Meu cachorro é agressivo com outros cachorros

Seu cão não se dá bem com todos os cães, ele tolera ou até adora as fêmeas, mas quando se trata de deixá-lo ir com um cachorro macho, isso é outra história?Vamos ver por que e como ajudar seu cão a ser mais sociável com seus pares do mesmo sexo.

cachorros lutando

Eu sou educador behaviorista canina desde 2009 pelo cão Natureza e deixe-me dizer-lhe que isso é complicado porque você tem que entender que o seu cão é um ser vivo, acima de tudo, e, portanto, não posso concordar com todos os cães que ele cumpre sem restrições.

POR QUE MEU CACHORRO NÃO SE DÁ BEM COM OUTROS MACHOS?

DOIS MACHOS: TESTOSTERONA EM PRIMEIRO LUGAR!

Deve ser sabido que o seu cão, especialmente se ele não for castrado, produz testosterona. É um hormônio esteróide que pode causar comportamento competitivo entre cães e é responsável por alguns conflitos com cães.

SEU CÃO NÃO FOI SOCIALIZADO O SUFICIENTE

Se o seu cão não se dá bem com qualquer cachorro, seja ele macho ou fêmea, é possível que ele sofra de uma falta de aprendizagem de comportamentos sociais. Também é possível que ele não tenha tido contato suficiente com seus pares por um período mais longo ou mais curto. Uma experiência ruim também pode ser a causa de sua falta de “simpatia” por seus congêneres, especialmente se seu cachorro foi atacado de forma incoerente.

cachorros brigando
cachorros brigando

A REUNIÃO NÃO É ADAPTADA

É possível que você seja responsável, mesmo sem saber, pelo comportamento agressivo do seu cão. Seu cão depende muito de suas emoções, então se você está estressado ou tenso, seu cão pode reagir de acordo. Da mesma forma, as reuniões na coleira, especialmente se a coleira estiver tensa, causarão conflitos na maior parte do tempo. Seu cão não tem a oportunidade de escapar e será estressante e reagirá agressivamente. Tenha cuidado também se você permitir que os cães se encontrem pela primeira vez, evite fazer contato em uma área restrita ou na presença de elementos que possam causar conflitos, como alimentos ou brinquedos.

SEU CACHORRO É DOMINANTE?

Você já ouviu falar que seu cachorro era agressivo só porque ele era dominante? Mas essa ideia é completamente incoerente, em primeiro lugar porque o status dominante é uma classificação social flutuante, de modo que não é um traço de caráter. Seu cão pode ter o ascendente em um cão e ser “submisso” em relação a outro cão. Além disso, essa ascendência é estabelecida com relação a recursos como comida, contatos, espaço e sexualidade. Mas os cães não são todos possessivos e muito menos nesses 4 recursos. Depende também muito da sua educação e das experiências que tiveram. Então não, seu cachorro não é dominante!

COMO AJUDAR SEU CACHORRO?

ESTERILIZAÇÃO:

Castrar o seu cão antes de 1 ano pode ser uma boa ideia. Isso permitirá que ele não atinja a testosterona adulta “reforçada”, que vimos ser responsável por seu comportamento agressivo.Tenha cuidado, no entanto, um estudo recente do famoso Dr. Joel Dehasse fortemente nuances a solução de castração para evitar a agressão: A esterilização do cão: A favor e contra?

cachorro andando junto

UMA REUNIÃO SERENA:

Quando você quiser conhecer dois cães que não se conhecem, tenha o cuidado de respeitar certas regras:

  • Uma reunião em um lugar neutro
  • Uma reunião sem coleira (possivelmente deixando um cordão deitado no chão para intervir mais facilmente quando necessário)
  • Estar no movimento
  • Fique calmo e relaxado
  • No caso de um grunhido, não intervenha imediatamente, pois esses códigos de comunicação são úteis
  • Se você está com medo de que seu cão está machucando seu companheiro, não hesite em colocar um focinho para a segurança (tendo usado positivamente de antemão, é claro)

CAMINHADAS EDUCATIVAS:

Outra solução pode ser participar de caminhadas educacionais com educadores profissionais caninos. A vantagem desses passeios é que eles são supervisionados por um profissional e geralmente acontecem com cães sociáveis ​​e equilibrados. Uma análise individual deve ser feita de antemão para garantir que essa atividade ajude seu cão. A vantagem dos passeios educativos é o número de cães participantes e, portanto, a possibilidade de o seu cão não entrar em conflito sistemático com os machos prefere brincar com as fêmeas.

ADAPTE-SE AO SEU CÃO PRIMEIRO:

Você vai entender, existem soluções, mas é impossível e incoerente exigir que seu cão se dê bem com todos os cães que ele conhece sem distinção. O trabalho de prevenção a partir de 2 meses com encontros positivos e controlados é a melhor solução para ter um cão o mais sociável possível. Um trabalho reeducativo pode ser considerado com um educador profissional, mas tenha cuidado, se o seu cão for um homem adulto não castrado, certamente será difícil torná-lo completamente sociável com outro homem com comportamento competitivo similar. É, portanto, a adaptação ao seu cão, acima de tudo, que deve ser colocada em prática para encontrar soluções respeitosas e eficazes.

DEVEMOS SEPARAR DOIS CÃES QUE ESTÃO LUTANDO?

Aqui está o porquê e como ajudar seu cão a se dar melhor com seus colegas do mesmo sexo. Paciência, adaptação e escuta continuam sendo as palavras de ordem para um bom relacionamento com seu cão!

Uma briga de cachorro pode ser séria. Para evitar tais situações, é essencial socializar bem o seu cão. Para vencê-lo ou puni-lo muito severamente quando ele cometer um erro pode fazer com que ele se torne agressivo. Dito isto, o risco de luta também não existe, apesar de uma vida muito calma e relaxada. Mas então por que um cachorro brigaria?

A ORIGEM DE UMA BRIGA DE CACHORROS

Um cão não nasce agressivo, mas se torna ou não se torna. De acordo com sua educação, é provável que ele seja assim depois. Se ele conhece apenas seus mestres, ele “pulará” em todos os estrangeiros que ele conhecerá, sejam eles humanos ou animais. Ele não consegue entender a diferença entre comportamento normal e não normal, já que ele nunca conheceu nada. Se ele não foi devidamente socializado, ele não se sentirá seguro na frente de outros cães, não saberá como se comunicar com seus “amigos”. Se ele foi maltratado, ele irá reproduzir a maldade que ele recebeu sobre os outros.

DURANTE UMA BRIGA DE CACHORRO

Mesmo sabendo que é melhor evitar a luta antes que ela comece, há situações que você não pode evitar. Neste caso, é importante manter a calma. Gritar não é a solução, o cão não entende. Você deve, neste caso, mostrar aos cães que você é o mestre e que eles não o assustam. No entanto, não interponha entre os dois para querer separá-los. Não puxe a coleira porque, em sua raiva, ela pode morder você. Não devemos esquecer que um cão mantém seu lado selvagem e, em caso de luta, ele não o considerará mais como seu mestre, mas como um agressor.

ENTÃO O QUE VOCÊ DIZ?

Ao pegá-lo pelas patas traseiras, recuando em movimentos circulares, você será capaz de limpar o seu cão sem ser mordido. Dependendo de onde você está, você tem a oportunidade de desviar a atenção dos cães, jogando um tecido pesado em suas costas. Concentrando-se no que eles acabaram de receber, eles não lutarão mais. Lá fora, o “banho frio” também é eficaz. Se você tem água perto dos dois cães que estão lutando, jogue-lhes um balde de água, “vai fazer bem”. Em casa, não hesite em usar a mangueira de jardim.

Alguns sprays ou produtos artificiais existem, mas nada como métodos naturais que não farão mal a eles. Não é melhor ver dois cachorros brincando juntos, em vez de lutar?

Referências

https://akc.org
https://thesprucepets.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20