Olá pessoal hoje o demonstre traz um trabalho diferenciado, onde fala das teorias da sociologia, e neste dia vamos falar da história da sociologia, com o desenvolvimento profissional e pessoal.

Onde vamos falar sobre “Famílias e intimidades”, do inicio ao fim falando e mostrando todas as etapas do processo da criação da sociologia até os dias atuais, baseado nas origens.

Famílias e intimidades

A  família é espaço de intimidade e de ternura. Certamente é também lugar de vivência profunda da fé, nesse mesmo clima de delicadeza. As famílias estão muitos dispersas nos dias atuais, ainda mais hoje que a grande atenção das pessoas está voltada as redes sociais e a vida, o amor e o carinho fica despedaçada por falta da própria falta de respeito das pessoas umas com as outras.

A intimidade das famílias hoje estão muito inquietas, por experiência do cansaço e de um estado de inquietação interior que preocupa e que leva a todos a um estado de  não identidade com sua realidade mais profunda. Há o estresse no trabalho, no trânsito, da vida que, em casa,  se traduz em violência, reações abruptas e rudes, falta de efetivo e carinhoso interesse de uns pelos outros.

Variações no papel dos gêneros em diferentes culturas

Acerca dos conceitos de gênero discutidos neste tópico iremos abordar a importância que está em mostrar que certos modelos de conduta e expectativa para homens e mulheres são construídos socialmente através dos tempos e não determinados pelo sexo. Estes são desenvolvidos a partir das relações durante todo o processo de crescimento e desenvolvimento dos seres humanos, determinando papéis e funções, impostos e adaptados ao período histórico, ideologia1, cultura e religião, acompanhando o desenvolvimento econômico, simbolizando, portanto, uma retradução cultural do biológico, definido por qualidades opostas atribuídas ao homem e a mulher.

Resultado de imagem para Variações no papel dos gêneros em diferentes culturas

Margaret Mead

Margaret Mead foi uma antropóloga cultural norte-americana. Nasceu na Pensilvânia, criada na localidade de Doylestown por um pai professor universitário e uma mãe activista social. Graduou-se no Barbard College em 1923 e fez doutorado na Universidade de Columbia em 1929.

Vídeo sobre gêneros em diferentes culturas:

Socialização das crianças e estabilização dos adultos

Cada categoria surgida nas conversas ou nas brincadeiras infantis era preenchida de significado a partir da elaboração das crianças sobre o assunto; neste sentido, a autora buscou a interpretação “nativa” dos fatos, histórias e termos verbais, numa linha muito próxima do comportamento de um antropólogo no campo – em que pese a intervenção da pesquisadora, neste caso, ser bem mais incisiva que a tradicionalmente associada ao etnógrafo.

Resultado de imagem para Socialização das crianças e estabilização dos adultos

Talcott Parsons

Talcott Edgar Frederick Parsons foi um sociólogo estadunidense. Seu trabalho teve grande influência nas décadas de 1950 e 1960. A mais proeminente tentativa de reviver o pensamento parsoniano, sob o título de “Neofuncionalismo”, pertence ao sociólogo Jeffrey Alexander, da Universidade Yale.

Vídeo sobre Socialização das crianças:

A vontade da verdade

É uma experiência que correlaciona aquilo que é dito como verdade e a subjetividade ligada a este dizer reforça e esclarece o conteúdo do que foi dito pelo filósofo acerca do discurso e da subjetividade. No presente trabalho apontaremos para o tipo de discurso produzido pelo próprio filósofo e para a forma da vontade que lhe é subjacente.

Resultado de imagem para A vontade da verdade

Michel Foucault

Michel Foucault; Poitiers, 15 de outubro de 1926 — Paris, 25 de junho de 1984 foi um filósofo, historiador das ideias, teórico social, filólogo, crítico literário e professor da cátedra História dos Sistemas do Pensamento, no célebre Collège de France, de 1970 até 1984.

Vídeo sobre A vontade da verdade:

Heterossexualidade compulsória

A heterossexualidade compulsória refere-se à concepção social de que a heterossexualidade é a inclinação natural dos seres humanos e que, por tanto, pode ser adotada de maneira independente das possíveis preferências sexuais da cada pessoa.

Resultado de imagem para Heterossexualidade compulsória

Adrienne Rich

Adrienne Rich foi uma feminista radical, poeta, professora e escritora dos Estados Unidos. Filha de pai judeu e mãe cristã e, portanto, segundo o judaísmo ortodoxo, não judia ela própria, Adrienne escolheu identificar-se como judia.

Vídeo sobre Heterossexualidade compulsória:

Esse é o mês da consciência negra no Brasil. Você conhece as leis que se relacionam com a história dos negros no Brasil?

E aí, você acha que a pedagogia de Paulo Freire é Marxista? Veja isto!

Não deixe de se inscrever no meu canal do youtube: Vídeos diários para professores!

Confira também as entrevistas que estamos realizando no canal do Demonstre:

Não deixe de se inscrever no canal do youtube do Demonstre: Vídeos diários de poesia!

 

A família pós-moderna

A comunicação tenta-se demonstrar a necessidade de utilizar uma “lente” mais ampla para analisar e ter em conta as mudanças estruturais e uma “lente” mais reduzida para perceber os problemas e conflitos que as referidas mudanças implicam para o papel de pais, homem e mulher, estilo de educação parental, etc.

Resultado de imagem para A família pós-moderna

Judith Stacey

Judith Stacey é autora e professora de Análise Social e Cultural e Sociologia na New York University. Suas principais áreas de foco incluem estudos familiares, estudos de gênero, estudos queer e sexualidade.

Vídeo sobre A família pós-moderna:

Feminismo materialista

Feminismo materialista destaca o capitalismo e o patriarcado como essencial para a compreensão da opressão das mulheres. A teoria centra na mudança social em vez de buscar a transformação dentro do sistema capitalista.

Resultado de imagem para Feminismo materialista

Christine Delphy

Christine Delphy é uma socióloga francesa, pesquisadora do CNRS, desde 1966, no campo dos estudos feministas e de gênero.

Vídeo sobre Feminismo materialista:

O trabalho doméstico como alienação

Essa é uma questão que a maioria das pessoas se deixam levar com o tempo, uma pessoa se dedicar-se exclusivamente ao serviço domestico não haverá tempo para outro trabalho, se a pessoa retirar um tempo para trabalhar em outro serviço todo dia será um grande passo para acabar com a alienação.

Resultado de imagem para O trabalho doméstico

Ann Oakley

Ann Rosamund Oakley é professora e fundadora da Unidade de Pesquisa em Ciências Sociais no Instituto de Educação , Universidade de Londres e, em 2005 parcialmente aposentado de trabalho acadêmico em tempo integral para se concentrar em sua escrita e, especialmente, novos romances.

Vídeo sobre O trabalho doméstico como alienação:

O caos do amor

Nos dias atuais é muito comum a falta de amor nas famílias e em todos os tipos de relacionamentos, uns colocam a culpa no trabalho, outros no tempo, alguns falam que é a tecnologia. Deveria ser feito um pensamento pelas pessoas para para refletir sobre isso.

Resultado de imagem para O caos do amor

Ulrich Beck e Elisabeth Beck-Gernsheim

Ulrich Beck foi um sociólogo alemão que lecionou na Universidade de Munique e na London School of Economics.

Elisabeth Beck-Gernsheim, é uma socióloga, psicóloga e filósofa alemã. É autora do livro O Caos normal do amor, o qual escreveu em conjunto com seu mario Ulrich Beck.

Vídeo sobre O caos do amor:

A construção social da sexualidade

A sexualidade é uma questão que, por sua característica biológica, necessariamente se faz presente na vida de todos os indivíduos. Entretanto, além de seu caráter fisiológico, a sexualidade possui características sociais. Insere-se, portanto, como tema que exige tratamento público. Verifica-se, porém, que a sexualidade não é um tema tratado rotineiramente de maneira específica nas políticas públicas, aparecendo muito mais em políticas relacionadas à criminalidade, educação e, sobretudo, saúde, em uma abordagem negativista que relaciona o sexo à proliferação de doenças e à gravidez indesejada.

Resultado de imagem para A construção social da sexualidade

Jeffrey Weeks

Jeffrey Weeks é um historiador e sociólogo que se especializou em sexualidade, e é também um activista gay. É autor de vários livros, incluindo Sexuality and its Discontents, Sex, Politics and Society e Coming Out.

Vídeo sobre A construção social da sexualidade:

Teoria queer

Teoria queer é uma teoria sobre o gênero que afirma que a orientação sexual e a identidade sexual ou de gênero dos indivíduos são o resultado de um constructo social e que, portanto, não existem papéis sexuais essencial ou biologicamente inscritos na natureza humana, antes formas socialmente variáveis de desempenhar um ou vários papéis sexuais.

Resultado de imagem para Teoria queer

Steven Seidman

Steven Seidman é sociólogo, atualmente professor da Universidade Estadual de Nova York, em Albany. Ele é um teórico social que trabalha as áreas de teoria social, cultura, sexualidade, sociologia comparada, teoria da democracia, nacionalismo e globalização.

Vídeo sobre Teoria queer:

FIM

Chegamos ao fim da lista que fala sobre Famílias e intimidades, falando e explicando como foi feito até os dias atuais, assim tanto nos negócios quanto na vida pessoal. Se você gostou compartilhe nas redes sociais.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.