Interpretação de texto – 2º ano

0

Interpretação de texto – 2º ano

Dando andamento as  atividades de interpretação de texto para crianças de nível  fundamental.

 

Caso não tenha lido o primeiro post, veja aqui: https://demonstre.com/interpretacao-de-texto-1o-ano/

Dessa forma, quando  falamos de interpretação de texto para crianças de segundo ano, podemos pensar na questão que eles já possuem uma capacidade de construção frasal superior, o que te possibilita trabalhar com  pequenos histórias/livros,que contenham uma estrutura de texto completa – começo, meio e fim.

Sendo que, com as propostas de escrita e interpretação de texto , tanto orais como escritas, abordamos as questões de linguagem.

Para  tanto, preparamos  um  plano de aula visando um  planejamento com a leitura de um pequeno livro.

Plano de aula  – Interpretação de  texto – 2º ano

Tema : Escolha um livro pertinente a idade e com capacidade de construção de frase

Conteúdo:
– Linguagem oral, leitura e escrita
Interpretação de texto
– Produção textual
– Dramatização

Objetivos:

– Desenvolver a leitura;

-Favorecer a memorização e a interpretação  de texto pelos alunos, permitindo uma leitura autônoma;

– Criar o hábito de escutar histórias;

– Enriquecer o imaginário infantil;
– Favorecer o contato com textos de qualidade literária;
– Ordenar as ilustrações da história;
– Listar o nome dos personagens;
– Escrever o nome dos personagens;

Desenvolvimento:
– Desmontar o texto em parágrafos e os alunos, individualmente ou em duplas, devem remontar;
– Numerar o texto e sortear os números. Cada aluno deve ler o parágrafo que está relacionado ao seu número (atenção e seriação).
– Trazer o texto desmontado para que cada aluno leia um dos parágrafos a fim de desenhá-lo. Após, o grupo remonta o texto baseado na escrita e nos desenhos.

Veja um  modelo de texto  para ser trabalhado:

A Casa Sonolenta 

“Era uma vez uma casa sonolenta, onde todos viviam dormindo.

Nessa casa tinha uma cama, uma cama aconchegante, numa casa sonolenta, onde todos viviam dormindo.

Nessa casa tinha uma avó, uma avó roncando, numa cama aconchegante,numa casa sonolenta, onde todos viviam dormindo.

Em cima dessa avó tinha um menino, um menino sonhando, em cima de uma avó roncando, numa casa aconchegante, numa casa sonolenta,onde todos viviam dormindo.

Em cima desse menino tinha um cachorro, um cachorro cochilando,em cima de um menino sonhando, em cima de uma avó roncando,numa casa aconchegante, numa casa sonolenta, onde todos viviam dormindo.

Em cima desse cachorro, tinha um gato. Um gato ressonando, em cima de um cachorro cochilando, em cima de um menino sonhando, em cima de uma avó rocando, numa casa aconchegante, numa casa sonolenta,onde todos viviam dormindo.

Em cima desse gato tinha um rato, um rato dormitando, em cima de um gato ressonando, em cima do um cachorro cochilando, em cima de um menino sonhando, em cima de uma avó rocando, numa casa aconchegante, numa casa sonolenta, onde todos viviam dormindo.

Em cima desse gato tinha uma pulga….

Seria possível?

Uma pulga acordada, em cima de um rato dormitando, um gato ressonando,em cima do um cachorro cochilando, em cima de um menino sonhando,em cima de uma avó rocando, numa casa aconchegante,numa casa sonolenta, onde todos viviam dormindo.

Uma pulga acordada que picou o rato, que assustou o gato,

que arranhou o cachorro, que caiu sobre o menino, que deu um susto na avó, que quebrou a cama, numa casa sonolenta,onde ninguém mais estava dormindo. “

Veja também :