Meu gato é muito pegajoso: o que fazer?

Existem gatos extremamente independentes que cuidam da vida e seguem uma rotina particular. Mas tem outros que grudam ao lado de uma pessoa e nao sai por nada se tornando extremamente pegajoso.

Um ato que pode parecer simples e inocente no começo com o tempo pode acabar se tornando irritante. veja como resolver isso.

gatinho-gordo-fofo-1024x1020-7407071-1473697-7568735-1653293

Como muitos donos de gatos, é normal buscar afeto desses animais, colocar no colo fazer carinho e abraçar. quem tem um gato ou mais está acostumado a procurar por este afeto, ou a ser procurado para isso.

Seu gato pode estar inclinado ou não a esse derramamento de afeto que cai sobre ele. Alguns gatos são mais táteis que outros. O seu pode cair nesta superafetividade e se tornar um voluntário para abraço, de carícias. Mesmo no meio da noite, ele vai acordar para comer, ser mimado e até brincar. Agora, o constrangimento toma conta. Seu gato se torna um verdadeiro pote de cola e agora sofre de síndrome de afeto extremo.

Como seu gato se torna carente?

Este fenômeno é frequentemente observado em cães. Uma dependência emocional do seu mestre. Uma síndrome menos presente no gato, que é um animal menos social que o cão. Ele pode ser muito ligado ao seu mestre, mas ele é ainda mais ligado ao seu território. O afeto extremo portanto, pode surgir de várias maneiras.

Meu gato é muito pegajoso: o que fazer?

Seu passado como um gatinho. 

Seu gato foi separado muito cedo de sua mãe. A idade mínima de separação é de 8 semanas antes, o seu gato não terá tido a oportunidade de ser apresentado a todos os autocontroles.  Você também pode ter alimentado seu gatinho com uma mamadeira, sua mãe não teve tempo de se separar dele adequadamente para que ele possa aprender a independência. 

Você também não faz isso, logicamente, porque não sabia que tinha que ser feito. Como resultado, ele se apegará a você excessivamente, tomando você como mãe substituta.

Este tipo de dependência também pode vir de um estresse incomum. Seu gato, pode ter passado por uma ruptura em sua vida portanto, de um choque psicológico. Se você tem um gato, seu comportamento pode evoluir em tempos de calor gerando uma hiperdependencia, mas quando o verão acaba, o comportamento comum, volta ao normal.

gato-fazendo-graca-1105503-7086511-8648953-7563032

Quais “sintomas” são observados?

  • Seu gato te segue em todo lugar .
  • Ele mia para que você preste atenção nele.
  • Ele tem necessidade de contato óbvio. Ele esfrega contra as suas pernas e nunca te deixa.
  • Ele acorda você no meio da noite para satisfazer sua fome.
  • Seu gato pode ter um lado do corpo com menos pelo – isso é resultado da queda de pelo causada pela ansiedade devido a sua ausência.

O que pode ser feito para deixar o gato menos pegajoso?

Quando você cria um gatinho, evite alimentá – lo e abraça-lo com muita frequência. A prevenção é a melhor cura para esta síndrome. Seu gatinho, então gato, deve descobrir sua independência e cultivá-lo.

Meu gato é muito pegajoso: o que fazer?

Caricias em excesso sempre será prejudicial para os gatos. Um pouco de carinho é sempre bom, porem não se deve passar dos limites.

Uma vez iniciada esta síndrome é difícil de desfazer. Ainda você pode:

  • Oponha-se a firmas ” não ” às carícias do seu gato.
  • Você deve substituir sua presença habitual por mais jogos lúdicos .
  • Deixe os pertences de seu gato em locais que ele possa pegar sozinho.
  • Aproxime-se do seu veterinário, que irá prescrever o tratamento certo para o seu gato. Um tratamento muitas vezes baseado em ansiolíticos para reduzir o estresse e a ansiedade do seu gato.

Saiba mais sobre animais aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20