Gato Exótico

O gato exotico ou Exotic Shorthair, foi criado para ser uma versão de pelo curto do gato persa. Eles são semelhantes aos persas em vários aspectos, incluindo temperamento nariz e rosto achatados, com as exceções do pêlo curto e denso.

Gato Exótico

Origem do gato exótico

No final da década de 50, o gato persa foi usado como base de cruzamento por alguns criadores de gatos de pelo curto nos Estados Unidos. Isso foi feito em segredo, a fim de melhorar o porte físico, também foram feitos cruzamentos com o russo azul e o birmanês.

Gato exótico

O visual de mestiços ganhou reconhecimento nas associações de gatos, porem os criadores de American Shorthair conseguiram produzir com sucesso um novo padrão de raça que desqualificava o American Shorthairs que mostrasse sinais de cruzamento genético

 Um criador de American Shorthair viu o potencial de fazer o cruzamento entre persa / American Shorthair, então ele propôs que o resultado deste cruzamento fosse reconhecido como uma nova raça.

E acabou recebendo Da Associação dos Cat Fanciersa e criadora americana de pêlo curto Jane Martinke , o direito de reconhecê-los como uma nova raça em 1966, sob o nome Exotic Shorthair.

Gato exótico

Por causa do constante us do gato persa para manter esta raça viva, é comum encontrar muitos gatos semelhantes ao persa, se dois exóticos cruzarem pelo menos 1 filhote pode nascer idêntico a um gato persa.

Características da raça exótica

Os exóticos têm uma personalidade gentil e calma que lembra o persa, mas geralmente são mais animados que seus ancestrais de pelos longos. Curioso e brincalhão, eles são amigáveis para outros gatos e cães, mas eles não gostam de ser deixados sozinhos e precisam da presença de seu dono. 

Gato exótico

Eles tendem a mostrar mais carinho e lealdade do que a maioria das raças e podem ser excelentes gatos de colo. Sua natureza calma e firme os torna gatos ideais para serem criados em apartamentos em cidades grades.

No entanto, os Exoticos mantêm parte da energia do Shorthair american, e geralmente são caçadores de ratos muito eficazes.

Cuidados básicos com meu gato

Ao contrário do persa que precisa de constante manutenção, o Exótico é capaz de manter o próprio pêlo arrumado com pouca assistência humana, embora a escovação e o penteado semanais sejam recomendados para remover pêlos soltos e reduzir a queda de cabelo e as bolas de pelos .

Gato exótico

Como em outros animais de face plana, os ductos lacrimais do Exotico tem a tendência de transbordar devido ao ducto nasolacrimal , que pode umedecer e manchar a face. Isso pode ser aliviado limpando periodicamente o rosto do gato com um pano umedecido em água ou com uma das preparações comerciais feitas expressamente para esse fim.

Esta raça envelhece lentamente, pois não atinge a maturidade até os dois anos de idade e entra na puberdade bastante tarde. Quando dois pêlos curtos exóticos são cruzados, eles podem produzir gatinhos de pêlo comprido chamados “Pêlos Exóticos” pela Associação de Cat Fanciers. Externamente, eles se parecem com persas.

Saúde do gato exótico

Gato exótico

O pêlo curto exótico é uma raça braquicefálica, o que significa que seus problemas resultam da proximidade do nariz e dos olhos, dando a aparência de um rosto empurrado. Além de problemas com os canais lacrimais, também podem ocorrer problemas de sinusite. Devido à mandíbula encurtada, há uma chance de desalinhamento ou ajuntamento dos dentes.

Gato exótico

Síndrome obstrutiva das vias aéreas braquicefálicas . Também conhecida como síndrome respiratória braquicefálica ou doença obstrutiva das vias aéreas superiores congênita, isso causa anormalidades nas vias aéreas superiores que variam em gravidade. A síndrome pode causar inflamação das estruturas nas vias aéreas e aumento da pressão sobre o coração.

Gatos exóticos gostam de ser abraçados?

Se você está procurando um gato que adora abraçar, este é o exótico. Eles tendem a seguir seus donos pela casa e pulam no seu colo o máximo possível.

Os exóticos perdem muito pelo?u003cbru003e

Devido à sua pelagem espessa e incrível, o gato exótico tende a perder mais do que a maioria dos gatos com pêlos semelhantes. Para combater a queda capilar, recomenda-se escovação semanal para esta raça.

Quanto tempo vivem os gatos exóticos?u003cbru003e

De 12 a 15 anos. No entanto, eles vêm com alguns problemas de saúde em potencial. Estar ciente desses problemas pode ajudá-lo a escolher um gatinho saudável e feliz ou a cuidar com sucesso de um gato mais velho que pode desenvolver algumas doenças.

Saiba mais sobre gatos aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20