Olá, pessoal! Hoje teremos Aluízio Mathias, POETA potiguar, declamando sua poesia Fênix no poema de bom dia.

Poema Fênix, de Aluízio Mathias – do Poema de bom dia

O projeto Poema de bom dia é uma realização da Produtora Demonstre. Uma homenagem aos poetas locais e nacionais do nosso Brasil. Poemas diários para preencher seu dia de inspiração!

Vídeo do poema de bom dia – Fênix – Aluízio Mathias

Abaixo, o vídeo de declamação do poema, por Aluízio Mathias.

A seguir, o poema na íntegra.

Fênix – Aluízio Mathias

Numa antiga

folha de jornal

vi, de repente,

uma notícia boa:

li que o remédio

para esse meu mal

é ter uma vida à toa,

e que todo início,

quase sempre,

começa no final…

Quem é Aluízio Mathias?

Aluízio Mathias nasceu em Natal/RN, aos 4 de novembro de 1962. Envolveu-se com a poesia a partir da experiência com o Grupo Cabra. Organizou, com outros jovens artistas, a oficina de criação Aluá Edições Alternativas, grupo que divulgou fortemente a chamada Poesia Marginal na cidade. Publicou os livros de poemas “Cárcere das Letras” (1979), “Concerto em Geral” (1980), “Extrema Poesia” (1981), “Poemas Soltos na Buraqueira” (1983), “Pipocalipse Nau” (1984) “Fato Consumido” (1985) e “Liberdade Palavra Poesia (2017) . Idealizador dos projetos “Poesia Circular” e “Folha Poética”, considera-se um eterno militante da poesia.

Obrigado por curtir este poema!

O projeto Poema de bom dia é uma iniciativa do blog para engajar escolas e a comunidade no meio literário. Se você gostou, compartilhe. Se é poeta, entre em contato para participar!

 

Facebook: https://bit.ly/2qr1CXu

Instagram @poemadebomdia: https://bit.ly/2qrbzDI

Website: http://demonstre.com/

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.