascemos “bom mestre” ou “mau mestre”. Vivemos com o nosso cachorro, com os bons e maus momentos da vida. No entanto, você provavelmente prefere os bons momentos compartilhados com ele, durante os quais você experimenta grandes marcas de cumplicidade e amor. Estabelecer esse relacionamento é um trabalho de longo prazo. Você não deve estar com pressa, a paciência é colocada à prova. Deve ser admitido que um cão é um animal e não entende tão rápido quanto os humanos. Nós não falamos a mesma língua que ele e é por força de perseverança que o seu tufo peludo vai entender o que você espera dele.

ELOGIOS SÃO SEMPRE APRECIADOS

Recompensa e palavras gentis são sempre apreciadas, tanto por ele quanto por você. Se você pedir a ele que lhe obedeça, o mínimo que você pode fazer é parabenizá-lo quando ele estiver bem. Os gestos de carinho, as recompensas, os momentos dos jogos e os parabéns fazem com que ele admita que entendeu e agiu bem. Do seu lado, você terá a satisfação de ser entendido pelo seu animal de estimação e a harmonia se instala entre você. O objetivo é entrar em seu mundo canino para entender seu ambiente. Você tem que chegar ao seu nível, no lugar dele. Nem sempre é fácil, mas com um pouco de prática e psicologia, é viável.

COMPARAÇÃO E QUESTIONAMENTO

Um cachorro está longe de ser estúpido e sem coração. Pelo contrário, ele sente seus sentimentos de tristeza, alegria e até ciúmes. Nunca deve ser comparado ao de um de seus conhecidos. Ele é ele e continua sendo ele. Fazendo tudo o que puder para se satisfazer, também é sua obrigação não ter ciúmes do que poderia acontecer do outro lado da sua porta. Caso você pense que as reações dele não são boas, pergunte a si mesmo se, por acaso, isso não viria da educação que você lhe deu. Talvez você tenha perdido alguma coisa que volte agora?

A partir de agora, enquanto sua mente salva essas dicas, nada como andar com ele para aproveitar essas poucas recomendações!

AS BOAS ATITUDES DE SEU CACHORRO SÃO IMPORTANTES

Ensinar seu cão a se comportar de maneira normal e correta, em todos os lugares e em todas as circunstâncias, não é fácil. Seu instinto animal lhe dá poderes dominantes, não é a melhor solução. Aqui estão algumas dicas que ajudarão você a aprender a atitude certa.

A IMPORTÂNCIA DESTE APRENDIZADO

Você provavelmente já percebeu que alguns cães não “sabem como se levantar” em público, mesmo em casa. No entanto, ter as atitudes certas e não dar campo livre para o humor do seu cão é de suma importância para a sua vida diária. Para fazer isso, algumas regras devem ser respeitadas. Por quê? Porque o seu companheiro tem o direito de viver livremente enquanto age de maneira correta e educada. Mostrar a ele que você é totalmente dominante não o faz feliz. Isso fará a diferença entre o que é certo e errado. Ele se sentirá sereno, saberá que os limites não excedem e passará momentos agradáveis ​​com você.

MAS E ESSAS BOAS MANEIRAS

Educar o seu cão é ensiná-lo a sair com calma em lugares públicos sem ver sistematicamente as pessoas. Ensiná-lo a não ter lixo ou a querer entrar no primeiro carro que pára ao lado dele é uma das atitudes certas a ter. Em casa, ele deve saber acolher as pessoas de fora sem sempre saltar sobre elas. Cheirar todos os odores e implorar ou pular na lama ou poças não é necessariamente digno de uma boa educação. Na lista de boas atitudes a ter (que não é exaustiva aqui), o gerenciamento do estresse e o enfrentamento de situações imprevistas fazem parte de uma boa educação.

COMO FAZÊ-LO ENTENDER

Você não sabe como fazê-lo para aceitar todas essas obrigações? A princípio, isso pode parecer uma luta perpétua e difícil. Por força de explicar-lhe, mostrando-lhe e punindo-o se necessário, ele admitirá todas essas ações rotineiras. Tem que se tornar um hábito. Não espere por suas horas de treinamento, sem a semana de trabalho. Essas atitudes devem fazer parte da vida cotidiana, daí a importância de começar esse trabalho cedo. Mesmo que sua bola de pêlo seja qualquer bebê, você pode impor uma certa disciplina, respeitando a sua pouca idade. Você não deve esperar até que ele seja um adulto ou adolescente. Seria tarde demais.

Além do fato de que aprender as atitudes certas para com o seu cão está no fato de agir continuamente e diariamente, ele também deve ser colocado em situações reais. Para dar-lhe explicações sem as ações já não serviria muito, ele não necessariamente entenderia!

O QUE É BOA E MÁ EDUCAÇÃO?

Eu me fiz esta pergunta recentemente porque tive a oportunidade de manter vários cães e percebi que não parei de pensar que a grande maioria dos cães era mal educada. E, claro, descobri que meu cachorro era particularmente bem educado para a idade dela. Então eu pensei sobre isso e comparei os cães e descobri que estava errado em dizer que eles eram mal educados. Na verdade, é um ponto de vista muito subjetivo. Por isso, decidi dar-lhe os meus pensamentos e a minha opinião sobre este assunto.

Segundo o dicionário Larousse, a definição de educação, adaptada ao caso do cachorro, é a seguinte: “conhecimento e prática de boas maneiras, usos da sociedade; boas maneiras “.

Seria uma questão de ensinar boas maneiras ao seu cão.

Mas as boas maneiras são diferentes de acordo com as famílias em que o cão evolui. Em uma família, um cachorro em um sofá não é necessariamente um cão mal educado. Pelo contrário, em outras famílias, isso é inaceitável na educação do cão. Da mesma forma, um cachorro latindo para avisar que um indivíduo bateu na porta é um sinal de boa educação para alguns enquanto para outros não há motivo para latir e deve ser educado para não não mais latindo.

Então eu acho que os vários factos em que um cão deve ser educado depender do que o seu senhor quer pegá-lo e ele concordou em fazê-lo. Por exemplo, se quiser fazer um depositário de casa, o interesse do cão para ser educado a latir quando uma pessoa entra na casa. Se um gosta de ter o seu cão perto auto coisa na parte da manhã, pode-se bastante permitir que o cão para vir na cama

Pessoalmente, para controlar a situação neste caso, não permito que meu cão Isis suba sozinho na minha cama. Mas se ela colocar as patas na borda, eu decidi ou não levá-la para colocar na minha cama. Dessa forma, estou livre para tê-lo na minha cama ou não.

MEU CACHORRO ESTÁ BEM OU MAL EDUCADO?

Esta questão é a conseqüência lógica do significado do termo educação descrito abaixo.

Eu sugiro que você faça a seguinte pergunta: o que você quer permitir ao seu cão e o que você quer bani-lo?

Você quer ter um cachorro grudando em você quando você come e a quem você dá comida de tempos em tempos? Ou, pelo contrário, você quer que ele fique no seu canto quando você come para evitar que ele o perturbe? Você gostaria de ter um cachorro que traz a bola de volta para você quando você a manda para você e vem colocá-la na sua frente ou, ao contrário, você realmente se importa se ela traz de volta para você ou não? Você quer um cachorro que late ou não latir?

A partir do momento em que você definiu claramente o que você espera do seu cão e o que você quer permitir ou proibir, você pode dizer se considera o seu cão bem educado ou se ele ainda tem muito progresso para fazer. Claro, ele pode ser bem educado para você, mas mal educado para outra pessoa.

Para resumir, acho que, na realidade, a educação de um cachorro não significa proibi-lo ou permitir-lhe o que é considerado bom ou ruim pela maioria das pessoas e profissionais. Eu acho que o treinamento do cão depende se o seu cão é agradável ou não para você todos os dias. Se algumas das ações do seu cão, como latir ou puxar a coleira, não incomodarem nem lhe agradarem, você pode permitir que elas o façam. Se esses atos são desagradáveis ​​para você todos os dias e você não os aprecia, neste caso é melhor proibir que o seu cão os faça.

A educação do seu cão depende do que é bom para você e do que é desagradável.

UM CÃO NUNCA É PERFEITAMENTE BEM EDUCADO

Eu também quero compartilhar um ponto importante sobre a educação do seu cão.

Seu cão pode ser perfeitamente educado em seus olhos, ele permanece um animal e você não pode prever todas as suas reações a 100%.

Mesmo que ele faça um ótimo exercício ou nunca fique no sofá, por exemplo, isso não significa que ele nunca fará isso novamente. Se tomarmos o exemplo do sofá, pode acontecer que um dia, ele decidiu montá-lo, apesar de você, porque seu namorado é montada acima ou porque ele tem medo de alguma coisa e ele se sente mais seguro em altura.

Eu tive experiência recentemente. Meu cachorro está sempre perto de mim quando eu ando atrás da minha casa e ela responde quase instantaneamente ao meu lembrete, embora ainda não esteja perfeitamente adquirido. Um dia fiz a mesma viagem com um amigo que também deixou o cachorro sem coleira. Seu cão de repente decidiu sair. Eu não vi se ele estava com medo de alguma coisa ou qualquer coisa, mas meu cachorro o seguiu. Apesar dos meus muitos lembretes, ela não me obedeceu e, eventualmente, voltou quando o outro cão voltou. Eu estava com muito medo de que eles fossem para a estrada principal freqüentada por carros.

Este exemplo é a prova de que, mesmo se pensarmos ter o controle sobre seu cão e ter suficientemente educado, não somos imunes ao que um dia ele decide nos desobedecer. Ele continua sendo um animal com emoções e algumas situações podem levá-lo a desobedecer você.

Sempre preste atenção a qualquer reação que seu cão possa ter.

Se você tiver alguma dúvida ou quiser dar sua opinião sobre o assunto de treinamento de cães, não hesite em adicionar um comentário abaixo.

Referências

https://akc.org
https://thesprucepets.com
https://cesarsway.com
https://rspca.org.uk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20