Depressão em gatos pode acontecer por muitas razões. As causas nem sempre são óbvias, os sintomas nem sempre parecem ter importância. Por isso, é importante ficar atento, entender os sintomas e ajudar o seu gato.

Depressão em gatos

depressão é uma mudança de humor. Esta é uma patologia psicossomática. Esta mudança de humor pode acontecer repentinamente, um gato animado pode passar horas isolado evitando companhia e a felicidade do dia a dia.

Causas da depressão em gatos

As causas são diversas e variadas. E nem sempre são os mesmos fatores que podem causar depressão no seu gato. É completamente relativo, o que pode ou não deixar seu pet doente vai varear muito, pode ser algo genético, ou simplesmente o ambiente em que está vivendo.  

em gatos

A solidão pode deixar seu gato neste estado.  Seu gato pode acabar ficando tempo de mais sozinho, não tem outros animais com quem se divertir e você está ocupado de mais o dia inteiro para dar um pouco de atenção ao seu bichano. Esse isolamento forçado e a falta de atividades estimulantes podem levar o gato a um estado de completa depressão.

Uma mudança repentina também pode deixar seu gato em um estado depressivo,. talvez vocês tenham acabado de mudar de casa, ou o gato acabou de mudar de família, um ambiente novo com pessoas novas pode ser difícil de assimilar.

Hospitalização. Se seu gato foi parar no hospital para alguma intervenção cirúrgica, ele pode entrar em depressão.

A chegada de um bebê ou outro animal. O medo de perder o seu território de nao ser mais amado, de ser deixado de lado porque chegou algo novo na casa, pode causar no gato um estado profundo de tristeza e depressão, seu gato pode passar a ficar agressivo e apreensivo sem saber ao certo o que o futuro lhe reserva.

O estresse pode causar depressão. Seu gato não está feliz o tempo inteiro, muitos donos de pets podem agir de forma irresponsável sem perceber, gritando, intimidando, jogando objetos, retirando seus pertences, fazendo barulhos irritantes. tudo isso pode deixar o gato em um estado constante de alerta.

Sintomas de depressão

Em seu felino, a depressão pode ser apresentada por vários sintomas. Tenha cuidado, eles não são necessariamente representativos dessa patologia e podem afetar outros, então quando notar mudanças repentinas em seu gato, procure imediatamente ajuda profissional.

Os sintomas podem deixar o gato apático, seu apetite pode diminuir. Ele não vai vir tantas vezes para pedir carinho, abraços, carícias. Ele se recusará a brincar, seu humor vai mudar. Ele pode se tornar extremamente agressivo ou extremamente calmo. E provavelmente dormirá com mais frequência do que o habitual.

Tratamentos para depressão

Assim como os humanos, não podem superar uma depressão sozinho. Os gatos também precisam de ajuda. Ela tem que vir de fora para reduzir suas dores psicológicas, seu mal-estar e para desbloquear nele algo que ficou preso. Seu papel como mestre irá ajudá-lo a superar essa fase difícil. Você terá que fazer isso:

  • Não hesite em falar com ele. Você é seu mestre e, em certo sentido, sua voz é reconfortante. Ele sabe disso e tenderá a relaxar. Mostre-lhe afeto, especialmente se outro animal apareceu em casa. 
  • Se você acabou de se mudar, certifique-se de instalá-lo em um local quente. Não hesite em reproduzir a instalação da sua casa anterior.
  • Redirecione a atenção e brinque mais com o seu gato. Também compre jogos para que seu gato possa usar na sua ausência, como uma árvore de gato, acessórios para pular e correr.

Marque uma consulta com um veterinário comportamental. Este profissional pode criar uma terapia adaptada à condição do seu animal de estimação.

Se isso não for o suficiente, então seu veterinário pode usar antidepressivos ou ansiolíticos. No entanto, como em humanos, essas drogas podem ser viciantes. Seu animal de estimação pode não conseguir passar sem ele. Evite a todo custo cair nela.