• Início
  • Animais
  • Incontinência em cachorros – Como evitar e tratamentos

Incontinência em cachorros – Como evitar e tratamentos

Ver o seu cão urinar sem sequer notar é um fenômeno desagradável, tanto para ele como para a higiene da casa. Para superar esta desvantagem, é essencial conhecer as razões, as causas e encontrar um tratamento adequado para parar a incontinência do seu cão.

cachorro velho doente

ENTENDENDO O FENÔMENO DA INCONTINÊNCIA URINÁRIA

A urina é produzida pelos rins. Ele entra na bexiga através do órgão chamado “ureter”, que também permite a sua evacuação para fora do corpo. Antes disso, deve-se saber que a urina é armazenada na bexiga. Sua saída é controlada pelo esfíncter. É necessário esperar até que a bexiga esteja completamente preenchida para proceder à sua evacuação.

cachorro com problemas de saude

Neste momento, alguns nervos, controlados voluntariamente, realizam seu trabalho e realizam esse esvaziamento. Então falamos sobre a incontinência do cão, quando esses nervos não funcionam adequadamente. As gotas de urina escapam a qualquer hora do dia. Embora a incontinência e as patologias não devam ser confundidas, a incontinência também é detectável por poças deixadas onde o cão está deitado.

QUAIS SÃO AS CAUSAS DA INCONTINÊNCIA DO CÃO

Isso pode ter várias origens que devem ser conhecidas para evitar que isso se torne muito grande e seu cão sofre. Se isso é neurológico, o excesso contido na bexiga flui inconscientemente. Por outro lado, se vem do esfíncter que não funciona mais adequadamente, a urina não permanece na bexiga. Neste caso, é evacuado continuamente, daí as poças e o lugar onde o seu protegido está deitado.

cachorro com dor

Por outro lado, devemos saber que, mesmo se pensarmos que a incontinência só pode afetar cães velhos, não é assim. As cadelas recém-esterilizadas podem ser afetadas por causa de possível insuficiência hormonal. Do lado dos jovens que atendem a essa patologia, devemos olhar para o lado de uma má formação, fazendo com que os ureteres cheguem à uretra.

TRATAMENTOS POSSÍVEIS

Várias soluções são possíveis, é necessário que a origem desta incontinência seja conhecida. Quando se trata de disfunção nervosa, é essencial recorrer às drogas que restauram o tônus ​​do esfíncter da uretra, permitindo que ele retorne à sua função original. Estes permitem que ele contraia mais, retendo a urina. Em relação à insuficiência hormonal que afeta a cadela esterilizada, nada é mais fácil do que administrar um substituto hormonal e tudo volta a ser ordenado.

Embora saibamos que qualquer problema tem uma solução, para a sua adorável bola de cabelo, alguns tratamentos simples são apropriados. Não precisa se preocupar e imediatamente pensar sobre a cirurgia que o entristece. Não, seu cão vive com você, seu amor, seu cuidado e sua cumplicidade!

Referências

https://akc.org
https://thesprucepets.com
https://cesarsway.com
https://rspca.org.uk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20