Religião chinesa

 Religião chinesa é assunto para fazer qualquer filósofo dobrar noites em argumentação. A China por ser o país mais populoso do mundo, também abriga um grande número de divisões religiosas. Lá é possível encontrar práticas para todos os gostos. Mas, o que predomina mesmo nesse populoso país oriental é o budismo.

Portanto iremos falar aqui um pouco sobre as divisões do budismo chinês que se divide  em três grupos: O budismo dos Han, o tibetano e o budismo do sul, seguido pela população que usa a língua pali. Ainda conheceremos um pouco sobre o Taoísmo, uma religião local nascida especificamente na China, como o Confuncionismo por serem as que mais representam a religiosidade dos chineses.

Qual é a Religião chinesa?

Como já foi mencionado, os chineses possuem diversas religiões circulando em seus territórios, no entanto, o Taoismo e predominantemente o budismo, fazem a diferença religiosa do país. Com isso, é possível afirmar que e o budismo é a religião chinesa mais praticada.

Religião chinesa
Religião chinesa

Uma das mais belas e emocionantes religiões, voltada para a paz interior.

Quem adota a religião Chinesa

Não apenas os chineses, mas, além de países orientais em todo o mundo existem budistas, confucionistas e taoistas.

Seguidores do budismo como religião chinesa

O budismo, religião praticada pela maior parte dos chineses, foi introduzido à China por volta do século I d. C e se espalhando entre a população após o século IV. O budismo chinês, como dito anteriormente, se divide em três facções:

  • O budismo tibetano, que se propaga especialmente no Tibet, na Mongólia Interior e na província de Qinghai. Ele é seguido pelos Tibetanos, Mongóis, Manchús, Yugures, Moinbas, Luobas e Tus. Aproximadamente 7 milhões de habitantes, seguem o budismo tibetano.
  • O budismo do Sul, possui cerca de um milhão de crentes, tem mais predominância na província sulista da China do Yunnan.
  • A etnia Han, diz respeito a maioria dos chineses budistas e se espalham em todo o país.

Uma religião bastante centralizada.

Seguidores do Taoismo

Tao significa “caminho” e é representado pelo ideograma Tao (um círculo com duas metades). É considerado o princípio supremo do taoismo e representa aquilo que virá, a mutação e o vazio.

768px-yin_yang-svg_-300x300-5110250-6714970-7137100

 O taoismo, religião nativa da China, surgiu no século II e tem o culto à natureza e aos ancestrais como prioridade.Anteriormente existiam numerosas escolas taoistas, porém, evoluíram-se pouco a pouco para duas escolas principais, a Quanzhen e a Zhengyi.

O taoismo não estabelece a realização de rituais nem possui rigidez para a admissão de seus seguidores.Hoje, a China possui 1.500 templos taoistas e 25 mil monges.

Lideres do Taoismo

Os patriarcas mais importantes para o Tao são:Imperador Amarelo Huang Di, que viveu a 5 mil anos; Lao Jun ou Lao Tse que viveu a 3 mil anos;Mestre celestial que viveu a 1900 anos.

lao-tse-300x157-8742823-9172061-3042090-2705907

Lao Tse foi um dos grandes líderes do Taoismo, ele  viveu a 3 ml anos atrás.

Dogmas da Religião chinesa Taoismo

O Taoísmo é uma filosofia de vida e uma religião chinesa muito antiga, ela ensina que o ser humano deve viver em harmonia com a natureza, pois faz parte dela. Sendo assim, acredita que, se tivermos a natureza como referência em nossas vidas, atingimos o equilíbrio, ou o “Tao”.

Regras e Rituais do taoismo

Os métodos exercitados até hoje são:

  • Ingestão de alimentos exclusivos
  • Uso de elixires
  • Exercícios de respiração
  • Uso de talismãs
  • Prática de ginásticas
  • Artes marciais (Tai chi chuan).
luta-300x164-9654556-6435937-4034700

A prática para se desapegar do mundo material e a meditação, tornou-se um caminho para o entendimento mais profundo das relações com o universo,no qual todas os criaturas e coisas são interdependentes.

O confucionismo

Confúcio foi um sábio chinês que viveu séculos antes de Cristo. Moral, sabedoria, fé e cultura poderiam ser consideradas suas prioridades.

confucio-3-300x237-3480977-9268355-4385755

O confucionismo é um sistema filosófico chinês criado por Confúcio. As ocupações e preocupações se dão com respeito a:

  • Moral
  • Política
  • Pedagogia
  • Religião

Conhecida pelos chineses como “ensinamentos dos sábios”. Fundamentada nos ensinamentos de seu mestre, o filósofo chinês do século VI antes de Cristo, organizou uma doutrina assumida como oficial na China por mais de 25 séculos.

Atualmente, 24% da população chinesa declara-se adepta do confucionismo. De particular importância Confúcio deu caráter moral a funcionários-apoiar o governo e seus representantes.

Outras religiões praticadas na china

Por certo ainda precisaríamos de bastante espaço e tempo para descrever outras religiões praticadas na china.Entre elas está o Islamismo,  e ainda religiões protestantes e católica romana, são possíveis de serem encontradas entre os chineses, já que se trata do lugar mais povoado da face da terra.

Contudo, é possível declarar a China como budista, pelo extremo número de praticantes existente.

religiao-3-4521872-4820492

Uma religião pacifica.

Finalizando

Vamos ficando por aqui, mas, não deixe de acompanhar essa fantástica série, que busca apresentar as crenças de diferentes povos ao redor do mundo, mostrando o que existe de comum e diferente entre eles.

São milhares de religiões, praticadas pelo mundo afora. Contudo é possível observar que existe sempre um ponto comum em todas elas, a crença ou apego a algo sobrenatural, que venha trazer sorte ou solução para os problemas. Certamente esse é um ponto que embora as vezes possa parecer divergente, por outro lado, é fundamental para qualquer religião.

Um super abraço, e fique sempre conosco!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20