Sua ração diária, dura ou em patê, pode não ser suficiente para ele. Todo bichinho gosta de uns petiscos, mas Cuidado! Não ceda à tentação de exagerar na dose.

 Há abraços, carícias,  jogos, atividades divertidas, passeios, passeios no jardim ou no terraço. E depois há os petiscos. Pequenos extras que nunca devem se tornar grandes, com o risco de colocar a saúde do seu gato em perigo.

O que tratar para dar o seu gato?

Alguns veterinários têm criado guloseimas para gatos. Elas podem ter aspectos diferentes. Podem ter um sabor suave e uma textura crocante

Essas guloseimas não são feitas para humanos, e melhor ainda, eles têm um aroma que irá atrair o seu gato. 

Eles se encaixam perfeitamente com sua dieta. Estas guloseimas não são necessariamente doces e complementam a comida tradicional. Eles garantem o fornecimento de minerais e vitaminas. Sim, pode ser benéfico para o seu animal de estimação.

Os prazeres que devem ser proibidos

Tudo o que é comida humana é definitivamente proibido. Seu gato nunca deve comer sobras como pedaços de carne ou peixe. Não dê a ele um pedaço de presuntocasca e nem leite que ele não digira, nem bolos ou açúcares.

Ele logo saberá que o que ele come todos os dias não tem o mesmo sabor da que comida humana. Ele passara então a exigir alimentação humana de todas as formas possíveis, então para evitar isso, não comece.

Além disso, comida humana é ruim para a saúde animal. Promove excesso de peso quando não causa diarreia ou vômito, ou mesmo intoxicação alimentar.

Frequência

Um petisco não leva esse nome se você o der para o seu gato todos os dias, ou várias vezes ao dia. Deve permanecer um objeto de desejo,de recompensa . 

Seu gato deve merecer através de uma boa ação, um bom comportamento. Assim, o doce deve manter sua aparência rara para agradá-lo mais. Ao fazer isso, você reforçará a cumplicidade que o liga ao seu animal de estimação.

Além do mais, limitando as guloseimas, você evitará deixar seu felino mais gordo do que o necessário. Lembre-se de que sua ração alimentar, é o suficiente. 

Escolha os petiscos adaptados para o seu gato

 Escolher a ração ideal para o seu gato não é necessariamente fácil. É possível se perder diante das muitas opções disponíveis para você. Além disso, a qualidade não é necessariamente a mesma entre uma marca, uma ração e outra. 

Dry pet food in a white ceramic bowl isolated on white background. Flat lay, top view. Copy space

As rações secas têm a vantagem de serem fáceis de usar, para serem apreciados pelo seu gato. É um alimento seco que pode ser mantido por tempo suficiente (sem oxidação) e também promove a limpeza dos dentes. Há muitos benefícios nessa escolha.

Sempre proteínas animais

Seu gato é um carnívoro. De fato, mesmo se você alimentá-lo com ração, ela terá que ser feita com base de proteínas animais na maior parte. Esta proteína deve aparecer no pacote da ração. Além disso, as espécies animais devem ser listadas na embalagem.  O mais recomendado são rações que usaram carne de ave como base de proteína.

Recomenda-se comprar ração que contenham pelo menos 40% de proteína animal , até 20% de gordura animal e um mínimo de carboidratos (açúcar).

E quanto as rações à base de cereais?

sistema digestivo do seu gato não irá suportar cereais (milho, trigo, soja, arroz). Além disso, esses cereais fornecem um alto nível de carboidratos. Isso acabará por levar a doenças como diabetes ou obesidade

Seu gato também pode reagir negativamente (alergia) aos cereais. Elas não fazem parte da composição de sua dieta, portanto, devem ser proibidos. Como tal, a embalagem deve mencionar a ausência de cereais na composição da ração.

Porque os gatos querem comer toda hora?

 Apesar do seu gato estar comendo o dia todo, pode não se estar alimentando o suficiente, algo que é muito diferente. Analise bem a constituição física do seu gato e observe se está anormalmente fraco ou se, pelo contrário sofre de sobrepeso ou obesidade.

Onde deixar a comida do gato?

O ideal é um comedouro na altura do início do peito do gato, ou altura do cotovelo, do qual ele possa comer em pé sem abaixar demais a cabeça ou sentado.

Como saber se seu gato está com fome?

Sinal de fome: geralmente ele fica sentado, o rabo abaixado, o pescoço fica erguido e esticado.

Veja outras dicas aqui.