• Início
  • Lendas
  • Thunderbird – O Pássaro do Trovão da América do Norte

Thunderbird – O Pássaro do Trovão da América do Norte

O Thunderbird, ou Pássaro do Trovão, é uma criatura famosa nas lendas indígenas da América do Norte, onde é o personagem central de contos, musicas e artes.

thunderbird_arte21-744x470-7232472-8952140

O Thunderbird é supostamente baseado numa espécie de pássaros chamada águia careca ou águia americana, que é muito comum na região. Essa ave se tornou o símbolo dos Estados Unidos é até comum encontrar este pássaro associado a bandeira norte-americana.

O nome Thunderbird, significa literalmente “Pássaro do Trovão” se deve ao fato de que as lendas descrevem a criatura como um grande pássaro capaz de criar tempestades e trovões enquanto voa.

Ele pode partir as nuvens ao voar por entre elas, e o bater de suas asas gera o som poderoso como de um trovão. Seus olhos e garras emitem um brilho pulsante como o de um relâmpago.

As lendas de algumas culturas citam o Thunderbird como sendo um único ser, mas há outras que consideram o thunderbird uma espécie e não um ser individual.

Alguns contos dizem que estes animais podem arrancar seus bicos e penas e assim se tornam humanos, alguns até se relacionaram com outros humanos e tiveram filhos. Acredita-se que se um nativo-americano traçar a sua árvore genealógica, provavelmente vai se deparar com um pássaro trovão em seu passado.

Alguns criptozoologistas (pessoas dedicadas a estudar a origem de animais lendarios), acreditam que a lenda do pássaro trovão surgiu quando os índios norte-americanos viram uma ave real, com tais características. Esta especie acabou entrando em extinção em algum momento.

O Pássaro Trovão e a Baleia Assassina

arte_retratando_lenda_da_baleia-744x575-6145964-7731845

Há muito tempo, os animais possuíam características semelhantes aos humanos. Certa vez, uma Orca gigante começou a devorar todos os salmões do oceano e logo os humanos começaram a passar fome… Apesar de todos implorarem para que ela os ajuda-se e parece de devorar tudo, a Baleia apenas ria deles e zombava da fraqueza humana..

A situação chegou a um ponto em que os líderes resolveram se reunir para discutir o que fazer sobre o problema. Após um tempo, um forte vento começou a soprar, vindo da direção do mar.

Raios cortaram o céu, trovões fizeram o chão estremecer. Eles sentiram então a presença de um ser invisível entre eles.

-Se eu ajudasse vocês, o que vocês fariam por mim? – a criatura perguntou.

Os humanos fizeram um juramento que se fossem ajudados, eles tratariam a natureza, os animais e uns aos outros da mesma forma gentil como sinal de admiração e respeito. Satisfeito com a promessa, o dono da voz apareceu: Thunderbird, o pássaro do trovão.

Ele era muito, muito grande e tinha relâmpagos piscando em seus olhos e garras. O thunderbird alçou vôo produzindo um poderoso som de trovões com as batidas de suas asas. Ele pegou a baleia-assassina do mar com suas garras e a jogou sobre a terra seca, onde seu corpo se transformou numa montanha.

​Os humanos mantiveram sua promessa de serem gentis e generosos desde então, o que foi passado de geração em geração até as atuais tribos e vilas que hoje habitam a região.

Curiosidades sobre o Thunderbird

pokemon_thunderbird-744x419-6798588-7529093

 1-Em Pokémon existe um monstrinho chamado Zapdos. Ele é um pássaro elétrico considerado lendário no universo da série. Zapdos foi inspirado nas lendas sobre o Thunderbird.

 2-Segundo muitas lendas, a comida favorita dos thunderbirds é baleia-assassina.

 3-Um thunderbird é penúltimo chefe do jogo The Legend of Zelda 2: The Adventure of Link.

Qual a origem do nome Thunderbirds?

O nome surgiu da crença de que o bater das asas desta ave produzia trovoes.

Para onde foram essas aves?

Os índios norte-americanos, acreditam que a espécie migrou para a região mais distante do planeta por estarem insatisfeitos com as ações do homem branco.

Veja mais aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CONTEÚDO RELACIONADO

Este é um site do grupo B20