Um não tão feliz dia dos professores

Vivemos hoje uma caçada as bruxas. Professores, naturalmente subversivos, questionadores, críticos e literatas são transformados em monstros na voz dos ditos heróis da “direita” brasileira.
De repente, aqueles que já eram extremamente fracos pelo baixo investimento do empresariado e público, se tornaram uma ameaça a qualquer radical que queira se espalhar sobre a massa social.
Criaram e defendem o escola sem partido, proposta cunhada na perseguição política de professores e alunos, que ao contrário do que se propõe, resultará de fato escolas partidárias, homogêneas, sem liberdade de expressão ou um pensar heterogêneo.
Perseguem Paulo Freire, o acusando de ser um filósofo de esquerda, mas sem saber que o objetivo do ensino defendido por ele é justamente que cada aluno se desenvolva como um sujeito crítico, que constrói sua própria concepção de mundo, reconhece que não há verdades absolutas, e que a liberdade é necessária.
Retiram direitos conquistados do professor e congelam seus salários: hora atividade, planejamento, liberdade criativa, desenvolvimento da escola. O importante é atrofiar o profissional, fazendo com que ele fuja da escola ou se sinta diariamente humilhado.
Nesse contexto, ignoram que a educação é por princípio social, coletiva, compartilhada, e que o professor é mediador central dessa relação, eixo que liga a família, a comunidade e a educação formal. Aquele responsável por compartilhar habilidades, encaminhar a visão de mundo e gerar ao fim de tudo competências que permitam a seus alunos sobreviver nesse mundo cão.
Sinceramente, hoje, após ver um cidadão como Frota se vestir de Rambo e prometer bater em professores “esquerdistas” com um bastão, ou uma estudante de direito e youtube com argumentos vagos chamar estes profissionais de bostas/merdas recorrentemente, confesso que meu dia dos professores não é dos melhores.
Mas sigamos em frente, em uma resistência diária, pacífica e honesta, porque no fim, somos nós, professores da educação básica e superior, abraçados por nossos alunos e seus pais, que organizamos a bagunça da sociedade e ajudamos o amanhã.

Feliz dia dos professores e obrigado,
Felipo Bellini
Professor da educação básica

feliz dia dos professores

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.