Resenha | Vagabond: volume 1

Mangá : Vagabond
Volume 1
Autor :Takehiko Inoue

 

 

 

 

Vagabond uma das mais aclamadas obras orientais de todos os tempos, do ilustre Takehiko Inoue. Baseado no espadachim e ronin, e por vezes até identificado como samurai Myamoto Musashi criador do estilo de luta com duas espadas e escritor do livro de artes marciais (Os cinco anéis ) .Conta a história do jovem Takezo um temido Ronin, que sai da sua vida pacata em sua vila para buscar um futuro melhor, para vencer na vida como soldado na Batalha de Sekigahara.

A história começa com o Takezo caído no chão, onde foi o palco da guerra, ele olha ao seu redor e vê que perdeu a mesma.
Ele se levanta e encontra seu amigo de vila, e de guerra Matahachi, jogado ao chão e abatido se rastejando para fugir, onde ele o resgata e foge com ele, em meio disso você vai vendo a dor que Matahachi está sofrendo, tanto física quanto emocionalmente, e em sua fuga eles são atacados por adversários inesperados.

A trama vai desenvolvendo os personagens de modo que você vai se familiarizando com eles, as cenas de luta, cada detalhe, e profundidade tanto aos ataques quanto a expressão dos personagens é lindo de se ver, sem pudor aos ataques violentos, tudo é explicito e mostrado claramente a você, as expressões, e tudo o que está acontecendo você consegue entender perfeitamente.

                                       

Em meio a sua fuga eles deparam com duas mulheres (Okoo e Akemi), que são saqueadoras de guerra, onde aproveitam dos mortos e roubam suas armas e armaduras para sobreviver, onde elas o amparam, e cuidam de Matahachi, onde o mesmo diz de onde vieram, que vieram da vila Miyamoto, e que era noivo de Otsu.

A História e os personagens vão se desenvolvendo, em meio de vários acontecimentos, e nisso Matahachi se envolve com Okoo, e no meio de uma batalha visceral onde Takezo Elimina dezenas de saqueadores(inimigos), Takezo e Matahachi se separam, Matahachi foge com Okoo e Takezo volta para a Vila Miyamoto.

Ao chegar na vila ele vê que está sendo procurado na mesma, tanto por soldados quanto pelos moradores da vila, a perseguição ao Takezo começa, e em meio disso tudo duas personagens são apresentadas, Obaba que é a mãe de Matahachi que acredita que Takezo o traiu por isso faz de tudo para ele ser punido por isso, e Otsu que era a Noiva de Matahachi. Toda a trama envolvida entre esses mesmos personagens vai se desenvolvendo, e o final do primeiro volume do manga é tão emocionante como todo ele, ele termina de uma forma sensacional com Takezo impondo medo e respeito, que faz você querer ler o próximo volume imediatamente.

Com certeza esse é um mangá que eu vou fazer de tudo para acompanhar até o final, indico a todos, simplesmente fenomenal.
Essa edição que está saindo atualmente pela Panini é muito boa vale cada centavo, com páginas colorias, contra capa original, tudo respeitando a publicação original.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20