O abissínio é um gato de visual moderado em todos os sentidos. A posição de suas orelhas faz entender que ele está em um eterno sinal de alerta.

 São gatos elegantes de tamanho médio, com corpos fortes, flexíveis e pernas longas e magras. Eles têm cabeças redondas em forma triangular, com pequenos tufos distintos nas pontas das orelhas e grandes olhos amendoados. 

A pelagem curta e rente de um gato abissínio tem uma aparência diferente ‘uma marca’ causada por faixas de cor em cada pêlo. A cor mais conhecida é “dourada”, mas existem várias outras

Detalhes sobre a espécie Abissínio

Abissínio

Os grande olhos mostram um ar de superioridade; seus pelos são curtos e possuem tufos nas orelhas, O corpo todo possui cores únicas que vão escurecendo até chegar a parte superior do corpo.

Eles são animais doceis e fáceis de brincar, gostam e estar acompanhados de humanos e outros animais, podem apesar horas se distraindo com seus brinquedos mas nao recusam dedicar algum tempo aos seus donos. Apesar de ter um pelo fácil de cuidar ele nunca irá recusar uma escovada.

Essa raça gosta muito de se exercitar o que ajuda a manter o peso sob controle. Poleiros e arvores são perfeitos para esses bichanos.

Origem do Abissínio

O gato abissínio tem semelhanças com o gato selvagem africano, ancestral do gato doméstico. A história do gato abissínio no Reino Unido é um pouco obscura, mas é provável que tenha sido trazida de volta por pessoal do exército da Abissínia (hoje Etiópia), na década de 1860.

Este gato foi nomeado Zulu e ela foi a base da bela raça conhecida hoje como a Abissínio. O padrão de tique-taque exclusivo dos abissínios lembrava as pessoas do padrão de camuflagem na pelagem do coelho selvagem. 

Essa característica era tão marcante no Zulu, que foi procurado gatos de raças aleatórias, com aparência semelhante à pelagem, e assim foi formada a raça Abissínio.

 Os primeiros gatos abissínios foram cruzados com pêlo curto britânico e, posteriormente, com raças orientais. Os gatinhos abissínio de cabelos compridos são encontrados em ninhadas há muitos anos e, desde os anos 70, eles se desenvolvem como uma raça separada chamada somali.

Estudos recentes de geneticistas mostram que a origem mais convincente da raça abissínio é a costa do Oceano Índico e partes do sudeste da Ásia. 

De fato, o mais antigo Aby identificável está em uma exposição taxidérmica que ainda é exibida no Museu Zoológico de Leiden, na Holanda. 

Este gato tiquetaqueado foi adquirido por volta de 1834 a 1836 a um fornecedor de pequenas exposições de gatos selvagens e rotulado pelo fundador do museu como “Patrie, domestica India”. Embora o abissínio como raça tenha sido refinado na Inglaterra, sua introdução nesse país e em outros países pode ter sido o resultado de colonos e comerciantes parando em Calcutá, o principal porto do Oceano Índico.

Personalidade de um Abissínio

O gato abissínio é quieto, inteligente e curioso e dizem que desfrutam da companhia humana e se apegam à sua família. Gosta de ter seu espaço e realizar atividades, é um bom alpinista e aprecia um jardim cheio de árvores e lugares altos. Gatos abissínio são brincalhões, mas possuem um certo bom senso, por isso não são tão destrutivos!

Os abissínios apesar de quietos, são gatos ativos e geralmente mantêm seu peso sob controle com exercícios. 

Os abissínios são gatos sociais e gostam de ter alguma companhia. Essa parceria pode ser fornecida por outro gato ou animal de estimação quando os companheiros humanos não estão em casa.

Como cuidar da Saúde do seu Gato

Gatos abissínio podem sofrer de uma doença hereditária chamada deficiência de piruvato que pode causar anemia. 

Existem testes confiáveis e os possíveis proprietários devem perguntar aos criadores se seus gatos foram testados e se estão livres do problema. Um problema ocular, chamado atrofia progressiva da retina, que causa cegueira progressiva, foi identificado em alguns países, por isso vale a pena perguntar ao criador sobre isso também.

Como a maioria das raças, os abissínios podem sofrer de gengivas e doenças dentárias durante a vida. 

A doença gengival ocorre quando algumas (ou todas) as estruturas de suporte profundas de um dente ficam inflamadas. Isso começa quando alimentos, bactérias e minerais se acumulam ao longo da linha da gengiva, levando ao acúmulo de uma escala marrom conhecida como tártaro. 

Quando isso prejudica a gengiva, a condição é chamada de gengivite. Eventualmente, pequenos espaços podem se formar entre as gengivas e os dentes, criando bolsas de espaço para as bactérias crescerem, resultando no que é conhecido como doença periodontal. 

As bactérias das gengivas infectadas podem se espalhar pelo corpo e danificar o fígado e os rins. Essa condição pode ser evitada com cuidados básicos de rotina, como alimentar os gatos com comida seca e escovar os dentes, ajudando-os a levar uma vida normal e sem dor.

Higiene faz parte dos cuidados

A pelagem do gato abissínio é fácil de cuidar. Ele gosta de escovar ou pentear e, se você realmente quer um brilho ‘profissional’, pode ‘polir’ o rosto, acariciando suavemente com um couro de camurça úmido para destacar o brilho do casaco. 

Tal como acontece com todos os gatos, esta raça precisa de vacinas regulares, controle de parasitas e exames anuais de saúde.

Os abissínios não têm nenhum requisito especial na maneira de cuidar deles, pois seus pelos são lindamente finos – basta uma escova semanal para se livrar dos pêlos soltos e eles aproveitarão o tempo de qualidade com seus humanos favoritos. 

Certifique-se de que os olhos e os ouvidos estejam limpos, e um corte de suas unhas de vez em quando os manterá em boa forma. Eles tendem a gostar de explorar o exterior e são hábeis em escalar e caçar.

Qual a origem do Abissínio?

Surgiu no seculo XIX, após o Lorde Robert Napier retornar para a Inglaterra, de uma viagem para a abissínia. Com ele veio um gato que foi a base para a raça.

Qual a faixa de peso?

Os machos pesam em média 3,6-5,44 kgs, já as fêmeas podem variar de 3,5 a 5,5 kgs.

Qual é o tipo de pelo?

Tamanho: Curta, Média
Características: Sedosa, Macia
Cores: Lebre, Azul, Fulvo, Canela
Padrão: Ticking
Menos Alergênico: Não
Necessidades de Cuidado Pessoal Geral: Baixa

Qual a expectativa de vida?

No geral ele vive de 9 a 13 anos, é um anima que necessita de atenção e não possui uma tendência a perder pelo.