9 Seres da Mitologia Egípcia

Localizado no noroeste da África, o Egito tem uma longa herança cultural e é considerado por muitos o berço da civilização. Atualmente, consiste na segunda maior economia da África e sua língua materna é o árabe.

Mitologia Egípcia

Este país é comumente relacionado à pirâmides e esfinges, traços de sua arquitetura milenar. Além disso, é também muito conhecido pelo Deserto do Saara e pelo Rio Nilo. A maioria do povo egípcio vive nas margens desse rio, uma vez que, em contradição ao Saara, as terras são férteis e o clima mais ameno

Com relação aos mitos e lendas egípcias, esse povo é extremamente rico. Suas criaturas mitológicas são representadas por animais sagrados, respeitados e cultuados junto aos deuses, que possuíam poderes mágicos, formas e tamanhos distintos.

Segundo a literatura, alguns desses animais são apresentados com uma composição híbrida, formada por várias partes de animais distintos, como é o caso da esfinge.

Apófis – Mitologia Egípcia

Apófis é uma criatura da mitologia egípcia conhecida como a personificação do caos. Era conhecida como “O senhor do caos” e representada como uma serpente gigante.

kk-9072502-7799409-9799628

Lenda

Diz a lenda que sempre que havia uma eclipse solar, se tratava de Apófis tapando o sol enquanto tentava destruir a barca de Rá para devorá-lo. Toda noite ela ia de encontro a Rá para combatê-lo, mas era sempre derrotada com o nascer do sol.

Ammit – Mitologia Egípcia

Ammit é uma criatura com cabeça de crocodilo, parte dianteira do corpo de leão e parte traseira de hipopótamo.

ammit-3351306-1808102-9244121

Lenda

Diz a lenda que esse ser mitológico ficava sentado sob a balança de Osíris, no Salão dos Mortos. Durante a cerimônia de pesagem de coração, conhecida por validar a passagem da alma para a vida após a morte, se o coração fosse mais pesado do que a pena de Maat, que simbolizada a justiça, verdade e harmonia, Ammit devorava o coração e a alma era condenada a vagar por toda a eternidade.

Serpopardo – Mitologia Egípcia

O serpopardo é originário da Suméria, porém foi introduzido no Antigo Egito após algum tempo. Ele é um animal mitológico conhecido através da arte desses povos.

cylinder_seal_lions_louvre_mnb1167_n2-4892963-9657348-9683229

Lenda

Diz a lenda que o serpopardo na verdade é uma criatura que é parte serpente e parte leopardo que se assemelha as girafas em forma. Acredita-se que o animal surgiu da interpretação errônea destes animais.

Grifo – Mitologia Egípcia

O grifo é um dos seres mitológicos egípcios e é representado com corpo de leão, cabeça e asas de águia.

griffin-9770625-8414573-8374445

Lenda

Diz a lenda que seus ninhos eram feitos com ouro e neles os grifos colocavam ágatas ao invés de ovos.

Uraeus – Mitologia Egípcia

Uraeus é o nome dado a uma serpente mística normalmente representada em adornos/coroas que os deuses e faraós do Antigo Egito utilizavam. Ela é normalmente representada em posição de ataque, com o pescoço dilatado.

golden_uraeus_of_senusret_ii_by_ronvds_dbadn0z-fullview-1496529-1044454-7877853

Lenda

Diz a lenda que essa cobra foi dada aos homens pelo deus-sol e que ela se erguia com o objetivo de proteger o rei, pronta para injetar veneno em quem o ameaçasse.

Esfinge – Mitologia Egípcia

A esfinge é altamente conhecida ao redor do mundo. Ela é comumente representada como uma criatura híbrida, com cabeça humana e corpo de leão.

1200px-great_sphinx_of_giza_-_20080716a-4785626-1943212-8861043

Lenda

Diz a lenda que as esfinges eram as guardiãs no Antigo Egito e eram construídas como forma de mostrar poder. A mais conhecida delas é a esfinge de Gizé. Lendas gregas falam ainda de uma esfinge de Tebas que, que apresentava aos homens um enigma (“Que animal anda pela manhã sobre quatro patas, a tarde sobre duas e a noite sobre três?”). Quando eles erravam, a esfinge os devorava.

Ave Benu – Mitologia Egípcia

Benu é uma ave mitológica de origem egípcia que leva sobre a cabeça uma coroa branca do Alto Egito com duas plumas (coroa atef).

1200px-bennu_bird-svg_-2469796-2564105-3545799-8849284

Lenda

Diz a lenda que esse animal era a alma do deus Rá quando ele surgiu na criação do mundo, ao pousa na pedra Benben. Acredita-se também, em alguns casos, que esta ave era, na verdade, a alma do deus Osíris, que surgiu após a morte do deus nas mãos de Seth.

Touro de Ápis – Mitologia Egípcia

O touro de Ápis é um animal sagrado que foi extremamente venerado no Antigo Egito.

1524534040-8370232-2699961-1211002

Lenda

Diz a lenda que ele é a reencarnação do deus Osíris quando morria e do deus Ptah enquanto vivia. Tal criatura era representada com um amuleto de cobra na testa e um círculo solar sobre a cabeça, entre os chífres.

Sha – Mitologia Egípcia

Dentre os seres mitológicos egípcios, Sha é o animal que representa o deus Seth.

86430c81be9655ae73065adab372a8b6-5044210-6379166-1384926

Lenda

Diz a lenda que Sha é um animal de características caninas muito magro com uma cauda rígida e ponta em formato de flecha. Seu focinho é alongado e suas orelhas retas.

Como era a mitologia egípcia?

 Como politeístas, os u003cstrongu003eegípciosu003c/strongu003e acreditavam numa grande quantidade de deuses e tratavam seus faraós como Deuses vivos que possuíam poderes.

Como a mitologia influenciava o povo egípcio?

Através dele, muitos fatos do cotidiano passaram a ser explicados, como o direito ao trono dos faraós, as guerras, a vida após a morte e a criação do Grande Adversário, Set.

Quantos deuses havia no Egito?

São mais de 2000 deuses que, segundo a crença, explicavam a criação do mundo, representavam as formas da natureza e exerciam influência no dia a dia das pessoas.

Veja mais aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20