Johnny Weissmuller, nosso imortal Tarzan, foi realmente a lenda que marcou a infância de muita gente nascida após 1934. O inesquecível grito do homem macaco, foi repetido por muitos garotos, os quais faziam questão de segurar em uma corda, e tentar atravessar de um lado para outro em árvores.

Johnny Weissmuller – Melhores filmes

O astro fez uma diversidade de filmes, só encerrando a carreira quando finalmente, não havia mais resistência ou aparência física, que pudesse manter seu papel. No entanto, ficou imortalizado na memória de muitas pessoas, as quais assistiram Tarzan, Jane e Cheeta, com suas aventuras na selva.

Quem foi Johnny Weissmuller

Johnny Weissmuller, ou János Weibmuller, nasceu em 2 de junho de 1904, em Freidorf, Austria-Hungria (hoje Timisoara, Romênia). O mesmo, foi um atleta e ator norte-americano, famoso por interpretar Tarzan, o personagem de ficção criado pelo escritor estadunidense, Edgar Rice Burroughs.

Era filho de uma família de etnia alemã. Sua família, emigrou para os Estados Unidos ,quando Johnny tinha apenas sete meses de idade.

Antes de entrar para o cinema, Weissmuller teve uma carreira, excepcional como esportista. Ele conquistou cinco medalhas de ouro, nos Jogos Olímpicos de 1924 e 1928. Estabeleceu 67 recordes mundiais de natação, e ganhou 52 campeonatos nacionais, sendo considerado, um dos melhores nadadores de todos os tempos.

Nosso Tarzan

Em 1934 imortalizou no cinema, com a famosa personagem Tarzan. O cinema transformou Tarzan, já conhecido através dos romances de Edgar Rice Burroughs, em mito universal. Weissmuller fez doze filmes como o homem macaco, celebrizando o famoso e estilizado, grito da personagem.

Depois de Tarzan, ele interpretou com sucesso a personagem Jim das Selvas, na série do mesmo nome, feita para a Columbia entre 1948 e 1955. Foram dezesseis filmes ao todo, com duração média, de setenta minutos cada. Em 1955, a série transferiu-se para a TV, tendo sido feitos, vinte e seis episódios de meia hora cada.

Já envelhecido e obeso, Weissmuller tentava dar vida, a uma personagem atlética e aventureira, calcada na legendária figura de Tarzan. Esse final melancólico marcou sua despedida das câmaras, tendo retornado apenas em pequenos papéis. Isso ocorreu em dois filmes, na década de 1970.

No final dos anos 1950, Weissmuller mudou-se para Chicago, onde fundou uma empresa de piscinas. Seguiram-se outros empreendimentos, a maioria envolvendo Tarzan ou a natação de uma forma ou de outra, mas sem grandes resultados.

Fim de carreira e morte

Aposentou-se em 1965. Em 1966, juntou-se aos ex-Tarzans Jock Mahoney e James Pierce para a campanha publicitária, do lançamento da série de TV Tarzan, estrelada por Ron Ely. Em 1967 sua imagem foi imortalizada, exposta na capa do LP Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band, dos Beatles.

Morreu vítima de um edema pulmonar em Acapulco, no México, onde vivia com a sexta esposa, havia sete anos para se recuperar de uma trombose. Encontra-se sepultado no Panteão Vale da Luz, Acapulco no México.

Johnny Weissmuller – Melhores filmes

Confira abaixo, alguns dos grandes sucessos de Tarzan, e é claro, apesar da sonorização e filmagens serem ainda antigas, percebe-se como esse filme é divertido.

Tarzan, o Homem Macaco (1932) -Johnny Weissmuller

Curiosamente, foi nesse filme, que o grito de Tarzan surgiu pela primeira vez, criado por Douglas Shearer, que utilizou efeitos especiais, incluindo um iodelei austríaco invertido, em velocidade acelerada. Weissmuller sempre declarou que ele havia criado a marca registrada em uma competição de iodelei que vencera quando era um garoto.

Sinopse do filme com Johnny Weissmuller :

James Parker e Harry Holt estão em uma expedição na África em busca dos grandes cemitérios de elefantes para conseguir marfim suficiente para torná-los ricos. A bela e jovem filha de Parker, Jane, chega inesperadamente para se juntar a eles.

Harry fica atraído por ela e faz o que pode para ajudar a protegê-la de todos os perigos que eles experimentam na selva, mas não consegue impedir que Jane seja raptada pelo misterioso guardião da selva, Tarzan (Johnny Weissmuller), e seus amigos macacos.

Curiosidades:

  • Tarzan the Ape Man foi o primeiro filme de Tarzan estrelando Weissmuller e O’Sullivan, e também a primeira aparição de Cheeta, o chimpanzé, interpretada por Jiggs. A personagem Cheeta foi criada para o filme, e não fazia parte do romance original de Burroughs.
  • O filme de 1932 foi o primeiro de uma longa série de filmes de Tarzan, estrelando inicialmente Weissmuller e posteriormente outros atores.
  •  Mais tarde, imitava o famoso grito tão bem que as pessoas assumiam que era ele que fazia o grito nos filmes.

Ficha técnica

Título: Tarzan, o Filho das Selvas/Tarzan, o Homem Macaco
Título Original: Tarzan the Ape Man
Ano: 1932
Direção: W.S. Van Dyke
Roteiro: Edgar Rice Burroughs, Cyril Hume, Ivor Novello
Gênero: Ação/Aventura/Romance
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme : Tarzan, o homem macaco

Johnny Weissmuller

Tarzan

Neil Hamilton

Harry Holt

Maureen O’Sullivan

Jane Parker

C. Aubrey Smith

James Parker

Doris Lloyd

Sra. Cutten

Forrester Harvey

Beamish

Ivory Williams

Riano

Por qual motivo devo assistir o filme: Tarzan, o homem macaco

O autor possivelmente pensou em como seria, caso um ser humano fosse adotado por macacos… é super interessante, vale a pena assistir.

Tarzan e Sua Companheira (1934)-Johnny Weissmuller

Em 2003, esse filme foi escolhido para preservação pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos da América.

Sinopse do filme com Johnny Weissmuller :

Na primeira sequencia de Tarzan, o Homem Macaco, Harry Holt retorna para a África para liderar uma grande expedição de marfim. Desta vez, ele traz seu amigo mulherengo Marlin Arlington. Holt também pretende convencer Jane a voltar para Londres.

Quando Holt e Arlington mostram para Jane algumas das roupas modernas e perfumes que trouxeram da civilização, ela fica impressionada, mas não o suficiente para voltar. Tarzan fica preocupado com Jane, mas quando ele se nega a levar os exploradores ao cemitério dos elefantes, ele é quem leva uma bala da arma de Arlington.

Curiosidades:

  • McKay. Produção da MGM baseada no personagem e nas histórias criadas pelo escritor Edgar Rice Burroughs, é o segundo filme estrelado pelo ator Johnny Weissmuller.
  • Em 2003 o filme foi escolhido para preservação pela Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos da América.
  • Há uma cena em que Jane pula nua na água, que fora cortada no lançamento mas que foi restaurada em 1986 pela Turner Entertainment para exibição em vídeo. Não foi Maureen O’Sullivan que aparece na cena mas a dublê Josephine McKim, nadadora que competiu nas Olimpíadas de 1928 juntamente com Johnny Weissmuller.
  • O primeiro rinoceronte que luta com Tarzan é Mary, que veio do Zoológico de Tierpark Hagenbeck na Alemanha. Weismuller fez a cena ele mesmo.

Ficha técnica

Título: Tarzan e Sua Companheira
Título Original: Tarzan and His Mate
Ano: 1934
Direção: Cedric Gibbons, Jack Conway, James C. McKay
Roteiro: Bud Barsky, Edgar Rice Burroughs, Leon Gordon, Howard Emmett Rogers, James Kevin McGuinness
Gênero: Ação/Aventura
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme com  Johnny Weissmuller :

Johnny Weissmuller

Tarzan

Maureen O’Sullivan

Jane Parker

Neil Hamilton

Harry Holt

Paul Cavanagh

Martin Arlington

Nathan Curry

Saidi

Forrester Harvey

Beamish

Por qual motivo devo assistir o filme:Tarzan e Sua Companheira

Nesse filme, você irá conhecer Jane, a fiel companheira de Tarzan, em aventuras incríveis, assista!

A Fuga de Tarzan (1936)-Johnny Weissmuller

Esse foi o último filme de John Buckler, que interpretou o Capitão Fry. Ele morreu em um acidente de carro com seu pai, Hugh Buckler (também ator), em 30 de outubro de 1936, uma semana após a realização do filme

Sinopse do filme com Johnny Weissmuller :

Dois primos de Jane, chegam à África para tentar convencê-la a retornar com eles. Junto a eles está um caçador, o Capitão Fry (John Buckler). Jane convence Tarzan a deixá-la partir por algum tempo, mas o Capitão Fry, secretamente, tem planos de capturá-lo e levá-lo à exibição pública.

Curiosidades:

  • Foi o terceiro filme da série realizada pela MGM, com Johnny Weissmuller no papel do “Rei dos Macacos”.
  • Uma cena, que levou uma semana para ser feita, apresentando uma luta entre Tarzan e morcegos vampiros, foi cortada após um teste de audiência, por ter sido considerada muito intensa. O primeiro director, James C. McKay, filmou muitas dessas cenas consideradas, na época, “repulsivas”, mas quando foi substituído por John Farrow, em 1936, grande parte das cenas foi refeita. Richard Thorpe, finalmente, recebeu os créditos finais como diretor do filme.

Ficha técnica

Título: A Fuga de Tarzan
Título Original: Tarzan Escapes
Ano: 1936
Direção: Richard Thorpe
Roteiro: Cyril Hume, Edgar Rice Burroughs, Jack Cummings
Gênero: Ação/Aventura
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme

Johnny Weissmuller

Tarzan

Maureen O’Sullivan

Jane

John Buckler

Capitão Fry

Benita Hume

Rita

William Henry

Eric

Herbert Mundin

Rawlins

E.E. Clive

Masters

Darby Jones

Bomba

Por qual motivo devo assistir o filme: A fuga de Tarzan

Não era por ser forte e estrategista que Tarzan também não passasse seus aperto! E como passava! Quer conferir assistindo o filme?

O Filho de Tarzan (1939)-Johnny Weissmuller

Tarzan e Jane tiveram que “adotar” um filho, pois o código da época não permitiu que eles tivessem uma criança natural (como o personagem Korak, nos livros de Burroughs), uma vez que não eram “legalmente” casados.

Sinopse do filme com Johnny Weissmuller : O filho de Tarzan

Um avião que ia para a Cidade do Cabo levando uma família de aristocratas ingleses, cai na selva. O único sobrevivente da queda é um bebê, que é salvo dos predadores por Cheetah e outros chimpanzés.

Cheeta leva o bebê para Tarzan e Jane, que logo descobrem o que aconteceu com seus pais. O casal adota o bebê, com Tarzan dando-lhe o nome de “Boy” (menino). Cinco anos depois, os parentes da criança vão à selva para investigar a queda do avião. Só com as provas das mortes do casal os parentes conseguirão receber a fortuna deixada, bloqueada nos bancos por 20 anos

Curiosidades:

  • Originalmente, o filme foi chamado Tarzan in Exile. Como se tratava de uma história onde o casal das selvas adotava uma criança, o nome foi trocado para “Tarzan Finds a Son”.
  • Esse era para ser o último filme de Maureen O’Sullivan como Jane, havendo a previsão de cena da morte da personagem. O’Sullivan estava doente e cansada de seu papel. A reação prévia da cena de morte, porém, foi bastante negativa, e no último momento houve a mudança e Jane sobrevive a um ferimento de lança.
  • No filme, Boy é o herdeiro da fortuna dos Greystoke. No livro de Burroughs, Tarzan é que era o Lord Greystoke.
  • Foi o quarto filme da série Tarzan da MGM com o ator Johnny Weissmuller. As cenas subaquáticas foram realizadas na Flórida.

Ficha técnica

Título: O Filho de Tarzan
Título Original: Tarzan Finds A Son
Ano: 1939
Direção: Richard Thorpe
Roteiro: Edgar Rice Burroughs, Cyril Hume
Gênero: Aventura/Ação/Família
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme com  Johnny Weissmuller :

Johnny Weissmuller

Tarzan

Johnny Sheffield

Boy

Maureen O’Sullivan

Jane

Ian Hunter

Mr. Lancing

Henry Stephenson

Sir Thomas Lancing

Frieda Inescort

Mrs. Lancing

Henry Wilcoxon

Mr. Sande

Laraine Day

Mrs. Richard Lancing

Morton Lowry

Mr. Richard Lancing

Por qual motivo devo assistir o filme: O filho de Tarzan

Para a família ficar completa, nada melhor que a chegada do filho de Tarzan, embora com tantos problemas envolvidos, é  uma emoção que você precisa assistir.

Tarzan Contra o Mundo (1942)-Johnny Weissmuller

Para o Hollywood Reporter, o filme é o “o mais adulto da série de Tarzan”. Para Leonard Maltin, “um lançamento divertido. O primeiro encontro de Tarzan com encanamentos é memorável”.

Sinopse do filme com Johnny Weissmuller :

O filho de Tarzan, é raptado por Buck Rand, que o deseja para seu circo em Nova Iorque. Tarzan e Jane (e Chita!) seguem para lá, na tentativa de libertá-lo.

Durante um julgamento sobre a custódia do menino, Tarzan torna-se violento e é preso. Ele escapa e foge da polícia saltando da Ponte do Brooklyn no East River e sai em busca do circo aonde está seu filho.

Curiosidades:

  • Este é o último filme de Tarzan produzido pela MGM. O título original, Tarzan Against the World, foi substituído às vésperas da estreia pelo produtor Frederick Stephani.
  • Stephani também teve de acalmar Maureen O’Sullivan que, desde Tarzan Escapes, sentia-se tão marcada pelo papel de Jane que temia pelos danos que isso traria para sua carreira. Então, ele lhe deu o ambiente sofisticado de uma metrópole – Nova Iorque — e um guarda-roupas da moda.
  • Sem novos direitos sobre quaisquer obras de Edgar Rice Burroughs, a MGM encerrou sua associação com o herói. Ademais, a Segunda Guerra trouxe uma enorme retração do mercado externo, responsável pela metade dos lucros de Tarzan.
  • A despeito disso, a MGM tentou segurar Weissmuller, mas sem sucesso. Sol Lesser estava à espreita desde 1938 e levou-o para a RKO, onde teria início um novo ciclo das aventuras do Homem Macaco.
  • Para o Hollywood Reporter, o filme é o “o mais adulto da série de Tarzan”. Para Leonard Maltin, “um lançamento divertido. O primeiro encontro de Tarzan com encanamentos é memorável”.
  • Este foi o primeiro filme liberado para ser exibido aos militares que estavam no exterior. Uma cópia de 16mm foi enviada à Islândia e exibida no dia 10 de maio de 1942.

Ficha técnica

Título: Tarzan Contra o Mundo
Título Original: Tarzan’s New York Adventure
Ano: 1942
Direção: Richard Thorpe
Roteiro: Myles Connolly, William R. Lipman, Myles Connolly, Edgar Rice Burroughs, Gordon Kahn
Gênero: Ação/Aventura
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme

Johnny Weissmuller

Tarzan

Maureen O’Sullivan

Jane

Johnny Sheffield

Boy

Virginia Grey

Connie Beach

Charles Bickford

Buck Rand

Paul Kelly

Jimmie Shields

Chill Wills

Manchester Montford

Cy Kendall

Coronel Ralph Sergeant

Russell Hicks

Judge Abbotson

Howard C. Hickman

Blake Norton

Charles Lane

Gould Beaton

Miles Mander

Por qual motivo devo assistir o filme: Tarzan contra o mundo

Esse filme mostra, como é possível até mesmo um herói, ter seus momentos de angústia e descontentamento. No entanto, herói que se prese, nunca permanece muito tempo preso ao sofrimento, mas, triunfa lindamente! Assista o filme e veja!

Tarzan, O Vingador (1943)-Johnny Weissmuller

Segundo a Variety, este primeiro filme de Tarzan na RKO, “não é melhor que os dois ou três primeiros da MGM, mas é superior aos últimos da série… uma ilustração gráfica do que uma produção cuidadosa pode fazer com poucos recursos.”

Sinopse do filme com Johnny Weissmuller :

Zandra, a princesa da cidade perdida de Pallandria, pede a ajuda de Tarzan. Seu reino foi invadido pelos nazistas, que desejam escravizar seu povo e apoderar-se de suas reservas de estanho e petróleo. A princípio, Tarzan mostra-se reticente, mas muda de ideia quando seu filho Boy é capturado. Agora “Tarzan faz guerra!”

Curiosidades:

  • Este é o primeiro filme de Tarzan na RKO, os outros 6 anteriores foram produzidos pela MGM.
  • O Departamento de Estado Norte Americano acreditava que o herói seria um bom divulgador da ideia de que a democracia somente venceria o conflito se estivesse exalando vitalidade, e não complacentemente deitada em berço esplêndido em algum canto do mundo.
  • Maureen O’Sullivan, a Jane das seis películas produzidas pela MGM, já estava cansada do papel e não quis assinar com Sol Lesser, o produtor responsável pela continuação da série. Por isso, Tarzan Triumphs não traz Jane, que está na Inglaterra, visitando parentes.
  • Embora tenha perdido a presença de Jane Tarzan, O Vencedor traz a forte presença de Zandra, a princesa do reino perdido de Palandrya. Zandra é interpretada por Frances Gifford, a icônica Nyoka do clássico seriado Jungle Girl (1941). Nyoka é a versão feminina de Tarzan.
  • A Film Daily assinala o fato positivo de que “mais ação do que o usual distingue a parte final do filme.” Segundo o Hollywood Reporter, “o roteiro e a excelente direção de Wilhelm Thiele combinam cenas plausíveis em quantidade suficiente para contrabalançar os mais extravagantes voos de fantasia.”
  • A crítica moderna também aprova o filme. Segundo Leonard Maltin, trata-se de “propaganda de guerra, com um incompatível Tarzan, mas ainda assim um divertido e enérgico filme B”.[3] Tanto ele quanto Hal Erickson, do site AllMovie, assinalam que é imperdível a sequência em que os nazistas confundem Chita com Hitler.

Ficha técnica

Título: Tarzan, O Vingador/Tarzan, O Vencedor
Título Original: Tarzan Triumphs
Ano: 1943
Direção: Wilhelm Thiele
Roteiro: Roy Chanslor, Carroll Young, Carroll Young, Edgar Rice Burroughs
Gênero: Aventura/Ação/Guerra
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme

Johnny Weissmuller

Tarzan

Johnny Sheffield

Boy

Frances Gifford

Zandra

Stanley Ridges

Col. Von Reichart

Sig Ruman

Sargento

Philip Van Zandt

Capt. Bausch

Rex Williams

Lt. Reinhardt Schmidt

Pedro de Cordoba

Oman

Por qual motivo devo assistir o filme: Tarzan, o vingador

Brincar com a seriedade do trabalho de Tarzan seria colocar a cabeça em risco, portanto, quem o afrontar, pagará caro por haver lhe tirado a paz e invadido o que lhe pertence! Assista logo, para matar a curiosidade!

Tarzan e o Terror do Deserto (1943)-Johnny Weissmuller

Sinopse do filme com Johnny Weissmuller

Uma carta de Jane, que está cuidando de tropas britânicas, pede a ajuda de Tarzan na obtenção de um soro para malária que precisa ser extraído de plantas selvagens. Tarzan e seu filho vão através do deserto à procura das plantas.

Chegando a cidade de Bir Herari eles conhecem Paul Hendrix, um nazista disfarçado, que acusa Tarzan de roubo de cavalos. Tarzan e seu filho são obrigados a fugir e encararem os perigos do deserto.

Ficha técnica

Título: Tarzan e o Terror do Deserto
Título Original: Tarzan’s Desert Mystery
Ano: 1943
Direção: Wilhelm Thiele
Roteiro: Edgar Rice Burroughs, Carroll Young, Edward T. Lowe Jr.
Gênero: Ação/Aventura/Ficção Científica
Nacionalidade: Estados Unidos

Elenco do filme

Johnny Weissmuller

Tarzan

Nancy Kelly

Connie Bryce

Johnny Sheffield

Garoto

Otto Kruger

Paul Hendrix

Joe Sawyer

Karl Straeder

Lloyd Corrigan

Sheik Abdul El Khim

Robert Lowery

Príncipe Salim

Frank Puglia

Magistrado

John Dehner

Príncipe Ameer

Frank Faylen

Achmed

Por qual motivo devo assistir o filme: Tarzan e o terror do deserto

Enfrentar o terror do deserto é coisa séria para quem está habituado com a selva.Nesse filme, nosso herói vai mostrar quais as atitudes, deverão ou não, serem tomadas. Vamos assistir?

Fim

Aqui finalizamos mais uma etapa, mostrando o talento de Johnny Weissmuller, nosso lendário Tarzan. Se você é fã de filmes antigos, ou os assiste para alcançar conhecimento, visite as outras listas também! Há um bom grupo de atores, atrizes e produtores cinematográficos para sua apreciação. Permaneça em nossa companhia, que logo tem mais!

Um super abraço e até breve!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.