Autor: Celso Machado

7 Coisas que gostaríamos de ver no Resident Evil 4 Remake

A saga Resident Evil é um dos títulos mais famosos do mundo dos games, embora essa franquia tenha passado por altos e baixos ela ainda faz bastante sucesso.

A Capcom acabou lançando os remakes do segundo e terceiro jogo da franquia, existem também rumores sobre o remake do quarto título da saga.

Sabendo disso existem várias coisas que não existiam no jogo clássico mas que a Capcom poderia adicionar no game; vamos a elas:

Resident Evil – Campanha do Luis Sera

Luís sera | Wiki | Resident Evil Brasil™ Amino

É difícil acreditar que a gente joga até com a Ashley mas não joga com o Luis que é um personagem bastante icônico e carismático, muitos fãs incluindo eu, acreditam que um personagem tão importante para história do game merecia uma campanha própria.

Quem é luis sera?

Um brilhante cientista espanhol vindo de um pequeno e isolado vilarejo rural. Após uma viajem a Madri, Luis volta a sua terra natal e é contatado por Osmund Saddler, líder da seita religiosa “Los Illuminados”, para o estudo e aperfeiçoamento de parasitas, chamados de “Las Plagas”.

Resident Evil – Foco no terror

H2x1 NSwitchDS ResidentEvil4 image1600w

Resident Evil 4 é um divisor de águas da franquia, porem se formos comparar com os três primeiros jogos da saga ele é mais focado na ação.

Não que isso torne ele ruim, mas a Capcom poderia focar um pouco mais no terror, isso faria ele ser mais aceito pelos fãs dos títulos clássicos além de trazer um novo público pro game.

Como seria esse foco no terror?

Resident Evil 4 possui muito mais ação do que terror, talvez se a Capcom diminuísse um pouco a ação frenética do jogo e adicionasse mais terror deixando ele mais tenso e assustador como o Resident Evil 7 ou o 2 Remake.

Resident Evil – Nada de Reimaginação

Ação Intensa Eleva o Terror de Resident Evil 3 Remake – PlayStation.Blog BR

Esse foi um ponto bem criticado: É obvio que em um Remake vão existir mudanças em comparação com o primeiro titulo, porem se elas forem tão drásticas a ponto de descaracterizar o jogo e torná-lo inferior se compararmos com o antigo, é algo que deve ser questionado; ”com certeza isso é algo não queremos”.

Sem falar que isso pode atrapalhar totalmente a cronologia da franquia, como por exemplo Annette Birkin morrer duas vezes no Resident Evil 2 ou Brad infectar Marvin no Resident Evil 3, afinal Marvin é infectado por um zumbi em Resident Evil Outbreak: File #2.

Resident Evil – Modo Mercenaries

RE4 Albert Wesker by Captain-AlbertWesker on DeviantArt | Albert wesker,  Resident evil, Resident evil 5

Se tem algo que Resident Evil 4 trouxe de bom foram os conteúdos extras, inclusive um em particular; o modo Mercenaries.

Além de trazer alguns personagens de jogos anteriores da saga (Hunk e Albert Wesker), também era possível jogarmos com o Krauser e a Ada. E alem disso era possível desbloquearmos uma nova arma no jogo.

Com certeza isso era uma qualidade do jogo, que seria ótimo a Capcom manter no remake. Não apenas manter como melhorar adicionando mais personagens dos outros jogos como o Chris ou a Jill.

O que é modo mercenaries?

Com cinco personagens jogáveis (Leon, Ada, Krauser, Hunk e Wesker) e quatro cenários diferentes, o modo é habilitado ao se terminar o game normal pela primeira vez. De acordo com seu ranking, novos personagens são habilitados.

Resident Evil – Puzzles e exploração

Como facilita um pouco mais RE4 Prosifisonal(Chapter 2 e 3) | Resident Evil  Brasil™ Amino

Eram características que tornavam os jogos da franquia únicos. O Resident Evil 3 remake foi bastante criticado por terem encurtado bastante o jogo retirando partes do original, e isso deixou o jogo bem linear.

A mesma coisa eu digo em relação aos puzzles, que tornavam a exploração do mapa mais interessante e mais desfiadora, isso é algo comum na saga.

Eu espero que os desenvolvedores não cometam o mesmo erro que cometeram com o Re3.

Resident Evil – Historia do game

Oh My Game: uma analise experimental da montagem no jogo Resident Evil 4 |  by Yago Romero | Medium

Seria um erro a Capcom fazer alterações muito drásticas na historia do jogo, embora o game não tenha a melhor trama dos games da saga, mudar ela seria bem arriscado, além de comprometer a cronologia, existe também o risco dos fãs não gostarem da das alterações; isso seria péssimo.

Resident Evil – Inimigos

RE4: Regenerator - YouTube

O que deixa Resident Evil 4 tão icônico é a presença de inimigos tão marcantes e carismáticos. Os Ganados (Vila), Zealots (Castelo) e Soldiers (Ilha), são o que abrilhantam o jogo com suas frases como “Basta, hijo del puta”; sem dúvida, não podem faltar (Capcom, por favor não retire o Doutor Salvador).

Sem falar nos inimigos mais assustadores, ”esses davam um medo na galera”; como os regenerators, verdugo, u3, Mega Doutor Salvador (modo mercenarios), entre outros.

Quem é o criador do Resident Evil 4?

Kouji Kakae, Hiroshi Shibata, Shigenori Nishikawa

Quantos anos o Leon tem no Resident Evil 4?

Leon tinha 26 anos no RE4, talvez por isso ele tivesse bons reflexos ainda.

O que quer dizer em português Resident Evil?

resident evil tradução | dicionário Inglês-Português
mal residente

Gostou? deixe nos comentários alguma sugestão de algo que a Capcom possa adicionar ao game. Para mais posts como esse acesse aqui.

O que é BattlEye Service?

O BattlEye Service é um dos programas mais populares para combater jogadores trapaceiros em jogos ‘online’, como hackers e cheaters.

Presente em títulos famosos como Rainbow Six: Siege (R6), Ark: Survival Evolved e Fortnite, o recurso funciona como uma proteção a mais para os jogos. Isso permite monitorar atividades suspeitas enquanto o jogo estiver sendo rodado.

Caso seja detectado o uso de um programa ou comando para trapacear, o sistema banirá o usuário automaticamente. Confira, a seguir, como o BattlEye Service funciona.

Fortnite é um dos 34 jogos protegidos pelo monitoramento do BattlEye Service — Foto: Divulgação/Epic Games

Fortnite Battle Royale - Here are eight games that have redefined ...

O que é o BattlEye Service? Entenda os sistema usado em jogos competitivos.

O Battleye Service é um programa desenvolvido pela empresa BattlEye, que inicialmente foi utilizado como um programa anti-cheat terceirizado no jogo Battlefield Vietnam.

No início de 2005 o programa chegou a ser utilizado em ligas profissionais, e sua portabilidade foi feita após grande demanda para o jogo Battlefield 1942. A primeira integração do BattlEye aconteceu em 2006, quando o programa passou a ser utilizado de forma conjunta no FPS Warsow.

Em 2007 o BattlEye mudou o foco para suporte a detecção de trapaças em jogos online, sendo integrado a títulos conhecidos como ArmA: Armed Assault, Combat Operations, e S.T.A.L.K.E.R: Shadow of Chernobyl. Em 2013 o programa foi integrado a Arma 3, o maior jogo da série, e ao jogo DayZ. Atualmente o programa dá suporte a detecção de hacks e cheats em 34 jogos, entre eles Rainbow Six: Siege (R6), PlayerUnknown’s Battlegrounds (PUBG) e Fortnite.

Como ele funciona?

j3ftuin-7916394-7172739-4986397

Momento em que o BattlEye entra em ação e bane jogadores em Rainbow Six: Siege — Foto: Reprodução/Reddit (Rainbow6)

Por ser distribuído junto com os arquivos dos jogos aos quais dá suporte, não é necessário que o jogador baixe o BattlEye Service no site da empresa. O programa funciona quando o jogo está rodando, servindo como um escudo que bloqueia hacks sem afetar o desempenho do PC. Para isso o BattlEye Service realiza análises rápidas, dinâmicas e permanentes do sistema, buscando qualquer atividade suspeita.

O BattlEye Service segue a política de armazenar informações dos jogadores, tais como endereço de IP, identificação no jogo ou configuração do PC, apenas quando o programa encontra qualquer informação que possa indicar o uso de um programa trapaceiro.

Bans

URGENTE: PUBG Mobile passa a banir jogador que usa controle ...

Se o BattlEye pegar o jogador num caso de cheat ou hack, não haverá conversa: é ban na certa — Foto: Reprodução/PLAYERUNKNOWN’S BATTLEGROUNDS Forums

Por ser integrado diretamente ao client dos jogos, o BattlEye Service garante maior eficiência na remoção de cheaters e hackers. Bloqueio do cheat ou ban por trapaça é imediato, permanente e global, podendo ser baseado na identificação do jogador na Steam, ou na conta do jogador no game. Uma vez banido, o jogador não poderá acessar os servidores dos jogos que sejam protegidos pelo BattlEye, a exemplo de títulos como DayZ e Arma 3.

O programa geralmente bane apenas jogadores que fazem uso de hacks e cheats, ou de hacks utilizados para driblar intencionalmente a proteção do BatllEye Service.

É possível apelar para reverter um ban pelo site oficial da empresa, mas caso seja de fato confirmada a trapaça, a decisão do bloqueio será final e definitiva. Entretanto, não são estranhos casos de falsos positivos, que podem ser corrigidos por processos como checar a integridade dos arquivos do jogo no aplicativo da Steam, atualizando ‘drivers’ do PC ou atualizando o cliente do jogo.

Em alguns casos os bans podem acontecer também por um problema no próprio BattlEye, como ocorrido em junho do ano passado. Um glitch no sistema fez com que diversos jogadores de PUBG fossem banidos sem motivo algum. Não é difícil encontrar mensagens em fóruns como Reddit onde usuários reclamam por casos de ban sem motivo, ou devido a um falso positivo.

Para ver mais posts como esse acesse aqui

O que é Battle Royale?

É uma gênero de jogo que mistura elementos do exploração, sobrevivência, e procura de equipamentos e de armas.

Quais atitudes as desenvolvedoras tem tomado com relação aos hackers?

A cada ano as desenvolvedoras tem se preocupado mais com essa questão. Para conter a proliferação do uso de hacks, os desenvolvedores anunciaram uma uma medida: os jogadores só conseguirão jogar com outros hackers.

Fortinite

Um dos grandes sucessos da atualidade foi revelado originalmente em 2011, desenvolvido pela Epic Games e lançado como diferentes modos de jogo que compartilham a mesma jogabilidade e motor gráfico de jogo

Veja mais aqui.

15 curiosidades sobre o Nintendo 64

O Nintendo 64 fez parte da infância de muitos gamers, e mesmo os que não tiveram esse console sem dúvida conhecem o N64. Um dos maiores consoles da Nintendo carrega consigo diversas curiosidades em sua história, curiosidades estas que muita gente não sabe.

Vamos a elas.

1. O Nome Nintendo 64

curiosidades-n64_1-1345785-6023422-5168088

No começo de seu desenvolvimento o codinome do projeto que abraçava esse videogame era Projeto Realidade. Com o passar do tempo, os desenvolvedores mudaram o nome do console para Nintendo Ultra 64, e por fim ele foi lançado simplesmente como Nintendo 64, sendo conhecido principalmente pela sigla N64 ou somente 64. Alguns talvez não saibam disso, mas o número 64 se deve à quantidade de bits de sua capacidade de processamento, 64 bits.


2. Apenas 200 dólares no lançamento.

curiosidades-n64_2-9992899-6849582-1972023

A Nintendo revolucionou o mercado na época jogando o preço do console lá pra baixo. Os consoles dessa geração eram lançados nos Estados Unidos custando em média 400 ou 500 dólares, o que para nós equivaleria a algo em torno de 1200 reais (sem impostos).

Quando o N64 chegou ao mercado ele custava somente 200 dólares. Mesmo se adicionássemos o índice de inflação, ele custaria aproximadamente 300 dólares, ou uns 750 reais, já pensou o Wii U sendo vendido por esse preço em sua estreia?


3. O Japão ganhou um jogo extra

curiosidades-n64_3-3933815-3048472-5628019

No lançamento do N64 nos Estados Unidos, o console vinha com dois jogos, o Super Mario 64 e o Pilot Wings 64. O Japão por sua vez, além de ter o videogame 3 meses antes, ainda ganhou um terceiro jogo, o Saikyou Habu Shogi, um jogo de tabuleiro característico do Japão.


4. O último a usar cartucho

curiosidades-n64_4-3725313-6844370-8814654

O 64 foi o último videogame que usou cartuchos para armazenar e reproduzir seus jogos, sendo substituído pelos CDs e mídias posteriores, mas você sabe qual foi o último cartucho produzido para o Nintendo 64? Foi o Tony Hawk Pro Skater 3, um sucesso da Activision que foi lançado em Agosto de 2002.


5. Ajudinha “extra”

curiosidades-n64_5-6183362-7639997-1575589

A fabricação do Nintendo 64 seria impossível sem a ajuda de mais duas empresas, são elas: A Silicon Graphics e a MIPS Technology, ambas responsáveis pelo hardware usado nos gráficos 3D e pelo processador do console.



6. Lançamento atrasado

curiosidades-n64_6-3378887-6187708-2340135

Originalmente, o N64 seria lançado no natal de 1995. Problemas aconteceram e o lançamento acabou só acontecendo em meados de Junho de 1996 no Japão, chegando 3 meses depois nos Estados Unidos e só sendo lançado na Europa e aqui na América do Sul no ano seguinte, ou seja, em 1997, quase dois anos depois da data oficial.


7. Tratamento especial

O lançamento do Nintendo 64 foi aguardado por uma legião de fãs, e quando chegaram nas lojas foram vendidos praticamente no mesmo dia.

curiosidades-n64_7-7981282-1461160-1110645

Muitos dos artistas e atletas famosos ligaram diretamente para a central da Nintendo em busca de um tratamento preferencial, entre os nomes que ligaram para lá estão Steven Spielberg e Matthew Perry. Se realmente receberam o tal atendimento especial, é difícil dizer, mas eu não duvido que tiveram.


8. Menos de 400 jogos

Mesmo sendo um grande console, o videogame teve um número digamos que… “limitado” de títulos. Enquanto seus antecessores SNES, e até mesmo o NES, tiveram mais de 700 títulos cada um, sendo espetacularmente superado pelo Playstation com mais de 1100 jogos, o 64 não teve mais do que 400 títulos disponíveis para os fãs.

curiosidades-n64_8-1502496-9088069-4289858

9. O único multicolorido desta geração

curiosidades-n64_9-7232794-4540046-6531217

Além da versão de cor “preta” – a mais vendida e comum a ser encontrada, a Nintendo 64 oferecia diversas opções de cores do console, como azul, laranja, vermelha, verde e até versões transparentes e algumas especiais como dourado, por exemplo.


10. GoldenEye 007, o game mais inovador

O terceiro jogo mais vendido do 64, estrelando o famoso agente James Bond, foi o GoldenEye 007. Um verdadeiro marco gigantesco na indústria de games.

curiosidades-n64_10-7660752-4981704-6384469

Modos de jogo multiplayer e DeathMatch, controle que vibrava simulando o “soco” da metralhadora, bem como a trama de espionagem e a tal da snipercom miras de zoom, são incluídos até hoje nos jogos atuais, e são baseados no nosso querido jogo do 007.



11. Mario Kart 64, o game mais vendido 

Sendo o segundo jogo mais vendido, o Mario Kart 64 só perde mesmo para o Super Mario 64. Pra sermos justos, o Super Mario 64 já vinha com o videogame, então podemos dizer que o jogo mais comprado de forma “avulsa” é sem dúvida o Mario Kart 64.

curiosidades-n64_11-5965613-1167779-5024822

Isso talvez se deve aos ataques de raiva depois de levarmos um casco azul logo na linha de chegada, e de termos atirado o cartucho contra a parede em decorrência a isso e comprado novamente outro novinho em seguida. De qualquer modo não podemos tirar o mérito de que esse sim foi o maior marco na história do N64.


12. Donkey Kong 64, o game mais extenso

curiosidades-n64_12-4391208-6537776-9181448

Mesmo não sendo o mais vendido, ou o que mais marcou época, o Donkey Kong entra na nossa lista como o sendo o jogo mais extenso de todo os jogos do Nintendo 64. Quer relembrar os velhos tempos? Acho melhor cancelar seus compromissos ou escolher um jogo mais curtinho.


13. Superman, o pior game do Nintendo 64

Quando vimos a foto do Superman já pensamos, esse deve ser um dos melhores jogos do N64, e foi nisso que milhares de gamers que compraram o game acreditaram, mas o que nenhum deles sabia é que dentre todos os 387 jogos do N64, aquele era um dos piores games já produzidos para o console, tendo uma jogabilidade deplorável e com vários relatos de devolução à loja pelo péssimo jogo.

curiosidades-n64_13-5777346-4499482-5373638

Quem teve o desprazer de jogar isto sabe que o game parece inacabado e falha em todos os aspectos, o melhor dele sem dúvida é a imagem do homem de aço na fita.


14. Não é o “queridinho” dos colecionadores

Apesar de ter sido aclamado em seu lançamento e ter vários títulos de sucesso, o N64 não conseguiu se manter firme até o fim. Hoje ainda podemos encontrar o console sendo vendido em sites como o Ebay por algo equivalente a meros 200 reais, dependendo dos acessórios e jogos embutidos.

Nintendo 64 – Wikipédia, a enciclopédia livre

Apenas a título de comparação (apesar de injusta comparação), consoles como o NES são vendidos por aproximadamente 500 reais em sites como o Mercado Livre. O SNES também custa bem mais. O fato é que teoricamente ele deveria valer mais, mas a preferência da maioria dos retro gamers é por consoles ainda mais antigos.


15. Games e Bebedeira

Jogos eletrônicos são feitos para adultos e crianças, e isto é um realidade desde que surgiu a geração do N64. Mas os jogadores sempre foram livres para criar um “jogo paralelo” para incrementarem os que existiam, que incluíam brincadeiras como campeonatinhos, por exemplo.

curiosidades-n64_15-1244945-3511600-8321488

Uma destas brincadeiras mais famosas (lá fora) foi criada para o Super Smash Bros. Nela os jogadores bebiam doses de bebidas alcoólicas sempre que seus personagens morriam ou quando algum outro jogador pegava a estrela da invencibilidade. Enfim, existiam muitas opções para “enfiar o pé na jaca” e, acredite ou não, até mesmo regras eram criadas na ‘internet’ para brincadeiras como esta.

Para mais posts como esse acesse aqui

Quando foi lançado o primeiro Nintendo?

23 de setembro de 1889, Quioto, Quioto, Japão

Vale a pena comprar um Nintendo Switch?

Em lojas de confiança, a versão nova do console não é encontrada por menos de R$ 2 mil atualmente, de acordo com o Compare TechTudo.

O que será do futuro da Nintendo?

O Presidente da Nintendo diz que eles não estão preocupados em fazer com que a base do Switch ultrapasse a do Wii, mas sim em continuar vendendo o híbrido pelo maior tempo possível.

Veja mais sobre games aqui.

7 Games Impossíveis sem os seus Poderes Especiais

Videogames podem ser difíceis. Mas eles podem ser impossíveis apenas sem as ferramentas adequadas ou, no caso dos seguintes itens desta lista, os poderes adequados. Desde a infância, nós aprendemos que os poderes especiais e power-ups ajudam e dão vantagens, como as “power pellets” do Pac-Man, que nos permitem devorar os fantasmas.

Os poderes aqui listados, no entanto, são aqueles que você simplesmente não pode viver sem. E sim, eles são muito melhores do que devorar cogumelos. Então veja aqui os 7 games impossíveis sem seus poderes especiais.

A Mira – Red Dead Redemption

Buy Red Dead Redemption - Microsoft Store en-CA

Não importa o quão bom é a sua mira ou quão intuitivo são os controles, “Dead Eye Targeting” é essencial pra experiência de Red Dead Redemption. É legal andar a cavalo e desacelerar o tempo pra atirar na cara de um cowboy bem antes dele tentar bater em você.

Em alguns dos tiroteios mais épicos em Red Dead Redemption, você pode acabar com mais buracos pelo seu corpo do que o enredo de Batman V Superman. Não só a mira ajuda a acertar os alvos, mas também é uma ferramenta de exploração muito útil, permitindo tomar nota de quantos inimigos se aproximavam e as suas posições. Graças a este poder, você sempre tem a oportunidade de alocar suas balas devidamente dentro dos dentes amarelos dos seus adversários.

Controlar o Tempo – série The Prince of Persia

Prince of Persia: Warrior Within – Wikipédia, a enciclopédia livre

Como o príncipe titular em The Prince of Persia, você também tem poderes impressionantes que manipulam o fluxo do tempo. Mas em vez de apenas ser capaz de retardar as coisas como John Marston, o príncipe pode voltar no tempo, congelar inimigos, tornar-se incrivelmente rápido e até mesmo ver o futuro.

O poder de rebobinar é muito importante, especialmente se você calculou mal um salto durante e mergulhou pra morte. Na verdade, a qualquer momento que falhou miseravelmente, você pode voltar um pouco pra corrigir seus erros. Mas tem que ter certeza de que tem poder suficiente disponível pra rebobinar até um ponto corrigível, caso contrário, vai recomeçar a cena desde o começo.

A Visão da Águia – série Assassin’s Creed

The Enemy - Jogamos: com escolhas que importam, AC Odyssey vira ...
  1. Graças ao poder “Eagle Vision” em Assassin’s Creed, temos sempre a certeza de quem é amigo ou inimigo. Isso nos impede de iniciar uma onda de assassinatos acidentais mediante a identificação dos alvos ou apenas apontando onde todos os guardas estão, apenas no caso de querermos manter as coisas furtivas – ou até ajuda com o papo de assassinatos “acidentais”, na verdade.
  2. Assassinos usaram este poder durante séculos pra recolher informações e perseguir os movimentos e posicionamento dos seus adversários. Basta pensar nisso como um “hack”, exceto um que está embutido no jogo e ajuda a vencê-lo, mostrando-lhe exatamente quem e aonde você deve matar, sem isso o seria um game impossível.

As Lágrimas da Elizabeth – BioShock Infinite

BioShock Infinite – Wikipédia, a enciclopédia livre

A Elizabeth de BioShock Infinite é um tesouro indispensável, capaz de fornecer os itens quando você mais precisa deles e comentários enquanto você caminha ao redor da cidade flutuante de Columbia. Mais importante, ela tem o poder de rasgar o tecido do espaço e do tempo, permitindo que as peças de Universos paralelos apareçam, prontas pra serem usadas em batalha.

A utilidade de Elizabeth é dupla, especialmente porque ela joga “salts” quando você precisa de vigor, munição quando você estiver ficando sem e kits de primeiros socorros quando você está prestes a morrer. Ah, e ela destranca fechaduras também.

A Ocarina do Tempo – The Legend of Zelda: Majora’s Mask

THE LEGEND OF ZELDA: MAJORA 'S MASK 3D - 3DS: Amazon.com.br: Games

Se há uma coisa que podemos tirar desta lista, é que ter controle sobre o tempo é incrível e é algo que todos nós queremos. No caso de Link em The Legend of Zelda: Majora’s Mask, é uma espécie de necessidade. Não há absolutamente nenhuma maneira de Link salvar o mundo sem a ajuda da Ocarina do Tempo – e seus instrumentos alternativos -, porque ele tem apenas três dias pra impedir a lua de cair e devastar tudo.

E outra vez, Link deve viajar pelo tempo pra alterar a cadeia de eventos, derrotar Skull Kid e pôr fim à maldade de Majora. Pode ter sido difícil aprender todas essas músicas, mas pelo menos elas nos permitem viajar de volta no tempo ou até mesmo acelerar as coisas. Se a Ocarina do Tempo fosse real, ela bem poderia acelerar a semana de trabalho pra nós.

Os Poderes do Homem-Aranha – Qualquer jogo do Homem-Aranha

Marvel's Spider-Man Game - PlayStation

Este é óbvio, você não pode ter um jogo do Homem-Aranha sem usar seus poderes aracnídeos. Arremessar teias, escalar paredes, agilidade, Sentido-Aranha e força são todos necessários pra qualquer jogo do Amigão da Vizinhança, mesmo que apenas pra atravessar Manhattan.

Ser ágil o suficiente pra se pendurar em teias, seja orgânicas ou do atirador mecânico, é parte integrante da experiência de ser o Homem-Aranha. Não daria certo vê-lo pegar um táxi pra enfrentar o Dr. Octopos. Mais importante, sem o seu Sentido-Aranha, ele provavelmente teria o mesmo fim do Tio Ben quando se trata de enfrentar criminosos armados.

Magias de Cura – World of Warcraft e quase todos os MMORPG

Série animada de World of Warcraft apresentará os principais ...

Pode parecer muito simples, mas a cura é um poder extremamente importante em qualquer jogo. E apesar delas não serem exclusivas pra jogos de RPG “Massively Multiplayer Online”, eu escolhi destacar as magias de cura em World of Warcraft por sua importância em missões de “Dungeons e Raids”.

Sem um “healer” adequado, a maioria dos grupos não seria capaz de completar qualquer missão épica de World of Warcraft. Se ela vem na forma de efeito de cura em área, cura ao longo do tempo ou cura direta, o fato de que essas magias mantém as barras de vida cheias deve ser suficiente pra garantir que qualquer “tank” ou “DPS” continue exercendo sua função. Respeite seu “healer” e garanta sua vida.

Gostou? Para mais posts como esse acesse aqui.

Rpg.

 é um tipo de jogo em que os jogadores assumem papéis de personagens e criam narrativas colaborativamente. O progresso de um jogo se dá de acordo com um sistema de regras predeterminado, dentro das quais os jogadores podem improvisar livremente.

The Legend of Zelda

The Legend of Zelda é uma série de jogos eletrônicos da Nintendo criada em 1986 por Shigeru Miyamoto e Takashi Tezuka. 

World of Warcraft

World of Warcraft é um jogo on-line do gênero MMORPG, desenvolvido e distribuído pela produtora Blizzard Entertainment e lançado em 2004.

Para ver mais posts como esse acesse aqui

O piores jogos do Mario

Mario é a cara da indústria de videogames – graças a Nintendo saber fazer jogos de plataforma, é claro. Por outro lado, o encanador já errou algumas vezes. Pra cada jogo clássico e atemporal, houve um jogo terrível que teria sido esquecido, se não fosse o envolvimento do personagem. Bowser e os Koopas podem tirar o dia de folga, porque estes horríveis jogos do Mario apresentam um lado mais distante e menos divertido do Mushroom Kingdom.

Mario Clash (Virtual Boy)

Virtual Boy: Mario Clash (gameplay) - YouTube

Tentar evoluir o clássico jogo de arcade Mario Bros deveria produzir algo inovador e viciante, certo? Mario Clash tentou, mas falhou miseravelmente devido às limitações tecnológicas e gráficas do Virtual Boy – aquele monstro preto e vermelho.

Era capaz de transitar entre as plataformas no fundo e na frente permitiu uma jogabilidade interessante, mas Mario Clash era muito feio e desajeitado. A série Super Mario evoluiu pra muito além de qualquer tipo de retorno pro formato original. Talvez se Mario Clash tivesse saído pro Super Nintendo ou pro 64, ele poderia ter vendido mais.

Mario is Missing! (SNES, NES, PC)

Mario is Missing! | Retro Game Cases

Começando com o “clássico” japonês de 1988 I Am a Teacher: Super Mario Sweater – onde você, acredite ou não, criava um sweater -, a Nintendo licenciou o nosso encanador favorito pra uma série de títulos educacionais e um dos primeiros a chegar no Ocidente foi Mario is Missing!, que também tem a distinção de ser o primeiro jogo onde Luigi é o principal.

Bowser sequestrou Mario, por isso é Luigi e Yoshi precisam salvá-lo, mas em vez de pisar em Goombas, fugir de martelos voadores e atirar bolas de fogo, Luigi precisa explorar cidades famosas e recuperar monumentos roubados pra seus locais legítimos. Tem um monte de textos pra ler, rastrear os itens é tedioso e as questões baseadas em geografia já são chatas na escola.

Mario’s Time Machine (SNES, NES, PC)

Mario's Time Machine (1993)

Como se Mario is Missing! não fosse ruim o suficiente, Mario’s Time Machine foi feito – e Bowser, que aparentemente já não se preocupa em conquistar o Reino do Cogumelo, fez uma máquina do tempo pra roubar vários artefatos históricos.

Como esperado, cabe a Mario aprender sobre os artefatos históricos, as pessoas que os construíram e devolver os itens ao devido tempo. Ele salva o dia com testes de história. Mario tem que falar com os cidadãos desses períodos de tempo pra aprender as respostas das perguntas.

Mesmo se você já soubesse as respostas, ainda tinha de conhecer pessoas e passar por toneladas de textos apenas pra desbloquear as respostas, e se respondesse incorretamente algumas vezes, você teria que começar de novo. Enviar o Bowser pro período jurássico ofereceu um bom prenúncio pro filme Super Mario Bros., mas sugiro que você simplesmente assista ao filme em vez de tentar jogar este jogo – e olha que o filme é doloroso.

Mario’s Early Years! (SNES, PC)

Mario's Early Years - Fun With Letters - Super Nintendo(SNES) ROM Download

Títulos educacionais destinados às crianças foi uma jogada de marketing inteligente da Nintendo. Mario’s Early Years! foi concebido pra rivalizar com os títulos do Blaster Learning System do início dos anos 90, cobrindo temas semelhantes e usando as mesmas abordagens de jogabilidade.

Havia três jogos “Early Years”: Fun with Letters, Fun with Numbers, e Preschool Fun, e todos eles são tão simples quanto você pode imaginar. Cada um deles teve uma versão de MS-DOS antes da sua estreia no Super Nintendo, com uma antologia sendo lançada mais tarde pro PC.

Mario’s Early Years! Fun with Letters foi concebido pra melhorar o vocabulário e gramática. Você escolhia Mario ou a Princesa Toadstool, uma pergunta aparecia na tela e você enviava a resposta adequada. Você tinha que completar as frases, escolher aliterações ou encontrar palavras que continham um som consoante específico.

Fun with Numbers seguia o mesmo esquema, mas com questões de matemática simples. Preschool Fun foi provavelmente o mais avançado dos três, pois tinha que combinar imagens, contar e combinar animais com seus ruídos apropriados. Mas aqui está uma alternativa melhor pro seu filho: basta deixá-lo jogar Super Mario como um pai normal e deixe-o aprender sobre letras e números na escola.

Mario Teaches Typing (PC)

Mario Teaches Typing : Interplay Entertainment Corp. : Free Download,  Borrow, and Streaming : Internet Archive

Como os computadores ainda eram relativamente novos pras famílias em 1991, usar Mario pra ensinar a digitar até que tinha um bom apelo em seu tempo. Em Mario Teaches Typing, Mario caminha através de versões simplistas de suas aventuras side-scrolling enquanto o jogador é forçado a teclar os caracteres específicos.

E o jogo fornecia estatísticas de digitação e calculava suas palavras por minuto, mas ainda não era o mesmo que jogar um verdadeiro Super Mario. Mario Teaches Typing não foi diferente do que qualquer um dos outros jogos baseados em teclado no mercado em 1991, além de contar com Mario e sua turma como um incentivo visível.

Surpreendentemente, o dublador de longa data do Mario, Charles Martinet, não foi o primeiro a interpretar o personagem: a versão do disquete do Mario Teaches Typing de 1991 apresentou Ronald B. Ruben no papel. Martinet dublou o personagem em Mario’s Game Gallery antes de ser imortalizado como o personagem em Super Mario 64. Ele também dublou Mario na versão de CD-ROM de Mario Teaches Typing e sua sequência, que foi mais do mesmo.

Mario’s Game Gallery (PC)

Download Mario's Game Gallery - My Abandonware

Depois de seu trabalho em Mario Teaches Typing, a Interplay – o mesmo estúdio que acabaria por fazer Fallout – desenvolveu Mario’s Game Gallery. Assim como Mario Teaches Typing foi semelhante à maioria dos jogos de teclado da sua época, Mario’s Game Gallery foi como qualquer outra variedade de jogos de mesa pra PC.

A grande diferença aqui foi que você jogava contra o Mario e o cenário era o Reino do Cogumelo. Mais tarde relançado como Mario’s FUNdamentals, Game Gallery trouxe até Gamão, Damas e Dominó. Não se sinta mal por humilhar o bigodudo no Gamão, porque a Nintendo estava pedindo por isso quando prostituiu o Mario pra todos estes jogos.

Hotel Mario (Philips CD-i)

92078 Hotel Mario (CD i) 1

Hotel Mario é uma grande mancha na excelente história do personagem. Claro, Game’s Galley e os títulos educacionais foram todos muito ruins, mas eles foram destinados pra um público infantil. Este é, sem dúvidas, o pior jogo do Mario e muito disso pode ser atribuído aos limites do Phillips CD-i – e ao seu game design ruim, lógico.

Após a Nintendo cancelar seus planos pro seu add-on de CD pro Super Nintendo com a Sony – uma decisão que levou ao nascimento do primeiro PlayStation -, ela permitiu a Philips, uma das principais rivais da Sony, a usar seus personagens em jogos pro CD-i .

Os três jogos de Zelda do CD-i podem ter sido asquerosos, mas Hotel Mario leva o troféu. Isto é o que acontece quando você tenta mexer com uma fórmula já consagrada e a transforma em um jogo de quebra-cabeças, em vez de plataformas. Pra salvar a princesa, Mario tem que passar por hotéis cheios de Koopas e fechar cada porta na fase pra impedi-los de reaparecer.

O problema é que os gráficos e os controles são tão desajeitados que a experiência não é nada menos do que frustrante. A introdução do jogo parece que foi feita com o Mario Paint e a jogabilidade é lamentável. Faça um favor a si mesmo e nunca jogue Hotel Mario.

Gostou? Para ver mais posts como esse acesse aqui

Qual a idade do Mario Bros?

Mario tem entre 24 e 25 anos de idade, diz criador do personagem.

O que o Mario é do Luigi?

Criado pelo designer de games Shigeru Miyamoto, Luigi é irmão de Mario, sendo sua dupla em diversos jogos. Luigi teve sua primeira aparição em 1983 no jogo “Mario Bros.”, como o personagem sendo controlado pelo segundo jogador, mantendo essa funcionalidade em “Super Mario Bros.”, “Super Mario Bros.

Qual é a profissão do Mario Bros?

Vale lembrar que, de acordo com Shigeru Miyamoto, Mario surgiu como um carpinteiro em Donkey Kong (em 1981). Porém, com a chegada de Luigi no Mario Bros. de 1983, a maior parte do jogo se passava no subsolo, por isso Miyamoto achou que seria conveniente transformar o Mario em um encanador.

Os 8 melhores Coringas de todos os tempos

O que faz um bom Coringa? É o sorriso? A risada? As coisas dementes que ele faz?

Desde que o Coringa apareceu nos quadrinhos 76 anos atrás, ele atormenta Batman e fascina os fãs. Ele é visto como o melhor vilão no mundo dos quadrinhos, devido à sua imprevisibilidade e pelo fato de que ele é o oposto do Batman, entre outras coisas.

O Coringa foi parcialmente baseado no filme mudo O Homem que Ri de 1928, estrelado por Conrad Veidt. Tem sido discutido há décadas quem criou o Príncipe Palhaço do Crime, seja Jerry Robinson, Bob Kane ou Bill Finger.

No entanto, o Coringa está cativando ainda mais massas por meio século desde a sua primeira aparição na série de TV “Batman” com o Adam West de 1966. Abaixo, vamos classificar os principais Coringas que já apareceram na televisão e/ou nos cinemas.

Menção Honrosa: Cameron Monaghan, Gotham

Why Jerome Valeska is the best character on 'Gotham' | Gotham joker, Cameron  monaghan, Gotham

Ele não é, tecnicamente, o Coringa e encontrou uma morte precoce, mas Monaghan é o mais próximo que temos de um Príncipe Palhaço do Crime nesta série “prequel” do Batman.

– Momento mais louco: A primeira vez que Jerome é revelado, discutindo como matou sua mãe com um sorriso no rosto.

– Estilo: Entre calmo e sádico, o fato de que Jerome poderia mudar de temperamento foi realmente perturbador. Conforme a série continuou, Jerome abraçou a loucura.

– Risada: Ele tem a risada mais maligna de todas – desculpas ao Wash de Firefly.

Michael Emerson, The Dark Knight Returns (animação)

Batman: The Dark Knight Returns, Part 1 (2012)

Felizmente, o último colocado na lista ainda é um ator notável. O vencedor do Emmy, Michael Emerson, é um dos atores de TV mais cativantes da atualidade e provou isso na sua atuação como uma das versões mais terríveis do Coringa no universo animado.

– Momento mais louco: A sangrenta batalha final contra o Batman, em que o Coringa luta com um Batbumerangue em um dos olhos.

– Estilo: Este Coringa é bem vestido e sanguinário, derrubando pessoas inocentes enquanto tenta finalmente derrotar o Batman. Por fim, sua voz é impecável ao dar o gosto azedo à vitória do Batman – ou, dependendo do seu ponto de vista, a derrota.

– Risada: Nada muito notável aqui – em comparação com os outros Coringas.

Jared Leto, Esquadrão Suicida

Blu-Ray de 'Esquadrão Suicida' traz cenas cortadas de Jared Leto como o  Coringa

Leto tem um punhado de cenas no filme, conseguiu captar a loucura do personagem, mas ainda não se compara com os Coringas dos filmes anteriores. Além disso, esse figurino e maquiagem, embora certamente distintos, dividiu a opinião dos fãs.

– Momento mais louco: Uma das melhores cenas do filme – alerta spoiler – envolve a Coringa fazendo a dra. Harleen Quinzel fazer um juramento de amor eterno e fidelidade antes dela mergulhar de cabeça num tanque químico – possivelmente o mesmo em que ele próprio já caiu. Então, o Coringa se junta a ela num ritual bizarro pra consumar sua insanidade mútua.

– Estilo: Este é o Coringa mais punk, mas neste filme, ele é conduzido inteiramente por seu desejo de reencontrar sua amada – ou sua “propriedade”, dependendo do ponto de vista. O sorriso de Leto pode ser o mais louco de todos.

– Risada: Esta é mais prolongada do que a maioria, um contraste definitivo do que já ouvimos antes.

Cesar Romero, Batman (1966)

Cesar Romero Batman Smiling Portrait As The Joker 24x36 Poster at Amazon's  Entertainment Collectibles Store

O primeiro ator do Coringa, pra muitos, ainda é o único a ser lembrado com carinho. E Romero realmente se esforçava pro papel, mesmo sem nunca tirar o bigode.

– Momento mais louco: Os primeiros episódios de Batman permitiam que os vilões fossem realmente ameaçadores – às vezes – e há algo realmente assustador sobre o Coringa que aparece como um cantor de ópera em “Pagliacci”, vestindo aquela máscara no primeiro episódio de Romero: “The Joker is Wild”. A máscara foi reciclada na primeira cena do assalto ao banco em Cavaleiro das Trevas.

– Estilo: Este Coringa era ocasionalmente assustador ou ameaçador. Mais do que qualquer coisa, ele parecia estar desfrutando um grande momento, fascinado e animado pela sua própria genialidade.

– Risada: Quando as pessoas pensam no Coringa, elas pensam na risada melodiosa de Romero – em contraste à risadinha aguda do Charada de Frank Gorshin.

Heath Ledger, Batman: Cavaleiro das Trevas

Batman: O Cavaleiro das Trevas | Coringa de Heath Ledger é eleito como o  melhor vilão pela Netflix - Entreter-se

A performance – premiada com o Oscar – de Ledger como o mafioso que “só quer ver o mundo pegar fogo” é a mais cativante dos cinemas. Quando o ator foi escalado, um monte de fãs questionaram se ele seria capaz de capturar verdadeiramente o espírito anárquico e potencialmente assustador que muitos consideravam ser as melhores representações do Coringa nos quadrinhos. Desde seu primeiro momento na tela, Ledger não deixou nenhuma dúvida de qual era a resposta dessas perguntas.

– Momento mais louco: Mais uma vez, quase todas as cenas são clássicas com Ledger. Mas nós optamos pela sua aparição surpresa no hospital com uma roupa de enfermeira pra dar seu toque final de tormento ao Harvey Dent, enfim concluindo sua transformação em Duas-Caras – e depois explodindo o prédio inteiro.

– Estilo: Aquela voz mafiosa, esses tiques, as cicatrizes inquietantes na boca. Tudo neste Coringa causa arrepios. Quando o assunto é loucura e aflição, Ledger foi insuperável.

– Risada: O cacarejar de Ledger vem transversalmente enquanto sua insanidade está simplesmente fluindo pra fora dele.

Mark Hamill, Batman: The Animated Series e outros

Joker from the Batman Animated Series voiced by Mark Hamill - fun times! |  Joker cartoon, Joker animated, Batman joker

Batman: A Piada Mortal tornou oficial: Hamill é o Coringa definitivo – tanto quanto Kevin Conroy é o Batman definitivo pra muitos fãs. Ele também interpretou o Coringa por mais tempo do que qualquer um – de longe – por 24 anos desde a estreia da série animada.

– Momento mais louco: Esta certamente é a escolha mais difícil. Em “Joker’s Favor”, o primeiro episódio que foi ao ar na televisão com o Coringa, um pobre coitado chamado Charlie comete o erro de xingar o Príncipe Palhaço do Crime no trânsito. Em vez de deixá-lo ir, o Coringa o atormenta e o persegue, obrigando Charlie a dever um favor a ele. Imagina o pavor do cara.

– Estilo: Este Coringa tem uma pitada de sotaque britânico de classe alta, combinando perfeitamente com sua loucura, além de fazê-lo parecer ainda mais frio e calculista.

– Risada: Muitos fãs pensam na gargalhada de Mark Hamill quando pensam no Coringa, de forma que todas as outras parecem apenas versões modificadas do clássico. Não dá pra descrever, apenas assista ao Making Of do jogo Batman Arkham City e você vai ter uma noção do que é um ator que se deixa levar pelo personagem.

Joaquin Phoenix – Coringa

Joaquin Phoenix negocia retorno para sequência de 'Coringa' | VEJA

Esse é o Coringa do filme mais recente. Interpretado por Joaquin Phoenix, e fez o maior sucesso nos cinemas, por mostrar como o seu jeito foi criado pela própria sociedade injusta.

Alem do filme ter sido aclamado pela critica, ele arrecadou uma estatueta do Oscar por conta da brilhante atuação de Joaqui Phoenix.

Gostou? deixe nos comentários algum Coringa que vocês gostem que ficou de fora.

para mais posts como esse acesse aqui.

Porque Jared Leto não é mais o Coringa?

Embora Leto estivesse fora de um projeto solo do Coringa, no entanto, isso não significava que ele necessariamente não poderia ter participado de outros filmes mais conectados ao DCEU, como Aves de Rapina ou o novo Esquadrão Suicida, como prometido originalmente. E, no entanto, ele não vai retornar.

Qual a verdadeira história do Coringa?

O Homem Que Ri. O Coringa surgiu na primeira edição da HQ do Batman como um lunático criminoso vestido de Palhaço que matava com um soro que deixava suas vítimas com um macabro sorriso. A aparência do vilão foi fortemente inspirada em O Homem Que Ri, filme baseado no romance de Victor Hugo.

Porque o Coringa é do mal?

Esse vilão se tornou muito popular no mundo todo justamente porque ele desperta nas pessoas uma reação de identificação. Talvez isso aconteça porque o Coringa é um personagem que se tornou vilão por causa dos acontecimentos da vida. … O Coringa foi uma pessoa que desistiu dos estudos e acabou considerado louco.

7 regras da vida que os games sempre estragam

Quanto mais os gráficos e a física dos games se tornam realistas, todo o resto da vida humana parece estar caminhando no sentido oposto. Aprendemos a aceitar uma certa quantidade de lógica, mas quase tudo dentro de um jogo é inerentemente incorreto. Então, da próxima vez que iniciar o seu game favorito, não se esqueça que o seu escapismo é passageiro e tudo o que você sabe está errado.

Salto

Novo glitch é encontrado em Super Mario World, 23 anos após seu lançamento

A grande maioria dos games envolvem saltar como parte integral dos movimentos de um personagem, mas considere o seguinte: quantas vezes você pulou hoje? E no mês passado? A resposta é provavelmente zero, a menos que você seja um atleta ou artista.

Ainda assim, entendo que, sem pulos, jogos seriam apenas longas caminhadas. Saltos nos games, no entanto, nunca são precisos. O salto vertical de mais de sete metros do Mario é um absurdo, e até mesmo o menor salto num jogo de tiro em primeira pessoa poderia arrebentar seus joelhos na vida real. Onde está o jogo onde você desajeitadamente tropeça numa calçada? Nem The Sims ousou simular isso.

Corrida

O indicador de execução rápida para GTA San Andreas

Quase todos os jogos já pressupõem que você é um homem-máquina inesgotável, ou um encanador gordo com resistência atlética sobrenatural, mas a vida não funciona assim. Uma pessoa média precisa parar e recuperar o fôlego depois de alguns momentos de adrenalina e, se ainda não tiver torcido o tornozelo, vai precisar de dez minutos e um chuveiro antes do próximo fôlego.

Games não podem ter essas limitações tristes em seus heróis, que podem correr pelo campo de batalha sem suar a camisa e precisam de no máximo cinco segundos de caminhada pra recomeçar, como em Skyrim. Sinto muito, você não pode simplesmente segurar o botão B até chegar ao fim do mundo.

Comida

Como comer no Minecraft | Jogos de raciocínio | TechTudo

Se você chicotear as paredes em Castlevania, vai encontrar deliciosas coxas de peru – e quando comê-las, cada ferimento que você sofreu na batalha será imediatamente curado. Algo nutricionalmente e historicamente impreciso.

Em muitos casos, o alimento é usado como um substituto simbólico pra cura, como se cada bala em seu corpo causasse apenas fome e que um rim crivado de balas não fosse nada demais. Cogumelos não vão fazer você crescer, seja seu nome Mario ou Alice. Todos os alimentos em Bubble Bobble nem sequer fazem nada além de adicionar pontos, tornando a gula um objetivo, em vez de um pecado. E se você experimentar qualquer coisa que aprendeu a jogando Cooking Mama, quase certamente vai queimar sua casa ou envenenar sua família. Em suma, não há nada que já aconteceu nos alimentos num jogo que se assemelhe sequer remotamente à vida real.

Natação

Zone: 0 > Sonic 1 > Stages and Story

Games incluem uma dúzia de tipos de natação e cada uma delas age como se a gravidade fosse uma piada. Em Mario, você afunda como uma pedra, não precisa respirar e literalmente fica pulando feito um golfinho. Sonic nem sequer sabe nadar – ele apenas afunda em câmera lenta e busca desesperadamente bolhas de ar. E a Nintendo ainda pensa que Gorilas respiram debaixo d’água e podem cavalgar um peixe-espada.

Muito raramente você flutua à superfície como corpos vivos e cheios de ar fazem e, de qualquer forma… Todo mundo odeia as fases de água. Desenvolvedores, podemos concordar em deixá-las fora dos jogos de agora em diante? Pra sempre? Por favor?

Furtividade

Lista Comentada dos 10 Jogos Mais vendidos de Playstation 1

Existem missões onde temos que chegar ao nosso objetivo sem sermos notados. Geralmente, isso envolve distrair uma série de inimigos, mas geralmente significa apenas caminhar por uma área sem passar na frente de sentinelas muito, muito estúpidas e preguiçosas. Se os inimigos da série Metal Gear tivessem o nível de suspeita e paranoia de um humano real, Solid Snake nunca iria invadir um único armazém.

Guardas ouvem um ruído, dão uma olhada e imediatamente voltam pro celular, não importa quantas garrafas de cerveja você chute ao redor, a não ser que você espere por muito tempo bem debaixo de um holofote. O único jogo que não foi tão desleixado foi The Last Of Us, e isso é só porque os inimigos são monstros fungos e não precisavam se comportar racionalmente. Mas, honestamente, se preocupar com os invasores violentos deve estar muito abaixo do nível salarial desses guardas e suas habilidades de seguranças de shoppings.

Tiroteio

GTA 5 terá modo online com batalhas entre gangues, corridas e até esportes  | Notícias | TechTudo

A única coisa sobre armas de fogo que os jogos parecem acertar é o tiro na cabeça. Com uma boa mira, vem um belo tiro na testa ou na nuca, que mata qualquer um, esteja de capacete ou não.

Mas não espere realidade num tiro igualmente poderoso através do coração ou uma incapacitante flecha no joelho, exclusividade dos NPCs de Skyrim. E se você levar um tiro no braço ou na mão, como é que ainda está usando o braço pra disparar a sua arma? Sem falar quando o nosso avatar está salpicado de furos e a nossa barra de vida se recupera magicamente bem diante dos nossos olhos. Deve ser muito frustrante levar um tiro na vida real e ter que passar por meses de fisioterapia – na melhor das hipóteses.

Morte

Resident Evil 4 - Todas as Mortes/All Deaths Scenes - YouTube

Notoriamente, games simplesmente não se importam com a natureza da morte. Tanto quanto todos os outros aspectos dos jogos são tão longe da realidade, a morte tem que ser uma regra impermanente e flexível. Geralmente começamos com três vidas e podemos até ganhar vidas extras – ou apenas reviver eternamente como o mesmo cara de antes. De qualquer forma, a morte geralmente não é algo sério, tipo o oposto da vida real. Como adolescentes eternos, nós ficamos sob a impressão de que somos imortais e nossas ações não terão consequências duradouras. E no mundo dos jogos, isso é verdade.

Talvez por isso, os jogos optam por não estragar tudo, mas pelo contrário: tornam a vida ainda melhor. Nós podemos correr sem cansar, a comida resolve todos os nossos problemas e, se levarmos um tiro na cabeça, é só esperar um pouco, que logo estaremos de volta à ação. Afinal de contas, a vida real é uma porcaria. Obrigado por todos os seus erros gloriosos, videogames.

Gostou? Para mais posts como esse acesse aqui.

Qual o impacto dos jogos eletrônicos na vida das pessoas?

Os jogos eletrônicos propiciam diversão sem precedentes para as pessoas. … Desde crianças e jovens que conseguem ganhar raciocínio lógico e aprender conceitos teóricos até incitar comportamentos nas pessoas, como, por exemplo, incentivar jogadores para se alistar no exército.

As 7 armas de fogo mais loucas dos games

Videogames gostam de arsenais bizarros e exagerados, que surpreendem o jogador mais do que uma explosão de tripas. Nós vimos espadas gigantes nas mãos de heróis magricelos em Final Fantasy e até um laser de pulso em GoldenEye 007.

Existem incontáveis tipos de armas loucas e aparelhos que podem ser usados ​​ara destruir seus adversários em pedacinhos, então aqui está um arsenal das armas mais malucas dos jogos.

Confira agora as 7 armas de fogo mais loucas dos games.

Saints Row IV: Dubstep Gun

Saints Row 4 – How to Unlock the Dubstep Gun – GameTipCenter

Se gosta dança ou não, você tem que admitir que a arma à base de música de Saints Row IV é diferente de tudo que já foi visto antes. Claro, muitas armas emitem ruídos altos, mas a Dubstep Gun transforma uma guerra numa festa. Você aponta, atira e ouve batidas eletrônicas e todos ao redor rebolam. Se essa arma ficar famosa, os todos DJs ficarão desempregados.

Perfect Dark: Laptop Gun

Perfect Dark Laptop Gun 2 by raku-ni-naru on DeviantArt

Perfect Dark foi um sucessor incrível pra GoldenEye 007, mas, infelizmente, nunca chegou a aclamação que merecia. No entanto, este jogo de tiro em primeira pessoa é preenchido com todos os tipos de armas surpreendentes. Quem não ama o FarSight XR-20, um rifle sniper de perfuração de parede equipado com uma mira de raio-x.

Mas a melhor arma sempre será o Laptop – e não estou falando de hackear os computadores inimigos. Esta espingarda de combate tem uma alta taxa de fogo e zoom e – o melhor de tudo – pode ser disfarçada de laptop. Claro, leva alguns segundos pra dobrá-la e você não pode atrair suspeitas, mas quando acionar o modo espingarda, você tem mágica em suas mãos.

E você ainda pode arremessar a coisa e implantá-la como uma arma sentinela automática! Basta deixar este bebê no teto ou no chão e ver a sua contagem de corpos, sem nem precisar puxar o gatilho. Você pode até mesmo deixá-la ao seu lado e usar uma arma diferente, pra você e sua torre brincarem juntos. Com os preços do MacBook do jeito que está, a Apple deveria ter novas inspirações.

Fallout: Experimental MIRV

Fallout 4 - Experimental MIRV - YouTube

Desde a sua estreia em Fallout 3, o MIRV tem sido a arma favorita de muitos fãs. A série Fallout já era conhecida pelo lançador de mini-bomba nuclear, capaz de limpar um quarteirão num único disparo. E o que o MIRV fez de tão diferente? Ele dispara oito mini-bombas nucleares ao mesmo tempo, tornando-se a arma mais devastadora em seu arsenal.

Quer limpar campos inteiros de ghouls ou mutantes? Basta apontar o MIRV na direção certa e puxar o gatilho. Apesar desta monstruosidade esgotar seu estoque de mini-bombas nucleares mais rápido do que um bando de vampiros devoram um gordo, as explosões totalmente valem a pena.

Red Faction Armageddon: Mr. Toots

Red Faction Armageddon - Mr. Toots | Red Faction Armageddon … | Flickr

Mr. Toots é uma arma incomparável. Esta arma de fogo de Red Faction: Armageddon é um unicórnio que dispara explosivos de arco-íris do traseiro – absolutamente hilariante. Mirar Mr. Toots na cara de um inimigo causa mais remorso do que mirar uma bazuca. O melhor de tudo: os inimigos mortos pelo Mr. Toots explodem em borboletas e arco-íris.

Half-Life: Gravity Gun

Bluefly Grav Gun [Half-Life 2] [Skin Mods]

Diga olá pro Zero Point Energy Field Manipulator, mais conhecido como Gravity Gun. A eterna espera por Half-Life 3 continua, mas os jogadores de PC se lembram da Gravity Gun como uma das melhores armas de fogo de todas. Esta arma sci-fi tem duas opções de disparo

. O modo primário é apenas um impulso cinético que arremessa obstáculos e barreiras – e inimigos – pra fora do seu caminho. Mas o modo secundário é a verdadeira diversão: levitar objetos. O item é automaticamente tragado pra frente da arma e então você pode usar o botão principal pra arremessá-lo em alta velocidade como uma bala gigante. Nada é melhor do que pegar lâminas e arremessá-las no inimigo a uma velocidade vertiginosa.

Turok 2: Cerebral Bore

ArtStation - Turok Cerebral Bore Revamp, Jeremy Park

A série Turok: Dinosaur Hunter adora armas fantásticas. Eu amo a Tek Bow do jogo original e todas as formas alternativas de munição que você pode usar nas armas, como as granadas explosivas pra Auto Shotgun. Quad Rocket Launcher, Particle Accelerator, Fusion Cannon e Chronoscepter, todos dignos de suas próprias entradas nesta lista, mas vou ter que escolher o Cerebral Bore de Turok2.

Seeds of Evil, Esta arma alienígena dispara uma broca minúscula que perfura sua cabeça e detona por dentro. Ver seus inimigos em pânico e gritando de dor quando a broca fura seu crânio é absolutamente horrível e ver a cabeça explodir é apenas a cereja no topo do bolo.

South Park: Cow Launcher

Retrospective No. 34 South Park The Video Game | Rory's Retrospectives

O jogo South Park de 1998 pro Nintendo 64 marca uma das primeiras vezes que Kenny, Stan, Kyle e Cartman e invadiram o mundo do videogame. Como seria de esperar, a sua estreia era tão louca quanto a sua série animada de televisão. South Park não mergulhava na sátira política e social durante suas primeiras temporadas e isso é visto no jogo do N64.

O jogo era aleatório, vulgar e cheio de armas surreais, como bolas de neve revestidas com xixi, bonecos do Terrance & Phillip e até mesmo uma Sniper Chicken. O favorito da maioria, no entanto, era o Cow Launcher. Esta arma substituiu o lançador de foguetes clichê com um lançador de bovinos mugindo que explodiam com o impacto.

Ver as vacas explodirem em nuvens sangrentas e peidorreiras foi um deleite agradável na minha juventude. Embora South Park não seja particularmente bom pros padrões de FPS, a sua estranheza e hilaridade ajudaram a abrir as portas pra todas as outras armas bizarras desta lista.

Para mais posts como esse acesse aqui

Qual é o melhor jogo de FPS?

Apex Legends abre esta lista com os Melhores Jogos FPS Online para Jogar Atualmente de forma impactante. …
Black Squad já é aquele tipo de FPS Online que foca em partidas curtas e cheias de ação. …
Hunt: Showdown é um daqueles games que conseguem encantar o player apenas com a apresentação da sua premissa.

Qual é o melhor jogo de FPS para PC fraco?

Warmode.
Arma 3.
Borderlands 2.
Warface.
Point Blank.
Team Fortress 2.
Counter-Strike Source.

O que quer dizer fps nos jogos?

FPS refere-se a sigla para quadros por segundo (em inglês Frames Per Second), que é a unidade de medida da cadência de um dispositivo audiovisual, seja ele uma câmera de vídeo, um projetor ou qualquer outro aparelho similar. … Qualquer ação ou movimento que vemos em filmes, jogos e vídeos é feita de frames.

5 personagens icônicos da Marvel que não foram criados pela editora

Que a Marvel é um gigante comercial e criativo todo mundo sabe. Além de criar quadrinhos ousados, dinâmicos e extremamente bem sucedidos periodicamente, a companhia ganhou um apelo global graças a intervenção do Mickey Mouse, através do seu empolgante universo cinematográfico. Criando gerações completamente novas de fãs, mas mantendo os ávidos leitores de longa data o “boost” promete ser ainda maior com o terceiro filme dos Vingadores.

Sempre associada a “Era de Prata” dos quadrinhos, (período que em que o mundo é apresentado a ícones da cultura pop como Homem-Aranha, Quarteto Fantástico e os Vingadores). No entanto, para a surpresa de muitos, grandes personagens da Marvel são mais antigos do que a própria empresa. Como isso é possível ?

Em alguns casos, eles eram personagens criados para Timely Comics ou Atlas Comics, que mais tarde se tornou Marvel Comics. Em outros casos, eles foram trazidos para Marvel através de um litígio estranho, geralmente envolvendo Todd McFarlane. Deu para ter uma noção com essa leve mastigada?

Felizmente, você não precisa de Samuel L. Jackson para entrar invadindo a sua casa para explicar isso a você. Tudo o que você precisa é este guia útil com 5 personagens da Marvel que você não sabia que começaram em outros editoras.

Viúva Negra

Viúva Negra (Marvel Comics) – Wikipédia, a enciclopédia livre

Todos obviamente sabem quem é a Viúva Negra: uma super espiã russa, que foi durante anos a única heroína do MCU. E enquanto a performance de Scarlet Johansson como Viúva Negra no Marvel Cinematic Universe tornou a personagem um fenômeno mundial, havia outra personagem usando esse nome de volta em 1940!

A primeira Viúva negra foi criada por Timely Comics e não teve nada a ver com a Rússia ou a espionagem. Em vez disso, ela era uma serva de Satanás. Sempre vestida de preto (obviamente), ela tinha como missão matar bandidos para entregar suas almas ao diabo.

Você esperaria que essa premissa permanecesse enterrada nos anos 40, mas quando a Marvel Comics a trouxe de volta em alguns flashbacks modernos antes de apresentá-la formalmente em The Twelve , uma série de quadrinhos que se concentrou em heróis vintage que foram criogenicamente congelados por nazistas e depois descongelados no presente. Porém, sua obsessão do século XXI com os trajes da “bruxa sexy” permanece desconhecida, no entanto.

Tocha Humana

Poster impresso Tocha Humana no Elo7 | Bonjoy! =) (12774EB)

Tocha Humana, sem dúvidas é um nome extremamente familiar para todos os fãs de quadrinhos. Ele é o herói mais “cabeça quente” do Quarteto Fantásico (peço perdão pelo trocadilho infame).

Famoso no cinema pela interpretação de Chris Evans, muito antes dele imortalizar outro incrível personagem: Lucas Lee (Scott Pilgrim vs. the World). Ah, e é claro um cara chamado Capitão América. No entanto, muito antes disso, o Tocha Humana era um Androide.

Criado pela Timely Comics, Tocha humana teve histórias que variavam entre ele ser um personagem heroico e um monstro, porém seu status como herói rapidamente se rapidamente se solidificou quando se juntou ao grupo The Invaders, que tinha como objetivo : “Chutar a bunda dos nazistas”.

O nome e o poder do personagem obviamente foram recriados para o quadrinho do Quarteto Fantástico, mas o Tocha original apareceu em histórias posteriores como um Androide assassino , um amigo do Punho de Ferro e Luke Cage e ocasionalmente um vingador.

Namor

Marvel pode estar atrás de um ator para interpretar o Namor em um filme!

Namor é um personagem cuja popularidade regularmente oscila. Não muito diferente das ondas de seus preciosos oceanos. Ele foi um dos primeiros personagens da Timely Comics, do qual obteve sua natureza mercurial estabelecida muito cedo: ele era um inimigo direto para os Estados Unidos, e suas façanhas memoráveis incluíam tentar destruir toda Manhattan com um maremoto.

Como muitos personagens de quadrinhos iniciais, a Segunda Guerra Mundial lhe deu um propósito, e ele ajudou o Capitão América e o Tocha humana a lutar contra os nazistas. O personagem experimentou retornou um breve retorno nos quadrinhos pela Atlas, antes de ser inserido no moderno cânone da Marvel quando apareceu no Quarteto Fantástico.

Mais recentemente, a Marvel teve dificuldade em vender histórias solo do Namor , embora você possa normalmente contar com ele para aparecer em aventuras com os X-Men (ele afirma ser o primeiro mutante do mundo), os Vingadores (eles sempre podem usar mais pessoas arrogantes com poderes) e o Quarteto Fantástico(porque ele nunca perde a chance de flertar com a Mulher Invisível).

Caveira Vermelha

Conheça o malvado Caveira Vermelha, inimigo do Capitão América - Aficionados

O verdadeiro Caveira Vermelha foi o soldado nazista Johann Schmidt, e ele tem sido o principal inimigo do Capitão América desde a sua introdução. Ele lutou contra o Capitão América na antiga Timely Comics e, mais tarde, a Marvel Comics estabeleceria que, convenientemente, ele também estava na geladeira após a guerra e voltou a aterrorizar o mundo moderno.

A aparência e marca registrada do personagem começou como uma máscara. No entanto, suas próprias armas o transformaram em um rosto de crânio genuíno, e sua mente evoluiu um pouco: ele habitou um clone do Capitão América e um general soviético chamado Aleksander Lukin. Além disso, um clone completamente diferente do Caveira Vermelha atormentou os Uncanny Avengers e quase governou o mundo!

Capitão América

Reviravolta: Capitão América retornará como vilão do MCU na Fase 4

Mais do que quase qualquer outro personagem cômico, o Capitão América chegou à cena totalmente formado. Muitos personagens de quadrinhos evoluem significativamente ao longo do tempo: os fãs adoram apontar os tempos que o Batman da era de ouro matava, por exemplo.

No entanto, a capa do primeiro quadrinho do Capitão tem um homem vestido como uma bandeira americana que bate em Hitler e essa é a personificação perfeita da liberdade e do idealismo contra o fascismo e a opressão. Capitão América nasceu!

Contudo, esse personagem da Timely Comics floresceu durante toda a Segunda Guerra Mundial, mas sua popularidade (e a da maioria dos quadrinhos dos heróis) desapareceu rapidamente depois disso. Timely parou de fazer seus quadrinhos em 1950. Mais tarde,a Atlas trouxe o personagem de uma forma embaraçosa como ” Captain America: Commie Smasher. ”

Finalmente, a quarta edição da hq The Avengers trouxe o Cap para o moderno cânone Marvel, e aquelas aventuras ” Comie smashing ” foram retribuídas como sendo as aventuras de um Capitão América muito diferente (e perturbado). No entanto, a maneira como a Marvel agora está retratando o personagem em significa que eles podem ter que chamá-lo de “smasher nazista” por um tempo para fazer Cap parecer legal novamente!

Gostou? Para mais posts como esse acesse aqui.

Qual a ordem cronológica dos filmes da Marvel?

1º. Capitão América: O primeiro Vingador (2011) …
2º. Capitã Marvel (2019) …
3º. O Incrível Hulk (2008) …
4º. Homem de Ferro (2008) …
5º. Homem de Ferro 2 (2010) …
6º. Thor (2011) …
7º. Os Vingadores (2012) …
9º. Thor: O Mundo Sombrio (2013)…

5 Personagens da Marvel que são melhores no cinema ou séries

Toda vez que um novo filme de quadrinhos é lançado nos cinemas, à fidelidade ao material de origem é sempre um grande motivo de discussão entre os fãs. Mas às vezes, muita fidelidade não é uma coisa boa. Tão tentador quanto dizer que os “quadrinhos eram melhores”, a verdade é que nem sempre é esse o caso.

Uma vez que os filmes de super-heróis cresceram pela primeira vez, a relação entre HQs e filmes tem sido simbiótica, com novos filmes que inspiraram os mais recentes quadrinhos, assim como os quadrinhos, os inspiraram. É uma dinâmica fascinante.

E às vezes os filmes melhoram muito um personagem, tornando-os muito melhores do que nunca foram no material original.

Em nenhum lugar isso foi mais verdadeiro do que no Universo cinematográfico Marvel, o experimento mais ambicioso desse tipo na história do cinema moderno. O MCU elevou alguns personagens a alturas que nunca experimentaram no passado. Por outro lado, algumas adaptações de personagens MCU perderam todo o sabor, peculiaridades e caracterização que tornaram seus quadrinhos tão divertidos.

É um equilíbrio difícil, e nem mesmo o poderoso MCU pode fazê-lo todo o tempo – embora tenham feito um trabalho bastante impressionante para na maior parte.

Por isso nós do Ei Nerd resolvemos fazer duas listas, na primeira dela, teremos os personagens da Marvel que melhoraram após sua inclusão no MCU. Confira:

HOMEM DE FERRO

Armadura original do "Homem de Ferro" é roubada em Los Angeles | Exame

Os fãs de quadrinhos sempre gostaram do Homem de Ferro, mas antes de 2008, ele era um personagem do segundo escalão da editora. Hoje, ele é indiscutivelmente o super-herói favorito do mundo. O que aconteceu? A resposta é Robert Downey Jr. E não é de admirar que o personagem dos quadrinhos tenha evoluído para se tornar mais como a versão cinematográfica.

O MCU não mudou a forma básica de Homem de Ferro: ele ainda é o mesmo personagem brilhante, arrogante, emocionalmente recluso e moralmente conflituoso que ele tem sido desde a década de 1960. Mas o MCU tirou os contornos dos quadrinhos e os preencheu com muito mais caráter. O Tony do cinema é uma pessoa às vezes certa, às vezes errada, e muitas vezes se depara com suas próprias fraquezas pessoais, mas ele sempre está tentando ajudar o mundo o melhor que pode.

Mas o que torna esse Tony tão fantástico? Progressão de caráter. Desde 2008, o vemos crescer, mudar e evoluir para uma pessoa que ele nunca pensou que ele se tornaria.

KILLGRAVE

Jessica Jones - Kilgrave, o Homem-Púrpura, retornará na segunda temporada!

Kilgrave, interpretado por David Tennant, é uma temida força da natureza ao longo da primeira metade de Jessica Jones. Ele é misterioso, aparentemente imparável, e capaz de causar cenas dignas de um filme de terror.

A segunda metade da temporada aprofunda a sua infância traumática, revelando um personagem muito humano, mas também completamente impenitente. Ele é um dos vilões mais bem construídos que sempre de qualquer mídia sobre super-heróis.

A versão de quadrinhos, que geralmente se chama o Homem- Púrpura, viveu na escuridão por décadas até que ele foi revivido na década de 2000 como o monstro assassino que conhecemos hoje.

A adaptação da Netflix teve a vantagem de descartar os aspectos mais caricatos da Era da Prata do personagem – ou seja, a pele púrpura real – e começar de novo. O Kilgrave do MCU também tem uma história mais simpática, e, francamente, essa dose adicional de humanidade só o torna ainda mais assustador. É por isso que, em geral, temos que aplaudir de pé a versão MCU.

SENHOR DAS ESTRELAS

Chris Pratt, o Senhor das Estrelas, vem ao Brasil promover o filme  'Vingadores: Guerra Infinita' - Ligado à Música

Antes do primeiro filme dos Guardiões da Galáxia, ninguém sabia nada sobre Star-Lord. Sério, até os maiores fãs de quadrinhos teriam que coçar a cabeça para descobrir quem era esse cara. Mas graças ao desempenho de Chris Pratt, Star-Lord é agora um nome familiar.

A versão MCU do Star-Lord é um personagem carismático e estridente com um grande coração, ansioso pela nostalgia da vida que deixou, mas aberto a abraçar sua nova família. Ele é um personagem incrível, e dentro de algumas décadas, não nos surpreenderíamos se a versão MCU do Star-Lord fosse tão emblemática como Han Solo. Desde que os filmes saíram o Star-Lord das HQs tornou-se muito mais parecido com a versão do filme, e estamos felizes por isso.

LOKI

Marvel's Loki TV Series: What Can We Expect? | Den of Geek

Loki sempre foi um grande vilão. Quadrinhos, filmes, desenhos animados, mitologia antiga. Ele é um dos clássicos. Mas o personagem nunca foi melhor do que quando ele é atuado por Tom Hiddleston.

O que faz Loki tão grande é que, apesar do fato de ele ser um megalómano assassino, ele também é insensatamente simpático. Você quer que ele seja um herói, e ele é tão brilhante e enganador que ele quase o faz acreditar que ele poderia se tornar um. Mas Loki é mais do que apenas sorrisos e jogos.

Ele também é uma figura trágica, com um passado profundamente dolorido e uma motivação fácil de entender, mesmo que não possamos apoiá-lo.

O Loki dos quadrinhos é ótimo em tudo, mas a chegada de Hiddleston realmente redefiniu o personagem para sempre.

YONDU

James Gunn garante que Yondu não ressuscitará em Guardiões da Galáxia Vol. 3

Apenas alguns anos atrás, alguém teria acreditado que este super-herói do último escalão de pele azul e de cabeça fina se tornaria um favorito dos fãs? No decorrer de dois filmes dos Guardiões, a nova versão de Yondu, interpretada por Michael Rooker, tornou-se tão amada que as pessoas até mesmo empolgaram o Oscar.

Nos quadrinhos, a quantidade de pessoas que realmente pensaram muito sobre Yondu provavelmente poderia ter sido contada nos dedos da mão. Mais uma vez, esta é outra adaptação cinematográfica que superou o personagem original que, nos últimos anos, já foi remodelado após a versão do filme.

Gostou? Para mais posts como esse acesse aqui.

Porque Odin adotou Loki?

A já citada batalha contra seu irmão Cul foi uma das mais emblemáticas, pois foi quando Odin sacrificou seu olho para a árvore Yggdrasil para obter conhecimento. … Foi nessa guerra que Odin matou o rei dos gigantes, Laufey, e adotou o garoto Loki. Até mesmo o martelo de Thor está relacionado a uma aventura de Odin.

Quem era pra ser o Homem de Ferro?

Antes que seu nome fosse escolhido para interpretar o Homem de Ferro no Universo Cinematográfico Marvel (UCM), outros atores foram cogitados para o papel. O mais famoso deles, sem sombra de dúvidas, foi Tom Cruise, quando o projeto ainda não estava nem nas mãos da Marvel.

Quais os poderes de Peter Quill?

Como híbrido entre humano e spartoi, Peter Quill possui força, agilidade e resistência maiores do que um ser humano comum. Além disso, seu processamento mental é super apurado, permitindo que ele aprenda um dialeto novo, por exemplo, ouvindo-o apenas uma vez.

Os 10 melhores games do Wolverine

Wolverine… Esse cara passou pelo Inferno e isso inclui muitos chefes de fase.

E eu gostaria de relembrar os 10 melhores jogos do Wolverine já feitos – ao menos 10 em que ele participou.

X-Men

Lista | Os melhores jogos dos X-Men - Plano Crítico

Se você é velho o suficiente pra ter visto as pessoas se aglomerando em torno deste gabinete de fliperama, então você se lembra como foi incrível quando viu pela primeira vez. Quase 20 anos depois, o X-Men de arcade pode não ser tão impressionante quanto quando vimos pela primeira vez, mas ainda é um beat ‘em up de respeito. Considerando que sua mecânica é bem repetitiva e seu fator de venda era principalmente a marca X-Men, esse jogo ficaria num décimo lugar, se isso fosse um TOP 10.

X-Men: Mutant Apocalypse

Games: X-MEN: MUTANT APOCALYPSE

Mutant Apocalypse foi o primeiro jogo produzido por uma longa e frutuosa parceria entre a Capcom e a Marvel. Aqui, os jogadores devem escolher um dos cinco X-Men – Wolverine, Ciclope, Psylocke, Fera e Gambit – e libertar os mutantes companheiros mantidos na prisão em Genosha.

As habilidades dos personagens podem ter sido bastante limitadas em comparação com os outros títulos da nossa lista, mas o Mutant Apocalypse foi uma aventura sólida, cheia de ação side-scrolling, e foi o primeiro título X-Men a ter Psylocke como uma personagem jogável.

X-Men Mega Drive

Cartucho Novo Xmen 1 ( X-men ) Sega Mega Drive / Genesis - R$ 29,00 em  Mercado Livre

X-Men pra Mega Drive era um jogo difícil. Os jogadores podiam alternar entre Wolverine, Ciclope, Gambit e Noturno conforme eles passavam por simulações de várias Salas do Perigo de localidades famosas dos quadrinhos.

Em particular, o estágio do farol foi bastante memorável pro seu número de clones de X-Men que apareciam e atacavam aleatoriamente e pela luta surpresa contra Apocalipse. Não se esqueça, depois de derrotar Mojo na quinta fase, você verá códigos de computador preenchendo a tela como um erro de sistema.

X-Men 2: Clone Wars

Zerando X Men 2 Clone Wars (Mega Drive) - YouTube

A Sega incrementou a experiência do jogo anterior adicionando três novos personagens – Ferra, Psylocke e o próprio Magneto – jogáveis e expandindo a mecânica de gameplay. Wolverine e a equipe têm movimentos adicionais próprios e cada mutante é significativamente diferente e único em comparação uns com os outros.

A equipe de Wolverine e Xavier se juntam com Magneto pra parar a Falange, uma espécie cibernética que tenta forçar e converter toda a vida orgânica em seu coletivo tecno-orgânico. Um exército cibernético pode soar impressionante, mas temos certeza que eles não são à prova de adamantium.

Wolverine: Adamantium Rage

Wolverine: Adamantium Rage (1994) promotional art - MobyGames

A história de Adamantium Rage começa da maneira que qualquer história decente do Wolverine deve começar: Logan recebe uma mensagem enigmática de uma pessoa desconhecida com informações insinuando seu passado, ele deixa a Escola de Jovens Dotados – apesar dos avisos de Jean, Vampira, Jubileu e Tempestade.

Segue às coordenadas dadas e, naturalmente, termina acima de uma instalação militar escondida no Canadá. Este lugar acaba por ser o local do programa Arma X, o lugar onde os ossos de Logan foram infundidos com Adamantium. Wolverine acaba cortando Dentes de Sabre, Lady Letal, Sanguinário e Shinobi Shaw em sua busca pra descobrir a verdade.

Uma coisa única sobre Adamantium Rage foi que a versão de Mega Drive foi muito mais orientada pra ação – com mais variações de ataque -, mas a edição de Super Nintendo permitiu que Wolverine escalasse paredes com suas garras em prol da furtividade – não que ele precisasse.

X2: Wolverine’s Revenge

X2: Wolverine's Revenge - Xbox: Microsoft Xbox: Computer and Video Games -  Amazon.ca

Isaac Bardavid pode ser nossa voz favorita de Wolverine ao longo dos anos – principalmente na série de animação dos anos 90 -, mas X2: Wolverine’s Revenge mostrou que o Sr. Luke Skywalker – que também dublou o Coringa -, Mark Hamill, é capaz interpretar um excelente Wolverine.

As versões de console de Wolverine’s Revenge eram bastante medíocres – embora tivesse algum combate decente, as mecânicas de furtividade, rastreio e assassinato eram terríveis. A edição de Game Boy Advance, por outro lado, foi um grande título hack’n slash, com gráficos suaves, controles melhorados e excelente detecção de hit.

A capacidade de matar em furtividade pode não ter sido tão excelente quanto foi nas edições de console, mas este jogo de GBA foi muito melhor do que suas contrapartes de console caseiro.

X-Men Legends 2: Rise of Apocalypse

Jogo X-men Legends 2 Rise Of Apocalypse Ps2 - R$ 14,00 em Mercado Livre

X-Men Legends 2 supostamente era um esforço conjunto entre os X-Men com seus antigos adversários, a Irmandade de Mutantes do Magneto, contra Apocalipse. Apesar de ter uma matriz de 15 diferentes mutantes pra jogar, com cerca de uma dúzia de mais NPCs mutantes, Wolverine parece ser o líder de toda a operação conjunta.

X-Men Legends 2 teve o equilíbrio perfeito de ação, elementos de RPG e jogabilidade estilo Diablo pra manter a maioria de nós completamente entretido todo o caminho até a morte do Apocalipse. Apocalipse simplesmente não sabia com quem ele estava mexendo, xará.

Marvel Ultimate Alliance

Marvel Ultimate Alliance – O Re-relançamento

Pegue a sua equipe dos sonhos da Marvel – basicamente todos os super-heróis importantes que você possivelmente gostaria de ver no próximo filme dos Vingadores – e coloque-os num jogo usando o formato de X-Men Legends 2, mas num console mais poderoso.

A experiência resultante não é apenas o paraíso pros fanboys da Marvel, mas uma incrível expansão de X-Men Legends 2. Novamente, mesmo com Thor, Capitão América, Homem de Ferro e Homem-Aranha no mesmo barco, Wolverine toma o centro das atenções em muitas das cenas e é um dos favoritos dos fãs por causa de sua personalidade, ataques mais fortes no corpo-a-corpo e regeneração da saúde.

X-Men Origins: Wolverine

X-men Origins: Wolverine Uncaged Edition Xbox 360 Original - R$ 20.000,00  em Mercado Livre

Tanto quanto o filme que foi um lixo, X-Men Origins: Wolverine foi o jogo de super-heróis pelo qual esperamos na maior parte de nossas vidas. Depois de falhas e falhas – e de tantos filmes horríveis -, Origins finalmente deu certo. Você pega Wolverine, espanca vilões e vê o sangue voar.

Nada é mais impressionante do que ver o velho James Howlett sendo atingido uma dúzia de vezes, pulando na frente de um helicóptero, puxando o piloto pelo para-brisa direto pras hélices enquanto suas feridas estão se curando. É a melhor experiência hack’n slash que você poderia ter como Wolverine. E uma experiência hack’n slash é tudo o que você poderia esperar do cara que é o melhor no que faz.

X-Men: Children of the Atom

X-Men: Children of the Atom para Arcade (1994) | BD Jogos

Sei o que você estava pensando: “E quanto a Wolverine em Marvel vs Capcom 1-3?” Bem, Children of the Atom é o jogo de luta que começou tudo. Capcom criou Children of the Atom recriando Street Fighter 2 com personagens dos X-Men. Foi um sucesso tão grande, que todo o repertório da lista de movimentos e trilha sonora foram reutilizados em seis diferentes jogos de luta da franquia crossover até Marvel vs Capcom 2.

De alguma forma, a Capcom foi capaz de fazer os dubladores da série animada fazerem as vezes de cada personagem, é por isso que você ouve Cathal J. Dodd na voz áspera do Wolverine até em MVC2. Antes de cada um dos personagens ser reciclado em cada sequência, Children of the Atom era descomplicado, experimentalmente falho e francamente divertido. E por estas razões, considero X-Men: Children of the Atom o melhor jogo do Wolverine de todos os tempos.

Para mais posts como esse acesse aqui.

Qual é o significado da palavra Wolverine?

Wolverine é o nome de um animal, que em português se chama Carcaju ou Glutão. Aposto que a maioria de vocês já ouviu falar no glutão. carcaju ou glutão (Gulo gulo) é um mamífero da família dos Mustelidae, ordem Carnivora.

Qual é a idade de Wolverine?

Segundo as histórias mais recentes do personagem, ele teria nascido em 1880, como James Howlet. Isso faz com que Wolverine tenha 135 anos de idade. Não é a toa que ele lutou tanto na Primeira Guerra Mundial (1914-1918) quanto na Segunda (1939-1945).

Qual o primeiro herói da Marvel?

primeira publicação ocorreu em 1939, com o número 1 da revista Marvel Comics, onde se deram as primeiras aparições do super-herói Tocha Humana e do anti-herói Namor, o Príncipe Submarino.

6 games que são muito difíceis para jogadores casuais

De uns tempos pra cá, diversos games se tornaram mais fáceis de serem jogados, com o objetivo de deixá-los mais acessíveis para jogadores mais casuais e menos habilidosos. Mas existem alguns títulos que não parecem se importar com essa mudança, e castigam o jogador das mais diversas formas.

Confira abaixo seis games considerados muito difíceis para jogadores casuais.

Observação: Os games da lista fazem parte de séries, e isso não significa, necessariamente, que a franquia a que ele pertença seja exatamente difícil.

1) Ninja Gaiden Black

Ninja Gaiden Black Xbox One Desconectado - R$ 19,90 em Mercado Livre

Constantemente citado como um dos games mais difíceis de todos os tempos, por conta de sua dificuldade, Ninja Gaiden Black é considerado o ápice da série da Tecmo. O jogo obriga o jogador a memorizar caminhos específicos, quantidades de inimigos, localizações de tesouros, movimentos dos chefes e vários combos de ataque. Salvar o jogo é imprescindível, bem como coletar itens de saúde.

Se já não bastasse isso, ondas e ondas de inimigos te atacam sem piedade alguma, e farão de tudo para acabar com você. Jogue Ninja Gaiden Black na dificuldade Master Ninja e tenha uma experiência que fará jogadores casuais desistirem do título ainda na primeira fase.

2) Trials HD

XBLA: Trials HD ganha mais um trailer! — Portallos

Trials HD é um game no qual você é o próprio antagonista. O motivo é que você terá de completar esse jogo de corrida e quebra-cabeças na base da tentativa e erro, como o título sugere, para conseguir chegar ao final de cada estágio.

O título força o jogador a dominar por completo os movimentos e a física de sua motocicleta. E até que consiga chegar a este ponto, você irá falhar várias e várias vezes. Jogadores casuais darão de cara com morte mais do que conseguirão tolerar.

Se há um alento nisso tudo, é que existe a possibilidade de assistir o fantasma de jogadores mais experientes e habilidosos, o que pode ajudar no caminho até a vitória.

3) Rainbow Six Siege

Rainbow Six: Siege fora do ar? Veja possíveis motivos e como resolver |  Jogos de ação | TechTudo

Diferente de outros shooters como Call of Duty e Battlefield, Rainbow Six Siege possui um ritmo mais devagar e uma atmosfera mais intensa. Paciência é um fator chave, já que se esconder e escutar é mais benéfico do que sair correndo e atirar para todos os lados. E não se esqueça que você possui apenas uma vida, sem qualquer chance de re-spawn, no mesmo estilo Counter Strike.

O trabalho em equipe é outro fator crucial em Rainbow Six Siege, portanto, gamers casuais podem ter dificuldades de compreender esse estilo e sair atirando para qualquer direção, o que geralmente resulta em uma morte certeira.

É preciso aprender com seus erros rapidamente, já que você não conseguirá jogar o round novamente. Além disso, a quantidade de detalhes para aprender a dominar todas as armas, apetrechos, drones e equipamentos pode ser um imenso desafio para quem está mais acostumado com Call of Duty e Battlefield. Isso sem contar o fato de que o cenário pode ser totalmente destruído e ser utilizado contra o jogador.

Mas não fique assustado, pois Rainbow Six Siege é um ótimo jogo. Procure dicas e ajuda se estiver tendo muitas dificuldades.

4) Dark Souls

15447079360 a6137dba5f b
Dark Souls

Aqui está uma exceção da observação citada no início do texto. A série Souls é conhecida por ser muito difícil, já que você passa a maior parte do tempo esquivando de ataques ao invés de fazer o oposto, além de toda a tensão criada por seus ambientes perigosos. Como outros títulos dessa lista, paciência e observação são cruciais, já que sair atacando cegamente provavelmente resultará em morte.

Independente do seu estilo, você ainda precisará se defender de inimigos que são capazes de arrancar sua cabeça com um golpe, e é exatamente o que eles querem fazer. Adicione a isso penalidades que você recebe por cada morte, e você terá uma experiência que apenas gamers mais experientes conseguem tolerar.

5) ARMA 3

Arma 3: aprenda a jogar o famoso simulador de guerra online | Dicas e  Tutoriais | TechTudo

Pegue Rainbow Six Siege e adicione um mundo aberto gigante: isso é ARMA 3. O game possui diversos modos de jogo e diferentes servidores com suas próprias histórias.

Independente do servidor escolhido, você encontrará grupos de jogadores que tentarão te manipular, te extorquir e te capturar durante a campanha. As diversas possibilidades existentes em ARMA 3 são um prato cheio para jogadores hardcore, e é algo que requer um conhecimento extensivo dos controles do game e suas complexidades. Nada convidativo para um jogador casual.

6) Counter Strike: Global Offensive

Counter-Strike: Global Offensive - Dificuldade Máxima

Counter Strike: Global Offensive até possui modos jogo para jogadores iniciantes. Mas sua acessibilidade não deve ser confundida com ausência de complexidade.

Como qualquer outro shooter, o jogador precisa aprender a usar o mouse e o teclado para mirar. Acontece que CS: GO possui uma mecânica peculiar, na qual cada arma possui seu próprio padrão de tiro, que é afetado pelo movimento e postura do jogador. Ou seja, dominar todo o arsenal do jogo é uma tarefa bem complicada.

Há outros dois fatores que complicam a vida de jogadores casuais: o primeiro é que é preciso memorizar todos os mapas de jogo. Portanto, se um companheiro disser que o inimigo está em um local X, você precisa saber exatamente aonde ir.

Já o segundo é a economia presente em CS: GO. No início de cada round, você precisa decidir o que comprar, e fica a seu critério escolher se vai com um arsenal mais pesado e colete a prova de balas, um equipamento mais modesto ou praticamente nada, como um maneira de salvar dinheiro para a próxima rodada. É necessário um bom tempo para aprender a dominar tais complexidades.

Para mais posts como esse acesse aqui.

O que são jogos casuais?

O termo jogo “casual” é utilizado para caracterizar jogos digitais acessíveis ao grande público. Diferentemente dos jogos tradicionais que são mais complexos e exigem tempo e dedicação do jogador, os jogos casuais são simples e rápidos de aprender.

melhores jogos casuais para pc

Code Vein
Metro Exodus
Mortal Kombat 11
Borderlands 3
Trials of Mana

O que é jogo cooperativo?

Na teoria dos jogos, um jogo cooperativo é um jogo em que um grupo de jogadores, são instruídos a demonstrar comportamento cooperativo, transformando o jogo em uma competição entre grupos ao invés de uma competição entre indivíduos.

10 trilogias de filmes que jamais serão completas

Atualmente, parece que qualquer filme de sucesso possui potencial para se transformar em uma franquia. Enquanto que faz sentido para alguns filmes (como os de super-heróis) terem múltiplas sequências e fazerem parte de um universo ou trilogias, isso nem sempre acontece.

Muitos filmes não são sucedidos ao ponto de ganharem uma sequência. É por isso que existem diversas franquias que acabam sendo interrompidas, mesmo que isso signifique que suas histórias jamais serão concluídas.

Confira abaixo 10 trilogias de filmes que jamais serão completas

Hellboy

Ron Perlman comenta trailer do novo Hellboy - CAFOFO POP

Essa é uma sequência não feita que os fãs gostariam muito de ter visto. Hellboy II: O Exército Dourado foi bem recebido pela crítica e fãs, e arrecadou US$ 160 milhões de bilheteria. Foi um sucesso moderado para o diretor Guilhermo del Toro, mas um fracasso, do ponto de vista econômico (pouco superou os US$ 85 milhões de orçamento). Por isso que a Universal, produtora da série, nunca teve interesse em fazer Hellboy III.

Por anos, Guilhermo del Toro lutou para fazer Hellboy III ganhar vida. O próprio intérprete do personagem, Ron Pearlman, disse que o terceiro filme precisaria um orçamento ainda maior, e del Toro sugeriu algo em torno de US$ 120 milhões. Só que nenhum estúdio está interessado em botar tanto dinheiro em um título que não chegaria perto de faturar US$ 500 milhões.

O diretor manteve as esperanças, e afirmava que se Círculo de Fogo 2, sequência do longa dirigido por ele, fizesse sucesso, Hellboy III ganharia vida. Mas no início desse ano, del Toro jogou a toalha, e disse que Hellboy III não irá acontecer.

O Espetacular Homem-Aranha

Crítica | O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro - Plano Crítico

Apesar das críticas a Homem-Aranha 3, Tobey Maguire, pelo menos, teve a chance de concluir sua trilogia no papel do herói. Já Andrew Garfield não teve a mesma sorte, após a Sony desistir de continuar com a franquia O Espetacular Homem-Aranha e dividir os direitos do herói com a Marvel. Agora é a vez de Tom Holland interpretar o Cabeça de Teia.

Antes do lançamento de O Espetacular Homem-Aranha 2, a Sony tinha muitos planos para a franquia: mais dois filmes da série principal, e de quebra, spin-offs do Venom e do Sexteto Sinistro. Até mesmo um longa voltado para uma heroína relacionada ao Aranha estava sendo considerado.

Apesar do cancelamento dos planos, a ideia dos spin-offs não foi descartada. Tanto que a Sony anunciou o filme do Venom para outubro de 2018. Mas a franquia O Espetacular Homem-Aranha definitivamente morreu.

Tron

Tron : Director acredita que um terceiro filme ainda pode acontecer

Levou quase 30 anos, mas a Disney, enfim, lançou a sequência do hit cult Tron, de 1982. Tron: O Legado chegou aos cinemas em 2010, e a recepção foi apenas mediana. Pelo menos o filme arrecadou US$ 400 milhões de bilheteria, mas não foi o suficiente para justificar o investimento em um terceiro filme.

Só que os roteiristas Edward Kitsis e Adam Horowitz já haviam escrito o roteiro para um terceiro filme antes mesmo do lançamento de O Legado. Muitas informações garantiam que a Disney iria divulgar logo a sequência, mas até hoje estamos esperando a confirmação oficial.

Olivia Wilde, uma das atrizes de O Legado, confirmou que a Disney não irá fazer Tron 3. E Bruce Boxleitner, outro ator do filme, já disse que não está interessado em gravar uma sequência. Quem ainda possui esperanças é Garrett Hedlund, protagonista do segundo título, que afirma que a Disney ainda não “matou” Tron 3 por completo. Mas sugeriu que o longa pode levar quase 30 anos para ser lançado, conforme aconteceu anteriormente.

Muitos rumores afirmam que Tron 3 deve ser lançado oficialmente um dia, e que será estrelado por Jared Leto. Mas é improvável que o projeto ganhe vida.

Kick-Ass

Após 10 anos, diretor de Kick-Ass conta que filme recebeu diversas negativas

Kick-Ass é uma série de quadrinhos que não pertence nem a Marvel, e nem a DC. E quem disse que esse é um problema?

A série chegou aos cinemas em 2008, com Aaron Taylor-Johnson no papel de Kick-Ass. O primeiro filme foi bem recebido pelas críticas, e fez relativo sucesso de bilheteria, o que fez a Universal seguir com os planos de gravar uma sequência.

Só que Kick-Ass 2, lançado em agosto de 2013, ficou longe de repetir o sucesso do original, e não teve o mesmo retorno financeiro. Apesar disso, Mark Millar, criador da série, sempre acreditou que o terceiro filme ganharia vida. Aaron Taylor-Johnson e Chloe Moretz, intérprete da Hit-Girl, já disseram que têm interesse em gravar Kick-Ass 3.

Caça-Fantasmas

35 anos de "Caça-Fantasmas": Trilha do clássico chega ao streaming pela 1ª  vez - 07/06/2019 - UOL Entretenimento

Os dois primeiros filmes da série Caça-Fantasmas estão entre os filmes mais adorados da história. Tanto que foram escolhidos para preservação no Registro Nacional de Filmes dos Estados Unidos.

Só que apesar do sucesso da franquia, o diretor Ivan Reitman não possuía planos imediatos de gravar o terceiro filme. 10 anos após Caça-Fantasmas II, Dan Aykroyd, uma das estrelas da franquia, escreveu um roteiro de 122 páginas para Caça-Fantasmas 3.

Só que Bill Murray, outro membro do elenco, não tinha interesse no terceiro filme, e cogitaram colocar Ben Stiller em seu lugar. Harold Ramis, outra estrela da série, faleceu em 2014, e por conta disso, Reitman disse que não dirigiria Caça-Fantasmas 3, mas que ajudaria como produtor.

Por conta de tantos problemas, a Sony decidiu fazer um reboot da série, que agora seria estrelado por mulheres. Caça-Fantasmas: Atenda ao Chamado estreou em 2016, e apesar da recepção mediana a positiva da crítica, foi um fracasso de bilheteria.

Quarteto Fantástico

Quarteto Fantástico no MCU? Marvel já pode ter a resposta

Após o sucesso alcançado pelos dois primeiros filmes da série X-Men, a Fox aproveitou o embalo e lançou Quarteto Fantástico. O filme, lançado em 2005 e estrelado por Ioan Gruffudd, Jessica Alba, Chris Evans e Michael Chiklis, foi considerado apenas mediano. Mas o retorno financeiro foi ótimo, o suficiente para a Fox produzir uma sequência.

O Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado chegou aos cinemas em 2007, com todo o elenco original. Só que o filme não foi bem recebido pela crítica e não faturou o mesmo que seu antecessor. Foi o suficiente para a Fox hesitar em concluir uma possível trilogia da franquia.

Ainda havia um fio de esperança, já que todos os atores haviam assinado contrato para mais três filmes e tinham interesse em permanecer na franquia. Mas Chris Evans afirmou, em 2008, que a franquia já era um “livro fechado”.

A Fox tentou fazer um reboot da série, lançado em 2015, mas que foi um verdadeiro desastre. Tudo indica que o Quarteto Fantástico vai descansar das telonas por um bom tempo.

Kill Bill

Resenha: Kill Bill

Quentin Tarantino possui um estilo próprio que faz seus filmes serem únicos, que é evidente em trabalhos como Cães de Aluguel, Pulp Fiction e a série Kill Bill.

A ideia original de Kill Bill era um filme com quatro horas de duração. Para não ficar algo pesado, Tarantino e a Miramax, produtora de seus títulos, optaram por dividi-lo em dois longas: Kill Bill: Volume 1 e Kill Bill: Volume 2.

Os dois filmes podem não ser os mais sucedidos, financeiramente, da carreira de Tarantino, mas se tornaram cult. E apesar de concluir a história de vingança da Noiva, o diretor disse, em 2004, que tinha alguns planos para fazer Volume 3, com Uma Thurman reprisando o papel principal. Mas também afirmou que levaria em torno de 15 anos para grava-lo.

Por algum tempo, Tarantino garantiu que faria o terceiro e até mesmo um quarto filme da série que criou. Apesar das várias ideias que surgiram, nada oficial jamais foi divulgado. Até que em 2012, Tarantino admitiu que Kill Bill: Volume 3 não deve ver a luz do dia. Mas se tratando de Hollywood, nada é impossível.

A trilogia Millennium de David Fincher

David Fincher espera que 'Millennium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres'  tenha continuação - Monet | Filmes

Uma trilogia de livros bem sucedida, o diretor responsável por Clube da Luta e A Rede Social e Daniel Craig sem camisa (para a alegria das mulheres). No papel, a trilogia Millennium pareceu uma ótima aposta em Hollywood.

O primeiro filme, Os Homens que Não Amavam as Mulheres, arrecadou US$ 223 milhões, com um orçamento de US$ 90 milhões, o suficiente para engrenar uma sequência. Com mais dois livros prontos para serem adaptados, com certeza a Sony, produtora do título, lucraria bastante. Mas surgiu um enorme empecilho: Daniel Craig.

A Sony afirma que Craig pediu muito dinheiro para reprisar o papel de Mikael Blomkvist em mais dois filmes. Por conta disso, consideraram chamar outro ator para interpretar o protagonista. Mas Fincher também desistiu do projeto, e a ideia de uma trilogia foi jogada no lixo.

Algumas informações garantem que a Sony já pretende relançar um reboot da série em 2018. Mesmo que ganhe vida, isso significa que a trilogia Millennium, planejada por David Fincher, foi de vez para o espaço.

A trilogia Batman de Tim Burton

Batman de Tim Burton levou mais pessoas ao cinema do que do Christopher  Nolan - Cinema com Rapadura

Em 1989, o diretor Tim Burton e o ator Michael Keaton deram vida ao Batman nas telonas, e o filme foi um sucesso. Batman: O Retorno chegou aos cinemas três anos depois, seguido de Batman: Eternamente, de 1995. Só que o último título foi estrelado por Val Kilmer e dirigido por Joel Schumacher. Sem falar do traje ridículo de Jim Carrey no papel do Charada. Por que tudo mudou de repente?

Simples. Batman: O Retorno foi criticado por ser muito sombrio e violento, apesar da recepção boa da crítica e dos bons números de bilheteria. Por exemplo, isso impactou as vendas dos brinquedos do McLanche Feliz nos Estados Unidos. Então, a Warner demitiu Burton, Keaton saiu e a parte final da trilogia foi substituída por dois filmes ridículos de Joel Schumacher.

Os filmes de James Bond com Timothy Dalton de protagonista

TIMOTHY DALTON | Fotos de cine, Actores británicos, Actor de teatro

Existem as trilogias formais e as informais, que nesse caso, são ligadas, tematicamente, em uma série muito maior. É assim que seria a trilogia James Bond com o ator Timothy Dalton na pele do agente secreto.

O segundo filme dessa trilogia ficou conhecido na pré-produção como Bond 17. Sua história envolveria acidentes nucleares em usinas, causadas por um megalomaníaco que queria que o Reino Unido devolvesse Hong Kong para a China. Parece um pouco grotesco, mas vale lembrar que em 007 – Permissão Para Matar, Dalton matou o vilão após atear fogo nele.

Bond 17 enfrentou alguns problemas de produção, e por conta disso, seu andamento foi lento. Em 1994, Dalton ficou cansado de esperar e abriu mão do papel. Pierce Brosnan foi o escolhido para interpretar o 007, e Bond 17 se tornou 007 Contra GoldenEye.

Gostou? Para mais posts como esse acesse aqui.

Qual é o significado de 007?

007 é o número código do fictício agente secreto britânico do MI6 James Bond, criado por Ian Fleming em 1953. Foi protagonizado em diversos filmes cinematográficos, e na TV, além de ser personagem principal de livros e até jogos de computador.

Quais são os poderes do Hellboy?

As habilidades sobre-humanas de Hellboy derivam de sua natureza demoníaca. Ele é muito mais forte fisicamente do que um ser humano comum. Ele pode ser machucado, mas possui um “fator de cura” (muito parecido com Wolverine dos X-Men) que lhe permite recuperar-se de ferimentos em uma velocidade incrível.

5 coisas que você nunca soube sobre Death Note

A trama sobrenatural de Death Note segue a história de Light Yagami e sua jornada de estudante aplicado e popular para o assassino afiado e tortuoso da série. Embora se acredite que ele está trabalhando para livrar o mundo do mal e do crime, ele é visto como um inimigo de todos os humanos pela polícia. Dotada com o poder do Death Note de Ryuk, o Shinigami, Light continua sua cruzada ao cruzar com o solitário e igualmente brilhante L.

A série ganhou popularidade e aclamação desde que foi criada e tem inúmeras adaptações em live action, incluindo a mais nova adaptação americana que chega no final deste ano na Netflix. Embora cercado de controvérsia por suas escolhas de elenco de atores não-asiáticos, o elenco diversificado da nova adaptação poderia impactar positivamente o mundo bem conhecido de Light e L.

Neste artigo, vamos destacar alguns dos fatos e curiosidades pouco conhecidos sobre este mangá e o anime. Enquanto a série Death Note é intrigante por conta própria, os detalhes e o planejamento de trás da cena adicionam outra profundidade a essa poderosa história.

L QUASE TEVE 2 FILHOS

L QUASE TEVE 2 FILHOS | Death Note BR/PT Amino

Um ponto de trama possível que nunca foi desenvolvido foi a ideia de fazer de L um pai. Sim, você lê isso corretamente: um pai. Na história de Death Note, os personagens Mello e Near serviram como sucessores para L após a morte de Lawliet.

Near era um detetive para o governo dos EUA, enquanto Mello era um membro da máfia. No início dos rascunhos da história, no entanto, esses órfãos de Tykebomb eram originalmente meninos gêmeos de L. Embora este tenha sido um conceito interessante com os dois rapazes que buscando se vingar de seu pai, Ohba não pôde estragar tudo fazendo isso uma realidade.

Basicamente, ele estava desconfortável com a ideia de ter relações sexuais com uma mulher para que esses filhos fossem criados. Essa é uma imagem que nenhuma audiência teria acreditado dada a sua natureza excêntrica. Felizmente, este enredo foi rapidamente esquecido.

RYUK FOI QUASE FEITO PARA SER SEXY

Riuk, Death Note | Death note, Shinigami, Anime

Um dos personagens mais inesquecíveis de Death Note é Ryuk, o Shinigami. Sua aparência e características são inconfundíveis, e ele se tornou uma mascote para a série. Com seu traje totalmente preto, rosto fantasmático e extremidades extremamente longas, ele é um personagem que você não deve esquecer.

Curiosamente, ele poderia ter sido lembrado por ser uma criatura muito atraente. Ryuk deveria receber mais características humanas e tornar-se muito mais fácil nos olhos. No entanto, Ohba ficou preocupado com o fato de sua atratividade atrapalhar os leitores da Light, e que ele acabaria se tornando uma distração.

Afinal, a Light precisava manter o foco da história para que a premissa funcionasse efetivamente. Ele era conhecido por sua boa aparência e inteligência para que ele não pudesse ter nenhuma competição.
A única evidência do Ryuk mais bonito está disponível na imagem acima. Você teria sido distraído por esse personagem?

Quase havia um Death Eraser

5 coisas que você nunca soube sobre Death Note - Ei Nerd

Ao longo do conto Death Note, as regras para usar o caderno foram muito específicas sobre como o usuário deve que prosseguir e prazos específicos que devem ser respeitados. No entanto, e se você mudar de ideia sobre o que você faz? Uma opção para uma segunda chance? Bem, poderia ter ocorrido com o Death Eraser.

No mangá piloto Death Note, esta ferramenta poderia ser usada para reviver aqueles que haviam sido mortos pelo caderno apenas apagando seus nomes. Considerando o comprometimento com alguém para usar este caderno, isso teria sido um tolo para um inimigo covarde. Ao tornar as mortes permanentes e inalteráveis, os usuários foram obrigados a comprometer-se plenamente com os poderes de Deus do Death Note e sua escolha de levar vidas. Os deuses não cometem erros, certo?

Este elemento foi cortado na publicação posterior do mangá e não apareceu no anime.

Graças aos fãs, L sabe capoeira

L Lawliet | Wiki Death Note | Fandom

Uma das cenas mais emblemáticas do show ocorre quando L e Lights são algemados juntos. L sentiu que ele precisava manter Light perto, considerando que ele era suspeito de ser Kira. Os dois acabaram lutando, e depois de Light ter socado L, ele voltou com um forte chute.

Com base em sua posição e técnica, os fãs assumiram que ele era um praticante da Capoeira. Por causa da popularidade deste estilo de artes marciais, os fãs ficaram ansiosos para vê-lo incorporado tanto no manga quanto no anime. No entanto, essa não era a intenção de Ohba. Ele planejava ter L entregar apenas um simples chute em retaliação.

Com base no entusiasmo dos fãs e na popularidade da teoria, ele decidiu incorporar esse elemento na história. Então, graças aos fãs, L é um praticante talentoso de artes marciais.

Existe outro mangá com essa temática

O Caderno Miraculoso | GeGeGe no Kitarō Wiki | Fandom

Embora exista uma grande variedade de mangás disponível para os leitores, algumas histórias ainda compartilham muitos pontos de argumento com outras histórias publicadas. Alguns são por coincidência, enquanto outros são a linha do plágio total. Nesse caso, talvez a existência da Death Note fosse emprestada de um mangá incomum publicado antes da série. Em 1973, um mangá chamado Fushigi na Techou (The Miraculous Notebook) foi lançado.

Escrito pelo autor Shigeru Mizuki, este one-shot seguiu um protagonista muito diferente do que o carismático Light. O trabalhador de meia idade encontra o caderno que mata alguém cujo nome está escrito em suas páginas. Os seus poderes de morte também funcionam em cães! Pensando em nunca citar um trabalho específico ou peça para sua inspiração para o enredo, temos que nos perguntar se Ohba sabia da existência dessa história.

Gostou? Para mais posts como esse acesse aqui.

Qual é o verdadeiro nome do L Death Note?

Quando o caso Kira surge a falta de explicações chama a atenção de L, que se oferece para assumir o caso. Ele pede à Força Tarefa Japonesa que se refira a ele como Ryuuzaki por precaução. A equipe de investigação de Kira nunca descobre o seu verdadeiro nome, que é L Lawliet (confirmado no Death Note: How To Read 13).

Qual o QI de Light Yagami?

Provavelmente, Light Yagami tivesse um Q.I acima de 150, que é muito acima da média. A media é de 100-120; abaixo da média é de 80-100; acima da média é de 120 para cima.

5 filmes que eram completamente diferentes dos seus trailers

Um trailer de filme é projetado principalmente para fazer uma coisa: vender a ideia do filme anunciado. Os melhores trailers de são capazes de envolver e convencer uma audiência para ir ver a atração em destaque.

O que é um trailer de filme, o que ele pode fazer e a forma como é comercializado mudou ao longo das décadas, mas uma coisa que conseguiu continuar sendo um problema são os trailers que não entregam o que o filme realmente é.

Não é muito incomum para um trailer mentir sobre algo para garantir o sucesso, mas em alguns casos, é praticamente um pecado imperdoável. Seja para enfatizar demais uma estrela que agrada a multidão, seja tentando obter mais salas de cinema, a lista a seguir classifica alguns dos exemplos mais flagrantes de trailers que mentem na sua cara.

Quanto mais controverso é um trailer e seu marketing, mais provável é que apareça nesta lista; Que inclui filmes que tiveram um hype enorme por trás deles, bem como filmes que se tornaram infames por seu uso de publicidade enganosa. No caso de alguns itens, seus trailers enganosos são a única coisa que as pessoas lembram com carinho sobre os filmes.

Seguindo a lógica por trás do meme: “Nunca pensei que seria trouxa, mas fui trouxa”. Aqui estão cinco trailers que deturpam e enganam a audiência.

ESQUADRÃO SUICIDA

David Ayer confirma existência de versão do diretor de “Esquadrão Suicida”

Escrito e dirigido por David Ayer, Esquadrão Suicida é o terceiro longa do Universo Expandido da DC, e é composto por vários vilões de quadrinhos conhecidos que (forçadamente) se reúnem para lidar com uma situação perigosa. O filme mais notável anunciou Margot Robbie como Harley Quinn e Jared Leto como Coringa, sendo esse último motivo de inúmeras piadas e comparações entre ele e o funkeiro MC Guime.

Enquanto a música licenciada está em todo filme (ou em toda a sua abertura durante poucos minutos, pelo menos), o Coringa de Leto tem pouquíssimo tempo de tela, especialmente quando comparado com o quanto aos trailers e anúncios mostraram. O próprio Leto estava extremamente descontente com isso, assim como muitos espectadores que sentiram que tinham sido enganados pelo marketing do filme. Além disso, o filme em si não era tão leve e engraçado quanto os trailers fariam parecer, o que foi mais um balde de água fria.

CANGURU JACK

Canguru Jack na Apple TV

Mesmo com os padrões desta lista, este item é bastante estranho. Canguru Jack é um filme de comédia de 2003 com classificação PG, mas não foi originalmente concebido como tal. É um filme sobre a máfia e trocas de dinheiro, com uma trama que faria sentido para uma comédia de ação com uma classificação PG-13 ou R. Exceto que não é assim que foi comercializado.

Este é um filme que se anunciou como um filme animal falante. Enquanto o filme apresenta dinheiro perdido em um canguru selvagem, o animal titular apenas fala (e faz raps) em uma sequência de sonhos que foi adicionada para que o filme pareça ter uma imagem familiar. Então, para recapitular: um filme que originalmente era uma comédia de ação mafiosa direta transformou-se em um filme de um animal falante para toda família. Não era de admirar que fosse criticado tanto pela crítica como pelo público, embora, para o seu crédito, conseguisse obter um pequeno lucro.

DRIVE

DRIVE: UM FILME QUE NASCEU CLÁSSICO (E EMBOTADO) | PITANGA DIGITAL

Com base no romance de James Sallis e dirigido por Nicolas Winding Refn, Drive foi um sucesso indie da critica, conquistando muitos elogios e fãs por toda parte. Ele conta a história de um dublê de Hollywood de dia, e motorista de fuga à noite, que se vê protegendo uma mulher daqueles que procuram fazer o mal. O filme é muito gráfico e violento, e possui muitos sintetizadores e atmosfera, criando um filme com sensibilidade única.

Claro, isso não é como o filme foi comercializado. Além de alguns cartazes de personagens legais, o trailer de Drive fez com que pareça um tipo de filme de carro, a Velozes e Furiosos. Este discurso miserável de marketing era tão flagrante que um dono de cinema tentou obter uma ação judicial de quão enganado ele foi pela propaganda do filme. Pelo menos a maioria das pessoas agora sabe o que esperar ao assistir esse sucesso cult.

BELEZA COLATERAL

Cinema] Beleza Colateral - Gesto, Olhar e Sorriso

Lançado no final de 2016, Beleza Colateralapresenta um elenco de estrelas encabeçado por Will Smith, que interpreta um pai aflito lidando com a perda de sua filha. Como o trailer intencionalmente desgarrador demonstra, ele escreve cartas para o Tempo, Morte e o Amor como forma de lidar com a situação. No entanto, manifestações físicas desses três conceitos começam a entrar em sua vida…

… Exceto que não é verdade. Já nos primeiros vinte minutos do filme, a Beleza Colateral deixa claro que essas manifestações são atores pagos, que colegas de trabalho do personagem de Smith estão filmando-o e depois removem digitalmente os atores para que pareça que ele é louco, tudo em uma tentativa de removê-lo da empresa por medo de que seu sofrimento fará com que ele fracasse. Como as pessoas que estão por trás desse filme poderiam chegar a esse conceito, e muito menos vendê-lo como uma isca de Oscar em um filme de fantasia, é o que irritou muitas pessoas nas salas de cinema e na internet.

Gostou? Para mais posts como esse acesse aqui.

6 Mortes Insignificantes de Personagens Importantes do Cinema

Geralmente, a morte de um personagem principal tem um enorme impacto sobre a história de um filme. Estas mortes conduzem a trama e as motivações dos outros personagens pelo resto do filme ou fornecem algum tipo de encerramento. Às vezes, porém, os filmes apenas matam um personagem importante pelo valor de choque daquele momento. Esse tipo de morte realmente não tem qualquer impacto sobre o resto da história, apenas frustração.

Jazz – Transformers

Transformers Jazz Statue by Prime 1 Studio | Sideshow Collectibles

Quando foi anunciado pela primeira vez que um filme de Transformers estava em produção, os fãs da franquia se alegraram. Em seguida, foi anunciado que seria dirigido por Michael Bay e todos os fãs perderam as esperanças.

Os filmes de Bay podem ser bem-sucedidos, mas também são apenas barulhentos e estúpidos. Um exemplo perfeito do quão pouco os personagens importam nesses filmes é a morte de Jazz no primeiro filme Transformers. Durante a luta final com os Decepticons, Jazz é rasgado ao meio por Megatron.

Não é um grande momento, porém. Isso acontece rapidamente e o filme continua se movendo. O líder Autobot, Optimus Prime, menciona brevemente Jazz no final do filme, mas ninguém parece se importar. Mesmo quando Optimus menciona-o, ele nem sequer soa triste. Com base no quão irritantes alguns dos outros Autobots são, Optimus deveria estar muito chateado com a perda de um dos personagens menos desagradáveis.

Boba Fett – Star Wars Episódio VI: O Retorno de Jedi

Um guia para o Boba Fett na era Pós-Disney | Sociedade Jedi

Nunca houve um personagem com tanta presença e tanta insignificância quanto Boba Fett. Tecnicamente, ele apareceu pela primeira vez no Star Wars Holiday Special, mas fez sua estreia cinematográfica n’O Império Contra-Ataca. Ele era um mercenário misterioso, contratado pelo próprio Darth Vader pra capturar Han Solo e seus aliados.

Em seguida, o impossível aconteceu e Boba Fett teve êxito em sua missão. Ele reapareceu no início d’O Retorno do Jedi e morreu da forma mais pastelona possível. Han Solo cego esbarrou em Fett acidentalmente, enviando o caçador de recompensas pro mortal Sarlacc – e ninguém nunca mais tocou no assunto.

Você acha que Han ou Chewie comentariam “nossa, que sorte”! Nem isso. Por que George Lucas se incomodou em botá-lo no filme? Se as cenas de Boba Fett fossem cortadas d’O Retorno do Jedi, você nem iria nem perceber.

Johnny Cage – Mortal Kombat: Aniquilação

Johnny Cage the Movie Star Scene (1/10) Mortal Kombat (1995) - YouTube

Games não costumam fazer grandes filmes, mas a primeira adaptação do Mortal Kombat surpreendeu. Claro, não é uma obra-prima, mas é uma hora e meia de diversão. Ele capturou a essência do jogo e incluiu todos os personagens principais.

A sequência, por outro lado, foi só mais um filme de um game, o que equivale a dizer que foi terrível. Um dos seus maiores pecados é que Shao Kahn mata Johnny Cage na cena de abertura. Kage foi um dos três heróis principais do primeiro filme e o cara que derrotou Goro numa das cenas mais memoráveis.

Mas ele mal consegue passar dos créditos de abertura na sequência. Pior ainda, todo mundo se esquece dele rapidamente. Sonya grita seu nome e, em seguida, segue sua vida. Parece que os cineastas estão tentando mostrar que Shao Kahn é uma grande ameaça ao matar um personagem importante, mas o fato dele conquistar a Terra em minutos já seria o suficiente.

Ciclope – X-Men 3: O Confronto Fina

Scott Summers (Terra-10005) | Marvel Wiki | Fandom

Nos quadrinhos, Ciclope é um dos principais membros dos X-Men. Ele é um dos primeiros alunos do Professor X e geralmente é o líder da equipe. Nos filmes, Ciclope nunca teve holofotes, especialmente em X-Men 2, onde foi sequestrado e desapareceu por metade do filme.

Fãs esperaram um papel maior no terceiro filme, especialmente quando a ressurreição da Jean Grey como a Fênix Negra foi anunciada – e Ciclope desempenhou um importante papel nessa história nos quadrinhos.

Então, X-Men 3 saiu e Ciclope morreu no início do filme – e isso não teve nenhum impacto sobre o enredo, considerando o fato de que ninguém realmente deu a mínima. Aparentemente, um de seus amigos mais antigos e mais próximos desaparece e os X-Men ficam tipo “ele provavelmente está morto, oh puxa.”

Dr. King Schultz – Django Livre

Men actors Christoph Waltz Django Unchained Dr King Schultz wallpaper |  1920x1200 | 289945 | WallpaperUP

Ao contrário de outras entradas nesta lista, a morte do Dr. King Schultz é um grande momento em Django Livre. Ele e Django estavam quase libertando Broomhilda de Calvin Candie, um dono de escravos brutal. Infelizmente, eles são capturados tentando enganar Candie, que então tenta extorquir uma soma enorme de dinheiro de Schultz e Django.

O vilão quase venceu, mas abusou da sorte quando exigiu que Schulz apertasse sua mão pra selar o acordo. Insultado, Schultz atira em Candie e começa um dos tiroteios mais brutais do filme, durante o qual Schultz é imediatamente morto. Contudo, após a sua morte, Django parece mais completo do que antes.

Quando retornou à fazenda, Django facilmente eliminou todos os homens de Calvin Candie. O fato de que ele tinha um amigo a menos não interfere em nada. É como se Schultz estivesse lá apenas pra dar um sotaque alemão ao filme.

Duke – G. I. Joe: Retaliação

O que eu achei de G.I. Joe – Retaliação | Coxinha Nerd

Como Transformers, G.I. Joe foi uma série de desenhos animados e brinquedos de sucesso na década de 80. A Paramount tentou trazer a franquia pros cinemas com A Origem de Cobra e, apesar de não ter sido um fracasso, também não foi um grande sucesso.

A Paramount tentou uma sequência, G.I. Joe: Retaliação e praticamente cortou todo o elenco do primeiro filme. O único retorno foi Channing Tatum, reprisando seu papel como Duke, o personagem principal do primeiro filme.

E ele morreu nos primeiros 20 minutos da sequência. Ele realmente só aparece pra lembrarmos que existiu um anterior e pra informar que a sequência está cagando pra isso.

Após sua morte, o nome de Duke é mencionado talvez uma ou duas vezes. Ele é substituído por Roadblock – The Rock interpretando The Rock, como sempre. Ninguém amou o primeiro filme, então por que não fizeram algo totalmente novo? Até Velozes e Furiosos 3 teve mais respeito.

Gostou? Para mais posts como esse acesse aqui.

7 games fracassados inspirados em filmes

Todo gamer já teve um desentendimento com um temido “jogo de filme”. Eles geralmente são bugados e têm pouca semelhança com os filmes que se basearam – pra decepção dos seus jogadores ansiosos. Jogos baseados em filme são 8 ou 80… Frequentemente 8. E aqui estão alguns dos mais estranhos jogos de filmes populares.

Friday the 13th (1989, Nintendinho)

Friday the 13th 1989/NES/Atlus & LJN - Friday the 13th is a survival horror  video game. | by Retroconsole.xyz | Medium

Faz sentido começar com um jogo clássico que quase define o fracasso do gênero de jogos de filmes. O jogo do Sexta-Feira 13 – sabiamente visto como um dos piores já criados – é um estranho spin-off da franquia que redefiniu a máscara de hóquei.

Em 1989, Jason já havia aparecido em oito filmes, mas como o jogo utiliza uma temática geral de “terror no acampamento de verão”, ele poderia facilmente ser baseado em qualquer um. No jogo, você joga como um dos seis inspetores do acampamento lutando contra hordas de lobisomens e zumbis, algo tão distante da franquia que já fica vergonhoso.

A coisa toda desmorona quando você tem que lutar contra a cabeça de Medusa da mãe de Jason flutuando numa caverna e roubar seu moletom. É frustrantemente difícil, o vilão é intercambiável como qualquer assassino em série genérico e o jogo provocou pesadelos em crianças do mundo todo… Mas apenas por ser um dos piores jogos do Nintendinho.

E.T. the Extra-Terrestrial (1982, Atari)

E.T. The Extra-Terrestrial (1982) Atari 2600 box cover art - MobyGames

Talvez eu tenha mentido sobre Friday the 13th ser a definição dos jogos de filmes terríveis, porque E.T. foi tão ruim quanto ou até pior, ao ponto da Atari literalmente enterrar milhares de cartuchos no deserto apenas pra se livrar deles.

O jogo foi um fracasso colossal e especialistas da indústria muitas vezes apontam este evento como o começo da crise na indústria de games de 1983. Em vez de fazer o papel de Elliott tentando resgatar ou proteger ET, você joga com o próprio alienígena, rastejando lentamente em torno de uma floresta cheia de covas, agentes do FBI e cientistas.

Enquanto os cientistas vão sequestrar você, todos os caras do FBI querem sua carcaça. Eventualmente, você tropeça na sua nave e sai deste planeta esquecido por Deus. Todos nós assistimos E.T. e não vimos nenhum buraco na floresta durante o filme. Isso só estragaria o filme, como estragou o jogo.

Super Star Wars (1992, Super Nintendo)

Noobs Review 6 :- Super Star Wars (Super Nintendo 1993) – Vintage is the  New Old, Retro Games News, Retro Gaming, Retro Computing

Apesar de ser um jogo oficial da LucasArts, Super Star Wars acabou sendo uma estranha mistura de toda uma série de conceitos de Star Wars, todos violentamente amontoados num cartucho como o Luke sendo atropelado pelo wampa. Você começa o jogo como Luke enfrentando escorpiões e um estranho monstro Sarlacc.

Luke então encontra C-3PO encalhado no deserto e a dupla precisa resgatar R2-D2 dos Jawas, que não são uma raça de catadores de lixo, mas saqueadores violentos. Tudo parece uma realidade alternativa insana, especialmente a estranha luta entre Chewbacca e o que parece ser o Ed-209 do Robocop a bordo da Estrela da Morte.

Super Star Wars acabou por ser um jogo extremamente desafiador e totalmente infiel ao material de origem sem nenhuma razão aparente… Mas ainda é um pouco divertido de jogar. Foca no “um pouco”.

Home Alone (1991, Nintendinho / Super Nintendo / Mega Drive)

Home Alone 2 - Lost In New York Download Game | GameFabrique

Lançado um ano após Esqueceram de Mim, o jogo faz tanto sentido quanto o filme: nenhum. Pior, não é como se o jogo tivesse uma versão terrível pra videogames diferentes, porque cada sistema abraçou seu próprio nível de ridículo.

Na versão de Nintendinho, Kevin tem que correr pela casa por vinte minutos – nem um segundo a mais ou a menos -, evitando os bandidos molhados, num jogo de resistência desafiador. Na versão de Super Nintendo, Kevin tem que esconder sacos de dinheiro aleatórios da família e dezenas de animais de estimação num cofre de segurança, enquanto alguns bandidos vagam sem rumo ao redor da casa.

A coisa toda termina com uma luta contra um rato de tamanho humano. Finalmente, no jogo do Mega Drive, Kevin tem que defender um bairro inteiro, sendo que algumas das casas são habitadas por fantasmas e robôs assassinos. Eu não sei se qualquer pessoa envolvida a qualquer um desses jogos sequer assistiu ao filme.

Austin Powers: Welcome to My Metro Lair! (2000, Game Boy Color)

Index of /Video Games/Collection/Game Boy Color/Scans/Full Size

No ano de 2000, a Internet já hospedava inúmeros sites de filmes que expandiam a experiência cinematográfica. O site Space Jam – ainda online, não sei por quê – foi lançado em 1996, quando sites de filmes ainda eram um conceito futurista. Welcome to My Metro Lair! oferecia todo o conteúdo geralmente disponibilizado em sites de filmes, mas de forma paga.

É supostamente uma simulação de um computador da base do Dr. Evil, mas não fica claro se é o seu próprio computador ou mais um surto dos desenvolvedores de jogos.

O cartucho inclui um monte de minigames terríveis e – o melhor de tudo – uma calculadora, apenas no caso de você ter que fazer dever de casa de matemática e não têm acesso a uma das outras milhares de opções mais sensatas. É uma afronta que a Rockstar Games tenha cobrado algum centavo por isso, mas se você é fã do Austin Powers, talvez até mereça.

Jaws (1987, Nintendinho)

JAWS (NES) Review – Wizard Dojo

Tecnicamente, Jaws é baseado filme Tubarão IV: A Vingança – aquele onde a mulher começa a ter poderes psíquicos. Mesmo com quatro filmes pra se inspirar, Jaws consegue ser um Moby Dick dos infernos.

Como um jogo sobre destruir toda a vida marinha com bombas e lanças, associar este título aos filmes é como chamar uma banana de bumerangue. Você pode jogá-lo, mas provavelmente vai se esquecer que isso deveria ser um jogo de um filme.

Fight Club (2004, PlayStation 2 / Xbox)

Fight Club for PlayStation 2 (2004) Tech Info - MobyGames

Alerta de spoiler: o filme Clube da Luta não é sobre luta. Na melhor das hipóteses, a luta foi tangente à trama principal do thriller psicológico, mas como alguém que escreve um resumo de um livro só olhando pra capa, a VU Games fez um jogo bastante genérico sobre luta.

Enquanto eles tentaram inovar em algumas áreas, incluindo danos permanentes e cenas em slow-motion e raio-x, a coisa toda acabou sendo apenas uma dúzia de personagens genéricos trocando socos. É o equivalente a fazer um jogo de Tomates Verdes Fritos onde você literalmente tem que colher e fritar tomates verdes.

Gostou? Para mais posts como esse acesse aqui.

Os 7 jogos mais vergonhosos de todos os tempos

Jogadores têm bibliotecas impressionantes cheias de grandes sucessos, mas escondidos entre os bestsellers sempre tem alguns títulos embaraçosos. Nem todos podem ser sucessos de crítica como The Last of Us e inovadores como o Portal, né? Na verdade, alguns jogos são simplesmente divertidos, apesar de vergonhosos.

Skylanders

Review Skylanders: Trap Team | TechTudo

A série Skylanders é destinada a jogadores mais jovens que querem construir uma coleção de estatuetas coloridas que podem ser trazidas à vida no mundo virtual. Se você não for criança e possui este jogo, há chances de ser submetido a uma série de piadas e, provavelmente, perder o respeito dos seus colegas. Mas é inegável que preencher suas prateleiras com dragões, fadas e pássaros antropomórficos é mais saudável do que com uísque envelhecido.

Dead or Alive Xtreme 2

Dead or Alive: Xtreme 2 - Nudity Edition (Xbox360) [ S0844 ] - Bem vindo(a)  à nossa loja virtual

Você quer que seus amigos tirem sarro de você e chamem-no de pervertido pro resto da sua vida? Jogue Dead or Alive Xtreme 2! Neste jogo, você joga como as damas da série de luta Dead or Alive aparentemente de férias e fazendo uma pausa de todo o derramamento de sangue. Em vez de porradaria no ringue, as meninas jogam todos os tipos de esportes em biquínis sumários num resort de praia. Esta é a série que aperfeiçoou a “física dos seios”. Não sei por que não lançam um jogo pornô de uma vez por todas

Just Dance

F5 - Games - Campeonato de Just Dance acontece no primeiro final de semana  do Rock in Rio - 13/09/2017

Os jogos Just Dance são muito bons pra festas, mas se você já assistiu alguém jogando, sabe que também é perfeito pra fazer vídeos embaraçosos no YouTube. Mesmo se estiver se divertindo, há boas chances de que você esteja parecendo um bonecão do posto com um WiiMote tentando imitar os dançarinos talentosos na tela. Se você tiver mais de 18 anos, a única desculpa pra jogar um jogo como este é gostar de beber sozinho.

Hatoful Boyfriend

Review Hatoful Boyfriend | TechTudo

O que falar deste…? Sabe os jogos de simulação de romance? É isso. Só que com pássaros. Não estou inventando. É vergonhoso o suficiente jogar um simulador de romance, mas o nível de constrangimento fica ainda maior com as penas. Só de pensar nos trocadilhos que seus amigos vão inventar, já é incentivo o suficiente pra ficar longe disso.

Muscle March

Muscle March Details - LaunchBox Games Database

Em Muscle March pra Wii, você tem que recuperar seu achocolatado de proteína, que foi roubado por um ladrão com necessidades muito específicas. Você, como um fisiculturista, deve correr atrás desse ladrão e se encaixar através de buracos nas paredes enquanto exibe diferentes poses de musculação. Este jogo é povoado pela coleção mais estranha de homens, mulheres e até mesmo um urso polar norueguês, por isso é absolutamente insano vê-los correndo atrás do ladrão enquanto flexionam seus músculos e contorcem seus braços. Muscle March é tão cheio de músculos e óleos corporais, que os seus amigos vão despejar olhares de desaprovação pro resto da sua vida.

Lollipop Chainsaw

Lollipop Chainsaw - Game Movie - YouTube

Em Lollipop Chainsaw, a cheerleader adolescente Juliet Starling – dublada pela incrível Tara Strong – deve enfrentar hordas de mortos-vivos armada com uma motosserra. Por ser uma colaboração entre o famoso game designer da Suda51 e cineasta James Gunn, você pode apostar que Lollipop Chainsaw é cheio de estranheza e violência. Não é nenhuma surpresa que a sexualidade de Juliet desempenha um papel importante neste jogo, especialmente com a série de trajes alternativos “sensuais” e pelo troféu por deslocar a câmara pa debaixo da saia da protagonista. Boa sorte explicando este troféu pros seus amigos – ou pior, pros seus pais.

Onechanbara Z2: Chaos

Onechanbara Z2: Chaos - PlayStation 4 | Amazon.com.br

Onechanbara Z2: Chaos é um jogo hack-and-slash em que duas duplas de irmãs rivais matadoras de zumbis precisam colocar suas diferenças de lado pra livrar o mundo de… Bem, zumbis. Os gráficos e a jogabilidade não são exatamente bons, mas pelo menos você tem mulheres duronas que transbordam fetiches. E enquanto você derrama litros e litros de sangue de zumbi, certifique-se de que ninguém vê você controlar meninas em uniformes colegiais porque, ao contrário dos zumbis, as piadas nunca vão morrer.

Gostou? Para mais posts como esse acesse aqui.

7 games quase impossíveis no modo ‘hard’

Videogames podem ser bastante divertidos mas também existem aqueles que são extremamente desfiadores onde todas a probabilidades estão completamente contra nós. Jogar numa dificuldade elevada é uma experiência completamente diferente, testando os limites das nossas habilidades e da nossa sanidade. E aqui estão alguns exemplos de jogos quase impossíveis no modo hard.

The Last of Us – Grounded Mode

Games nearly impossible on hard mode

Se você já jogou The Last of Us, sabe o significado de tensão. Nada ativa tanta adrenalina quanto rastejar por um prédio abandonado e ouvir Clickers à espreita. Graças à sua capacidade de sobrevivência afinada, você pode ouvir as ameaças se aproximando. Então, e se eu lhe contar que o Grounded Mode é mais difícil porque tira sua capacidade de ouvir?

E em cima dessa notícia horrível, você também toma mais dano de ataques inimigos e sua interface de usuário fica simplificada, o que significa que você não pode ver sua saúde diminuindo e quanta munição ainda tem, além de não encontrar muitos suprimentos pelas ruas. Se você for super-paciente e puder se esgueirar ao redor enquanto memoriza cada caminho que leva aos inimigos, terá uma mínima chance de zerar esse pesadelo.

Doom (2016) – Ultra-Nightmare Mode

DOOM Single-Player 4K Screenshots + Ultra Nightmare Settings

Falando em pesadelos, sabia que Doom 2016 tem um modo Ultra-Nightmare? Mesmo que alguns “speedrunners” e jogadores dedicados tenham descoberto como conquistar este modo sem morrer, não espere moleza. Na verdade, você provavelmente precisa estudar cada movimento desses jogadores, porque o Ultra-Nightmare é um exercício de punição virtual que faz você recomeçar tudo desde o início sempre que morrer.

Isso significa que você pode jogar cinco horas, tomar cuidado e ser esperto e ainda acabar de volta no início por causa de um único passo em falso. “Permadeath” nunca foi tão dolorosa. Nesses momentos, acho completamente aceitável arremessar o seu controle contra a tevê e rolar no chão soluçando.

Catherine – Hard Mode

Catherine - Hard Mode #15 (Thomas Mutton) - YouTube

Catherine é um jogo japonês estilo anime sobre… Empilhar caixas? Certo. Na pele do perturbado Vincent, você é preso em pesadelos tentando escalar uma torre, empurrando e puxando caixas até chegar ao topo antes de todos os blocos caírem. Parece fácil, certo?

Não no Hard Mode, onde tudo é quase impossível sem uma tonelada de sorte e prática. Não só os blocos caem mais rápido, mas você perde a capacidade de “desfazer” a sua última jogada. A propósito, o jogo já era difícil no modo normal, tornando qualquer coisa acima dele dispensável.

Fire Emblem Awakening – Lunatic+ Mode

Fire Emblem: Awakening - Lunatic+: How easy it is to die - YouTube

Apenas no caso de você precisar de um motivo pra arrancar tufos do seu cabelo, o fantástico RPG tático Fire Emblem Awakening tem um modo Lunatic+. Este modo é tão extremo que requer que você zere o modo Lunatic normal primeiro, dando-lhe um gosto dos horrores que aguardam na dificuldade mais elevada, em que os inimigos ganham duas habilidades de elite aleatórias.

Essas habilidades dão uma vantagem desleal contra você, como ataques críticos que nunca erram. É possível vencer esta dificuldade, mas aposto que você vai ter uma careca mais visível a cada capítulo da história.

Mass Effect 2 – Insanity Mode

mass-effect-2-2-3208401

Mass Effect 2 é um dos mais notáveis ​​jogos sci-fi já feitos, com personagens memoráveis ​​e jogabilidade que mistura conceitos de RPG com tiro em terceira pessoa. O resultado desta combinação deu-nos divertidas habilidades bióticas – basicamente “magia espacial” – com tiroteios dinâmicos e gratificantes.

No modo Insanity, no entanto, você vai realmente precisar investir algum tempo em descobrir como a sua arma funciona, qual “upgrade” pegar e o “timing” certo das habilidades. Você também vai precisar redobrar a atenção nas estatísticas do seu esquadrão, porque alguns personagens e suas habilidades podem ser mais úteis em certos tipos de lutas. No Insanity Mode, salvar a galáxia custa mais de tempo do que o esperado.

Furi – Furier Mode

Furi - The Chain (Furier mode) - YouTube

Furi é um hack-and-slasher com elementos de shoot’em up / bullet hell. Você pode dar cambalhotas, fatiar com sua espada e disparar com sua pistola. A ação do jogo ocorre durante batalhas que testam sua reação e sua capacidade de memorizar padrões de ataques dos chefes.

No Furier Mode, no entanto, os padrões são alterados e os chefes se tornam mais rápidos e mais punitivos ao ficarem mais resistentes e ganharem ataques adicionais que podem pegar você desprevenido. E não posso esquecer de mencionar quando a tela fica preenchida de projéteis e ondas de ataques que se espalham pra cada canto e cada ponto onde você mal consegue enxergar. Uma esquiva mal cronometrada e sua vida irá desaparecer em pedaços.

Ninja Gaiden 2 – Master Ninja Mode

Ninja Gaiden 2: Mission Mode 12 - Master Ninja - YouTube

Se você estiver à altura da tarefa, pode provar suas habilidades shinobi no Path of the Master Ninja em Ninja Gaiden 2. E, acredite ou não, outros seres humanos foram capazes de zerar esta ridicularidade sem o uso de quaisquer bugs ou macetes. É preciso “farming” e técnicas como tirar proveito dos ataques que concedem invencibilidade durante suas animações.

Melhorar suas armas e comprar itens de cura também ajuda contra os inimigos que são mais rápidos, mais forte e disparam mais projéteis do que nunca. Se você tem tempo e dedicação pra alcançar o nível máximo das suas habilidades, estará dentro de um seleto grupo de viciados e masoquistas. Mas, sendo mais realista, você provavelmente vai acabar quebrando o seu controle em frustração.

Para mais posts como esse acesse aqui.

Quais são os jogos mais difíceis do mundo

Ghosts’n Goblins. Lançado em 1985, Ghosts’n Goblins surgiu ainda na época dos 8-bits, quando o NES reinava supremo. …
Ninja Gaiden. Para apimentar ainda mais essa nossa lista com os jogos mais difíceis do mundo, trouxemos o game Ninja Gaiden. …
Contra. …
Castlevania. …
Mega Man 9. …
Spelunky.

Quais os jogos mais difíceis da atualidade?

Ninja Gaiden II. Desenvolvida pela Tecmo, a franquia Ninja Gaiden já é considerada uma das mais difíceis pelos gamers que curtem dificuldades elevadas. …
Dark Souls. …
FTL – Faster Than Light. …
Megaman 9. …
Devil May Cry. …
Super Meat Boy. …
Ghosts’n Goblins. …
Battletoads.

Qual é o melhor jogo da série Souls?

Dark Souls – O primogênito.
Dark Souls Remastered – Mesma experiência com maior desempenho.
Dark Souls II – Um épico para Xbox 360 e PS3.
Dark Souls III – Fechando com chave de ouro.

Recomendação: Os 10 melhores animes ecchi

Veja aqui a seleção de 10 Animes ecchi, para você assistir. Essa Seleção  não está em ordem de melhores.


Highschool DxD

Highschool DxD — BearPunch Studios

Sinopse: O protagonista da história é o estudante burro e tarado, Hyoudou Issei, que conseguiu finalmente arranjar sua primeira namorada. Mas, sua felicidade dura pouco, pois logo no primeiro dia de encontro é assassinado por ela. A sorte dele é que foi revivido a tempo pela garota mais bonita do colégio, Rias Gremory, só que Issei não foi simplesmente ressuscitado, foi na verdade reencarnado como o demônio de Rias e agora passará a ser seu subordinado.

Autor: Ishibumi Ichiei;
Direção: Tetsuya Yanagisawa;
Gênero: Ação, Comédia, Fantasia, Romance, Harém, Novel, Ecchi.


To Love Ru

To Love-Ru – Wikipédia, a enciclopédia livre

Sinopse: A história de To Love-ru gira em torno de Rito Yuuki, um estudante do colégio que não pode (ou não consegue) se confessar para a garota de seus sonhos, Haruna Sairenji. Um dia, quando volta a casa e vai até a banheira, uma misteriosa garota nua aparece do nada.

O nome dela é Lala Satalin e ela vem do planeta Deviluke, onde é a herdeira do trono. Seu pai quer que ela volte para sua casa, para que possa casar com um de seus candidatos a marido. Mas ela acaba por decidir que quer se casar com Rito e ficar na Terra. Com isso, o Comandante Zastin foi ordenado para trazer Lala de volta. Ele relata ao imperador que Rito poderia se casar com Lala, mas terráqueo diz que o casamento é impossível, a menos que seja com a pessoa de quem você gosta.

Lala verdadeiramente se apaixona por Rito e diz que quer se casar com ele após ouvir o que disse.

Seu pai decide que, se Rito for capaz de proteger Lala, então ele poderá se casar com ela, mas se não puder protegê-la de seus outros pretendentes e não cumprir com as expectativas do rei, ele irá matar Rito e destruir a Terra. No entanto, Lala convence seu pai a não destruir a Terra, decidindo a morar lá com Rito.

Autor: Hasemi Saki(Enredo), Kentauro Yabuki(Arte);
Diretor: Takao Kato;
Gênero: Ecchi, Comédia, Ficção, Cientifica, Romance, Hárem.


Kanokon

Kanokon - Wikipedia

Sinopse: A história gira em torno de Kouta Oyamada, um estudante do primeiro ano que acabou de se mudar para cidade, e Chizuru Minamoto. Chizuru é um espirito de raposa que se apaixonou por Kouta que não consegue demostrar isso, nem em público, o que o deixa o envergonhado e enlouquece a representante de classe de Kouta.

Mas não é apenas Chizuru que disputa a atenção de Kouta:. Nozomu, uma garota do primeiro ano e que, é um espirito de loba, está apaixonada por ele.

Autor: Katsumi Nishino;
Gênero: Ecchi, Romance, Ficção, Comédia, Vida Escolar, Novel, Seinen.


Zero no Tsukaima

Zero no Tsukaima episódio 2 legendado - Um animal de estimação plebeu -  YouTube

Sinopse: Higara Saito, um estudante de uma escola normal é sugado para outro mundo por Louise, uma menina de cabelos rosa. Nesse momento, Louise encosta seus lábios nos dele e então misteriosas letras aparecem nas costas da mão do garoto. Aí começa a aventura! Louise é uma garota muito legal, mas seus colegas de classe zombam dela porque a menina não tem muito sucesso com suas magias…

Autor: Noboru Yamaguchi;
Diretor: Yoshiaki Iwasaki;
Gênero: Aventura, Fantasia, Ecchi, Comédia romântica.


Kiss x Sis

Kiss x Sis Online - Assistir todos os episódios completo

Sinopse: KissxSis conta a história de Keita Suminoe, um jovem estudante do ensino fundamental. Ele está vivendo em uma casa com seus pais e suas meio-irmãs gêmeas, Ako e Riko, que o beijam e o assediam sempre competindo para ver quem mostra mais amor por ele.

Embora se considerem irmãos eles não compartilham relação sanguínea; seus pais se casaram enquanto eles estavam na infância.

Ainda assim, a relação incomoda Keita profundamente, já que seus pais permitem essa relação, e visto que foram criados juntos, e escandaliza à grande parte dos que vêm a saber desta. As gêmeas, contudo, são insistentes, e fazem o possível e o impossível para ficar com ele.

Nessa conjuntura, entram outros personagens que possuem esse mesmo interesse, e a trama se desenrola em cima da disputa por Keita.

Autor: Bow Ditama;
Direção: Muneori Nawa;
Gênero: Comédia Romântica , Ecchi , Harém‎ , Seinen , Vida Escolar.


Shinmai Maou No Testament

Shinmai Maou no Testament Departures | Shinmai Maou no Keiyakusha Wiki |  Fandom

Sinopse: A história é centrada em Basara Toujou, um estudante do primeiro ano do ensino médio, que é perturbado por uma questão levantada pelo seu pai excêntrico, “Ei, você não costumava dizer que queria uma irmãzinha?”.

Além disso, seu pai anuncia que está se casando novamente e lhe apresenta às suas lindas meio-irmãs, mas em seguida, embarca em uma viagem para o exterior. Entretando, suas meio-irmãs,Mio e Maria não são humanas normais, em suas verdadeiras formas são o novo Lorde Demônio e uma Sucubus! Basara quase foi preso em um contrato de senhor e servo com Mio, mas o contrato formado ficou “invertido” por engano e Basara agora é o mestre delas.

Para completar, Mio é alvo de outros demônios e heróis e situações eróticas começam a acontecer frequêntemente na vida de Basara. E assim o conto de “Desejo / Ação” do contrato mais forte, começa.

Autor: Tetsuto Uesu;
Direção: Hisashi Saitou;
Gênero: Ação , Ecchi , Fantasia , Harém‎ , Romance.


Highschool of the dead

Highschool Of The Dead 4k Ultra Papel de Parede HD | Plano de Fundo |  3840x2400 | ID:222360 - Wallpaper Abyss

Sinopse: Numa manhã comum tudo acontecia normal como em qualquer outro dia. Do telhado, Komuro Takashi, observa um estranho acontecimento nos portões do colégio, um homem suspeito está causando confusão. Um dos professores acaba sendo mordido pelo homem suspeito e em meio a gritos de desespero dos outros professores ele se levanta, mas agora ele é um zumbi.

Enquanto isso, Takashi corre de volta para dentro do colégio e junto com sua amiga Rei e Hisashi eles decidem fugir do colégio. Mas agora já é tarde demais… Agora o colégio já está infestado de professores e outros colegiais zumbis. Assim começa a história de sobrevivência desses simples colegiais.


Ladies vs Butlers

Ladies vs butlers final. 🌈 Ladies versus Butlers!. 2020-02-11

Sinopse: Hino Akiharu é um estudante com aparência de delinquente que deseja se tornar mordomo.

Um dia, ele se matricula num colégio feminino de classe alta, pois descobriu que abriram vagas para o curso de servente, especializado em treinar mordomos e maids. Akiharu consegue passar no exame, mas no colégio acaba reencontrando sua cruel amiga de infância com personalidade falsa.

Além disso, ainda no curso acaba por formar equipe com uma maid atrapalhada. Será que Akiharu vai conseguir virar mordomo assim?

Girls Bravo

Girls Bravo (Manga) - TV Tropes

Sinopse: Sasaki Yukinari é um rapaz que tem uma grave alergia a mulheres. Por isso desenvolve uma irritante urticária quando entra em contato com uma. Certa vez, o rapaz cai em sua banheira devido a uma pancada de sua amiga, Kojima Kirie.

Assim, por uma razão desconhecida e mágica abre-se um portal dimensional e o jovem para em um outro mundo — Seiren. Lá ele encontra uma jovem e bela garota chamada Miharu. Para o azar do rapaz, o Mundo onde estava é constituido por 90% de mulheres. Todas carentes e loucas para casar.


Seirei Tsukai no Blade Dance

Seirei Tsukai no Blade Dance (A Fan Made Theme Song) [1] - YouTube

Sinopse: Apenas uma donzela pura tem o privilégio de formar contrato com um espírito, e aqui, na Academia Areishia Spirit, garotas de famílias nobres se reúnem e recebem uma educação de elite com o intuito de se tornarem contratantes deles.

Mesmo sendo algo exclusivo do sexo feminino, certo garoto, chamado Kamito, termina por formar contrato com um espírito poderoso, após espiar por acidente uma garota de nome Clair tomando banho e salva-la do ataque desse ser.

Clair tinha a intenção de derrotar tal espírito e doma-lo por motivos pessoais; porém, agora que perdeu essa chance, ela obriga Kamito a tomar lugar dele e se tornar seu próprio espírito. A partir disso é mostrada a rotina não tão invejável de Kamito em uma escola só para garotas ao mesmo tempo em que tenta lidar com um problema do passado, isso enquanto é explicada a razão de Clair querer se tornar mais forte a todo custo.


Gostou? Achou algum erro? Sugestões para próxima lista? Comente abaixo estamos sempre lendo e respondendo comentários!!!

Para mais posts como esse acesse aqui.

O que são animes ecchi?

É um termo em japonês que se refere a relações sexuais ou amostra de muita sexualidade. É geralmente usado para referenciar animes, jogos ou mangás que tem a sexualidade como principal tema.