Mitologia Nórdica, a qual também pode ser descrita como germânica, escandinava ou viquingue, se baseia em um conjunto de contos e crenças, provenientes dos antigos germânicos ou escandinavos. Por meio dessas lendas, como todos os demais povos, eles tentavam explicar fenômenos que envolviam ou envolvem a vida no mundo.

Com a chegada do cristianismo, os habitantes dos países nórdicos: Dinamarca, Noruega, Suécia e Islândia, deixaram as religiões e mitologias de seus ancestrais, as quais  foram consecutivamente substituídas e esquecidas. Porém em alguns casos como o da Islândia, a nova religião supriu a antiga, contudo a mitologia nórdica permanece como herança cultural, que pode ser  transmitida por meio de contos, ou  preservadas por intermédio de  peças escritas.

A Mitologia Nórdica – Panteões e principais deuses

 Os escritos daquela época foram encontrados principalmente na Islândia. A narração mitológica islandesa é a variante mais bem versada da mitologia comum germânica antiga, afinidades com a mitologia anglo-saxônica. Por sua vez, a mitologia germânica evolucionou a partir da antiga mitologia indo-europeia.

Quem adotava

Era adotada pelos antigos povos alemães, pelos dinamarqueses,  Noruegueses, os  suecos e Islandeses. Inclusive, na Islândia, a mitologia nórdica permanece em forma de cultura e arte.

O que é

A mitologia Nórdica é um conjunto de lendas pré-cristãs, as quais contêm histórias de batalhas entre deuses e monstros.

Quais os dogmas

Tomando como exemplo a fé viking, não existia livros sagrados, dogmas ou sacerdotes. Porém existiam rituais de devoção aos seus deuses, que aconteciam em qualquer lugar e abrangiam até mesmo sacrifícios de humanos. Portanto, nada melhor conhecermos agora, quais são os seus principais deuses.

A Mitologia Nórdica – Odin líder dos deuses

Considerado um deus dominador de todos. Possuidor  da sabedoria, da guerra, da poesia. Sem dúvida o ícone mais complexo e misterioso da mitologia nórdica, com muitas qualidades diferentes em um só personagem.

Sem dúvida o deus Odin, foi ícone mais complexo e misterioso da mitologia nórdica, com muitas qualidades diferentes em um só personagem.

Origem da deus Odin

Odin é conhecido como o deus da sabedoria, da magia, da poesia e da guerra. É protetor dos mortos em batalha e dos magos. Odin detém os mistérios das runas e de tantas outras magias. Seu nome na língua nórdica antiga pode significar “furioso”, “louco” e “violento” no entanto, atributos como “sabedoria”, “sensibilidade” e “alma” são atribuídos a ele. Por isso, existe essa ambiguidade, que o torna deus da guerra, mas também da poesia.

Poderes do deus Odin

 A  arma de combate de Odin é uma poderosa lança denominada Gungnir,  a qual ele atirava montado em seu lendário cavalo de 8 patas chamado Sleipnir. Ele também era acompanhado por dois corvos chamados Hugin e Mugin, que após percorrerem o mundo, subiam ao seus ombros para dizerem a Odin,  tudo o que haviam visto.

Parentesco do deus Odin

Odin é pai de muitos filhos, dentre eles está Thor, o Deus do Trovão e também Balder, Vidar e Váli. Era filho de Borr e da Jotun (“gigante”) Bestla, irmão de Vili e Vé, esposo de Frigg.

Feitos do deus Odin

De acordo com a mitologia nórdica, na batalha do fim do mundo que por eles recebe o nome de Ragnarök, levará Odin a  guiar os deuses e homens a um combate contra as forças do mal. No entanto, neste combate, o deus Odin será morto pelo lobo Fenrir.

A Mitologia Nórdica – Thor o deus do trovão

É o grande guerreiro dos deuses contra seus principais inimigos, os gigantes de gelo (Mundo estranho).

Thor era corpulento, tinha cabelos e barba ruivos, olhos vermelhos e  estava sempre pronto a ajudar seus amigos em qualquer circunstância.

Origem do deus Thor

Thor, o deus do trovão, é filho de Odin com outra deusa (Fjorgyn). Muito forte sua arma  é um martelo mágico.

Poderes do deus Thor

Sua missão era manter a salvo, e em ordem, o mundo dos deuses e dos humanos, combatendo os gigantes e a grande serpente do caos: Jörmungand.

Parentesco do deus Thor

Filho de Odin com  a deusa Fjorgyn.

Feitos do deus Thor

Ele possuía um martelo chamado Mjolnir (o destruidor), o qual foi construído  por anões das cavernas subterrâneas, com o qual dominava o trovão. Cada vez que Thor lançava seu martelo, para atingir ao inimigo, este voltava pra sua mão como um bumerangue.Thor também tinha um cinturão mágico (Megingiord) que duplicava sua força e que, sabidamente, era muito grande.

A Mitologia Nórdica – Njord o protetor dos pescadores

Protetor dos navegadores, escolheu viver em Asgard após firmar uma paz com Odin.

Origem do deus Njord

Ele era visto como um deus pacífico e protetor dos viajantes, dos ventos e dos mares.

Poderes do deus Njord

Seus poderes eram apreciados, como o protetor dos mares e dos pescadores e caçadores, como um deus que trazia, prosperidade e riqueza para as pessoas.

Parentesco do deus Njord

Era pai de Freya e Freyr e casado com Skadi.

Feitos do deus Njord

Um dos contos mais interessantes sobre Njord, foi sobre seu casamento com Skadi. Conta a lenda que ela o escolheu pelos pés, pois procurava o deus que tivesse os pés mais limpos, por habitar junto as águas seus pés eram impecáveis. Confundido-o com Balder, ela o escolheu. Após se casarem viviam em conflitos, pois ela tinha sua casa nas montanhas e ele nos mares, acabando por se separarem.

A Mitologia Nórdica –  Freyr o deus da prosperidade

O irmão de Freyja é o deus da abundância.

Origem do deus  Freyr

Era um deus representado como um jovem belo e forte.  que comandava o tempo e a prosperidade, a fertilidade, a alegria e a paz, por isso um Vanir. Era rei de um país chamado Álflheimr, reino dos elfos da luz , que são os responsáveis pelo crescimento da vegetação.

Poderes do deus  Freyr

Seu cavalo saltava qualquer obstáculo e a sua espada mágica, forjada por anões, movimentava-se sozinha nos ares com golpes mortais, mesmo se for perdida em combate. Ele é um Deus Vanir, mas vive com os Aesir para assegurar o tratado de paz.

Parentesco do deus  Freyr

Filho de Njord e Skadi, irmão de Freya e casado com a giganta Gerda.

Feitos do deus  Freyr

Decide quando a chuva cai, dá fartura aos frutos da terra, e é invocado na paz e na prosperidade.  É senhor de um javali de ouro chamado Gulinbursti, criou os anões Brokk e Sindri, que conduziam um carro como se fosse puxado por cavalos, e cujo brilho reluz na noite. Tem também um navio, que é tão grande que nele cabem todos os deuses, mas pode ser dobrado e guardado na bolsa.

A Mitologia Nórdica – Freya a deusa do sexo e da beleza

Era considerada a deusa do sexo, da beleza e da fertilidade, da riqueza e luxúria.

Deusa do amor e da luxúria, é uma mulher sensual. Amante da magia, ela poderia se transformar em um pássaro para transitar pelo mundo dos mortos

Esse é o mês da consciência negra no Brasil. Você conhece as leis que se relacionam com a história dos negros no Brasil?

E aí, você acha que a pedagogia de Paulo Freire é Marxista? Veja isto!

Não deixe de se inscrever no meu canal do youtube: Vídeos diários para professores!

Confira também as entrevistas que estamos realizando no canal do Demonstre:

Não deixe de se inscrever no canal do youtube do Demonstre: Vídeos diários de poesia!

 

Origem da deusa Freya

Era deusa mãe da dinastia de Vanir. Filha do deus Njord o deus da pesca e mares  e de Skadi.  Era irmã  de Freyr e vivia no reino

Poderes da deusa Freya

Além de atrair a si os homens e deuses por seu poder sedutor, quando chorava, suas lágrimas se transformavam em ouro na terra e âmbar  no mar.

Parentesco da deusa Freya

Filha de Njord e Skadi, irmã de Freyr, casada com Odur

Feitos da deusa Freya

De personalidade arrebatadora, teve vários deuses como amantes e é mostrada como uma mulher atraente e sensual, com seus olhos claros, baixa estatura, sardas, trazendo consigo um colar mágico, simbolo da deusa da terra. Sempre procurava,  em todas as partes, por  seu marido perdido, enquanto derramava lágrimas que se transformavam em ouro na terra.

A Mitologia Nórdica – Balder o deus da bondade e beleza

O mais belo e bondoso dos deuses nórdicos

Origem do deus Balder

Ele era filho de Odin e Frigga, é o mais formoso, bondoso e justo dos deuses. Refletia a paz onde quer que aparecesse. Por ser o deus mais amado e popular, tornou-se um dos alvos preferidos das intrigas do maldoso Loki.

Poderes do deus Balder

Ele espalhava bondade e justiça por onde passava. Sua bondade inata atraiu a ira de Loki.

Parentesco do deus Balder

Filho de Odin e de Frigga, pai de Forceti, casado com Nanna.

Feitos do deus Balder

A mitologia conta que Frigga a mãe de Balder, para proteger o filho, fez com que todos jurassem não fazer mal a Balder, mas o Visco ficou de fora do juramento. Loki, o deus da maldade fez com que o irmão cego de Balder o matasse com um lança feita de visco. Todos choraram para que Balder voltasse a vida, de menos Loki , que foi o causador de sua morte e não queria a ressurreição de Balder.

A Mitologia Nórdica – Heimdall o deus

Heimdall era guardador do arco-iris, o portal que ligava o céu e a terra.

Origem do deus Heimdall

Heimdall ou Heimdallr ou Heimedal, na mitologia nórdica, era tido como o protetor e guardião da “Bifrost”, conhecida como a ponte do arco-íris  que ligava o céu e a terra.

Poderes do deus Heimdall

Era guardador do arco-iris, portador da presciência, visão e audição super-aguçadas.

Parentesco do deus Heimdall

Não se sabe ao certo de quem ele é filho, alguns acreditam que seja filho de Gigantes, e outros, que seja filho das nove filhas de Aegir.

Feitos do deus Heimdall

Ele cavalgava em seu cavalo-guará dourado. Ele possuía dentes de ouro, afirmavam que era ele era portador da presciência, visão aguçada e audição, é descrito como “o mais alvo dos deuses”,ao beber muito em sua morada, que estava perto da ponte arco-íris a queimou ao encontrar-se com o céu. Heimdallr é dito como o autor das classes sociais entre os homens.

  Mitologia Nórdica – Loki o deus da maldade e mentira

Loki é também conhecido como:” O Pai da Mentira”.

Conhecido como deus da trapaça e da travessura, também está ligado à magia e pode assumir a forma que quiser. É frequentemente considerado como um simbolo da maldade. Traiçoeiro, de pouca confiança

Origem da deus Loki

Considerado como o “Pai das Mentiras”, possui uma parte de gigante outra  parte de deus. Às vezes é mostrado como irmão de Thor, mas na mitologia tradicional é irmão adotivo de Odin. É representante do mal, mas faz parte do panteão dos deuses.

Poderes do deus Loki

Ele possui um grande senso de estratégia e usa suas habilidades para seus interesses, envolvendo intriga e mentiras complexas.

Parentesco do deus Loki

Era filho ou irmão de Odin e irmão ou tio de Thor

Feitos do deus Loki

Embora suas aventuras  causassem alguns problemas aos deuses, eles quase sempre se  beneficiaram de seus feitos. Ele está entre as figuras mais complexas da mitologia nórdica Era um misto de deus e gigante, sua relação com os outros deuses é conturbada. Segundo as lendas nórdicas ele iria liderar um exército no Ragnarok. Era respeitado por Thor.

A Mitologia Nórdica – Frigga

Mulher de Odin e mãe de diversos deuses.Era considerada deusa do amor e fertilidade.

Era considerada a protetora da família, das mães e das donas-de-casa, e símbolo da doçura. Além disso, é a única Deusa além de Odin que pode sentar-se no trono.

Origem da deusa Frigga

Conhecida como a mais formosa entre as deusas, a primeira esposa de Odin, rainha, é uma deusa da união, do matrimônio, da fertilidade, do amor, da gerência da casa e das artes domésticas.

Poderes da deusa Frigga

Mulher de Odin, a deusa da fertilidade veste um manto que parece com as nuvens – e que muda de cor de acordo com seu humor. Representa a feminilidade e era invocada pelas mulheres nos partos. Protetora da família.

Parentesco da deusa Frigga

Os filhos de Frigga são Balder, Hoder e provavelmente de Hermodr e Wecta; seus enteados são Tyr, Vidar, Váli, Skjoldr e Thor. O companheiro de Frigga é Eir, médico dos deuses da cura

Feitos da deusa Frigga

De acordo com a mitologia, era Frigga que protegia as mulheres em seus partos, guardava as famílias. Era a mais bela de todas as deusas e mais bondosa.

A Mitologia Nórdica – Sif a bela dourada

Sif era esposa de Thor, Sif tinha longos cabelos loiros e era associada aos campos de trigo e à família.

 

Origem da deusa Sif

A mulher de Thor, Sif tinha longos cabelos loiros e era associada aos campos de trigo e à família.

Poderes da deusa Sif

Ela era associada aos campos de trigo, portanto tinha sua figura relacionada a fartura e riqueza.

Parentesco da deusa Sif

Esposa de Thor e mãe das suas duas filhas Lorride e Thrud  teve outro filho, De seu primeiro casamento, com o gigante Orvandil, um filho chamado Uller.

Feitos da deusa Sif

Conta-se na mitologia que certa vez,  por estar entediado por causa de uma insônia, Loki foi procurar Thor no castelo Bilskirnir. Como Thor não estava ali,  Loki encontrou a linda Sif dormindo. Só para provocar, cortou suas longas madeixas  e a deixou praticamente careca. Quando descobriram a travessura de Loki, ele  teve que encomendar novas cabeleireiras do mais puro ouro aos duendes, exímios artesãos.

FIM

Aqui deixamos mais alguns exemplos dos deuses associados a crenças e costumes dos povos antigos. Nessa etapa destacamos ” O deuses nórdicos”, presentes principalmente na cultura e literatura dos alemães e ainda lembrados na Islândia.

Se você quer conhecer mais sobre diferentes povos e mitos, poderá ver também, “Mitologia egípcia” e ” Mitologia brasileira“, é tanta informação interessante!  Esperamos que esta postagem tenha colaborado para acrescentar o seu conhecimento sobre as culturas e crenças de outros povos.

Abraço e até o próximo!

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.