Olá pessoal hoje o demonstre traz um trabalho diferenciado, onde fala das teorias da sociologia, e neste dia vamos falar da história da sociologia, com dos 10 Fundamentos do Trabalho e consumo.

Onde vamos falar dessas etapas de desenvolvimento, do inicio ao fim falando e mostrando todas as etapas do processo da criação da sociologia até os dias atuais, baseado nas origens.

Trabalho e consumo

O trabalho é essencial na vida de toda e qualquer pessoa, não só pelo sustento mas também pelo relacionar com as pessoas, conhecer novas pessoas, conhecer novos lugares, aprender coisas novas.

O consumo é um grande vilão na vida das pessoas que muitos não medem esforços comprando exageradamente, outros ver nisso uma grande oportunidade de ganhar dinheiro em cima do consumismo.

Consumo conspícuo – Etapa

Consumo conspícuo ou consumo ostentatório é um termo usado para descrever os gastos em bens e serviços adquiridos principalmente com o propósito de mostrar riqueza. Na mente do consumidor conspícuo, tal exibição serve como meio para ter ou manter um status social perante um grupo social, que determina socialmente objetos e bens, como uma classificação de um status mais elevado ou mais baixo por conta dessas respectivas aquisições, determinando assim uma classificação social com base em bens adquiridos e exibidos.

1h_bwx3i9u9jto7up00uk7g-7562776-7805845-8412910-6867757

Thorstein Veblen

Thorstein Bunde Veblen foi um economista e sociólogo estadunidense, filho de imigrantes noruegueses. Veblen se formou em Filosofia pela Universidade Johns Hopkins e doutorou-se por Yale.

Vídeo sobre Thorstein Veblen:

Ética no trabalho protestante – Etapa

A ética protestante do trabalho é um conceito na teologia, sociologia, economia e história qual enfatiza que trabalho árduo, disciplina e frugalidade são um resultado de uma subscrição da pessoa para os valores expostos pela fé Protestante, particularmente Calvinismo.

3-1743042-1399550-4184430-5352907

Max Weber

Karl Emil Maximilian Weber foi um intelectual, jurista e economista alemão considerado um dos fundadores da Sociologia. Seu irmão foi o também famoso sociólogo e economista Alfred Weber.

Vídeo sobre Max Weber:

Pós-industrialismo – Etapa

Sociedade pós-industrial é o nome proposto para uma economia que passou por uma série de mudanças específicas, após o processo de industrialização. O conceito foi introduzido pelo sociólogo e professor emérito da Universidade de Harvard Daniel Bell na sua obra The Coming of Post Industrial Society: A Venture in Social Forecasting de 1973.

metropolis-6575774-1872730-3012134-6135298

Daniel Bell

Foi um sociólogo estadunidense, professor emérito da Universidade Harvard e diretor da Fundação Suntory, bem como, pesquisador residente da American Academy of Arts and Sciences. Era descrito como sendo um dos líderes intelectuais da América da era pós-guerra. Faleceu em 25 de Janeiro de 2011.

Vídeo sobre Daniel Bell:

Desqualificação – Etapa

Desqualificação é o processo que pessoas querem entrar no mercado de trabalho, e não possuem merítos para conseguir o emprego.

8cffb-assc3a9diomoral-5012998-6742729-7806063-3581947

Harry Braverman

Harry Braverman foi um escritor comunista estadunidense. Algumas vezes usou o pseudônimo de Harry Frankel.

Vídeo sobre Harry Braverman:

Alienação – Etapa

tem várias definições: cessão de bens, transferência de domínio de algo, perturbação mental na qual se registra uma anulação da personalidade individual, arroubamento de espírito, loucura. A partir desses significados, se traçam algumas diretrizes para melhor analisar o que é alienação e, assim, buscar alguns motivos pelos quais as pessoas se alienam.

alienac3a7c3a3o-9187592-6097921-7933058-7358517

Robert Blauner

Blauner foi um sociólogo americano, professor universitário e autor. Ele nasceu em Chicago, Illinois. Bob passou seus anos no ensino médio na Sullivan High School, em Chicago. Ele era o editor do jornal da escola, o Sentinel. Ele também foi o orador da turma do ensino médio.

Vídeo sobre Robert Blauner:

A ética romântica – Etapa

A ética romântica foi fundamental para promover o espírito do consumismo moderno no século XVIII, na Inglaterra, época em que ocorreu uma revolução do consumidor marcada, entre outros elementos, pela ascensão de uma classe média, o consumo de luxo, o crescimento das horas dedicadas ao lazer, o culto ao romântico e a crescente procura por leitura de ficção.

Colin Campbell

Thomas Colin Campbell é um bioquímico americano especializado no efeito da nutrição na saúde a longo prazo. Ele é o professor Jacob Gould Schurman emérito de bioquímica nutricional na Universidade de Cornell.

Vídeo sobre Colin Campbell:

Trabalho emocional – Etapa

Trabalho emocional consiste em atos não remunerados, pouco reconhecidos, ligados ao cuidado e ao trato com as emoções, que recaem desproporcionalmente sobre elas, educadas para crer que “levam mais jeito” para isso. Para a autora do artigo, confrontar esse desequilíbrio pode ser um próximo passo revolucionário para o feminismo.

Arlie Russell Hochschild

Arlie Russell Hochschild é uma professora universitária, feminista e socióloga estadunidense.

Vídeo Arlie Russell Hochschild:

Consentimento fabricado – Etapa

De acordo com Chomsky eles usam propaganda na chamada mídia gratuita para os seus próprios interesses. Esta prática é generalizada nos meios de comunicação ocidentais, na medida em que mesmo os chamados Novos meios de comunicação como o Facebook e o Twitter se tornaram instrumentos auxiliares para a elite.

manufacturing-consent-500-4548032-7527977-4742273-6665333

Michael Burawoy

Michael Burawoy é um sociólogo marxista britânico, mais conhecido como o autor de Manufacturing Consent: Changes in the Labor Process under Monopoly Capitalism, um estudo sobre trabalho e organizações, tematizando o efeito degradante do capitalismo sobre o trabalho na América.

Vídeo Michael Burawoy:

Cultura material – Etapa

Cultura material é o conjunto de objetos – tecidos, utensílios, ferramentas, adornos, meios de transporte, moradias, armas etc. – que formam o ambiente concreto de determinada sociedade

cultura-material-e-imaterial2-4753032-3753048-2822480-6373824

Daniel Miller

Daniel Miller é um antropólogo mais estreitamente associado aos estudos de nossas relações com as coisas e as conseqüências do consumo. Seu trabalho teórico foi desenvolvido primeiramente em Material Culture and Mass Consumption e é resumido mais recentemente em seu livro Stuff.

Vídeo sobre Daniel Miller:

FIM

Chegamos ao fim da lista que fala das etapas de Trabalho e consumo, falando e explicando como foi feito até os dias atuais, assim tanto nos negócios quanto na vida pessoal. Se você gostou compartilhe nas redes sociais.