8 Plantas Repelentes

As plantas são de diferentes tipos e estão em diferentes lugares do planeta, e muita dessas plantas servem para uma grande quantidade de remédios, para diversas doenças. E essas plantas são estudadas todos os dias para melhorar a sua aplicação.

Sendo um dos maiores e mais biodiversos grupos de seres vivos na Terra, as plantas verdes fornecem uma parte substancial do oxigênio molecular e são a base dos alimentos da maioria dos ecossistemas, especialmente dos terrestres.

Então o demonstre veio mostrar nesse poste uma lista recheada de “plantas “, que podem ajudar as pessoas em seus problemas de saúde chegando até a curar algumas doenças que as pessoas enfrentam.

Abordaremos nesse post 8 “plantas repelentes” que iram ajudar você em diversas ocasiões pra se proteger de mosquitos e insetos.

Plantas Repelentes

Diariamente lutamos contra insetos causadores de doenças e até mesmo insetos picadores, que causam coceiras em nossa pele, é de alguma maneira traz malefícios para nossa saúde. No entanto, você pode inibir esses insetos cultivando algumas espécies de plantas.

Uma dica simples e pouco comentada pode inibir a presença desses bichos pela residência. O cultivo de certas plantas repelentes pode não só deixar a casa mais charmosa, mas criar uma barreira contra os insetos. geralmente as plantas aromáticas cumprem este papel, pois possuem óleos essenciais que na natureza têm o papel de repelir o ataque de pragas.

Arruda – Plantas Repelentes

A arruda é uma planta subarbustiva muito popular por suas propriedades aromáticas e medicinais. Suas folhas são longas, glaucas e compostas, com folíolos oblongos a elípticos de cor verde-acinzentada a azulada.

Os ramos são ramificados e herbáceos e com o passar do tempo se tornam lenhosos na base. Quando amassada a planta libera um aroma pungente, considerado desagradável por muitos. As inflorescências surgem no verão e apresentam pequenas e numerosas flores amarelas.

Ficha da Planta Arruda

  • Nome Científico: Ruta graveolens
  • Nomes Populares: Arruda, Arruda-doméstica, Arruda-dos-jardins, Arruda-fedorenta, Ruda, Ruta-de-cheiro-forte
  • Família: Rutaceae
  • Categoria: Ervas Condimentares, Medicinal, Plantas Hortícolas
  • Clima: Continental, Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: Europa
  • Altura: 0.4 a 0.6 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a planta Arruda

Esta planta é realmente muito versátil, visto que além de ser plantada em hortas, devido às suas propriedades fitoterápicas e condimentares, ela também é ornamental e cria excelentes contrastes com flores, forrações e folhagens devido à sua folhagem delicada, de cor azulada. Ainda serve como repelentes para espantar pragas.

Vídeo sobre a Planta Arruda:

Vídeo sobre a planta, que está no youtube.

Jasmim – Plantas Repelentes

O jasmim-dos-açores é uma planta arbustiva, de crescimento ereto a trepador, textura semi-lenhosa e elevado valor como ornamental. Ele é nativo da Ilha da Madeira, onde encontra-se seriamente ameaçado, estando restrito a um número de menos de 50 indivíduos apenas.

Emite longos ramos, finos e ramificados, formando um emaranhado bastante denso. Suas folhas são opostas, perenes, coriáceas, trifoliadas, glabras e brilhantes, compostas por folíolos ovados a ovado-lanceolados. Seu período de floração é bastante extenso, iniciando na primavera e perdurando por quase todo ano em locais de clima quente.

Ficha da Planta Jasmim

  • Nome Científico: Jasminum azoricum
  • Sinonímia: Jasminum fluminense, Jasminum trifoliatum, Jasminum bahiense, Jasminum suaveolens, Jasminum blandum, Jasminum hildebrandtii, Jasminum holstii
  • Nomes Populares: Jasmim-dos-açores, Jasmim-açoriano, Jasmim-branco, Jasmineiro-branco, Jasmim-do-rio
  • Família: Oleaceae
  • Categoria: Arbustos, Arbustos Tropicais, Trepadeiras
  • Clima: Continental, Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: Europa, Ilha da Madeira
  • Altura: 1.8 a 2.4 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve o Jasmim

No paisagismo o jasmim-dos-açores é bastante valorizado, apesar de ser difícil de encontrá-lo para venda, sendo utilizado principalmente como trepadeira, cobrindo pérgolas, caramanchões, cercas, colunas e coroando muros. Sua textura fina e delicada, e a floração perfumada e branca, a tornam um curinga em diversos estilos e portes de jardim, como inglês, francês, italiano e até mesmo tropical.

Vídeo sobre o Jasmim:

Vídeo sobre a planta, que está no youtube.

Lavandas – Plantas Repelentes

O gênero Lavandula compreende um grupo de plantas floríferas, herbáceas ou subarbustivas, que podem ser anuais ou perenes. As espécies mais cultivadas são a lavanda-inglesa (L. angustifolia ou L. officinalis), a lavanda-francesa (L. x intermedia) e a lavanda-espanhola (L. stoechas). Esta última, assim como L. dentata, e L. multifida são largamente utilizadas no paisagismo, enquanto que a lavanda-inglesa e a lavanda-francesa apresentam maior aptidão como medicinal e na extração de óleo essencial para perfumaria.

As lavandas apresentam folhas opostas, lineares ou lanceoladas, branco-tomentosas e muito aromáticas, de onde se extrai o seu valioso óleo. Suas flores azuis ou arroxeadas reúnem-se em inflorescências tipo espiga e são bastante perfumadas.

Ficha da Planta Lavanda

  • Nome Científico: Lavandula sp
  • Nomes Populares: Lavanda, Alfazema
  • Família: Lamiaceae
  • Categoria: Ervas Condimentares, Flores Perenes, Medicinal, Plantas Hortícolas
  • Clima: Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Temperado
  • Origem: África, Ásia, Europa, Índia, Mediterrâneo
  • Altura: 0.3 a 0.4 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Lavanda

As lavandas são excelentes para compor maciços, bordaduras ou pequenas cercas-vivas, mas podem prestar-se como arbustinhos isolados ou em grupos irregulares, perfeitos em jardins de estilo inglês. Não devem faltar também em canteiros de ervas e desenvolvem-se muito bem em vasos e jardineiras. Estas pequenas plantas revelam-se polivalentes, com usos paisagísticos, medicinais, aromáticos, industriais e até culinários. Podemos ainda utilizar as flores secas para embelezar e perfumar arranjos florais e em misturas pot pourri de ervas perfumadas.

Vídeo sobre a Lavanda:

Vídeo sobre a planta, que está no youtube.

Hortelã – Plantas Repelentes

Chamamos de hortelã, as espécies do gênero Mentha e seus híbridos sendo que as mais cultivadas são a Mentha arvensise a híbrida Mentha x piperita. A hortelã é uma erva mundialmente conhecida e largamente utilizada na indústria farmacêutica, cosmética e de alimentos, seja como planta medicinal ou como aromatizante.

As folhas são oval-lanceoladas e serrilhadas, de cor verde a arroxeada, um tanto pilosas e têm um forte aroma refrescante. De seu óleo essencial se extrai o mentol. As flores são numerosas e roxas e se apresentam em inflorescências terminais do tipo espiga.

Ficha da Planta Hortelã

  • Nome Científico: Mentha sp
  • Nomes Populares: Hortelã, Hortelã-comum, Hortelã-de-cheiro, Hortelã-pimenta, Hortelã-rasteira, Menta
  • Família: Lamiaceae
  • Categoria: Ervas Condimentares, Medicinal, Plantas Hortícolas
  • Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Tropical
  • Origem: América do Norte, Ásia, Austrália
  • Altura: 0.3 a 0.4 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a planta Hortelã

É indispensável na Culinária Árabe, temperando diversos pratos, como esfihas, quibe e tabule. A aplicação da hortelã na culinária contemporânea também aumenta a cada dia em combinações inusitadas e saborosas, como sorvetes, sucos, drinques e doces. As hortas domésticas merecem esta valiosa plantinha, que tem diversas utilizações, seja na medicina popular, seja na cozinha. É contra-indicada para crianças pequenas e mulheres grávidas e lactantes.

Vídeo sobre o Hortelã:

Vídeo sobre a planta, que está no youtube.

Alecrim – Plantas Repelentes

O alecrim é uma espécie arbustiva, muito ramificada, que pode alcançar 1,5 metros de altura. Seu nome científico Rosmarinus significa em latim “orvalho que vem do mar”, essa denominação foi dada pelos romanos devido ao aroma da planta, que vegetava espontaneamente em regiões litorâneas.

As hastes do alecrim são lenhosas e as folhas são filiformes, pequenas e sempre verdes na parte superior e esbranquiçadas no verso, com pêlos finos e curtos. As flores são axilares e podem ser azuis, brancas, roxas ou róseas. Floresce durante o ano todo. São muitas as variedades de alecrim, com porte maiores ou menores e cores diferentes de folhas e flores

Ficha da Planta Alecrim

  • Nome Científico: Rosmarinus officinalis
  • Nomes Populares: Alecrim, Alecrim-da-horta, Alecrim-de-cheiro, Alecrim-de-jardim, Alecrim-rosmarinho, Alecrim-rosmarino, Alecrinzeiro, Erva-da-graça, Libanotis, Rosmarino
  • Família: Lamiaceae
  • Categoria: Arbustos, Ervas Condimentares, Medicinal, Plantas Hortícolas
  • Clima: Continental, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Tropical
  • Origem: Europa
  • Altura: 0.6 a 0.9 metros, 0.9 a 1.2 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a planta Alecrim

O alecrim é indispensável nos jardins mediterrâneos. E podemos plantar variedades arbustivas que servem inclusive para topiaria ou variedades com porte herbáceo, para canteiros e bordaduras. É uma planta extremamente útil, pois têm vocação medicinal, religiosa e culinária. Pode ser acrescentado fresco ou seco à pratos de frango, porco, cordeiro, cabrito, vitela e caça, além de aromatizar óleos, sopas, sucos, etc. E com seu cheiro ainda espanta pragas que causam coceiras.

Vídeo sobre o Alecrim:

Vídeo sobre a planta, que está no youtube.

Citronela – Plantas Repelentes

A citronela é bastante conhecida pelos seus efeitos repelentes, principalmente contra mosquitos e borrachudos. Ela forma uma touceira densa, suas folhas são longas, com bordas cortantes e de coloração verde clara, idêntica ao capim-limão (Cymbopogon citratus). Difere deste apenas pelo aroma, que é suave, com perfume de limão, ao contrário da citronela que é bastante forte, talvez até um pouco enjoativo. Ela contém grandes quantidades de óleo essencial Citronelal, responsável por suas utilizações repelentes.

Deve ser cultivada a pleno sol, em solo fértil, bem drenável e enriquecido com matéria orgânica para uma boa produção. Seu crescimento é bastante rápido, o que pode requerer um desbaste periódico. Utilize sempre luvas ao trabalhar com a citronela, pois as bordas das folhas produzem cortes superficiais na pele.

Ficha da Planta Citronela

  • Nome Científico: Cymbopogon winterianus
  • Nomes Populares: Citronela, Capim-citronela, Cidró-do-paraguai, Citronela-de-java, Citronela-do-ceilão
  • Família: Poaceae
  • Categoria: Medicinal, Plantas Hortícolas
  • Clima: Equatorial, Oceânico, Subtropical, Tropical
  • Origem: Ásia, Índia, Indonésia, Java, Sri Lanka
  • Altura: 0.9 a 1.2 metros, 1.2 a 1.8 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a planta Citronela

Pode ser plantada em vasos e jardineiras, assim como em canteiros adubados ou como bordadura em áreas grandes. Apresenta efeitos alelopáticos positivos quando plantada em conjunto com outras plantas, repelindo pragas e desta forma protegendo as companheiras. A essência de citronela é utilizada em perfumes, velas, incensos, repelentes, aromaterapia, desinfetantes e armazenagem de alimentos. O uso da óleo essencial diretamente sobre a pele pode provocar irritações. O bagaço de citronela pode ser utilizado na alimentação animal. Diz-se também que repele gatos de hortas e canteiros.

Vídeo sobre a Citronela:

Vídeo sobre a planta, que está no youtube.

Poejo – Plantas Repelentes

O poejo é uma planta herbácea, rizomatosa, aromática e medicinal, relacionada com a hortelã (Mentha spicata) e originária da região do mediterrâneo e oriente médio. De crescimento cespitoso, apresenta ramos quadrangulares, eretos e ramificados, que chegam a 40cm de altura.

A folhas são pequenas, opostas, delicadas, lanceoladas, pilosas, com margens denteadas e de cor verde. Floresce no verão e no outono, exibindo inflorescências globosas e densas, que parecem pequenos “pompons”, com flores bilabiadas, róseas ou arroxeadas, de longos estames.

Ficha da Planta Poejo

  • Nome Científico: Mentha pulegium
  • Sinonímia: Mentha daghestanica, Pulegium dagestanicum, Pulegium vulgare
  • Nomes Populares: Poejo, Hortelãzinha, Erva-de-são-lourenço, Poejo-real, Menta-selvagem, Poejo-das-hortas, Hortelã-dos-Açores, Hortelã-pimenta-mansa, Poêjo, Poêjos
  • Família: Lamiaceae
  • Categoria: Ervas Condimentares, Medicinal, Plantas Aquáticas, Plantas Hortícolas, Plantas Palustres
  • Clima: Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, Temperado, Tropical
  • Origem: África, Europa, Mediterrâneo, Oriente Médio
  • Altura: 0.1 a 0.3 metros
  • Luminosidade: Meia Sombra, Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a Planta Poejo

O poejo é cultivado desde a antiguidade por suas qualidades como aromática e medicinal. Era costume, queimar a erva para repelir as pulgas e outros insetos das residências, daí o o nome pulegium, do latim, que deriva de pulex, uma referência às “pulgas”. Além de servir como repelente, o poejo também é utilizado para purificar a água, perfumar o ambiente e temperar bebidas e alimentos, como chás, licores, vinhos, saladas, cozidos, assados, pudins, etc. Suas folhas possuem alta concentração de óleos essenciais aromáticos, com muitas propriedades.

Vídeo sobre o Poejo:

Vídeo sobre a planta, que está no youtube.

Capim-limão – Plantas Repelentes

O capim-limão forma uma touceira densa, suas folhas são longas, com bordas cortantes e de coloração verde clara. Devido ao aroma, é muito confundido com a erva-cidreira (Melissa officinalis), embora em nada mais se pareça com esta planta. Contém grandes quantidades de óleo essencial citral, responsável por muitas de suas utilizações aromáticas e medicinais.

Deve ser cultivada a pleno sol, em solo fértil e enriquecido com matéria orgânica para uma boa produção. Seu crescimento é bastante rápido, o que pode requerer um desbaste periódico. Utilize sempre luvas ao trabalhar com o capim-limão, pois as bordas das folhas produzem cortes superficiais na pele. Não tolera geadas fortes, mas rebrota na primavera. Multiplica-se facilmente pela divisão das touceiras.

Ficha da Planta Capim-limão

  • Nome Científico: Cymbopogon citratus
  • Nomes Populares: Capim-limão, Belgata, Belgate, Capim-cheiroso, Capim-cidrão, Capim-cidreira, Capim-cidrilho, Capim-cidró, Capim-de-cheiro, Capim-marinho, Capim-membeca, Capim-santo, Chá-de-caxinde, Chá-de-estrada, Chá-de-príncipe, Chá-do-gabão, Cidró, Esquenanto, Palha-de-camelo, Príncipe
  • Família: Poaceae
  • Categoria: Ervas Condimentares, Medicinal, Plantas Hortícolas
  • Clima: Equatorial, Mediterrâneo, Subtropical, Tropical
  • Origem: Ásia, Índia
  • Altura: 0.6 a 0.9 metros, 0.9 a 1.2 metros
  • Luminosidade: Sol Pleno
  • Ciclo de Vida: Perene

Para que serve a planta Capim-limão

É extremamente rústica, adaptando-se a variadas condições de clima e solo. Pode ser plantada em vasos e jardineiras, assim como em canteiros adubados ou como bordadura em áreas grandes. É indispensável no jardim de ervas, seja pelo seu aroma ou pelas utilizações medicinais. É muito atrativa para abelhas, sendo bastante utilizada para capturar enxames.

Vídeo sobre o Capim-limão:

Vídeo sobre a planta, que está no youtube.

https://youtube.com/watch?v=IpxlBExROPI

Fim do poste sobre as plantas repelentes

Então estamos chegando ao film de mais uma lista de conteúdos, e nesse poste trabalhamos com 8 “plantas repelentes”. Assim se você achou esse poste legal, e conhece alguém que está precisando ler isso, compartilhe com elas e também se possível em suas redes sociais, para que as pessoas possam desfrutar de mais conteúdos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20